Trump defende os dele; Bolsonaro entrega os seus

Por Fernando Brito, editor do TIJOLAÇO

É mais que um novo “mico” pago por Jair Bolsonaro diante da sua propalada “amizade” com Donald Trump o anúncio do presidente norte-americano de que vai impor tarifas às nossas exportações de aço e de alumínio . seria mais um na coleção, que inclui vistos, OCDE, cotas de trigo e nossa renuncia ao tratamento privilegiado na Organização Mundial do Comércio.

É que esta é uma retaliação escancaradamente político eleitoral e não vai ser revertida com um telefonema carinhoso para Washington.

Notem como Trump se refere expressa mente aos “fazendeiros” norte-americanos, setor essencial á sua base eleitoral para o ano que vai entrar.

O que têm fazendeiros com preço de aço e alumínio?

Nada e tudo, porque é um recado claro para o Brasil não se assanhar com exportações de milho e soja, nas quais somos concorrentes diretos do Tio Sam, como são também os hermanos argentinos

Nossas relações comerciais, neste momento, só vão de vento em popa com a China, embora os chineses, de início, tivessem sido demonizados.

E continuem sendo, porque – publica hoje mesmo a BBC – o anúncio para a liberação de vistos para a entrada de chineses no Brasil, até agora, só atinge Taiwan e deixa os da China continental de fora.

São tão incapazes de fazer diplomacia pragmática que, não duvidem, daqui a pouco o chanceler Ernesto Araújo vai desfilar de guarda-chuva em Hong Kong.

O Abraham Weintraub empresta o dele.

Vídeo: apresentadora de TV expulsa convidado que negou ditadura no Chile

247 – Um convidado foi expulso de um programa de TV no Chile ao negar ter havido tortura e ditadura durante o governo de Augusto Pinochet. O trecho do vídeo circula nas redes sociais.

O entrevistado era o advogado Hermógenes Pérez de Arce, que falava, junto com outros convidados, no programa Bienvenidos 13 na última sexta-feira.

A apresentadora Tonka Tomicic pediu para que ele se retirasse do estúdio. “Não se pode compartilhar o espaço televisivo com uma pessoa que está negando parte da história do Chile”, justificou. O advogado disse ter sido censurado e se retirou.

O episódio acontece em meio às maiores mobilizações populares em três décadas no Chile. A população está nas ruas em protesto contra as políticas neoliberais do governo de Sebastián Piñera.

As manifestações têm sofrido fortes repressões de agentes militares, que já deixaram mais de 20 mortos e mais de 200 cegos.

Assista:

Pai é preso em flagrante após abusar da filha de 11 anos no Maranhão

Daniel Sousa Santiago foi encaminhado à Central de Flagrantes de Timon — Foto: Divulgação/Polícia

Por G1 MA — São Luís

Um homem identificado como Daniel Sousa Santiago foi preso em flagrante na sexta-feira (29) em Timon, a 450 km de São Luís, após ter abusado sexualmente da sua própria filha de apenas 11 anos.

Segundo a polícia Daniel Sousa, que também é conhecido como “DJ Santiago”, foi preso após denúncia realizada pelo Conselho Tutelar e da direção do colégio da vítima, e também por meio da confirmação do estupro no Instituto Médico Legal (IML).

De acordo com as investigações da polícia Daniel Sousa, que foi preso na Rua 9, bairro São Francisco, em Timon, já vinha abusando da menina há alguns anos, fato este confirmado por sua própria filha.

Daniel Sousa Santiago foi preso pelo crime de estupro de vulnerável e encaminhado à Central de Flagrantes de Timon, onde vai ficar à disposição da Justiça.

Governadores anunciam 1ª compra conjunta entre Estados da Amazônia Legal

Durante reunião em São Luís nesta quinta-feira (28), o 19º Fórum de Governadores da Amazônia Legal anunciou a primeira compra conjunta entre os estados que integram o consórcio da região. São aqueles em que há ocorrência de vegetações amazônicas: Amazonas, Acre, Amapá, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins, Maranhão e Mato Grosso.

Os governadores foram recebidos no Palácio dos Leões por Flávio Dino. O anúncio sobre a compra conjunta foi feito pelo governador do Amapá e presidente do Consórcio dos Governadores da Amazônia Legal, Waldez Goés.

De acordo com ele, a aquisição será voltada para a área da Saúde e caberá ao estado do Amazonas a organização dos mecanismos de compra.

Ainda segundo Goés, a inspiração veio do Consórcio Nordeste, ferramenta de gestão formada pelos nove Estados nordestinos, que em sua primeira licitação garantiu economia de 30% de economia na aquisição conjunta de medicamentos.

“O Consórcio tomou a decisão de fazer sua primeira compra corporativa área da saúde. Entendemos isso como passo importante. Já vem sendo experimentado pelo Nordeste e isso significa comprar melhor e com mais transparência, qualidade e economia”, destacou Goés.

Waldez Goés assinalou ainda que já foram iniciadas as deliberações para novas compras nas áreas da Tecnologia e da Segurança Pública.

“O Estado do Mato Grosso vai organizar a compra corporativa na área de tecnologia e na próxima reunião, que deve acontecer em fevereiro ou março do ano que vem, nós devemos alinhar algumas situações nessa área de gestão, referente às compras corporativas na área de Segurança Pública”, antecipou.

Ponte entre Carolina e o Tocantins

Ainda durante a Assembleia Geral do 19º Fórum de Governadores da Amazônia Legal, foi assinado protocolo de intenções entre os estados do Maranhão e Tocantins para construção de uma ponte que vai ligar a cidade de Filadélfia (TO) a Carolina (MA).

Para o governador do Maranhão, Flávio Dino, a parceria vai gerar benefícios sociais e econômicos, em especial para o turismo local.

“Uma das preocupações do Consórcio Amazônia é a integração infraestrutural entre os vários Estados. Agora vamos para os passos concretos e necessários para execução do projeto. Sabemos que Carolina e as cidades da região têm uma grande importância para a economia do turismo. Tenho certeza que esse investimento ajudará no desenvolvimento da região”, frisou Dino.

Carta de São Luís

A partir dos debates realizados no 19º Fórum de Governadores da Amazônia Legal, os gestores assinaram a Carta de São Luís, protocolo de intenções na área ambiental para convergência de posicionamento dos estados da Amazônia Legal e o Governo Federal brasileiro, a ser apresentado na Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas de 2019 (COP-25), que acontece no mês de dezembro em Madri, na Espanha. Oito governadores assinaram a Carta.

O governador do Amazonas, Wilson Lima, disse que “esse é um encontro que nós fazemos frequentemente para discutir as questões da Amazônia e nessa reunião falamos principalmente sobre a COP 25 (Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas de 2019)”, que acontece no início de dezembro.

Mauro Carlesse, governador do Tocantins, avaliou que “quando juntam todos os Estados voltados ao mesmo tema do meio ambiente, a tendência é cada vez melhorar mais”.

Para Mauro Mendes, governador do Mato Grosso, “esse encontro de governadores é uma oportunidade que nós temos, acima de tudo, de trocar experiências, de falarmos um pouco dos problemas comuns que nós temos aqui nessa grande região do Brasil que é a Amazônia Legal”.

“É muito importante a união dos Estados, dos governadores, para que nós possamos facilitar as ações. Nós somos da Amazônia e nós temos muitos interesses em comum, interesses das nossas populações e esse diálogo tem sido muito importante”, afirmou o governador de Rondônia, Marcos Rocha.

Para Helder Barbalho, governador do Pará, “o Fórum tem sido um ambiente absolutamente de integração da nossa região, da construção de forma coletiva de propostas que permitam com que a Amazônia Brasileira possa se desenvolver de forma sustentável, respeitando as nossas diferenças, respeitando nossas particularidades”.

Está quase pronto o canal que levará águas do Parnaíba para o Santa Rosa

Um vídeo que recebi de uma moradora do povoado Remanso, distante 32 km da sede da cidade mostra que está quase concluída a obra de abertura de um canal, que vai permitir a passagem de água doce do Rio Parnaíba para o Santa Rosa.

Ao que fomos informados trata-se de uma medida paliativa, porém já existe previsão para a execução de uma obra de maior de parte do Governo Federal em parceria com a prefeitura de Araioses para ser iniciada no próximo ano.

Justiça seja feita – pelo menos no que diz respeito ao flagelo causada pelas constantes secas do Rio Santa Rosa Araioses – o prefeito de Araioses, Cristino Gonçalves tem se empenhado bastante e para isso louve-se também o grande empenho de Ivanildo Ribeiro – secretário de Agricultura e Abastecimento de Araioses que conseguiu sensibilizar o pessoal da AHINOR em São Luís que se comprometeu a fazer a obra em curso fornecendo o maquinário e a prefeitura o combustível.

Ivanildo Ribeiro – secretário de Agricultura e Abastecimento de Araioses tem se empenhado muito em favor  do Santa Rosa.

Informações de São Luís dão conta de que o secretário fez várias viagens a aquele órgão na capital maranhense e que lutou diuturnamente para que as máquinas chegassem a Araioses, para que este feito fosse realizado conseguindo do prefeito Cristino o compromisso de cumprir com a parceria de responsabilidade da prefeitura.

No vídeo abaixo – provavelmente feito por Ivanildo Ribeiro – ele detalha o andamento da obra que levará água doce do Parnaíba para o Santa Rosa.

Não é a Folha gostar de apanhar que me fará apoiar espancador de imprensa

Por Fernando Brito, editor do TIJOLAÇO

Apesar de não me mover qualquer solidariedade política ao papel que a Folha desempenhou de ajudar a cevar Jair Bolsonaro, tratando como um candidato diante do qual se deveria portar com neutralidade, enquanto a seus adversários nunca se cansou de pedir sessões de autoflagelação públicas, codinome “autocrítica”, creio que é grave para todos a nova ofensiva do presidente contra o jornal, ameaçando ir além de cancelar as assinaturas do jornal paulista pela administração pública. Isso, embora revelador da estupidez do “não li e não gostei”, tem pouco impacto.

Agora, ameaçar os anunciantes do jornal, ao dizer que boicotará seus produtos e – óbvio – estimulando seus subordinados a fazerem o mesmo – a atitude de Bolsonaro vai além de atacar um jornal que, sob muitos aspectos, assume o papel que os antigos chamavam de “mulher de malandro”, destinado a quem continuava, como a Folha continua, a apoiar as políticas deste governo nefasto.

Bolsonaro parte para o caminho da chantagem expressa sobre empresas e tenho poucas dúvidas de que elas passarão a adotar os “conselhos” presidenciais em outros campos, em especial com seus trabalhadores.

Quem quiser que diga o “bem-feito” que o jornal mereceria por, ainda outro dia, entoar loas a Paulo Guedes, a quem, dias depois, pareceria normal o AI-5.

Por isso e por muito mais, por agredir que a respeitou com várias passagens de jornalismo de esgoto, como a ficha falsa do Dops sobre Dilma Rousseff. Ou por chamar de “ditabranda” a ditadura que apoiou.

Porque as ditaduras acabam sempre em conflito com a imprensa, mesmo com a que lhe foi, um dia, cúmplice ou amiga.

Eu prefiro que os próprios leitores puxem o rabo preso do jornal com o mercado financeiro, expondo a vergonha de apoiar seu próprio algoz.

Apenas porque este algoz é mais que algoz da Folha, é algoz das liberdades democráticas.

PF indicia Bivar e três candidatas laranjas do PSL em Pernambuco

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

247 – A Polícia Federal indiciou nesta sexta-feira (29) o presidente nacional do PSL, o deputado federal Luciano Bivar (PE), e três mulheres de Pernambuco sob suspeita de participação em uma esquema de candidaturas de laranjas para desviar dinheiro público da legenda. Eles foram indiciados sob suspeita dos crimes de apropriação indébita de recurso eleitoral, falsidade ideológica eleitoral e associação criminosa – com penas de seis, cinco e três anos de cadeia, respectivamente.

Secretária de Bivar há cerca de 30 anos, Maria de Lourdes Paixão, 68, concorreu a deputada federal e teve apenas 274 votos, sendo a terceira maior beneficiada com verba do PSL em todo o País, mais do que Jair Bolsonaro e a deputada Joice Hasselmann (SP), essa com 1,079 milhão de votos. A candidata laranja recebeu R$ 400 mil de dinheiro público eleitoral e declarou ter gasto R$ 380 mil numa gráfica de fachada.

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) reprovou, nesta quarta-feira (27), por unanimidade, as contas da candidata e determinou a devolução de R$ 380 mil.

Assassino do jornalista Décio Sá é condenado a 22 anos de prisão por duplo homicídio

Reprodução

Por Manuela Vieira, O Imparcial

Jhonatan de Sousa Silva, assassino confesso do jornalista e blogueiro Décio Sá, foi levado a júri popular e condenado nessa quinta-feira (28), a vinte e dois anos e onze meses de prisão, no Fórum de Justiça de Santa Inês, distante 250 km da capital maranhense. A sentença está relacionada as mortes de Antônio Pereira Lima e Geraldo Araújo Pereira, em outubro de 2010, na zona rural do município.

O réu segundo a polícia, é acusado de ter assassinado a tiros dois homens que jogavam sinuca com ele em um bar no município de Santa Inês, após uma discussão por conta de uma aposta no valor de R$ 5 reais. As duas vítimas do criminoso foram baleadas na cabeça.

Reprodução

À época do crime, Jhonatan ainda chegou a ser capturado pela Polícia Militar (PM), mas conseguiu escapar do flagrante e foi liberado após ser agraciado com um habeas corpus. Nesse período, o criminoso usava o nome falso de Leandro da Silva Conceição, e só depois foi descoberto que ele era o verdadeiro autor do duplo homicídio.

Durante o julgamento, o pistoleiro mudou a versão do depoimento anterior e disse que cometeu o crime por conta de uma mulher que estava com uma das vítimas que segundo ele havia sofrido assédio sexual.

Dupla derrota para Toffoli

Por Fernando Brito, editor do TIJOLAÇO

O ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal, sofreu ontem uma dupla e séria derrota.

O TRF-4, ao julgar o processo de Lula, simplesmente desconsiderou a decisão que a corte tomou, um mês atrás, mandando anular processos onde a ordem de apresentação das razões da defesa não tivesse, como prevê nosso sistema acusatório, tido a oportunidade de ser a última.

Desconsiderou, aliás, é pouco: achincalhou o STF, seja por afirmar que a decisão é ex nunc (daqui para a frente) – quando foi tomada sobre fatos já pretéritos – seja por ter chegado ao absurdo de que aquele Vitor Laus ter expedido uma decisão de prisão em segunda instância in pectore, descaradamente dizendo que ela deveria ser cumprida assim que o Supremo mudasse de posição ou que a lei fosse alterada.

Ambas as situações por conta de dois titubeios de Dias Toffoli: na prisão em segunda instância dizer que nada impedia uma mudança na lei, embora seja uma decisão derivada de cláusula pétrea, não passível de alteração e, no caso da ordem das alegações finais, não ter promulgado o resultado modulado com as duas teses vencedoras, a de que valia para todos os casos onde houvesse diferenciação entre réus delatores e réus delatados e que independia de avaliação de prejuízo (nulidade absoluta), bastando pré-questionamento.

A segunda derrota ainda está por consumar-se, com “goleada” que deve sofrer no “caso Coaf”, que só está acontecendo porque quis fazer “média” com o presidente da República ao suspender as investigações sobre Flávio Bolsonaro.

Para isso, agarrou-se num caso em nada semelhante, o de uma Representação Fiscal para Fins Penais feita pela Receita, compartilhando dados fiscais obtidos durante o processo administrativo fiscal – algo que já tem inúmeras acolhidas pelos ministros do STF, inclusive ele próprio, com a questão do Coaf que não deve e não pode ter acesso a extratos bancários detalhados sem o pedido de quebra de sigilo bancário – que foi, aliás, feito e concedido no caso do Filho 01 – mas apenas das informações que a ele chegam dos bancos sobre as operações definidas em lei como suspeitas, por valores, por forma de realização ou por fracionamento imotivado para burlar o primeiro item, o volume das operações.

O resultado foi um julgamento sem pé nem cabeça, formando uma maioria contrária a ele que, talvez, não vá ter mais que um ou dois votos, além do seu, assim mesmo porque o Ministro Marco Aurélio, por várias vezes, já se manifestou contra qualquer quebra de sigilo bancário não submetida a juiz.

Toffoli confunde política com “acochambramento” e não consegue, por raso, alcançar a ideia de que um Tribunal se afirma pela firme clareza de suas decisões.

Que faça mal à sua própria autoridade pessoal, pouco importa. Mas quando isso implica tornar flácida e e reduzida a autoridade do STF isso importa muito a uma nação que está em vias de enfrentar uma ofensiva autoritária como há décadas não se tem notícia.

E pior, com o próprio corpo do Judiciário, como se viu ontem, a apoiá-la.

Universitária que ia defender TCC sobre feminicídio é assassinada por ex-namorado na Bahia

Reprodução/Facebook

Revista Fórum

A estudante universitária Elitânia de Souza da Hora foi morta pelo ex-namorado nesta quarta-feira (27) em Cachoeira, cidade do recôncavo baiano. Aluna do curso de Serviço Social UFRB (Universidade Federal do Recôncavo Baiano), Elitânia se preparava para defender seu trabalho de conclusão de curso (TCC) que tinha o feminicídio como tema central.

A estudante foi baleada por volta das 22h40, quando chegava em casa, e não resistiu aos ferimentos. O ex-namorado, que não aceitava o fim da relação entre os dois, está foragido desde a morte da estudante. O caso está sendo apurado pela Delegacia de Polícia de Cachoeira.

Em nota, a reitoria da UFRB informou que “as terríveis circunstâncias do crime contra Elitânia causam tristeza e indignação de toda a comunidade acadêmica”. Ainda, o reitor da universidade, José Pereira Mascarenhas Bisneto, declarou luto oficial de três dias e suspendeu as aulas no Centro de Artes, Humanidades e Letras nesta quinta-feira (28).

Oposição representa contra Guedes por apologia à ditadura e crime de responsabilidade

(Foto: Arquivo | Agência Brasil)

247 – Parlamentares de oposição ao governo Bolsonaro representaram contra o ministro da Economia, Paulo Guedes, por sua fala durante uma entrevista em Washington, nos Estados Unidos, em que diz que não seria de se espantar caso alguém pedisse um novo AI-5 contra eventuais manifestações populares no Brasil. A declaração era uma crítica ao ex-presidente Lula, que segundo ele estaria provocando confusão ao chamar o povo para as ruas.

As bancadas do PT, PSOL, PCdoB e PDT apresentaram uma ação conjunta contra Paulo Guedes na Procuradoria Geral da República, na qual pediu apuração para avaliar se sua declaração não se configuraria crime de responsabilidade. E junto à Comissão de Ética da Presidência, cobrando apuração pela apologia à ditadura.

No Senado, houve também a apresentação de um requerimento pedindo a convocação do ministro. “Já fizemos a convocação do senhor Paulo Guedes para que ele compareça aqui ao Congresso Nacional para explicar essas suas posições exóticas. E aqui nós queremos repudiar, de modo integral, essas manifestações de integrantes e apoiadores deste governo, que, não pela primeira vez, têm se manifestado em defesa de um endurecimento do regime no nosso país”, disse o líder do PT, senador Humberto Costa, de acordo com reportagem do Congresso em Foco.

Dimenstein: Gugu começa a ressuscitar neste sábado, e posso mostrar

Doação de órgãos de Gugu Liberato pode beneficiar até 50 pessoas

Por: Gilberto Dimenstein, no Catraca Livre

Graças às novas tecnologias desenvolvidas nos Estados Unidos, o apresentador Gugu Liberato vai ressuscitar no corpo de pelo menos 50 pessoas.

Isso porque ele decidiu doar seus órgãos.

Lá, utilizam-se da pele aos ossos.

Morto num acidente doméstico na última sexta-feira, 22, Gugu fez um dos gestos mais lindos de sua vida: entregar seu corpo.

Com sua popularidade, ele ajudou a disseminar essa causa tão maravilhosa.

O que vamos fazer debaixo da terra com nosso coração ou pulmão?

Nada, claro.

Por que não ajudar a salvar uma vida? E viver nesse corpo.

Mas há muitas pessoas que, por preconceito, não aceitam esse divino gesto.

Para seguir o exemplo do Gugu, clique aqui

Secretaria de Saúde de Água Doce realiza ação alusiva Novembro Azul

A prefeitura Municipal de Água Doce do Maranhão, através da secretaria municipal de saúde, realiza ação alusiva ao Novembro Azul.

Prevenção e cuidados com a saúde devem começar cedo e, pensando nisso, a Prefeitura de Água Doce do Maranhão, através da Secretaria de Saúde, realizaram nas UBSs do município diversas ações voltadas para proteção da saúde do homem.

O evento faz parte da programação do Novembro Azul com diversos serviços, incluindo palestras sobre o câncer de próstata. Este conjunto de ações serve de alerta aos homens, com objetivo de despertar esse cuidado com a saúde.

A Secretária Municipal de Educação Thaline Carvalho, destacou a importância da realização de ações que visam à prevenção: “Nós estamos investindo na saúde de nosso município, no que diz respeito ao atendimento e suporte aos que necessitam, mas estamos trabalhando forte também na realização de ações de prevenção, temos que dar mais seriedade à prevenção, dar todo o suporte e apoio ao cidadão para que ele não venha a adoecer”, .

O movimento novembro azul tem por principal objetivo orientar a população masculina para o diagnóstico precoce do câncer de próstata, neoplasia maligna mais comum entre os homens.

Fonte: Blog Edu Santos

Polícia prende homem com plantação de maconha em casa no Maranhão

Flávio José Silva da Silva foi encaminhado para a delegacia de Pio XII — Foto: Reprodução/TV Mirante

Por G1 MA — São Luís

A polícia prendeu em flagrante na terça-feira (26) na cidade de Pio XII, a 270 km de São Luís, Flávio José Silva da Silva, após encontrar na casa dele uma plantação de maconha.

Segundo a polícia, depois de receber várias denúncias anônimas policiais foram até a residência de Flávio José e confirmaram que ele mantinha uma plantação de maconha em seu quintal.

De acordo com a polícia, a droga estava sendo cultivada no meio de alguns pés de milho, mastruz e outras ervas medicinais, e eram aproximadamente 20 pés de maconha. As plantas foram arrancadas e apreendidas pela polícia.

Flávio José Silva da Silva foi encaminhado para a delegacia de Pio XII, onde ele foi autuado pelo crime de tráfico de drogas.