Juíza proíbe que comércio de Parnaíba reabra e suspende decreto de Mão Santa

Juíza Anna Victoria Muylaert – Foto: Cidadesnanet

Por Yala Sena

Cidade Verde – A juíza Anna Victoria Muylaert Saraiva Cavalcanti Dias, da 4ª Vara Cível de Parnaíba, determinou na noite deste sábado (28) que o decreto do prefeito Mão Santa (DEM) – de reabrir o comércio – seja suspenso por um período de 15 dias como medida para conter o novo coronavírus.

Segundo a liminar, se a prefeitura desrespeitar a decisão terá que pagar uma multa diária de R$ 25 mil. A ação foi ajuizada pelo Ministério Público Estadual.

A magistrada determina ainda que a prefeitura estimule o isolamento social para evitar a transmissão da covid-19.

“A saúde como um direito de todos e um dever do Estado, a ser garantida mediante politicas sociais e econômicas que visem a redução de doenças e de outros agravos. Assim, confere o Legislador Constituinte ao Poder Executivo, a primazia na adoção de todas as medidas necessárias a proteção da saúde, através da conservação da vida humana”, diz a sentença.

O Ministério Público informou a magistrada que Parnaíba tem 18 casos suspeitos de coronavírus e que a reabertura do comércio agravaria o quadro da doença na cidade.

A juíza traz na liminar a orientação de isolamento social dada pela Sociedade Brasileira de Infectologista, das Sociedades Brasileiras de Pediatria (SBP) e a de Imunizações (SBIm).

De acordo com a juíza, a decisão do prefeito vai “na contramão” do decreto do governo do estado e diz que a reabertura do comércio contraria a orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS).

“O presente decreto vai contra todos dispositivos constitucionais e infraconstitucionais já elencados, além de contrariar a recomendação da Organização Mundial de Saúde, já seguida por diversos países ao redor do mundo,a qual pontua pela necessidade de isolamento social, como medida necessária a evitar a disseminação comunitária da COVID-19. Ademais, além da OMS, várias sociedades médicas brasileiras, autoridades em suas respectivas especialidades, apontam o distanciamento social, como ferramenta necessária para conter o avanço da doença”, diz a liminar.

A assessoria da prefeitura informou ao Cidadeverde.com que na noite deste sábado ainda não tinha sido notificada da decisão e que assim que receber irá cumprir e analisar as medidas cabíveis.

Veja decisão na íntegra

Maranhão pode ter 200 pessoas infectadas e assintomáticas para o novo coronavírus

Imagem obtida por um microscópio eletrônico mostra o primeiro caso americano de COVID-19 — Foto: Hannah A Bullock e Azaibi Tamin/CDC/Divulgação via Reuters

Por G1 MA – São Luís

O Maranhão pode ter cerca de 200 pessoas infectadas com Covid-19, o novo coronavírus, mas sem sintomas aparentes, segundo informação divulgada pelo governador Flávio Dino na manhã desta segunda-feira (30), em São Luís. O último boletim da Secretaria de Estado da Saúde (SES) aponta que são 22 casos e uma morte registrada por causa da doença no estado.

“Muito provavelmente, mais de 200 pessoas estão com o vírus em todo o Maranhão e são assintomáticas”, disse o governador Flávio Dino, ressaltando que o estado já conta com transmissão comunitária da Covid-19, que é feita quando a transmissão do vírus é feita ao mesmo tempo por várias fontes não identificadas e que não estiveram no exterior.

​Entre os casos confirmados, três pacientes estão sendo tratados em hospital da capital e os demais estão em tratamento domiciliar, sendo monitorados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). O governador também fez críticas à hipótese de isolamento vertical na sociedade e sobre as medidas de segurança tomadas no estado, como a suspensão de aulas e isolamento social.

“Estamos mantendo, na data de hoje, todas as medidas preventivas já decretadas, sobretudo aquelas referentes ao comércio, referentes às escolas”. O governo estadual já tinha determinado a suspensão de aglomerações e das aulas, o isolamento domiciliar compulsório de todas as pessoas com sintomas de gripe, por 14 dias, e o decreto de calamidade pública. O comércio também fechou as portas, mas estão mantidos serviços essenciais, como os de alimentos (supermercados), farmácias e postos de combustíveis”, disse o governador.

Na tarde desta segunda, Governo e Prefeitura farão uma nova coletiva de imprensa para esclarecer sobre atendimentos em Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da capital e Hospital Universitário durante as próximas semanas de pandemia.

Perfil dos casos confirmados

  • Homem, de 69 anos (1º)
  • Mulher, de 37 anos (2º)
  • Homem, de 66 anos (3º)
  • Mulher, de 70 anos (4º)
  • Mulher, de 72 anos (5º)
  • Mulher, de 76 anos (6º)
  • Homem, de 43 anos (7º)
  • Homem, de 57 anos (8º)
  • Homem, de 55 anos (9º)
  • Mulher, de 28 anos (10º)
  • Homem, 30 anos (11º)*
  • Mulher, de 45 anos (12º)
  • Mulher, de 44 anos (13º)
  • Mulher, de 29 anos (14º)
  • Homem, de 26 anos (15º)
  • Homem, de 29 anos (16º)
  • Homem, 61 anos (17º)
  • Mulher, 58 anos (18º)
  • Mulher, 36 anos (19º)
  • Mulher, 49 anos (20º)
  • Mulher, 55 anos (21º)
  • Criança, sexo feminino, 1 ano de idade (22º)
  • Homem, de 49 anos

Centro de Testagem

O Maranhão possui dois Centros de Testagem para casos do novo coronavírus. O primeiro, é localizado localizado na Policlínica Diamante em São Luís. O segundo também é localizado em São Luís, no Viva Beira-Mar.

Devem procurar os centros pessoas que estejam com sintomas de febre, tosse e dificuldade de respirar ou tenham feito viagens para outras áreas que estejam com casos confirmados da doença, e tenham tido contato com casos suspeitos ou confirmados de Covid-19.

Os laboratórios estão recebendo a coleta de material para a realização de exames para Covid-19 e dando orientações sobre as medidas que devem ser tomadas após o laudo. Os locais funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

Cuidados

Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.

Deputado Aluísio Mentes testa positivo para o novo coronavírus

(Foto: Reprodução)

Por Luciana Gomes

O Imparcial – Na manhã desta segunda-feira (30), o deputado federal Aluísio Mendes informou que o resultado do teste para o Covid-19 deu positivo.

De acordo com informação da assessoria do parlamentar, o estado de saúde dele é considerado fora de risco. Aluísio Mendes está de quarentena em sua casa esperando a contraprova para atestar o percentual de contágio.

O deputado já fez três testes do novo coronavírus e em todos o resultado foi positivo.

Sem insumos básicos, profissionais de saúde de Araioses temem pela própria saúde e ameaçam parar em todo o município

(Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

Por Marcio Maranhão

Sem o básico, o essencial e o urgente para enfrentarem a pandemia que é o coronavírus, profissionais de saúde de Araioses temem pela própria vida e a saúde de seus familiares.

Nem sabão, máscaras, luvas e álcool em gel, insumos que parecem essenciais para o trabalho de qualquer profissional de saúde, para os Agentes Comunitários, enfermeiros, técnicos e outros profissionais da área, sempre foi um luxo que se devia agradecer muito quando tinha, mas, na sua falta, não era impeditivo para atender os pacientes e realizar um bom trabalho nos postos de saúde do município. No entanto, em tempos de pandemia, tais equipamentos é um direito sobre o qual não se pode adiar, abrir mão ou aceitar qualquer desculpa, por não terem comprado em tempo hábil, quando ainda o vírus nem sequer havia chegado na América do Sul e a Organização Mundial da Saúde – OMS, já pediam para que todos os governos do mundo se preparassem para o que estava por vir.

“Não é só as nossas vidas que estamos colocando em risco (em todo mundo centenas de profissionais de saúde já morreram pelo coronavírus), sem a proteção necessária, nos tornamos vetores, transmitindo o vírus para nossos pacientes e o levando para dentro de nossas próprias casas. E ainda somos pressionados a ficar calados ou ameaçados de termos o ponto cortado por qualquer ausência nas UBS’s (Unidades Básicas de Saúde)”, relatou um servidor, que para não sofrer represálias por parte da administração, não o identificaremos.

A falta de insumos não é uma exclusividade do município de Araioses, mas é estranho que muitos municípios tenham esperado a decretação de Estado de Calamidade Pública; que dispensa licitação e vários outros empecilhos fiscais para realizar tais compras, já em meio a pandemia, quando a OMS já havia alertado do vírus meses antes.

 

Como presente de aniversário “EU AMO ARAIOSES” num bloco de concreto é muito pouco

O “EU AMO ARAIOSES” está emoldurado por uma via que já foi asfaltada e hoje está assim como veem – Foto das redes sociais

Na data de hoje, 29 de março, Araioses faz aniversário completando 82 anos como unidade política emancipada. Antes já foi Aldeia, Povoado e Vila.

Passou a condição de cidade através da Lei Estadual nº 045 assinada em 29 de março de 1938 pelo interventor do Maranhão Dr. Paulo Ramos.

A história de Araioses está intimamente ligada a João de Deus Magu, um mestiço baiano que chegou a Aldeia dos índios Araios – que tinham se desmembrado da Tribo dos Tremenbés – em 22 de abril de 1741. Logo nos primeiros contatos com os índios, João Deus fez um pacto de amizade cacique Arinhã Magu e como prova de reconhecimento dessa amizade incorporou ao seu nome o sobrenome Magu, do cacique Arinhã.

De lá até os dias dia hoje Araioses tem tido momentos de altos e baixos – mais baixos do que altos – na luta pelo seu desenvolvimento, porém nas últimas décadas seus gestores não souberam aproveitar as oportunidades para alavancar o progresso do município levando-o a uma condição de pobreza, não só da cidade como de seu povo.

A má conduta desses em conduzir o que é do povo – com a prática da corrupção se transformando em fatos rotineiros – não só tem enterrado cada vez mais Araioses no fundo poço, como também tirando de seu povo qualquer forma de esperança de que isso pode ser diferente, de que isso pode mudar para melhor.

O desprezo desses maus administradores para com Araioses é tamanho que ultimamente o aniversário da cidade não tem passado de mais uma data no calendário, mas motivos para a comemoração não se tem há um bom tempo.

Já lá se vão décadas quando nessa data o gestor apresentava em praça pública uma grande quantidade de bens móveis adquiridos naquela gestão, assim também como tornava público um rol de obras realizadas.

Hoje isso é coisa de um passado, que um bom número de araiosenses nem ouviu falar.

O atual prefeito Cristino Gonçalves de Araújo ilustra muito bem a imagem do desprezo que um gestor pode ter pelo município de governa. Nunca houve tantas queixas e críticas um gestor de Araioses como agora.

No apagar das luzes ele vem tendo a postura que deveria ter desde o 1º de Janeiro de 2017 quando assumiu a nossa prefeitura. Ninguém duvida que seu espernear não seja porque está de olho na reeleição.

Para o aniversário da cidade neste ano, nada a mostrar ao povo que não seja uma placa/monumento “EU AMO ARAIOSES” construída na Praça do Viva, principal cartão postal da cidade.

Pessoalmente, não creio nesse amor.

Quem ama uma cidade não maltrata seu povo deixando-o sem um serviço de saúde pelo menos razoável como Cristino tem feito; quem ama uma cidade não a deixa praticamente sem comunicação terrestre como se encontra Araioses com vários de seus povoados em estado de isolamento por não ter via terres em condições de trafegar e escoar a produção; quem ama uma cidade não a deixa com suas ruas esburacadas, sujas e abandonadas.

Enfim, mostrar as provas de abandono não é tarefa difícil, pois elas existem em grande quantidade, mas não sinto nenhum prazer em fazer isso e sim tristeza.

O presente post não tem a intenção de ofender ninguém e sim chamar a todos nós para uma reflexão sobre nosso município, num momento em que vários se preparam para tê-lo sob seus comandos sem nenhuma preocupação em mudar esse status negativo, que infelizmente ostentamos.

Como presente de aniversário EU AMO ARAIOSES num bloco de concreto é muito pouco, nós merecemos muito mais.

E como merecemos!

Brasil tem 114 mortes e 3.904 casos confirmados de coronavírus, diz ministério

Por G1

O Ministério da Saúde divulgou neste sábado (28) o mais recente balanço dos casos da Covid-19, doença causada pelo coronavírus Sars-Cov-2. Os principais números são:

  • 114 mortes
  • 3.904 casos confirmados
  • 2,8% é a taxa de letalidade
  • São Paulo concentra 1.406 casos, e o Rio, 558

O balanço acrescentou 22 mortes e 487 casos confirmados ao total. No balanço anterior, da sexta-feira (27), o Brasil tinha 92 mortes e 3.417 casos confirmados.

Das 22 mortes acrescentadas ao total no país neste sábado, o estado de São Paulo teve 16 mortes. Já são 84 mortes em SP.

De acordo com o Ministério da Saúde, até as 15h, havia 569 pessoas internadas com confirmação para Covid-19 no país. O números consideram as pessoas cujos resultados dos testes já foram apresentaram e testaram positivo. O número não considera casos suspeitos.

Este é o segundo maior aumento diário de casos confirmados no Brasil até agora. Na sexta-feira, foram 503 novos casos.

Durante seu pronunciamento na apresentação dos dados, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse que não tem covid-19. Ele afirmou que faz o teste com frequência e até agora todos deram negativo.

Usando máscaras ‘contra coronavírus’, bandidos explodem agência bancária em Pindaré-Mirim/MA

Criminosos explodem a agência bancária de Pindaré-Mirim – Reprodução TV Mirante

Por G1 MA – São Luís

A cidade de Pindaré-Mirim, a 155 km de São Luís, amanheceu neste sábado (28) sem os serviços de auto-atendimento do Banco do Brasil. A agência foi atacada por quatro bandidos durante a madrugada, que usaram explosivos e destruíram o local. O ataque ocorreu em pleno período de pagamento do funcionalismo público. Segundo a polícia, os suspeitos usavam máscaras cirúrgicas, muito usadas atualmente como proteção contra o novo coronavírus.

De acordo com a PM, os assaltantes chegaram de moto e fizeram de refém o vigilante de uma loja próxima à agência. “Após a explosão, eles obrigaram o vigia a, junto com eles, a coletar as notas manchadas com tinta [mecanismo de segurança dos caixas eletrônicos]. Tanto o vigia sujou as mãos quanto os bandidos. Se a população perceber algum cidadão com as mãos sujas de vermelho, podem se tratar de suspeitos em potencial”, explicou o comandante do 7º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Járcio de Sousa.

Segundo a polícia, o assalto foi entre três e quatro horas da madrugada. A porta da agência amanheceu cercada de curiosos, que encostavam o rosto no vidro para ver a destruição provocada pela explosão dentro da agência. Ninguém parecia, vale ressaltar, preocupado com a possibilidade de contaminação pelo novo coronavírus.

Além de destruir um dos quatro caixas eletrônicos, a explosão provocou danos na estrutura do prédio. Parte do forro caiu. A polícia espera que imagens de câmera de segurança, tanto da parte interna quanto externa do banco, possam levar à identificação dos bandidos.

A explosão do Banco do Brasil de Pindaré-Mirim ocorre em pleno período de pagamento do funcionalismo público. Agora, a opção para os clientes é a agência de Santa Inês, a 10 km de distância, que já está sobrecarregada por causa de um ataque à agência de Santa Luzia no início de dezembro de 2019.

Criminosos explodem a agência bancária de Pindaré-Mirim — Foto: Redes Sociais

Covid-19 está muito próximo de nós

Enterro do prefeito de São José do Divino/PI, Antônio Nonato Lima Gomes – o Antônio Felícia, vítima do coronavírus

Todo cuidado é pouco no que diz respeito ao perigo que corremos de contaminação pelo Covid-19 – um vírus perigosíssimo e invisível, que de acordo com o último levantamento do Ministério da Saúde divulgado neste sábado, o Brasil tem 114 mortes e 3.904 casos confirmados de coronavírus.

Em Araioses – em que pese a ausência de informações da Secretaria de Saúde – o que se sabe é que nenhum caso de contaminação pelo coronavírus foi confirmado até agora.

Mas o Covid-19 está muito próximo de nós, pois segundo Florentino Neto – secretário de Saúde do Piauí – há um caso confirmado em Parnaíba, a cidade piauiense mais visitada por araiosenses.

Também teria sido em Parnaíba que o prefeito de São José do Divino/PI, Antônio Nonato Lima Gomes – o Antônio Felícia – falecido ontem (27) em um hospital de Piracuruca/PI – que ele foi contaminado em uma reunião realizada naquela cidade por um empresário de Fortaleza/CE.

Levantamento atualizado aponta que subiu para 11 o número de casos no Piauí.

Com quem tenho conversado aqui em Araioses sobre essa crise que atormenta a todos, o que mais preocupa é a situação precária pela qual passa o serviço de saúde pública (o único) em nossa cidade.

O que esperamos é que nenhum habitante do município esteja contaminado. O contrário disso, diante das nossas condições seria como o efeito dominó – um contaminado disseminaria o vírus em cadeia progressiva e até que essa situação seja identificada o estrago poderia ser drástico.

Portando, vamos todos fazer a nossa parte com ordem e disciplina seguindo todas as recomendações do Ministério da Saúde.

O isolamento social é a regra a ser obedecida.

Luiza Trajano dá exemplo: peço aos empresários que não demitam

Luiza Helena Trajano (Foto: World Economic Forum/Benedikt von Loebell)

247 – A empresária Luiza Trajano, presidente do Conselho de Administração do Magazine Luiza, se contrapôs ao discurso de parte do empresariado que defende o fim da quarentena e clamou para que, neste momento difícil, os empresários “não demitam”.

“É um momento difícil que a gente nunca passou. Mas acredito no nosso poder de se reinventar e é um momento que o pânico não nos deixa ver as coisas que estão sendo anunciadas pelo próprio governo para que a gente possa economicamente sair do sufoco. Estou pedindo aos empresários se acalmarem, darem férias e não provocarem desemprego”, defendeu a empresária em entrevista à repórter Monica Scaramuzzo, de “O Estado de S. Paulo”.

Luiza Trajano enfatiza que “proteger a vida é mais importante”, mas pondera que “a economia também é importante porque ajuda a combater o desemprego”.

“O que tenho falado [aos empresários] é que o confinamento é uma realidade”, reafirma a empresária, que cobra do governo Jair Bolsonaro que apresente uma “previsibilidade” sobre o fechamento do mercado.

A empresária frisa que, nas lojas que não haviam sido fechadas, os clientes “exigiam” o fechamento. “Teve mãe de funcionário pedindo para fechar (a loja). Já tinha um pânico grande. As pessoas estão com medo de se encontrar.”

Trajano disse ainda que os pequenos e médios empresários a têm procurado para conversar preocupados com os impactos econômicos e com as políticas desencontradas do governo.

“Tenho dito que o pânico está tão grande que eles não estão conseguindo ver as medidas que o governo está tomando. Eles estão com medo de quebrar, e com razão. É preciso comunicar bem porque o desemprego por desespero será muito grande”.

Imagens atualizadas da situação de alagamento no povoado Remanso

Nível das águas do Santa Rosa sobem e invadem as regiões ribeirinhas mais baixas

Águas do Rio Parnaíba cada vez subindo mais que por sua vez elevam o nível do Rio Santa Rosa tomando conta das áreas mais baixas.

As estradas que dão acesso ao povoado Remanso cada vez mais difícil o deslocamento das pessoas por elas. Se as águas continuarem subindo – como tudo indica – alguns moradores vão ter que sair de lá em embarcações.

Maranhão reduz imposto, prorroga IPVA e gera renda para combater efeitos do coronavírus

Com o isolamento e o distanciamento sociais para evitar a disseminação do coronavírus, o Governo do Maranhão lançou uma série de medidas para ajudar aqueles mais prejudicados pelo impacto negativo na economia.

As ações incluem redução de impostos, distribuição de itens, gratuidade em conta de água, prorrogação do IPVA e geração de trabalho a distância.

Um total de 850 mil maranhenses terá isenção total na conta de água por dois meses. É uma medida da Caema para quem consome até  10m³ (dez metros cúbicos) por mês de água.

Além disso, a gratuidade na conta de água também vale para quem está no CadÚnico, que é o cadastro do governo federal para programas sociais. Completam a lista os condomínios inseridos na Faixa I do Programa Minha Casa Minha Vida, desde que no regime de pessoa jurídica.

Menos imposto

Entre as medidas para reduzir gastos no dia a dia da população, o governador Flávio Dino conseguiu autorização da Justiça para zerar o ICMS do álcool em gel, do álcool 70%, de luvas médicas, máscaras médicas e hipoclorito de sódio 5%.

Esses produtos são considerados fundamentais para fazer a prevenção contra o vírus. A isenção do imposto vale até o dia 31 de julho.

Ainda em relação a impostos, o Governo do Maranhão prorrogou os vencimentos do IPVA 2020. A primeira cota começa a vencer em 5 de maio; e a última cota tem prazo final em 30 de julho, dependendo da placa do veículo.

Cestas básicas

Já foi dado início à distribuição de cestas básicas em todas as regiões. É uma parceria com a Assembleia Legislativa, para apoiar principalmente os trabalhadores informais, que sofrem com as vendas reduzidas por causa do impacto do coronavírus.

Outra categoria apoiada é a dos artistas, que viram a renda cair com a suspensão de shows e eventos culturais.  O Governo do Maranhão lançou edital de apresentação de artistas via internet.

As apresentações do Conexão Cultural começam neste fim de semana, ajudando não apenas os artistas locais, mas levando entretenimento e cultura para a população também.

E outras categorias também serão apoiadas. “Além do edital que já lançamos em apoio aos artistas, para minimizar efeitos econômicos do coronavírus vamos lançar outros editais na próxima semana, por exemplo para apoiar artesãos, hotelaria e profissionais da beleza”, anunciou o governador Flávio Dino.

Proteção aos profissionais de saúde

Fundamentais para o combate ao coronavírus, os profissionais de saúde também foram contemplados pelas medidas econômicas. O Governo do Maranhão garante o pagamento de salário integral aos profissionais de saúde que vierem a adoecer por conta do trabalho de combate ao coronavírus.

Brasil tem 92 mortes e 3.417 casos confirmados de novo coronavírus, diz Ministério da Saúde

Em um dia, balanço acrescentou 15 mortes, um aumento de 19% em relação ao dia anterior.

Arte Coronavírus — Foto: Arte/G1

Por Afonso Ferreira, G1

O Ministério da Saúde divulgou o mais recente balanço dos casos da Covid-19, doença causada pelo coronavírus Sars-Cov-2. Os principais números são:

  • 92 mortes
  • 3.417 casos confirmados
  • 2,7% é a taxa de letalidade
  • São Paulo concentra 1.223 casos, e o Rio, 493.

No balanço anterior, que marcou o primeiro mês da circulação do novo coronavírus Sars-Cov-2 no Brasil, os números apontavam 77 mortes e 2.915 casos confirmados. Em relação às mortes, o aumento foi de 19%, e de 17% em relação aos casos do dia anterior.

Santa Rosa sobe e suas águas podem isolar o povoado do Remanso

As águas do Rio santa Rosa sobem e ameaçam invadir a estada do povoado Remanso na altura da Fazenda Zé Patriotino

Águas do Rio Santa Rosa sobem a cada dia e as estradas que são acesso ao povoado Remanso podem ficar cortadas temporariamente – e enquanto isso durar – a população daquela comunidade corre o risco de ficar isolada.

O que ocorre agora é apenas a repetição do que acontece todos os anos de inverno mais rigoroso. Entra prefeito e sai prefeito e nada muda é sempre o mesmo descaso e falta de respeito com aquela gente.

O trecho da estrada do povoado Gado Bravo ao Pirangi já está cortado na altura do povoado Bananeiras, só que nesse caso pelas águas do Rio Parnaíba.

Mas a estrada dentro do Remanso está ameaçada no local da fazenda Zé Patriotino. O carro do leite que lava a produção diária daquele povoado para Parnaíba/PI, está tendo que dar uma volta pelo povoado Água Fria, o que aumenta a viajem em mais de 40 km.

Mídia da prefeitura omite informações sobre o Covid-19

Mídia da prefeitura de Araioses fala dos casos confirmados e das mortes, mas os casos suspeitos ela omite

Os leitores pedem mas o blog não tem informações atualizadas da situação do Covid-19 em Araioses. Suspeita-se que dois pacientes que teriam dado entrada semana passada no Hospital do Municipal estariam com os sintomas do vírus, porém oficialmente nenhuma informação foi dada a população.

De parte da prefeitura de Araioses apenas uma mídia que mostra parcialmente as informações, onde fala dos casos confirmados e das mortes – incluindo o Maranhão e o Brasil – mas os casos suspeitos são omitidos.

No último balanço divulgado na ontem (26) pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), foi informado que o estado monitora 728 casos suspeitos do novo coronavírus em 77 municípios do Maranhão.

Não se sabe se entre esses 77 municípios está Araioses.

O blog bem que gostaria de informar a população tudo o que está ocorrendo, mas com a Secretaria de Saúde não se manifestando fica difícil.

Aécio Neves apresenta PEC que propõe adiar eleições para 2022

Aécio Neves diz que Congresso discute adiar eleições municipais para 2022 (Foto: UESLEI MARCELINO/REUTERS)

247 – O deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG), protagonista do golpe de estado de 2016, apresentou uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que transfere as eleições municipais para 2022, unificando-as com a votação para presidente, governadores, deputados federais e estaduais. A informação foi publicada pelo site BRPolítico.

O tucano alega como motivo a pandemia de coronavírus e propõe ainda que, sem eleições este ano, os recursos do Fundo Eleitoral sejam destinados para o combate à pandemia. O adiamento das eleições municipais beneficia diretamente seu partido, que mantém a principal Prefeitura do País, São Paulo, comandada por Bruno Covas.

O texto vai além da unificação das eleições em 2022 e propõe o fim da possibilidade de reeleição para cargos Executivos a partir de 2026 e estabelecimento de um mandato único para estes pelo período de cinco anos. E coloca ainda que o terço de vagas que estará disponível para o Senado em 2022 não terá o mandato de oito anos, mas sim de quatro, unificando todos os mandatos da Casa.