Deputada Daniella Tema agradece governador Flávio Dino por sanção de lei de sua autoria

Por Djalma Rodrigues

A deputada estadual Daniella Tema (DEM), usou a tribuna em sessão plenária nesta quarta-feira (26), para agradecer o governador Flávio Dino, pela sanção da Lei N° 11.042 de 12 junho de 2019, de sua autoria, que institui a Semana Estadual de Educação Preventiva e Enfrentamento à Endometriose no calendário oficial do Governo do Estado.

“Nós ficamos extremamente felizes com essa conquista que vai proporcionar a melhoria do tratamento, divulgação, prevenção e a conscientização sobre um problema que, infelizmente, acomete milhares de mulheres e que, por falta de informação, recebem um diagnóstico tardio, comprometendo o início do tratamento e consequentemente prejudicando a qualidade de vida da mulher. Registro aqui meu muito obrigada aos colegas parlamentares que votaram a favor do projeto e ao governador do Estado pela sensibilidade e responsabilidade ao sancioná-lo”, agradeceu a deputada estadual.

A lei da Semana da Endometriose, no calendário oficial do Governo do Maranhão, foi elaborada a partir do movimento da EndoMarcha que já acontece anualmente em São Luís. A parlamentar estadual, agradeceu a coordenadora do grupo e o apoio das mulheres para que a lei fosse aprovada.

“Em especial, agradeço também a amiga Denise Santos, coordenadora do grupo da Endomarcha, que oferece apoio às mulheres que sofrem desta doença. Através dela, conseguimos nos certificar de vários casos, com isso, elaboramos esta lei que visa levar mais informações para todas as mulheres. É uma vitória para todas nós!”, finalizou Daniella Tema.

Flávio Dino se reúne com Sarney em Brasília

Por: John Cutrim

O governador Flávio Dino e o ex-senador José Sarney se reuniram nesta quarta-feira (26) em Brasília. Na pauta a política nacional e uma pacto de não agressão.

“Governador Flávio Dino vem realizando diálogos com lideranças nacionais; e também com personalidades que tiveram relevância nacional, a exemplo dos ex-presidentes Lula, FHC e agora José Sarney. Ontem mesmo publicou artigo com Haddad, Boulos, Ricardo Coutinho, lideranças com as quais tem mantido frequentes reuniões”, diz uma fonte do blog.

E, se em vez de cocaína, fosse uma dinamite? Demita-se, general Heleno

Por Fernando Brito no TIJOLAÇO

Não vou culpar, é óbvio, o presidente Jair Bolsonaro por um ter sido encontrados 39 kg de cocaína com um dos integrantes de sua equipe de segurança militar, transportadas no avião reserva da Presidência.  Nem ficar imaginando o que se diria se a presidência, hoje, fosse de Lula ou Dilma.

Mas ao general Augusto Heleno, chefe do Gabinete de Segurança Institucional, a quem caberiam os controles relativos ao staff de uma aeronave que serve ao presidente, vou  chamá-lo de incompetente e incapaz, porque é dele a responsabilidade – inclusive nas viagens – pela segurança presidencial.

Quase 40 quilos de pó não são um pequeno volume, que pudesse ter escapado ao controle, Coloco aí em cima uma fota de apreensão de quantidade semelhante, em malas, que foram apreendidas pela Polícia Federal no Aeroporto Santos Dumont, há cinco anos, acondicionados em malas de viagem, para que você tenha ideia do volume.

É evidente  o  que um volume assim de explosivos poderia fazer. Não importa se é Jair, José ou Antônio o presidente, apenas uma destas malas, com TNT ou outro tipo de detonantes, transferida para os porões do avião presidencial poderia derrubá-lo sem possibilidades de controlar os danos de uma explosão.  Bastaria pedir para “quebrarem o galho” e passar umas quantas malas para a aeronave principal, alegando problemas de peso ou de horário.

Que tipo de segurança está sendo provido pelo imenso contingente de agentes e militares dedicado a isso, no Planalto?

Pior ainda, houve a atuação de uma quadrilha com acesso ao aparelho, porque ninguém pode acreditar que um sargento do Exército tenha cacife para traficar, sozinho, drogas que valem, na Europa, mais de 11 milhões de dólares, ou R$ 40 milhões. E que não se arriscariam colocar este valor imenso em cocaína num avião presidencial se não tivessem a certeza de que havia completa desídia quanto ao que se embarcava no aparelho. Ou de que havia cúmplices para garantir o embarque sem verificação.

O general Augusto Heleno, que tem tempo e energia para dar “chiliques” pedindo a prisão perpétua para Lula, não tem capacidade para cuidar do que é sua missão?

Em um governo sério, Heleno já estaria convidado a pedir o boné, ou o quepe.

Cadê a imprensa que não reporta o que Moro faz nos EUA?

Moro nos EUA, quando ele ainda era juiz e a imprensa cobria até palestra dele

Por Moisés Mendes

PUBLICADO ORIGINALMENTE NO BLOG DO AUTOR.

Tente encontrar em algum site da grande imprensa uma linha, uma só, sobre o que Sergio Moro faz nos Estados Unidos. O que se sabe é o que sua assessoria divulga, como uma visita a uma aduana para saber como fazem o controle de mercadorias na fronteira com o México com uso de raio-X. Seria risível, se não fosse patético.

Hoje, esperava-se que o Jornal Nacional noticiasse alguma coisa. O principal personagem da política brasileira no momento deixa o país em meio a uma avalanche de vazamentos comprometedores, mas para a imprensa é como se ele tivesse ido até a esquina comprar pão.

A Folha já explicou que Moro não divulga a agenda. Sua assessoria deu a entender, em reposta a indagações do jornal, que o ex-juiz tem reuniões secretas com os americanos.

A assessoria alegou questões de segurança. Moro teme o que nos Estados Unidos? Informar que se reúne com agentes do terceiro time do FBI para saber como proteger o cigarro nacional? Que riscos Moro corre se divulgar com quem conversa em Washington?

A informação da Folha de que não conhece a agenda é uma desculpa preguiçosa. Jornalistas não cobrem atividades de homens públicos apenas de acordo com suas agendas. É preciso ir atrás das pistas dos encontros secretos. E muitas vezes o melhor é o que está fora da agenda.

O ex-juiz deve se sentir confortável. Não diz o que faz, mesmo que devesse dizer, por força de lei, e faz o que condena na política: esconde suas atividades com um pretexto sem fundamento.

Parece que Moro circula pelas cidades americanas (quais além de Washington?) sem incomodações, sem o risco de ser seguido por jornalistas. E deveria ser seguido.

Sergio Moro é uma das figuras ridículas do bolsonarismo.

Homenagem a Gustavo Vilar Brandão, um exemplo a ser seguido

A secretária Rosária Dias deu um belo exemplo a favor da educação a fazer uma bela homenagem a Gustavo Vilar Brandão

Tenho muito a agradecer aos leitores do blog – que não são poucos – sendo a maioria de Araioses, porém com muitos em várias cidades do Brasil e até no exterior.

E todos sabem que procuro evitar notícias sobre crimes de assassinatos principalmente contra crianças e idosos; embora tenha consciência de que esse tipo de notícia tem muitos que gostem de ficar sabendo prefiro tornar público as notícias informativas de caráter positivo, em todas as suas vertentes.

Ontem (25) publiquei aqui no blog com muita alegria, a notícia da festa feita pela Secretaria de Educação de Água Doce do Maranhão, que tem como titular Rosária Dias homenageando o aluno Gustavo Vilar Brandão, vencedor da medalha de bronze na 14ª Edição das Olimpíadas Brasileiras de Matemática das Escolas Públicas – OBMEP.

O feito realizado pela gestão daquele município, como dito na solenidade pela própria secretária de educação e pela diretora da escola que Gustavo estuda, professora Cassiane Araújo foi sem sobra de dúvida uma ação de grande incentivo aos demais alunos daquela escola e de outras, a ter gosto pelo estudo e ver nele a principal ferramenta para ter uma vida de um grandioso futuro, naquilo que fizer como profissional na carreira que escolher.

Que outros gestores vejam nesse exemplo uma justificativa para valorizarem a educação de seus municípios.

Militar da Aeronáutica é preso por traficar drogas em avião da FAB

Em nota, o Ministério da Defesa informou que um militar da aeronáutica foi detido suspeito de “transporte de substância entorpecente”.

Modelo da aeronave C-130 Hércules, da Aeronáutica (Divulgação)

Revista Fórum

O Ministério da Defesa divulgou uma nota oficial nesta terça-feira (25) informando que um militar da Aeronáutica foi detido no aeroporto de Sevilha, na Espanha, por suspeita de envolvimento em “transporte de substância entorpecente”.

Segundo a nota, os fatos ainda estão sendo apurados e foi aberto Inquérito Policial Militar (IPM). O suspeito não foi identificado e tanto o Ministério quanto a Aeronáutica “darão prioridade para elucidação do caso”.

Em abril, um militar perdeu posto após ser condenado por tráfico internacional de cocaína em avião da FAB.

Confira a nota na íntegra:

Brasília, 25/06/2019 – O Ministério da Defesa informa que, nesta terça-feira (25), foi detido no aeroporto de Sevilha, Espanha, um militar da Aeronáutica por suspeita de envolvimento no transporte de substância entorpecente.

Os fatos estão sendo apurados e foi determinada a instauração do Inquérito Policial Militar (IPM).

O Ministério da Defesa e o Comando da Aeronáutica repudiam atos dessa natureza e darão prioridade para elucidação do caso, aplicação dos regulamentos cabíveis, bem como colaboram com as autoridades.

Julgamento da prestação de conta de Luciana Trinta foi adiado para terça-feira, dia 2 de julho

Vereador Alex do Giquiri remarcou julgamento da prestação de conta de Luciana Trinta para terça-feira, dia 2 de julho

O julgamento da prestação de conta de Luciana Trinta, referente ao ano de 2010, que estava marcado para ocorrer hoje (25) foi adiado para a sessão de terça-feira, dia 2 de julho.

O vereador Alex do Giquiri, presidente da Câmara de Vereadores informou que o motivo do adiamento se deve ao ferido de quinta-feira – dia de Corpus Christi – que inviabilizou que a ex-prefeita fosse notificada a tempo.

Confirmou também que a votação será aberta, onde os vereadores declararão se reprovam ou não a prestação de conta da ex-prefeita.

Com programa Nosso Centro, serão investidos mais R$ 140 milhões no Centro Histórico

Cartão-postal e referência do turismo no Maranhão, o Centro Histórico de São Luís receberá um conjunto de ações estruturantes para promover ainda mais o turismo, movimentar a economia e valorizar a área. Essa é a proposta do programa Nosso Centro, iniciativa do Governo do Estado, lançado nesta segunda-feira (24), no Palácio dos Leões. Na ocasião, o governador Flávio Dino apresentou a estratégia do programa, assim como ações já em execução de revitalização do centro e que serão intensificadas.

O Nosso Centro consiste em obras de infraestrutura como a construção de acessos, novas áreas de estacionamento, melhoramento de estruturas como calçadas, meios fios e outros elementos. O trabalho será desenvolvido em polos prioritários agregando cultura-lazer-gastronomia, e também o habitacional, institucional, comercial, turístico e tecnológico. A intervenção compreende áreas de tombamento estadual, federal e zona central da cidade, com obras do Governo do Maranhão, Prefeitura de São Luís e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

O governador Flávio Dino enfatizou que o programa é a consolidação de um conjunto de medidas executadas pelo Governo do Estado na área central da cidade. “O resultado tem sido maior movimento no Centro Histórico da capital e abrindo caminho para a ampla revitalização, renascimento e fortalecimento desta área. Vamos prosseguir neste caminho elevando a nossa cidade. Apesar da crise brasileira, vivemos um bom momento e o programa vem reforçar esse cenário”, informou.

Governador Flávio Dino lançou o programa Nosso Centro que trará mais recursos para revitalização do Centro Histórico (Foto: Karlos Geromy)

Para o prefeito Edivaldo Holanda Júnior, o Nosso Centro é a consolidação das ações parceiras já desenvolvidas com o Governo do Estado e também com o Iphan. “Agora, com essa iniciativa do Governo do Estado, este trabalho será reforçado. É uma ação significativa para a preservação e recuperação do Centro Histórico e vai impulsionar as diversas atividades desenvolvidas aqui, refletindo positivamente na economia e no turismo da cidade”, destacou.

Segundo o secretário de Estado de Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), Rubens Pereira Junior, essa articulação incrementará os recursos federais, estaduais, municipais, nacionais ou estrangeiros e também da iniciativa privada para valorização e revitalização do Centro Histórico. “A viabilidade dos investimentos no centro da capital, que vem sendo marcante pelas intervenções da gestão estadual e também municipal, tornará a área referência em renovação e desenvolvimento sustentável, preservando seu valor histórico e cultural”, frisou.

O coordenador do Nosso Centro, Raimundo Reis, destacou o investimento da gestão estadual na área turística de São Luís. “Vai trazer tanto ao maranhense, quanto ao turista, uma nova e melhor condição de visitação do Centro. A proposta é trazer e manter as pessoas no Centro, a partir deste plano de revitalização e reforçando a condição de cidade histórica que é São Luís”, disse.

O lançamento do programa Nosso Centro também foi acompanhado pelos secretários estaduais Antônio José Bittencourt Junior (Turismo), Diego Galdino (Cultura), e pelo presidente da Agência Executiva Metropolitana, Lívio Jonas Mendonça Corrêa.

Melhorias no Centro Histórico

Com a presença de várias autoridades, programa Nosso Centro foi lançado no Palácio dos Leões (Foto: Karlos Geromy)

Aproximadamente 25 obras estruturais foram concluídas pelo Governo do Estado na área do Centro Histórico, como: Casa de Nhozinho, Museu Histórico e Artístico do Maranhão (MHAM), Praça Odorico Mendes, prédio da Delegacia de Polícia Civil na Rua Rio Branco, casas de cultura na Madre Deus, Praça Maria Firmina/Vila Gorete, reforma das escolas Liceu Maranhense, Escola Modelo, Benedito Leite, Sotero dos Reis e do Centro de Ensino João Francisco Lisboa.

Ainda na série de melhorias em infraestrutura, estão incluídos: a implantação do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), Praça Pedro II, Centro de Criatividade Odylo Costa Filho, Viva na Beira-Mar, reforma do Convento das Mercês, Praça Nauro Machado, Praça Valdelino Cecio, Casarão Renato Archer, programa Mais Asfalto, Praça Joãozinho Trinta e Praça Gomes de Sousa, Centro de Artes Cênicas do Maranhão (Cacem), anexo Escola de Música, Museu do Reggae, Morada das Artes.

Os investimentos nestas obras são de aproximadamente R$ 73 milhões pelo Governo do Estado, além de mais R$ 71 milhões em obras parcerias com a Prefeitura de São Luís, Iphan e iniciativa privada. Com o Nosso Centro, serão investidos mais de R$ 140 milhões para a execução de novas obras.

Aluno vencedor das Olimpíadas Brasileiras de Matemática das Escolas Públicas recebe bela homenagem da Secretária de Educação, Diretora, professores e alunos de Água Doce do Maranhão

Aluno Gustavo Vilar Brandão

O reconhecimento pelo resultado alcançado pelo aluno Gustavo Vilar Brandão da rede municipal de ensino de Água Doce do Maranhão, vencedor da medalha de bronze na 14ª Edição das Olimpíadas Brasileiras de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), não para.

Ontem, segunda-feira (24), Gustavo foi recepcionado no auditório da U.E. B Pedro Mariano Moreno pela direção da escola, alunos, professores, funcionários e por Rosária Dias – Secretária de Educação, pela equipe da SEMED, por Cláudio Roberto – Chefe de Gabinete da prefeita Thalita Dias, familiares e amigos.

Na oportunidade colegas de sala, professores, funcionários prestaram varias homenagens a Gustavo por sua conquista.

Diretora Cassiane Araújo

Cassiane Araújo comemorou a conquista do aluno Gustavo. “Eu vejo essa conquista como fruto do trabalho coletivo e também da disponibilidade, profissionalismo, dedicação e persistência de todos os envolvidos. Agradeço a presença de todos, em especial a Gustavo, nosso menino de bronze e seus pais. Vamos trabalhar firme para que nossos alunos tenham cada vez mais oportunidades, possam crescer com a melhoria da aprendizagem e desenvolver suas habilidades”, disse a diretora.

Secretária de Educação Rosária Dias

Rosária Dias, Secretária de Educação falou para os alunos e todos os presentes de sua alegria e orgulho “Estou orgulhosa e fiquei muito entusiasmada com o bom resultado da escola que é o esforço de todos, em especial do aluno Gustavo a quem parabenizo por esta conquista. Acredite nos seus sonhos e no potencial que você tem, posso ver no seu rosto muito sucesso no seu futuro. Se dedique porque se você continuar acreditando ninguém segura” disse a secretaria de educação, que acrescentou parabéns ao nosso aluno vencedor, aos pais e aos professores que colaboraram para alcançar esse resultado”.

Chefe de Gabinete Cláudio Roberto

Para Cláudio Roberto, chefe de Gabinete, que estava representando a prefeita Thalita Dias, o reconhecimento a Gustavo serve como estímulo para que os jovens continuem a se dedicar aos estudos. “Além disso, servem de exemplo para os demais colegas de sala de aula. Afinal de contas, em um universo de mais de 17 milhões de concorrentes, Gustavo estudante do nosso Município conquistou o prêmio das Olimpíadas”, enfatizou.

Secretária de Educação Rosária Dias entrega notebook a Gustavo Vilar Brandão

A secretária de Educação em nome da prefeita Thalita Dias, entregou ao aluno Gustavo Vilar Brandão vencedor da medalha de bronze na 14ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). Um Notebook marca Positivo.

A Olimpíada é organizada pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada, o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e o Ministério da Educação.

Vejam as imagens da homenagem a Gustavo:

Fonte: blog Edu Santos

Votação da prestação de conta de Luciana Trinta amanhã (25) será aberta ou secreta?

Está marcada para ser julgada amanhã (25), a prestação de conta da ex-prefeita Luciana Trinta referente ao ano de 2010. A única dúvida é sobre ao tipo de votação, se aberta ou secreta.

Recentemente foi aprovada na Câmara de Vereadores uma Emenda de autoria do vereador Felipe Pires, que altera a redação do Art. 71-A, inciso I e XIII e revoga os incisos XIV e XV, da Seção II, da Lei Orgânica do Município de Araioses/MA, que dispões sobre o Julgamento das Contas e das Auditorias, e da outras providências.

A alteração mexe na forma das votações que antes eram secretas e agora passam a ser abertas, onde o vereador vai a Tribuna e declara seu voto.

Porém, há informações de que pedido a essa mudança na LOM deveria ter sido assinada por três vereadores e não somente por um, como ocorreu o que poderá causar dúvidas quanto a sua validade.

Se a prestação de conta da ex-prefeita for mesmo votada amanhã de forma aberta ou secreta, provavelmente a maioria dos vereadores irão declarar de que forma estão votando.

Na de 2009, Luciana Trinta foi derrotada por 10×2 votos. Na de amanhã a decisão provavelmente será pela desaprovação, como recomendou o TCE/MA e a única dúvida é sobre o placar.

Pressão bolsonarista afasta Paulo Henrique Amorim na Record

247 – O jornalista Paulo Henrique Amorim ficará afastado por um período após 14 anos ininterruptos no programa Domingo Espetacular, da TV Record.

Editor do blog de esquerda Conversa Afiada, PHA vinha sendo motivo de pressão bolsonarista contra a emissora, que é apoiadora do governo, por suas críticas ao presidente e, mais recentemente, ao ministro da Justiça, Sérgio Moro.

Segundo o colunista  Daniel Castro, do Notícias da TV, “a Record convocou o apresentador para uma reunião na tarde desta segunda-feira (24) e lhe comunicou que ele está fora do programa. Amorim, que tem contrato até 2021, não será demitido.

A Record confirmou a informação e disse que Amorim, com “sua experiência e talento”, poderá ser alocado em novos projetos da diretoria de Criação de Jornalismo.

Defesa de Lula diz que reportagens do Intercept comprovam verdade histórica de perseguição judicial

Revista Fórum

Em artigo publicado na edição desta segunda-feira (24) da Folha de São Paulo, os advogados do ex-presidente Lula afirmam que as reportagens do Vaza Jato, produzidas inicialmente pelo The Intercept Brasil e hoje divulgadas também pela Folha e pelo colunista Reinaldo Azevedo, explicitam que houve uma perseguição judicial, o lawfare, contra Lula. O conteúdo desses vazamentos, que põe em xeque a Lava Jato e o ex-juiz Sérgio Moro, no entanto, não é objeto do pedido de habeas corpus (HC) que deve ser votado no Supremo Tribunal Federal (STF) nesta terça-feira (25).

O HC que volta à Segunda Turma do STF foi apresentado ainda em dezembro, em baseado em: decisões proferidas antes mesmo da instauração da ação penal (como a condução coercitiva); a força-tarefa liderada por Moro para impedir o cumprimento da ordem de soltura emitida por desembargador do TRF-4; levantamento do sigilo de material às vésperas das eleições presidenciais; guinada de Moro para o cargo de ministro de Estado em um governo para cuja eleição foi decisivo o impedimento de Lula, com base na condenação imposta pelo ex-juiz —contrariando decisões da ONU.

“As recentes reportagens do site “The Intercept” trazem à tona novos e chocantes elementos para comprovar a verdade histórica sobre a perseguição judicial a Lula (“lawfare”) e terão muita importância para a análise futura do processo de erosão da democracia no país. Independentemente desse episódio, os fatos que embasaram o habeas corpus são mais do que suficientes para determinar a nulidade dos processos contra Lula e a imediata libertação do ex-presidente”, diz o texto assinado pelos advogados Cristiano Zanin, Waleska Martins.

A defesa de Lula pleiteia que “Lula deverá ter sua liberdade plena restabelecida nessa data e os processos devem voltar ao início, presididos por juiz natural, independente e imparcial, o que nunca foi o caso do atual ministro da Justiça, Sergio Moro, em relação ao ex-presidente”.

Rapto do bebê em Belágua: Polícia pede calma à população e que evite a disseminação de informações falsas

Por Gilberto Lima

No início da tarde deste domingo (23), os comandantes da operação de buscas ao bebê que desapareceu misteriosamente de sua residência, na cidade de Belágua, reuniram moradores que acompanham o caso de perto e exigem uma solução imediata.

Em frente à casa da família, o comandante da equipe dos bombeiros disse que uma resposta será dada à população, mas, para que isso ocorra, depende do direcionamento correto da investigação.

“O bombeiro não pode iniciar buscas nessa área de alagado, por exemplo, sem ter informações verdadeiras, sem ter um direcionamento, sem saber o que realmente aconteceu. É preciso que vocês esperem, sem tumultos”, disse.

O tenente Alan disse que, desde o rapto do bebê, a PM fez todo o procedimento de buscas no local, ainda ontem, e fez o comunicado à Delegacia Regional de Chapadinha e à Delegacia de Urbanos Santos.

“Fiquem tranquilos. Estamos imbuídos em desvendar esse caso, e que a criança volte ao seu lar. Voltem para suas residências. Estamos trabalhando para dar uma resposta”, disse o tenente Alan.

O delegado Josimar disse que a polícia precisa de informações concretas, pois alguém viu o sabe de alguma coisa. Para ele, neste momento, nada está descartado – rapto ou violência do próprio seio familiar.

“O que queremos é trazer a criança de volta. Não há necessidade de alguém molestar alguém da família ou mesmo depredar o BPM, que é patrimônio público. Colaborem com informações concretas e não façam nada com ninguém da família. Nada está descartado. A família está sofrendo, a mãe está passando mal”, disse o delegado.

Preocupado com os protestos que ocorreram no início da noite de ontem, o delegado reforçou o pedido para que a população mantenha a calma, pois uma resposta será dada em breve.

O desaparecimento do bebê

O bebê Jhonatan Alves dos Santos, de apenas dois meses, desapareceu misteriosamente da casa dos pais, na madrugada de sexta-feira (21), na cidade de Belágua, a 280 km de São Luís.

Moradores da localidade, revoltados com o caso, fizeram manifestação no início da noite de sábado (22), em frente à delegacia da cidade. O objetivo era pedir maior agilidade no trabalho de investigação.

Os moradores não acreditam que os pais possam estar envolvidos com o desaparecimento do próprio filho.

A avó do bebê chegou a passar mal, na manhã deste domingo, e precisou ser socorrido em ambulância. A Prefeitura de Belágua está dando todo o suporte à família e aos trabalhos da polícia.

STF decide manter delegado Thiago Bardal na cadeia

O Superior Tribunal de Justiça, (STF) negou pedido de habeas corpus impetrado pelos advogados do delegado Thiago Mattos Bardal. Ele está preso desde do ano passado quando foi acusado de fazer parte de uma quadrilha de contrabandistas que agia em São Luís, (MA), utilizando o Porto do Arraial na Zona Rural do Quebra Pote para descarregar cigarros e whiskies.  Além disso ele responde também pela acusação de fazer parte de uma quadrilha de assaltantes de banco. De acordo com as investigações Thiago Bardal e outros policiais municiavam os criminosos com informações privilegiadas sobre operações policiais e transporte de  valores. Além de dar cobertura para que o bando pudesse escapar de perseguições policiais. Pelo trabalho ele receberia algo em torno de R$ 100 mil reais mensais pagos pela quadrilha.

Homem bomba

Desde que está preso não é a primeira vez que o delegado Thiago Bardal tem pedido de liberdade negado pela Justiça. Antes ele também tentou conseguir um habeas corpus pelo Tribunal de  Justiça do Estado do Maranhão e também teve o pedido indeferido pelos desembargadores. Bardal tem sido juntamente com o delegado Ney Anderson um dos precursores de denúncias contra o secretário de segurança Jefferson Portela.  Ele garante que teria feito escutas não autorizadas para monitorar juízes, desembargadores  e procuradores por determinação de Portela.  O secretário rebate as acusações e a polêmica deve ter novos desdobramentos em depoimentos que estão marcados na Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados. Atendendo requerimento do deputado federal e ex-secretário de segurança Aluísio Mendes. Na semana passada Jeferson Portela e Aluísio Mendes trocaram ofensa e acusações  esquentado mais o clima para a audiência que tratará do assunto na Câmara Federal.

“O próximo governador pode estar aqui entre nós”, diz Dino ao lado de Weverton, Brandão, Eliziane…

Por: John Cutrim

Durante o lançamento nesta segunda-feira (24) do Programa ‘Nosso Centro’, que é um conjunto de obras e ações para valorizar ainda mais a região central de São Luís em um investimento de mais de R$ 100 milhões, o governador Flávio Dino brincou e deu pistas de quem poderá ser o seu sucessor.

“Espero que o próximo governador ou governadora, que pode estar aqui entre nós, cumpra esse objetivo“, afirmou Dino.

Estavam presentes o vice-governador Carlos Brandão e o senador Weverton Rocha, prováveis candidatos ao governo em 2022. O presidente da Assembleia, Othelino Neto não pôde comparecer. Além de Brandão e Weverton, na mesa estavam a senadora Eliziane Gama, o prefeito de São Luís, Edivaldo, o presidente da Câmara, Osmar Filho e deputados federais e estaduais.