Adolescente é morto a tiros em Davinópolis

PM aponta que ele era namorado de uma das três jovens também assassinadas na cidade

Maykon de Sousa Guilherme Furtado, de 14 anos — Foto: Reprodução

Por g1 MA — São Luís

Na madrugada desta terça-feira (9), um adolescente, identificado como Maykon de Sousa Guilherme Furtado, de 14 anos, foi morto a tiros por três homens na cidade de Davinópolis, a 663 km de São Luís.

O corpo do adolescente foi encontrado próximo ao local onde outras três jovens também foram encontradas mortas. Amanda Sousa Cruz, Débora Vieira da Silva e Jennifer Almeida da Silva foram esfaqueadas à beira do Riacho Cacau, no bairro São Domingos, na região de Davinópolis. Segundo a Polícia Militar (PM), Maykon era namorado de uma das vítimas.

Os três suspeitos de executarem o adolescente já possuem passagens pela polícia. Eles foram presos durante rondas da PM e encaminhados para a Delegacia de Imperatriz. De acordo com as investigações, os crimes estão relacionados à rivalidade entre facções criminosas

Crime teria sido uma “prova de amor”

Gabriel Leite, de 18 anos, foi preso nessa terça (2) — Foto: Reprodução/ TV Mirante

No dia 2 de agosto, um homem, identificado como Gabriel Leite, de 18 anos, foi preso suspeito de participar do triplo homicídio das jovens Amanda Sousa Cruz, Débora Vieira da Silva e Jennifer Almeida da Silva.

De acordo com o depoimento prestado pelo suspeito, as três jovens faziam parte de uma facção criminosa rival e teriam tramado o assassinato dele alguns dias atrás.

Para se vingar, Gabriel convenceu Jennifer, que era sua namorada, a assassinar Débora e Amanda como uma “prova de amor”. Ainda segundo o suspeito, no dia seguinte, ele se encontrou novamente com Jennifer e a assassinou.

O triplo homicídio

Amanda Sousa Cruz, Débora Vieira da Silva e Jennifer Almeida da Silva foram encontradas mortas com os mesmos sinais de violência                                                Foto: Reprodução/ TV Mirante

No dia 2 de agosto, uma adolescente, de 17 anos, identificada como Jennifer Almeida da Silva, foi encontrada morta na cidade de Davinópolis. A adolescente foi encontrada por populares, com sinais de violência pelo corpo.

Segundo a Polícia Civil, Jennifer era amiga de outras duas adolescentes, Amanda Sousa Cruz e Débora Vieira da Silva, que também foram encontradas mortas, no dia 1º de agosto, na beira do Riacho Cacau, no bairro São Domingos, na região de Davinópolis. As vítimas foram encontradas, aparentemente, abraçadas dentro do riacho. Elas tinham perfurações causadas por arma branca nas regiões do abdômen, pescoço e braços.

Segundo o delegado-geral da Polícia Civil, Jair Paiva, primeiramente, as jovens Amanda e Débora sumiram, na última quinta-feira (28), e foram encontradas mortas quatro dias depois do desaparecimento.

Já a terceira vítima foi encontrada morta nesta terça, na mesma região em que os corpos das amigas dela estavam, Jennifer Almeida foi encontrada a cerca de 800 metros do local onde estavam os corpos de Amanda e Débora. As três vítimas eram moradoras da cidade de Imperatriz, na região Tocantina.

Aluna da UFMA se acorrenta em porta de sala em protesto contra assédio

Estudante afirma que vem sofrendo perseguição da Universidade, por liderar denúncia contra professor por assédio sexual.

O Imparcial – A estudante Jamile Mondego, aluna do curso de Licenciatura Interdisciplinar em Estudos Africanos e Afro-Brasileiros da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), se acorrentou no prédio do Paulo Freire, em frente à sala do curso, em protesto à uma perseguição que está sofrendo do Centro Acadêmico e Coordenação do curso de Estudos Africanos.

Jamile se acorrentou na porta de uma sala do prédio Paulo Freire, na UFMA. (Foto: Reprodução)

O motivo, segundo a jovem, é ela ter estado à frente da denúncia de assédio sexual cometido pelo professor Richard Pinto contra alunas do curso. A denúncia veio à tona em abril e as mulheres assediadas venceram o processo civil e administrativo contra o professor.

De acordo com Jamile, ela está sendo vítima de assédio moral por ter ajudado cinco mulheres do mesmo curso, que teriam sido vítimas de assédio sexual. O suspeito é um professor que foi afastado depois das denúncias, em 2019.

Conheça o caso

Em reunião de colegiado do curso, ocorrido em 20 de abril passado, a aluna por ter sido coordenadora do centro acadêmico entre o período 2018-2020 pede esclarecimento sobre a acusação feita pelo presidente do centro acadêmico, Leonardo dos Santos, pelo sumiço de um computador na sala do Centro Acadêmico.

Segundo a denúncia, durante a reunião, um funcionário chamou a aluna de palhaça e a retirou da reunião que estava acontecendo virtualmente. Após alguns dias, Jamile recebeu uma intimação para responder um processo de acusação da secretária do curso que redigiu a ata do colegiado do dia 22 de abril de 2022.

“Eu só vou sair daqui quando essas coisas forem resolvidas. Eu estou desde o dia 20 de abril implorando, dialogando para resolver isso de uma outra forma. Infelizmente eu não tinha mais o que fazer e só depois de eu chegar até aqui estão tentando agora a convocação de uma reunião extraordinária. Me solicitaram que eu saísse daqui. Eu não tenho como confiar, eu preciso que isso seja resolvido. Eu só queria me formar. Depois de quase 5 anos de curso eu não queria estar aqui. Eu não fiz nada demais contra ninguém, eu só ajudei”, disse a estudante.

Alunas da UFMA fixaram cartaz chamando a atenção para caso de assédio na Universidade. (Foto: Reprodução)

“Jamile é uma pessoa que sempre tentou ajudar a todos, mas agora está sendo acusada de furtar um aparelho da sala de computadores do Curso. Ela não tem a necessidade de fazer isso. Eu, como aluno do Curso, amigo de Jamile Mondego, venho dizer que isso é insustentável, que ela não merece passar por esse constrangimento. Se há algo contra Jamile, que os acusadores provem”, disse o estudante Antonio Fernando Sodré Júnior.

Providências

A aluna requer e solicita a convocação de uma reunião extraordinária ao colegiado do LIESAFRO sobre a ata da referida reunião, e pede explicações para o presidente do centro acadêmico Leonardo dos Santos a respeito do registro patrimonial do computador que está na acusação.

Em resposta a O Imparcial, a Universidade Federal do Maranhão disse que “já tomou as medidas cabíveis para normalizar a situação da aluna Jamile Mondego, do curso de estudos africanos e está acompanhando os fatos”.

Deltan, condenado, vai disputar eleição ‘sub-júdice’

Por Fernando Brito, editor do TIJOLAÇO

Embora, teoricamente, esteja inelegível, depois da condenação unânime pelos quatro ministros da 2ª Câmara do Tribunal de Contas da União, Deltan Dallagnol vai disputar a eleição para deputado federal pelo Paraná.

É que a determinação do TCU só valerá para torná-lo inelegível depois de transitada em julgado. Isto é, depois que todos os recursos possíveis (pedido de reconsideração e embargos de declaração) tiverem sido vencidos.

Deltan terá esta possibilidade exatamente porque o estado de direito assegura que ninguém será considerado culpado até sentença definitiva, exatamente aquilo contra o qual e procurador se insurge e diz querer revogar.

E por conta das garantias que, anos atrás, impediram Lula de ser candidato contra Bolsonaro.

Está claríssimo que, com sete anos de pagamentos de viagens e diárias para os procuradores que escolheu para integrar a Lava Jato, numa simulação evidente de que era um trabalho eventual, Deltan provocou dano ao Erário e favoreceu pessoalmente os beneficiários dos pagamentos.

Na sua decisão, o relator do processo no TCU escancara a gula dos procuradores, que também recebiam auxílio-moradia, de R$ 4,3 mil mensais.

“A decisão pelo pagamento de diárias e passagens a procuradores para atuarem junto à força-tarefa de Curitiba se mostrou tão indecorosa que foi notada pelos próprios beneficiários, após certo tempo, pois, talvez pelo desconforto da situação, formularam pedidos formais de consulta às instâncias superiores do MPF como forma de ratificar o recebimento dessas elevadas somas mensais, além do subsídio do cargo e do auxílio-moradia”.

No total, junto com Rodrigo Janot, que abonou os atos e João Vicente Romão, que formalizou a instalação do grupo, são R$ 2,8 milhões em pagamentos irregulares.

Não é pouco, mas ainda assim não é nada pelo que Dallagnol provocou em danos a pessoas e ao país, numa sanha acusatória que, hoje, está perfeitamente claro que se devia a promover-se politicamente.

O caso Dallagnol, com castigo pouco, tardio e inócuo deve ser uma das referências para que, na reforma política, fixe-se – como já se tentou – uma quarentena rígida de ao menos 8 anos para que promotores, delegados, juízes, militares e outras autoridades com poder irrecorrível possam se candidatar.

Em nome do popular combate à corrupção, corrompem seus próprio cargos, pagos também com o dinheiro público.

Ao Sampaio Araioses só a vitória interessa

O Sampaio Futsal enfrenta nesta quarta-feira (10) o Pato Futsal da cidade de Pato Branco/PR, na partida de volta pela semifinal da Copa do Brasil de Futsal. Para a equipe araiosense só a vitória interessa, já que foi derrotado no jogo de ida pelo time paranaense, pelo placar de 6 a 5.

Saldo de gols não vale pela Copa do Brasil, portanto, primeiro o Sampaio terá que vencer o jogo por qualquer placar para forçar uma prorrogação.

Quem vencer segue em frente e se o tempo extra terminar empatado, a decisão para se saber quem vai para a final da competição será na cobrança de penalidades.

O jogo será no Ginásio Costa Rodrigues, em São Luís às 21:30 horas, com transmissão ao vivo  pela Band Sports e pelos canais do You Tube da NSPORTS e CBFS.

VÍDEO: Lula mostra que é alvo de fake news antes mesmo de surgir o termo

Lula em entrevista com Jô Soares Foto: Reprodução

Publicado originalmente no Diário do Centro do Mundo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) publicou um vídeo nesta segunda-feira (8) mostrando que sempre foi alvo de fake news antes mesmo de o termo existir.

Após a morte de Jô Soares, na última sexta-feira (5), começaram a circular nas redes sociais trechos de uma entrevista concedida pelo petista ao apresentador em 1997. Na ocasião, Lula já denunciava as mentiras criadas sobre ele.

“Eu sou vítima desde 1982. Já panfletaram com casa que eu morava no Morumbi. Já panfletaram São Paulo com mansão que eu tinha no Guarujá. Disseram que eu tinha um túnel da minha casa de São Bernardo para ir para o Morumbi escondido. Que eu era dirigente sindical de dia, mas de noite eu ia por baixo de um túnel para o Morumbi”, disse Lula em entrevista a Jô.

“Posso ser culpado de várias coisas. Agora, dizer nesse país que fui corrupto algum dia, nem que eu tiver 50 anos de vida, quem acusou vai ter que provar”, afirmou na época, ao citar as fakes news criadas a seu respeito.

Passadas décadas, o ex-presidente foi acusado de corrupção e passou 580 dias preso. O petista, porém, conseguiu 25 vitórias judiciais, em todos os processos que eram movidos contra ele. A Justiça brasileira e o Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) concluíram que Lula foi vítima de julgamento parcial e teve violados seus direitos políticos, civis e à privacidade.

Exército abre processo disciplinar administrativo contra coronel que espalha fake news sobre urnas nas redes

Coronel Ricardo Sant’Anna foi expulso pelo TSE de um grupo responsável pela fiscalização das eleições. O militar quebrou protocolo do Exército ao falar de política nas redes

Ricardo Sant’Anna Foto: Reprodução/Redes sociais -Antonio Cruz/Agência Brasil

Brasil 247 – Além de ter sido expulso pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de um grupo responsável por fiscalizar as eleições, o coronel do Exército Ricardo Sant’Anna será alvo de um processo disciplinar administrativo movido pela corporação, informa Basília Rodrigues, da CNN Brasil.

Ao espalhar fake news sobre urnas eletrônicas nas redes sociais, Sant’Anna contrariou uma cartilha do Exército sobre o uso de plataformas digitais.

Tanto militares da ativa quanto da reserva podem manter perfis em redes sociais, mas aos da ativa é vedado o direito de opinar politicamente.

Sobre o ofício que formaliza a expulsão do coronel, a avaliação na caserna é de que os ministros do TSE usaram “palavras desnecessárias” e que chamariam os militares “para a arena da briga”. Ainda sim, mesmo antes da decisão do TSE o Exército já havia definido que substituiria Sant’Anna.

Ao longo do final de semana o Exército e o Ministério da Defesa buscaram um nome para ocupar o lugar do coronel. A intenção é por um nome “técnico” e que não tenha histórico de comentários políticos nas redes. Até agora, o substituto não foi apresentado.

Rodrigo Lago segue ampliando apoios na Baixada Maranhense

Neste domingo, 7, o candidato a deputado estadual Rodrigo Lago esteve em Viana onde foi realizado o lançamento da sua candidatura a deputado estadual na cidade.

O objetivo do evento foi reforçar o diálogo com seu grupo político de Viana e com todas as lideranças que estão o apoiando apoiando nesse projeto.

O evento também contou com a presença da Flávia Maciel, candidata a deputada federal que conta com o apoio de lideranças de Viana neste

CRIME ELEITORAL – Damares publica posts criminosos sobre Lula: Twitter, YouTube e TSE não fazem nada

Damars e Bolsonaro: a mesma tática nas redes.                                                        Créditos: Valter Campanato/ Agência Brasil

Por Mauro Lopes, na Revista Fórum

Damares Alves postou em seus perfis no Twitter e YouTube na última terça-feira (2) um tuíte patentemente criminoso e até este domingo nem a empresa nem o Tribunal Superior Eleitoral haviam tomado qualquer providência. O tuíte e o vídeo são, talvez, as peças mais graves lançadas contra Lula na história. Nelas, a ex-ministra de Bolsonaro e agora candidata do Senado do clã em Brasília afirma que o governo Lula “ensinava em cartilha como os jovens deveriam usar crack”.

Os posts da ex-ministra aconteceram no dia seguinte ao lançamento de sua candidatura avulsa ao Senado pelo Republicanos. A candidatura foi lançada em oposição à candidatura “oficial” do governo, da igualmente ex-ministra deputada federal Flávia Arruda, pelo partido de Bolsonaro, o PL.  O clã Bolsonaro apoia Damares -Michelle Bolsonaro compareceu ao evento de lançamento da candidatura.

Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos de 2019 a 2022, Damares é responsável por uma sequência infindável de ataques às mulheres, à família e aos direitos humanos. Assim como Bolsonaro, busca a proteção de um mandato para evitar a prisão em 2023.

Os posts causaram uma onda de indignação. Veja:

Uma pessoa morre e outra fica ferida em acidente na BR-402

Motorista envolvido na colisão fugiu sem prestar socorro

Uma pessoa morre e outra fica ferida em acidente na BR-402; motorista envolvido na colisão fugiu sem prestar socorro — Foto: Divulgação/ PRF

Por g1 MA — São Luís

Na noite desse sábado (6), uma pessoa morreu e outra ficou ferida em um acidente envolvendo uma motocicleta e um carro na BR-402, no município de Rosário, a 70 km de São Luís.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o condutor da motocicleta, um homem de 40 anos, informou que se deslocava com a sua irmã, de 46 anos, para o município de Bacabeira quando um carro colidiu na traseira do veículo.

Uma pessoa morre e outra fica ferida em acidente na BR-402; motorista envolvido na colisão fugiu sem prestar socorro — Foto: Divulgação/ PRF

Após o acidente, o motorista do carro fugiu sem prestar socorro às vítimas. Os dois ocupantes da motocicleta foram socorridos com vida, mas a passageira não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho da unidade de saúde.

A PRF realizou rondas na BR-402, mas não conseguiu localizar o carro envolvido na colisão. A equipe aponta que o excesso de velocidade do carro e a deficiência no sistema de iluminação/sinalização da motocicleta podem ter sido as causas do acidente.

Michelle e a “cozinha do diabo”

Por Fernando Brito, editor do TIJOLAÇO

O fanatismo religioso na política chegou mesmo ao grau de insanidade.

Não bastasse Jair Bolsonaro transformar – com o beneplácito de pastores muito interessados na proximidade com o César – os cultos religiosos em seus comícios eleitorais, agora a sua mulher, Michelle, virou “pregadora” palaciana.

Falou quatro vezes mais tempo que ele, num culto em BH, hoje. E disse que o Palácio do Planalto foi, por muito tempo, “consagrado a demônios, cozinha consagrada a demônios, Planalto consagrado a demônios”.

E que, agora, graças a ela e ao marido, é “consagrado ao Senhor Jesus”.

Não se faça o jogo dos fariseus, que procuram colocar a religião e a fé a serviço de interesses eleitorais, dando importância demais ao fato de Bolsonaro estar se escondendo por detrás do discurso da mulher.

Michelle é apenas uma pessoa transtornada, que, seduzida pela corte de aduladores de seu marido por ter sido colocada na condição de “salvadora” de sua candidatura, tomou-se da soberba e esqueceu que ela “precede à ruína, e o orgulho, à queda.” (Provérbios 16, 18)

A ninguém de boa-fé se pode esperar concordância com o que ela diz, porque seria concordar que o país está numa guerra religiosa (nas suas palavras , “uma guerra do bem contra o mal”).

Muito menos que Jair Bolsonaro é “o rei que governa essa nação”, ainda que sua família, de fato, se assemelhe a uma corte imperial.

Ela não é louca (“”Podem me chamar de fanática, podem me chamar de louca. Eu vou continuar louvando nosso Deus. Vou continuar orando”).

É parte de um plano perverso de divisão do país em “crentes e não crentes” e, portanto, do caráter laico do Estado que é fundamento da democracia.

Aceitar isso é quase o mesmo que aceitar as fogueiras da Inquisição.

Aliás, um bom exemplo de “cozinha do Diabo”.

Rodrigo Lago consolida apoios em Passagem Franca

Na tarde deste sábado, 6, o candidato a deputado estadual Rodrigo Lago lançou a candidatura na cidade de Passagem Franca.

No município, o líder Samuel Saraiva apresentou Rodrigo Lago ao seu grupo político e reafirmou seu apoio ao projeto.

Na ocasião, foi lançada ainda a candidatura de Márcio Jerry a deputado federal, também apoiado por Samuel Saraiva.

Brandão: “Nosso orçamento é participativo: a gente constrói com o povo”

O governador também elogiou a atuação do candidato a senador Flávio Dino. (Foto: Divulgação)

O Imparcial com informações da Assessoria

Ao longo desta sexta-feira (5), o governador Carlos Brandão passou pelos municípios de Turiaçu, Santa Helena e Pinheiro.

Durante agenda nas cidades, o governador dialogou com a população de cada município – ressaltando as obras que foram desenvolvidas nos últimos anos.

Para Brandão, o êxito do governo do Maranhão está no caráter estratégico de suas ações, como a realização do Orçamento Participativo, por exemplo, iniciativa fundamental para o desenvolvimento do estado.

(Foto: Divulgação)

“As nossas obras acontecem, as nossas ações acontecem. Nosso orçamento é participativo: a gente constrói com o povo do Maranhão. A gente ouve o agricultor, o comerciante, o funcionário público. Eu não vou mudar este projeto. Está dando certo. E é assim que será em nossa gestão”, pontuou o governador.

Ainda durante a passagem pelos municípios, Brandão elogiou o ex-governador Flávio Dino pelo trabalho desenvolvido em todo o Maranhão.

“Flávio Dino abriu a primeira estrada e agora nós vamos dar continuidade a esse trabalho que deu certo! Ao lado de Dino como governador, sempre ajudei e aprendi muito. E já estou dando continuidade ao que ele fez para o nosso povo”, finalizou.

TCE vai apuar possível esquema de emendas em 16 municípios do Maranhão

Por Gilberto Léda

Os municípios de Igarapé Grande e Bela Vista do Maranhão serão os primeiros alvos da auditoria conjunta na área da Saúde aprovada nesta semana pelo Pleno do TCE. Incorporada ao Plano de Ação do Tribunal para este ano, a fiscalização atende à deliberação da Rede de Controle da Gestão Pública do Maranhão, e envolverá um total de 16 cidades maranhenses em ações conjuntas e imediatas.

A apuração ocorre após denúncia da revista piauí apontando possíveis desvios de recursos públicos do chamado orçamento secreto vinculados à saúde em vários municípios maranhenses (saiba mais).

“O Plano Bienal de Fiscalização estabelece como área de atuação justamente os temas da Saúde, envolvendo aquisição de materiais hospitalares e processos de contratação de prestação de serviços médicos e demais serviços de saúde”, diz uma nota emitida pelo TCE na semana passada.

Os outros 14 municípios a serem fiscalizados nessa etapa são: Afonso Cunha; Bernardo do Mearim, Vitorino Freire, Lima Campos, São Francisco do Maranhão, Lago dos Rodrigues, Tufilândia, Fernando Falcão, Bom Lugar, Junco do Maranhão, Tuntum, Pedreiras, Caxias e Santa Quitéria do Maranhão.

Erro no sistema

No dia 29 de julho a Prefeitura de Araioses pagou o valor de 2/3 das férias dos professores da Rede Municipal de Ensino. A alegria desses servidores foi grande, porém não tanto para manifestar esse contentamento nas redes sociais.

Nesta sexta-feira, dia 5 de agosto, o pagamento foi referente ao mês de julho e aí, segundo nota divulgada por Cissa Carvalhal – responsável pela folha de pagamento – um erro no sistema, onde foi descontado o Imposto de Renda em duplicidade causou uma senhora revolução de descontentamento, tudo isso manifestado nas redes sociais.

O descontentamento foi grande e uma nota de esclarecimento foi publicada dizendo que segunda-feira (imagina-se que a próxima, dia 8) será feito o reembolso dos servidores.

A responsável pelo erro assumiu seu erro, porém a prefeita Luciana Trinta foi quem pagou o pato nas redes sociais.

Quem é Lahesio Bonfim?

Com a oficialização nesta sexta-feira (5) do Professor Joás Moraes (Democracia Cristã) como candidato ao Governo do Maranhão, sobe para 9 o número de pretendes.

Segundo as pesquisas de opinião pública divulgadas até agora, o governador Carlos Brandão (PSB) lidera a disputa, com o senador Weverton Rocha (PDT) em segundo lugar e em terceiro, o ex-prefeito de São Pedro dos Crentes, Lahesio Bonfim (PSC).

Após a definição de Carlos Brandão como candidato do ex-governador Flávio Dino, o cenário apontava que a disputa do seu escolhido para ocupar o Palácio dos Leões seria com o senador Weverton Rocha, porém Lahesio Bonfim ultimamente subiu muito nas pesquisas e hoje – embora em terceiro lugar – está empatado tecnicamente com o candidato do PDT.

Quem é Lahesio Bonfim?

Aqui, demagogicamente, o marqueteiro Lahesio Bonfim pousa de “pedreiro” vendendo a imagem de um homem simples e trabalhador – Foto: Reprodução do site do candidato

Mas, quem é Lahesio Bonfim? O que se sabe é que ele nasceu na cidade de Marcos Parente/PI, que é médico e que é ex-prefeito da minúscula cidade maranhense São Pedro dos Crentes, com população estimada – segundo o IBGE – em 2021, em 4.700 habitantes e que na eleição de 2020 foi reeleito com 90% dos votos válidos naquele município.

Um dado altamente positivo, isso se o fato se referisse a uma grande cidade – tipo São Luís ou Imperatriz, as duas maiores do Maranhão – ou ainda, o que é mais importante, se por trás desse feito não estivesse uma competentíssima campanha de marketing visando coloca-lo como bom administrador, já de olho em saltos mais altos, como o faz agora.

Quem visitar seu site (veja o link abaixo) verá uma série de fotos, onde se ver a execução de algumas obras de infraestrutura e outras em que ele se passa por pedreiro e ajudante de obras, que pode até enganar os incautos, porém a imagem de marqueteiro está mais que caracterizada.

Não conheço um político que venda melhor sua imagem do que Lahesio Bonfim. Um excelente camelô, onde o principal produto a ser vendido é ele mesmo. Se alguém tem dúvida é só observar seus vídeos nas redes sociais – onde exalta aos extremos – o seu ego cultivando a imagem de está acima dos demais.

Também sabe da força eleitoral dos evangélicos invocando Deus em suas colocações além do que recomenda o terceiro mandamento, dos 10 apresentadas por Moisés que diz: “Não tomarás em vão o nome do Senhor, o teu Deus, pois o Senhor não deixará impune quem tomar o seu nome em vão”.

Vem se colocando como salvador da pátria, um filme que já vimos, pois quem não quiser ir muito longe se encontrar com o ex-presidente e atual senador Fernando Collor de Mello é só ver seu ídolo Jair Bolsonaro, que se apresentou na campanha de 2018 exatamente assim e no governo jogou o Brasil numa das piores situações de sua história.

Também não é tão pobre como alardeia, pois quem declara ter R$ 2.271.000,00 em bens não está nesse perfil.

Ele é quem mais claramente assume Bolsonaro nessa campanha, de olho no percentual de intenção de votos, que o presidente tem no Maranhão.

Segundo diz os analistas políticos, se ele alcançar esse eleitorado estará no segundo turno com Brandão.

Cuida-te, Weverton Rocha!

https://lahesiobonfim.com.br/