Acidente com uma van deixa três mortos na BR-222 no Maranhão

Acidente deixou três mortos e sete feridos na BR-222 no Maranhão                         Foto: Divulgação/PRF

Por G1 MA – São Luís

Um acidente com uma van deixou três mortos e sete feridos no final da tarde dessa segunda-feira (26), no município de Vitória do Mearim, a 120 km de São Luís. Entre uma das vítimas estava uma criança de apenas 6 anos, reconhecida como Endryo Lima Costa.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), não houve batida com outro carro e o veículo se envolveu no acidente sozinho. O desgaste dos pneus pode ter sido um dos fatores do acidente, que ainda está sendo investigado.

Equipes da Polícia Rodoviária e do Corpo de Bombeiros tiveram trabalho para recuperar um dos feridos, que ficou preso nas ferragens da van.

As vítimas foram atendidas nos hospitais dos munícipios de Vitória do Mearim e de Arari. Elas seguem em observação.

Por que os inimigos de Araioses estão tão incomodados?

Já está ficando cansativo a insistência dos inimigos de Araioses – e esses identifico muitos entre os fanáticos que acompanham Luciana Trinta – as críticas sobre um dos eventos mais bonitos que já ocorreu em uma campanha política em nossa cidade, que foi a caminhada/carreata do 77, que tem como candidato a prefeito de Araioses o policial Monhata Lima e Dadá Coutinho como vice.

O máximo dessa lenga-lenga está em dizer que naquela caminha/carreta da qual participou mais de duas mil pessoas – há quem fale em três mil – só tinha uns gatos pingados de Araioses e os outros eram de fora.

O interessante disso tudo é que quem fala isso, serve a chefes políticos que usam exatamente essa metodologia para levar “multidões” aos seus eventos.

Isso expressa o quê? Medo? Será que isso não é uma atitude de desespero?

Se estão tão seguros, por que se importar com Monhata Lima?

Made in USA: Petrobras quer ser tratada como embaixada e Ministério da Justiça esconde documentos de colaboração

O ministro Edson Fachin, do STF Foto: NELSON JR./SCO/STF

Por Joaquim de Carvalho no DCM

A Petrobras é uma empresa construída com o suor, o dinheiro e — por que não dizer? — o sangue de pelo menos um brasileiro, Getúlio Vargas.

Mas seus atuais dirigentes, alinhados ao projeto neoliberal piochetista dos anos 80 de Paulo Guedes, colocaram a empresa subordinada aos interesses dos EUA.

Segundo a Associação dos Engenheiros da Petrobras, diminuíram a produção nas refinarias e passaram a importar mais das empresas norte-americanas.

Agora querem que a Petrobras seja tratada, literalmente, como uma organização estrangeira sediada em território brasileiro.

É o que informa o jornal Valor, na reportagem “Petrobras pede tratamento análogo à embaixada”.

Em ação no STF, a direção da empresa cita um caso relatado pelo ministro Celso de Mello.

A Segunda Turma do STF concluiu que a Justiça brasileira não tem poder para impor obrigações às delegações diplomáticas estrangeiras.

A analogia é uma aberração. Com o argumento, ela tenta proteger os interesses dos EUA, não do Brasil.

“Naturalmente, a pretensão formulada na inicial não trata de determinação a embaixada estrangeira, mas a racionalidade do entendimento pode ser perfeitamente transportada para o presente caso”, afirmou.

O raciocínio malandro é o seguinte: os documentos em poder dela estariam sob sigilo por força do contrato celebrado.

A diretoria da empresa não diz, mas é óbvio que o sigilo atende ao interesse do país estrangeiro.

Por um desses acordos, a empresa controlada pelo governo brasileiro pagou indenização nos Estados Unidos e entregou R$ 2,5 bilhões aos procuradores da Lava Jato nos Estados Unidos, para que eles criassem uma fundação.

Essa entidade supostamente teria a missão de combater a corrupção, mas seus primeiros indicam que seria uma organização política, no sentido de disputa de poder.

Provocado pela procuradora-geral da República da época, Rachel Dodge, o STF vetou essa outra aberração e o dinheiro, como manda a lei, foi entregue à União.

O acordo nos EUA, celebrado como uma vitória política pela administração da época, de Barack Obama, só foi possível graças à colaboração informal da Lava Jato.

Um colaboração que houve, efetivamente, mas não se conhecem seus termos nem como foi construído à margem da legislação.

Sabe-se que houve porque o ex-vice-procurador geral adjunto do Departamento de Justiça dos EUA (DoJ), Keneth Blanco, admitiu em evento público em seu país que existia uma rede de colaboração com o Brasil para “construir casos” e aplicar punição aos acusados, especialmente nos casos da Lava Jato.

Trevor McFadden, ex-secretário geral de justiça adjunto interino do DoJ, confirmou a existência dessa colaboração.

Mas, para ser legal no Brasil, esse troca-troca só seria permitido se passasse por mecanismos previstos no ordenamento jurídico.

No caso específico, o Decreto 3.810/11, que internaliza no Direito brasileiro o Acordo de Assistência Judiciária em Matéria Penal assinado entre o Governo do Brasil e dos EUA.

O decreto prevê que a cooperação deve passar pela autoridade central designada pelos países — o Ministério da Justiça pelo lado brasileiro e o Departamento de Justiça no caso dos EUA.

Todos os documentos recebidos devem possuir comprovante de entrega.

“A inobservância de tais regras previstas no acordo firmado entre o Brasil e os Estados Unidos deve resultar no reconhecimento da nulidade das investigações e dos processos suportados por elementos coletados”, afirmam os advogados de Lula em recurso encaminhado depois que o Ministério da Justiça, ainda na gestão de Sergio Moro, deixou de responder se houve essa colaboração formal.

Não houve, claro, mas é preciso documentar para demonstrar ao Judiciário a farsa da Lava Jato, uma operação que nasceu já como instrumento de perseguição política.

Sob muitos aspectos, a Lava Jato foi uma operação clandestina que contou com o apoio de importantes atores brasileiros e também do exterior.

O recurso ao STF daquela que é a maior empresa sob controle público brasileira deixa esse quadro cada vez mais claro.

Petrobras querendo ser tratada como embaixada estrangeira mostra que seus dirigentes perderam o pudor.

.x.x.x.

O recurso será julgado pelo lavajatista Edson Fachin.

Funcionário da Secretaria de Infraestrutura de Açailândia é assassinado dentro de UPA

Funcionário da Secretaria de Infraestrutura de Açailândia é assassinado dentro de UPA. – Foto: Divulgação

Por G1 MA

Nesse domingo (25), um homem, identificado como Carlos Eduardo Lopes, foi morto a tiros, dentro da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Açailândia, na região Tocantina.

Carlos Eduardo Lopes, que trabalhava na Secretaria Municipal de Infraestrutura de Açailândia, foi surpreendido pelos criminosos enquanto aguardava atendimento na unidade hospitalar.

Segundo os levantamentos da polícia, a vítima foi até a UPA, após sentir forte dor de cabeça. Enquanto esperava pelo atendimento médico, ele foi alvejado com dois tiros na cabeça.

De acordo com a polícia, Carlos Eduardo Lopes não teve chances de defesa e morreu no local. Os criminosos fugiram após o crime e ainda não foram localizados nem identificados.

Ainda não há informações sobre a motivação do crime. O caso está sendo investigado.

Carlos Eduardo Lopes, que morava em São Francisco do Brejão, era casado e pai de seis filhos, um tem apenas 15 dias de nascido.

Caminhada/carreta de Monhata 77 aponta para vitória no dia 15 de novembro

Milhares de pessoas na inauguração do Comitê de Monhata Lima 77

A inauguração do Comitê do 77 ocorrido na tarde/noite de ontem (25) foi o maior evento político já realizado em Araioses.

Desde as 17 horas pessoas de vários bairros da cidade, de povoados da zona rural do município começaram a se concentrar no Campo do Botafogo, de onde aos milhares tendo a frente Monhata Lima e Dadá Coutinho partiram em caminhada/carreta primeiro pela Rua do Botafogo, virando na Oscar de Freitas até a Praça do Viva de onde retornaram pela Avenida Paulo Ramos até o comitê onde autoridades, candidatos e apoiadores falaram para mais de duas mil pessoas.

Emocionado Monhata Lima fala na inauguração do comitê

Quem acompanhou todo o evento como fiz eu, sabe que a emoção e a alegria do povo eram contagiantes. Como em palanque fui dito mais tarde: o chão tremeu e o recado foi dado.

Sem desmerecer nenhuma proposta de outras candidaturas, o que o povo está sinalizando é que a essa altura da campanha apenas Monhata Lima, Valéria do Manin e Luciana Trinta estão na disputa pela prefeitura de Araioses.

Provavelmente vão insistir com seus projetos – mais pessoais do que políticos -, mas na hora de decidir, como tem ocorrida em outras eleições a disputa ficará reduzida a dois pretendentes, que pelo que se percebe um será entre Monha Lima, que medirá forças com Valéria do Manin ou Luciana Trinta. Ambas já foram prefeitas, mas não foram aprovadas pelo povo quando tentaram a reeleição.

Vereador Welington do João Dico – presidente da Câmara de Vereadores de Água Doce do Maranhão também prestigiou a inauguração do comitê 

No palanque improvisado em frente ao comitê, além dos candidatos majoritários Monhata Lima e Dadá Coutinho, também estavam presentes o Dr. João Igor – prefeito de São Bernardo acompanhado de Carlão, seu secretário de Comunicação; do presidente da Câmara de Vereadores de Água Doce do Maranhão, Welington do João Dico; de candidatos a vereadores da coligação e de apoiadores.

Diante do ocorrido se percebe claramente que Monhata é a luz que aparece no fim do túnel, que é a esperança de termos um filho de Araioses de volta ao comando de nossa prefeitura e a certeza de que teremos um gestor que tratará o araiosense com o devido respeito que merece.

Em tempo 1: Como disse Dr. João Igor em seu discurso – que será mostrado em outro post – adversários boquiabertos e ainda incrédulos com o que viam, disseram que havia carros de outras cidades na carreata.

São os mesmo que se calam diante das frotas de veículos que veem de São Luís, Santa Quitéria/MA, Parnaíba/PI, entre outras cidades para participar de eventos políticos dos candidatos que moram nessas cidades e querem a prefeitura de Araioses.

Em tempo 2: Se a Coligação Unidos por Araioses tivesse estrutura suficiente para apoiar o transporte de pessoas de todos os povoados araiosenses que manifestaram vontade de se fazer presente naquele evento teria tido no mínimo o dobro de presentes.

Outra é que ali estavam voluntários que foram a pé fazer o percurso e quem foi no seu veículo pagou o combustível com dinheiro do próprio bolso, fato bem diferente desses que montam um circo com a intenção de impressionar.

Fotos: Daby Santos e Paulinho Messias

Filhas de Araioses dão troco e ironizam a Trinta

No comício que Luciana Trinta realizou dia 22 na Praça do Viva, em determinado momento, como a querer diminuir e humilhar os araiosenses, ela disse que filho da terra é minhoca.

As Filhas de Araioses com muita irreverência e como a não está nem aí para as provocações da ex-prefeita, que mora em São Luís e aparece aqui nos períodos eleitoras foram para redes sociais tirar um sarro dela.

Em um grupo de WhatsApp uma delas disse que minhoca é um bichinho abençoado por Deus, que tem um importante trabalho de fertilizar o solo, diferente dela que só semeia ódio e discórdia entre os filhos de Araioses.

Outra – eleitora de Monhata Lima – postou uma imagem de uma simpática minhoquinha para simbolizar a marca das Minhoquetes 77.

Esse grupo também já era chamado de Monhatetes.

Para fugir de um confronto com Monhata 77, a Trinta ataca a filha do Manin Leal

Num comício tipo as convenções dos partidos dos EUA, ostentando muita riqueza, em total dissintonia com a nossa realidade, Luciana Trinta também provocou os araiosenses chamando-os de minhocas

Quem viu ou assistiu o discurso da ex-prefeita de Araioses Luciana Trinta no comício – tipo os eventos de campanha americanos – que ela realizou dia 22 na Praça do Viva, sabe que seus ataques foram direcionados a candidata Valéria do Manin.

Não é difícil perceber que tudo não passa de uma jogada dela que é de trazer para o confronto – tipo mano a mano – a Cabritinha que a derrotou na eleição de 2012, e fingir que ignora Monhata Lima, que numa acentuada crescente na preferência do eleitorado araiosense caminha – a passos firmes – para uma consagradora vitória na eleição do dia 15 de novembro.

A Trinta sabe que a maioria dos araiosenses está farto dessas propostas que vem de fora, que em nada serviu para melhorar as condições de vida do araiosense, pelo contrário só enterraram cada vez em um fundo buraco, todas as oportunidades de desenvolvimento da cidade.

Ela fará de tudo para evitar a polarização da campanha entre ela e Monhata Lima. Dentro de seus estudos, essa disputa com o ele seria perigosíssima para ela, pois seria o duelo entre um filho de Araioses e uma forasteira de São Luís.

Uma receita que não deu certo e que o verdadeiro araiosense não quer que seja repetida.

ETs podem estar nos ‘assistindo’ na Terra; entenda

Possíveis extraterrestres que habitam planetas ao redor de mil astros encontrados por cientistas espaciais teriam condições favoráveis para detectar nossa biosfera.

Por Olhar Digital

Uma das missões dos cientistas espaciais é descobrir se há vida em outro mundo. Mas, e se a humanidade realmente não estiver sozinha no universo e seres extraterrestres também estiverem em busca de vida em outros planetas? Um novo estudo, publicado na Monthly Notices of the Royal Astronomical Society: Letters, diz que há mil estrelas que estão favoravelmente posicionadas para detectar a vida na Terra.

“Se os observadores estivessem procurando, eles seriam capazes de ver sinais de uma biosfera na atmosfera de nosso planeta”, destacou Lisa Kaltenegger, autora do estudo e diretora do Instituto Carls Sagan, da Universidade Cornell, no estado de Nova York. “E podemos até ver algumas das estrelas brilhando em nosso céu noturno sem binóculos ou telescópios”, destacou.

Método de trânsito

A maior parte dos mais de 4.000 exoplanetas descobertos foi encontrada utilizando o método de trânsito. Nele, os astrônomos detectam a queda do brilho das estrelas hospedeiras quando um mundo em órbita passa pela sua frente. No novo estudo, Kaltenegger e Joshua Pepper, coautor e professor associado de física na Lehigh University, na Pensilvânia, pensaram na Terra como sendo o alvo de uma pesquisa de trânsito, e não como a fonte dela, como ocorre normalmente.

Pesquisadores utilizaram o método de trânsito para descoberta. Foto: iStock/cokada

Os cientistas examinaram dados do Transiting Exoplanet Survey Satellite (Tess) e da espaçonave Gaia, usada para o mapeamento estelar, e procuraram estrelas em uma distância de até 326 anos-luz alinhadas com a órbita da Terra em torno do Sol. Esse alinhamento é necessário para ver o planeta cruzar a face da estrela. Com a pesquisa, 1.004 estrelas foram encontradas. Dessas, 508 “garantem um mínimo de observação de 10 horas de duração”, destacaram os pesquisadores.

Vale destacar que o estudo trata apenas de estrelas. Ainda não se sabe se elas são orbitadas por planetas e se esses sistemas teriam condições de hospedar mundos que possam abrigar vida como conhecemos.

Tais questões devem ser respondidas quando os caçadores de exoplanetas vasculharem as regiões. “Se estamos procurando vida inteligente no universo que possa nos encontrar e que queira entrar em contato, acabamos de criar o mapa estelar de onde devemos olhar primeiro”, finalizou Kaltenegger.

Via: Space

Maia diz que Salles “resolveu destruir o próprio governo”

Da UOL:

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disparou críticas contra o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

Por meio de sua conta no Twitter, Maia afirmou que o ministro, “não satisfeito em destruir o meio ambiente do Brasil, agora resolveu destruir o próprio governo”.

Ontem, também por meio do Twitter, Salles pediu que o ministro-chefe da secretaria de Governo da Presidência da República, Luiz Eduardo Ramos, deixe de lado a postura de “Maria Fofoca”, incendiando a disputa entre as alas ideológicas e militares do governo.

O recado foi dado após uma reportagem do jornal O Globo dizer que Salles estava “esticando a corda com ala militar do governo” e “testando a blindagem” com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao mandar suspender as ações de combate a incêndios por falta de recursos. A reportagem não fazia referência ao ministro-chefe da secretaria de Governo.

Fonte: DCM

Justiça Eleitoral de Araioses defere candidatura de Jacira Pires

Depois de alguns dias de espera a Justiça Eleitoral de Araioses, na pessoa do Dr. Marcelo Fontenele Viera deferiu o registro da candidatura à prefeita de Araioses da ex-vereadora Jacira Pires.

O fato surpreendeu a muitos, pois era tido como certo baseado em farta informação documental que o indeferimento fosse o mais provável.

Segundo informações, o MPE já protocolou recurso – em instância superior – contestando a decisão de deferimento da candidatura da ex-vereadora, ocorrido dia 22.

Inscrições abertas para X Congresso Norte-Nordeste de Reprodução Animal

O Congresso, organizado pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), tem como tema “Perspectivas da Pesquisa em Reprodução Animal para o desenvolvimento do Norte e Nordeste” e objetiva ressaltar a importância da produção de espécies animais terrestres e aquáticas, bem como de produtos de origem animal para a economia e subsistência do país.

Nesta edição, 28 palestrantes de diversos estados do país irão discutir soluções tecnológicas, alternativas e propor sugestões para o desenvolvimento e melhoria dos estados pertencentes às regiões Norte e Nordeste no que se refere à reprodução animal.

A taxa de inscrição varia, sendo R$ 50 para estudantes e R$ 80 para profissionais. As inscrições podem ser realizadas até 13 de dezembro.

Para efetuar a inscrição, acesse https://lkt.bio/XCONERA.

Mais informações, siga o instagram @X_CONERA.

Caravana do Monhata 77 fez visitas e palestra em Pirangi

Pirangi – povoado da zona rural de Araioses na divisa do Maranhão com o Piauí – foi o destino da Caravana de Monhata Lima 77 no dia de ontem com a realização de visitas não só no povoado, mas também nas comunidades vizinhas como Caiçara e Bananeiras.  As atividades políticas do candidato foram encerradas com uma palestra, para um público na área livre da escola da localidade.

Monhata Lima, candidatos a vereadores e militância ficaram muito satisfeitos com acolhida das pessoas com que falaram e estão otimistas, pois o apoio que receberam deles aponta para a vitória na eleição do dia 15 de novembro.

A palavra no palanque foi franqueada a todos. Tanto candidatos como apoiadores falaram da importância de se eleger um filho de Araioses, fato que não ocorre desde 2004.

Já na sua fala Monhata disse para aquela gente de como ele e pessoas de sua família estão sendo vítima de uma campanha sórdida, infame e criminosa.

Realmente os adversários de Monhata não estão nada satisfeitos com o crescimento de sua aceitação popular, onde se apresenta como o único filho de Araioses a ter as condições de derrotar as candidatas que representam grupos que só querem o poder, mas que sequer moram em Araioses.

Carreta e caminhada na inauguração do Comitê do 77

E neste domingo, dia 25 a inauguração do Comitê 77 do nosso candidato a prefeito de Araioses, Monhata Lima.

Concentração será no Campo do Botafogo, às 17:00 horas. De todos seguem em carreata/caminhada pelas principais ruas da cidade, até o comitê.

Contamos com a presença de todos os nossos amigos, simpatizantes e apoiadores para essa linda caminhada.

Congresso cria Frente Pró-SUS e parlamentares já planejam primeira ação

Deputado Marcio Jerry – Reprodução

Em meio à crise que expôs a descoordenação do governo federal diante da crise sanitária e o avanço do discurso antivacina dentro do Planalto, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), aprovou a criação da Frente Parlamentar Mista Pelo Fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS), que atuará para garantir a estruturação e qualidade do atendimento público a pacientes, especialmente no período pós-pandemia.

Proposto pelo vice-líder do PCdoB, deputado federal Márcio Jerry, e pelo líder do PDT no Congresso, senador Weverton Rocha, o colegiado reuniu o apoio de outros 190 deputados e mais 20 senadores, de 23 partidos diferentes, que, unidos, trabalharão para garantir a organização de uma política pública de saúde universal e de qualidade para o país. A partir do Parlamento, o grupo ainda pretende agendar o debate para assegurar a destinação de recursos financeiros para o sistema.

Para Jerry, presidente da Frente, a defesa do SUS se tornou vital, sobretudo diante da paralisação das atividades do Congresso em razão de impasses entre parlamentares e, por isso, ele já planeja o ponto de partida. “Primeiro esforço concentrado da Frente SUS é a ação na Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional (CMO), em defesa de mais recursos para a saúde. Não podemos aceitar, como quer o governo Bolsonaro, redução de recursos, afirmou o deputado.

Na esteira das ações propostas, a dupla de parlamentares maranhenses sustenta que o SUS recebeu o merecido reconhecimento mundial durante a pandemia, mas sempre foi um modelo de excelência com pouco apoio, o que reacende a necessidade de afiançar verbas de forma permanente. “Mais que nunca precisamos defender o SUS e garantir financiamento para que toda a população possa ser atendida”, reforçou Weverton, que assumirá a vice-presidência do colegiado.

Para a criação de uma frente parlamentar, são necessárias ao menos 171 assinaturas, que devem ser encaminhadas à Mesa Diretora, junto com o estatuto do grupo.

Veja lista dos parlamentares que assinaram a Frente Fortalecimento do SUS (Requerimento 2316/2020):

Autoria
Dep. Márcio Jerry
Sen. Weverton Rocha

Subscritores (as)

PCdoB
Alice Portugal
Daniel Almeida
Jandira Feghali
Orlando Silva
Perpétua Almeida
Professora Marcivania
Renildo Calheiros

PT
Afonso Florence
Airton Faleiro
Alencar Santana Braga
Alexandre Padilha
Benedita da Silva
Beto Faro
Bohn Gass
Carlos Veras
Celio Moura
Enio Verri
Erika Kokai
Frei Anastacio Ribeiro
Gleisi Hoffmann
Helder Salomão
Henrique Fontana
João Daniel
Jorge Solla
José Airton Felix Cirilo
José Guimarães
José Ricardo
Joseildo Ramos
Leonardo Monteiro
Luizianne Lins
Marcon
Margarida Salomão
Maria do Rosário
Marilia Arraes
Natália Bonavides
Nilto Tatto
Odair Cunha
Padre João
Patrus Ananias
Paulo Pimenta
Paulo Teixeira
Pedro Uczai
Professora Rosa Neide
Reginaldo Lopes
Rejane Dias
Rogério Correia
Rubens Otoni
Rui Falcão
Valmir Assunção
Vander Loubet
Vicentinho
Waldenor Pereira
Zé Carlos
Zeca Dirceu

PSB
Alessandro Molon
Aliel Machado
Bira do Pindaré
Camilo Capiberibe
Danilo Cabral
Elias Vaz
Gervásio Maia
Gonzaga Patriota
Heitor Schuch
JHC
João H. Campos
Júlio Delgado
Lídice da Mata
Luciano Ducci
Marcelo Nilo
Mauro Nazif
Rafael Motta
Rodrigo Agostinho
Tadeu Alencar
Ted Conti
Vilson da Fetaemg

PDT
Afonso Motta
André Figueiredo
Chico D’Angelo
Dagoberto Nogueira
Damião Feliciano
Eduardo Bismarck
Fábio Henrique
Flávia Morais
Flávio Nogueira
Gil Cutrim
Gustavo Fruet
Idilvan Alencar
Jesus Sérgio
Leonidas Cristino
Mário Heringer
Mauro Benevides Filho
Paulo Ramos
Pompeo de Mattos
Sérgio Vidigal
Silvia Cristina
Subtenente Gonzaga
Tábata Amaral
Túlio Gadelha
Wolney Queiroz

PSOL
Áurea Carolina
David Miranda
Edmilson Rodrigues
Fernanda Melchiona
Glauber Braga
Ivan Valente
Luiza Erundina
Marcelo Freixo
Sâmia Bonfim

PV
Celio Studart
Leandre
Professor Israel Batista

Republicanos
Aline Gurgel
Cleber Verde
Gilberto Abramo
Jhonatan de Jesus
Julio César Ribeiro

Patriota
Dr. Frederico
Evandro Roman
Marreca Filho

PTB
Luisa Canziani
Pedro Lucas Fernandes
Pedro Augusto Bezerra

DEM
Alan Rick
Dr. Zacharias Calil
Juscelino Filho

PSD
Alexandre Serfiotis
Cezinha da Madureira
Edilázio Junior
Flordelis
Marco Bertaiolli
Misael Varela
Otto Alencar Filho

Solidariedade
Aureo Ribeiro
Dr. Leonardo
Dra. Vanda Milani
Genecias Noronha
Gustinho Ribeiro
Lucas Vergílio
Ottaci Nascimento
Zé Silva

PSDB
Carlos Sampaio
Celio Silveira
Celso Sabino
Daniel Trzeciak
Domingos Sávio
Edna Henrique
Eduardo Barbosa
Mara Rocha
Mariana Carvalho
Rose Modesto
Ruy Carneiro
Tereza Nelma
Vitor Lippi
Wanderlei Macris

PROS
Gastão Vieira

PL
Capitão Fábio Abreu
Flávia Arruda
Gildenemyr
Magda Mofatto
Marcelo Ramos
Zé Vitor

PP
Angela Amin
Dr. Antônio Luiz Teixeira Jr
Hiran Gonçalves
Margarete Coelho

Podemos
Dr. Sinval Malheiros
Eduardo Braide
Leo Moraes
Roberto de Lucena

Rede
Joenia Wapichana

MDB
Flaviano Melo
João Marcelo Souza
Raul Henry
Walter Alves

Avante
André Janones

Cidadania
Carmen Zanotto
Rubens Bueno

PSL
Bozzella
Charlles Evangelista
Delegado Antônio Furtado
Delegado Pablo
Enéias Reis
Heitor Freire
Nicoletti

PSC
Euclydes Pettersen

Adesões no Senado

Acir Gurgacz – PDT/RO
Angelo Coronel – PSD/BA
Arolde de Oliveira – PSD/RJ
Carlos Viana – PSD/MG
Chico Rodrigues – DEM/RR
Ciro Nogueira – PP/PI
Confúsio Moura – MDB/RO
Eduardo Braga – MDB/AM
Esperidião Amin – PP/SC
Fernando Collor – PROS/AL
Irajá Filho – PSD/TO
Jaques Wagner – PT/BA
Jorge Kajuru – Cidadania/GO
Katia Abreu – PP/TO
Marcos Do Val – Podemos/ES
Marcos Rogério – DEM/RO
Nelson Trad Filho – PSD/MS
Telmário Mota – PROS/RR
Weverton Rocha – PDT/MA
Wellington Fagundes – PL/MT
Zequinha Marinho – PSC/PA

Dr. Luís Paulo e Eliomar Dias – amigos de verdade

Dr. Luís Paulo Ferraz

Tenho um profundo respeito pelo trabalho do Dr. Luís Paulo Ferraz – que esse exerce na área do direito – por reconhecer nele um profissional de louvável competência e agora mais ainda, após tomar conhecimento de um fato pessoal ocorrido com ele anos atrás.

É que além de um ótimo advogado, Dr. Luís Paulo também sabe o que ser amigo, sabe da importância de se valorizar uma amizade – algo raro nos dias de hoje, onde o vale-tudo ocorre em quase todas as atividades da vida.

Eliomar Dias

Recentemente tive o prazer de tomar conhecimento – dele mesmo – de um fato de dificuldade ocorrido em seu passado, em que num momento difícil de sua vida teve a mão estendida em forma de apoio e generosidade de parte Eliomar Dias, ex-prefeito de Água Doce do Maranhão.

Não vou aqui relatar o fato porque o propósito desse post é uma breve e humilde homenagem a exaltação à amizade, um sentimento que muito preso e valorizo.

O que posso dizer é que o Dr. Luís Paulo é um homem de profundo sentimento de gratidão a Eliomar pelo ocorrido. Se já eram amigos ficaram ainda mais.

Gosto de notícias boas e mais ainda, de publicá-las.