Entrevista do vereador Luizão no Comando do Delta

Vereador Luisão e Daby Santos no Comando do Delta

O presidente da Câmara de Araioses, vereador Luís Fernando Marão Felix, o Luisão foi o entrevistado de hoje (27) no programa Comando do Delta apresentado por mime  transmito em forma live pelo meu canal no Facebook.

Durante uma hora Luisão respondeu todas as perguntas de forma muito simpática e com muita segurança falando primeiramente sobre seu trabalho como presidente do Legislativo Araiosense nesses primeiros seus meses e depois sobre como ele está vendo as ações da prefeita Luciana Marão nesse início de governo.

Luisão se mostrou otimista com o ocorrido até agora e que aos poucos as coisas vão sendo feitas de forma a melhorar as condições de vida do araiosense.

Falou das estradas vicinais que serão recuperadas, do Mercado Público que ainda não está em condições de ser entregue ao funcionamento e das parcerias que já estão sendo feitas no sentido de viabilizar a administração.

Confira no vídeo a entrevista na íntegra:

Suspeitos de assaltarem PM e de balearem outro policial militar são presos no interior do Maranhão

Suspeitos de assaltarem PM e de balearem outro policial militar são presos no interior do Maranhão — Foto: Divulgação/Polícia Civil do Maranhão

Por G1 MA

Suspeitos de assaltarem PM e de balearem outro policial militar são presos no interior do Maranhão — Foto: Divulgação/Polícia Civil do Maranhão

Dois suspeitos de terem participado de um assalto a um policial militar reformado dentro de uma agência bancária em Bacabal e de terem baleado um outro PM, na cidade de Santa Inês, a 250 km de São Luís, na tarde dessa segunda-feira (26), foram presos na madrugada desta terça (27), na cidade de Bacabal, a 250 km da capital maranhense. Com eles, a Polícia Militar apreendeu mais de R$ 23 mil.

Segundo informações do 15º Batalhão de Polícia Militar de Bacabal, os suspeitos foram detidos por volta das 4h desta terça. Os policiais militares desconfiaram de um carro em atitude suspeita, que trafegava na rua Frederico Leda, em Bacabal. Os PMs observaram que uma pessoa desceu do carro e entrou em uma residência, já o carro seguiu viagem e, na BR-316 no perímetro urbano da cidade, o veículo foi abordado.

Dentro do carro havia três pessoas e, após serem questionadas, duas delas confessaram participação no assalto contra o PM reformado e na tentativa de homicídio contra o outro policial militar.

Com o trio a polícia encontrou: um veículo Corsa Classic de placa NNC – 3029; R$ 23.638; dois aparelhos celulares e um carregador portátil.

Suspeitos de assaltarem PM e de balearem outro policial militar são presos no interior do Maranhão — Foto: Divulgação/Polícia Civil do Maranhão

Os suspeitos e todo o material apreendido foram entregues na Delegacia Regional de Polícia Civil.

Assalto a PM e tentativa de homicídio

Segundo a polícia, dois dos três presos são suspeitos de terem assaltado um sargento reformado da Policial Militar do Maranhão dentro de uma agência do Bradesco, que fica na rua do Comércio, no Centro da cidade de Santa Inês.

O crime aconteceu por volta das 13h dessa segunda-feira (26), quando dois homens em uma moto Yamaha YBR Roxa chegaram ao local e entraram na parte em que ficam os caixa eletrônicos da agência bancária e iniciaram o assalto ao sargento, que transportava uma grande quantia em dinheiro, a qual seria depositada na agência.

Na hora do assalto, o PM e os criminosos entraram em luta corporal e os assaltantes dispararam contra o militar, mas não o atingiram. Nesse momento, um cabo da PM, lotado no 7º BPM, que estava de folga, observou a situação e tentou intervir, já do lado de fora do banco. O policial acabou sendo atingido por quatro disparos de arma de fogo, sendo que um dos tiros atingiu a altura do pescoço do PM.

Suspeitos de assaltarem PM e de balearem outro policial militar são presos no interior do Maranhão — Foto: Divulgação/Redes Sociais

Após o crime, a dupla fugiu do local. Segundo a PM-MA, o policial baleado se encontra estável no hospital Macro Regional aguardando parecer neurológico.

Polícia Civil de Araioses prende dois adolescentes integrantes de perigosa facção criminosa

Foto: Reprodução

A Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Polícia Civil de Araioses, deflagrou, na manhã de hoje (27), nova operação tendente a coibir a prática de roubos na cidade de Araioses e regiões circunvizinhas.

Após várias semanas exaustivas de investigação, a equipe conseguiu identificar dois adolescentes integrantes de célula de perigosa facção criminosa instalada na região, a qual foi responsável pela prática de diversos roubos na cidade de Araioses, incluindo a zona rural.

De posse de todos os elementos de informação e dos respectivos mandados de internação e busca e apreensão, deflagrou-se a operação, resultando na apreensão dos adolescentes de iniciais W.A.F e E.A.P, os quais serão encaminhados para instituição própria na capital maranhense e responderão por ato infracional análogo a Associação Criminosa e Roubo Majorado.

Com informações do Dr. Robert Freire – Delegado de Polícia de Araioses.

O abacaxi de Ciro Nogueira

Por Fernando Brito, editor do TIJOLAÇO

Uma análise comparativa entre os negócios feitos por Arthur Lira, presidente da Câmara, e o presidente do seu partido, o PP, senador Ciro Nogueira mostra que, ao menos onde a vista alcança, o primeiro levou grande vantagem.

O controle do “orçamento secreto” das emendas parlamentares, grande o suficiente para dar grandes nacos do bolo de recursos aos seus homens-chave dentro do Legislativo e ainda farelos para todos os outros dá ao deputado alagoano o poder de impor sua execução, independente da vontade do Poder Executivo.

Ciro vai ter de dobrar a má vontade das estruturas bolsonaristas em cada ministério com seus favores e girar, como um malabarista, as declarações presidenciais, para as quais Lira pode, simplesmente fingir que não ouviu.

E se Lira é o Rei das Verbas diante de um governo que não tem muitas pretensões em utilizá-las em ações e programas e, por isso, não briga por elas, Nogueira ganha a coroa de abacaxi de “Rei dos Cargos”, espinhosíssima, porque eles estão ocupados com a “turma do chefe” e suas redes ciberfutriqueiras, com um poder de fogo e intrigas que, mesmo se reduzindo, ainda é poderosa.

Pior: é que na coroa e casca deste abacaxi estão militares – seis mil segundo se estima – que não se soltam fácil como os da fruta madura. Tirá-los é até possível, mas realojando em outros postos as suas pretensões de poder e de complementos salariais.

Vai para o governo sob mais lupas e holofotes que qualquer outro e isso é péssimo para quem tem como missão saciar fomes e costurar apoios. Ainda mais porque, embora com as simpatias públicas, tem de enfrentar os obstáculos que o próprio Lira e, mais discretamente, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, que não desejam perder o monopólio da intermediação parlamentar.

O novo ministro terá, portanto, muito a descascar antes de alcançar o sumo da fruta.

Tem-se entre os políticos que Ciro é habilidoso, mas também cioso de seus poderes, próprios ou concedidos, e explosivo quando se os desautoriza.

É difícil crer que se passará muito tempo até que isso seja testado.

Governo auxilia Eneva a encontrar parceiros e ampliar oferta de gás no Maranhão

Foto: Divulgação

Com o apoio do Governo do Maranhão, via Secretaria de Estado da Indústria, Comércio e Energia (Seinc), a Eneva tem viabilizado novos usos do gás natural produzido no estado. Agora, a empresa está com chamada pública aberta para atração de fornecedores, venda de produção e comercialização do insumo de parceiros. Com a chamada pública, a expectativa é a ampliação de vendas para outras companhias desse mercado.

O secretário de Estado da Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo, explica que o Governo do Estado está atuando, juntamente a Eneva, visando o aumento da oferta de gás no Maranhão.

“Nós estamos buscando indústrias, grandes distribuidoras e consumidoras de energia no Maranhão para fazer essa conversa importante com a Eneva, no sentido de verificar a possibilidade da troca da matriz energética dessas empresas, que assim passariam a usar o gás natural produzido no Maranhão e explorado pela empresa”, pontuou o secretário.

Simplício Araújo acrescenta, ainda, que essa prospecção é importante porque agrega valor a um produto que, hoje, é apenas usado para a transformação do gás natural em energia elétrica.

“Com a utilização do gás, processos mais limpos na indústria e menos poluentes seriam de grande importância para o Maranhão e para a competitividade dos produtos dentro e fora do estado”, anunciou o secretário.

Com foco em empresas de pequeno e médio porte – indústrias e distribuidoras são potenciais clientes -, a previsão é que os fornecedores entreguem o produto entre janeiro de 2022 e dezembro de 2024.

Produção de gás natural

A Eneva é responsável pela operação do Complexo Parnaíba, um dos maiores parques térmicos de geração de energia a gás natural do país. O gás utilizado na geração é produzido em campos situados nas proximidades do parque térmico.

Com 1,4 GW de capacidade instalada, a geração do Complexo representa 11% da capacidade de geração térmica a gás do Brasil.

Parceria

Em junho de 2020, o Governo do Maranhão, em parceria com a empresa Eneva, entregou o Hospital de Campanha Dr. Kleber Carvalho Branco, na cidade de Pedreiras, que conta com leitos clínicos e de UTI para atender casos de Covid-19.

A montagem do hospital foi realizada em parceria com a empresa, que doou equipamentos médicos, assim como outros itens específicos para ambiente hospitalar.  Recentemente, a unidade completou um ano de funcionamento, com mais de 22 mil atendimentos médicos realizados.

Fonte: Seinc

Vereador Luisão será entrevistado nesta terça-feira (27) na live do Comando do Delta

O vereador Luís Fernando Marão Feliz (Luisão)  será entrevistado nesta terça-feira (27) na live do Comando do Delta por Daby Santos

O presidente da Câmara de Araioses, vereador Luís Fernando Marão Felix (Luisão) será meu entrevistado nesta terça-feira, dia 27, na live do Comando do Delta que será transmito pelo meu canal do Facebook e mais tarde poderá ser visto no canal da Ara News TV no You Tube.

Luisão falará sobre seu trabalho como presidente do Legislativo Araiosense nesses primeiro seis meses, mais assuntos pertinentes a pasta e da gestão municipal.

Aguardem!

Maré grande derruba ribanceiras na nascente do Santa Rosa

A força maré de lua cheia deste final de semana provocou o deslizamento de ribanceiras na nascente do Rio Santa Rosa, onde houve a recente escavação.

O fluxo das águas não foi interrompido, mas o canal foi aterrado em alguns pontos, porém o serviço de desobstrução já estava sendo realizado durante todo o dia do último sábado (24).

Não há dúvida de que ali ocorre um grande desafio, pois a situação do solo não ajuda e as grandes marés eleva o nível das águas provocando deslizamentos.

As populações do Remanso e região estão satisfeitas com as providências tomadas pela prefeita Luciana Marão, já que elas ocorreram no tempo certo.

Mas como já foi dito é uma obra paliativa e para resolver o aterramento da nascente do rio – que ocorre todos os anos – mal termina o inverno, um estudo deve ser feito para se ver qual realmente é o melhor ser feito.

Como sugestão e inspiração, uma obra a exemplo da transposição do Rio São Francisco no governo Lula.

Antes de Carlos Bolsonaro, Lava Jato negociou Pegasus para espionar Lula

Roberson Pozzobon, Julio Noronha e Deltan Dallagnol, da Lava Jato (Reprodução)

Por Plinio Teodoro/Revista Fórum

Antes de Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) atuar nos bastidores para compra do sistema de espionagem israelense Pégasus para criar uma “Abin paralela”, procuradores da Lava Jato negociaram diretamente a compra do software com a empresa NSO para o “banker” que seria montado para espionar o ex-presidente Lula.

Reportagem de Jamil Chade no portal Uol revela que a defesa do ex-presidente está entrando nesta segunda-feira (26) com uma petição no Supremo Tribunal Federal (STF) para que os procuradores da Lava Jato sejam investigados por criarem um sistema de espionagem cibernética clandestina.

A peça jurídica, baseada em conversas em grupos de whatsapp obtidas pela Operação Spoofing, mostra que em 31 de janeiro de 2018, o procurador Júlio Carlos Motta Noronha afirma que “FT-RJ (Força Tarefa do Rio de Janeiro) se reuniu hj com uma outra empresa de Israel, com solução tecnológica super avançada para investigações”.

“A solução ‘invade’ celulares em tempo real (permite ver a localização,etc.). Eles disseram q ficaram impressionados com a solução, coisa de outro mundo. Há problemas, como o custo, e óbices jurídicos a todas as funcionalidades (ex.: abrir o microfone para ouvir em tempo real). De toda forma, o representante da empresa estará aqui em CWB, e marcamos 17h para vir aqui. Quem puder participar da reunião, será ótimo! (Inclusive serve para ver o q podem/devem estar fazendo com os nossos celulares)”, afirma o procurador, que diz ainda ter “dificuldades filosóficas” sobre o sistema de espionagem.

“Confesso que tenho dificuldades filosóficas com essa funcionalidade (abrir microfone em tempo real, filmar o cara na intimidade de sua casa fazendo sei lá o quê, em nome da investigação). Resquícios de meus estudos de direitos humanos v. combate ao terrorismo em Londres.”

Lula
Na ação, a defesa de Lula lembra que em 2017 a Lava Jato tinha “a intenção de criar um ‘bunker’ no gabinete do procurador da República Deltan Dallagnol”.

“Esse ‘bunker’ envolvia justamente a aquisição de softwares de espionagem cirbernética, como é o caso do israelense Cellebrite, e outros sistemas que permitiriam viabilizar a criação de um “big data” no gabinete do citado membro do MPF”, dizem os advogados de Lula.

E-mails
Na reportagem, Jamil Chade revela que entre março de 2018 e o início de 2019 – período que coincide com a pré-campanha eleitoral – Júlio Noronha trocou e-mails com a empresa NSO Group negociando a compra do Pégasus, que seria feito com dinheiro de multas aplicadas pela Lava Jato.

Um dos e-mails, de março de 2018, enviado pela NSO tem o título “PEGASUS” e diz que algumas “funcionalidades” do sistema seriam incluídas na “versão 3.0” da ferramenta após observações feitas por integrantes do Ministério Público em conversas anteriores.

Segundo o jornalista, alguns e-mails foram encaminhados “com cópia” ao procurador Roberson Pozzobon, um dos braços direitos de Deltan Dallagnol, então chefe da Lava Jato em Curitiba.

PM mata médico em festa ilegal, em Imperatriz/MA

Por Ananda Portilho

Um policial militar, que não teve a identidade revelada, matou um jovem identificado como Bruno Calaça Barbosa, de 24 anos, médico que atuava na região (identidade revelada por testemunhas). O crime ocorreu por volta de 3h20 da madrugada desta segunda-feira, em uma festa ilegal, em um estabelecimento na Avenida Beira-Rio.

De acordo com informações da PM, a guarnição da área já tinha ido encerrar as atividades no local por duas vezes, mas câmeras de segurança revelaram que o show continuou dentro do local. O médico morreu depois de que um homem, também não identificado, discutiu com ele. Depois o homem se aproxima do policial militar e momentos depois o PM atira no médico.

O policial militar está foragido. Durante toda a madrugada a PM realizou buscas nos endereços localizados como sendo do militar, mas ele ainda não foi encontrado. A Delegacia de Homicídios já assumiu o caso e segue em diligências.

Ainda de acordo com testemunhas, o policial militar deixou o próprio carro no local da festa.

Fonte: Imperatriz Online

Maranhense Rayssa Leal, a Fadinha é medalha de prata no skate, nas Olimpíadas de Tóquio

Rayssa Leal sorri com a medalha de prata do skate street feminino — Foto: Patrick Smith/Getty Images – Reprodução do Globo Esporte

A maranhense da cidade de Imperatriz Rayssa Leal, a Fadinha, fez história na madrugada de hoje (26) nas Olimpíadas de Tóquio. Aos 13 anos de idade, ela garantiu uma medalha de prata no skate street e com isso a Fadinha se tornou a atleta brasileira mais jovem a ganhar uma medalha em Olimpíadas, ao longo de 85 anos.

A japonesa Momui Nishiya também com 13 anos, com poucos meses mais velha ficou com a medalha de ouro e o bronze ficou com Funa Nakayama, também japonesa.

Eram três as brasileiras na competição, porém Rayssa foi a única a se classificar para grande final.

Em Araioses a Fadinha está sendo muito saudada nas redes sociais pelo histórico feito.

Rayssa Leal, a Fadinha, saudada nas redes sociais

Leia a reportagem completa da histórica conquista de Rayssa Leal no Globo Esporte

Requentando a mentira ou se preferirem a Fake News

Como pode ser visto na imagem, o local onde ocorreu a pescaria –  pesqueiro na Ilha Engraça – citada na reportagem está muitos quilômetros de distância de Canárias – ilha povoado de Araioses/MA – fim da linha do Rio Parnaíba que divide os estados do Maranhão e do Piauí – Reprodução do Google Earth

O post – Pescada-amarela é destaque em pescaria no Parnaíba, no Piauí – de autoria do reporte Paulo Augusto da EPTV/SP, uma matéria que embora tenha sido postada em 20 de outubro de 2017 foi recentemente compartilhada em grupos de WhatsApp administrados por araiosenses, como se fosse algo atual.

Independente de ser atual ou não ela é mais uma publicação que caracteriza a falta de respeito com Araioses e seu povo – como tantas outras – já publicadas em sites e blogs daqui região como outros de cobertura nacional, como o é esse em questão, pelo conteúdo mentiroso ou se preferirem Fake News – com dolo ou sem – com o propósito de mostrar o que é nosso, como se fosse da vizinha cidade de Parnaíba/PI.

A reportagem com texto e imagens começa dizendo que uma “equipe do Terra da Gente vai ao Piauí para pescar na bacia do Rio Parnaíba. A aventura começa na comunidade Morro do Meio e conta com a ajuda de ribeirinhos”.

Dá licença gente – dizem que perguntar não ofende – alguém sabe me responder onde fica essa bacia do Rio Parnaíba?

Ora, Morro do Meio é uma comunidade de pescadores – que conheço muito bem – que faz parte da Grande Ilha das Canárias, mas a bacia lá existente, pelo lado das dunas é a Bacia do Caju. O Rio Parnaíba – que dentro desse contexto divide o Maranhão do Piauí, pois não se pode admitir união nos tratando dessa forma – desagua no Oceano Atlântico na Bacia de Canárias, onde finda também o Rio Parnaíba, em um local totalmente oposto onde se localiza a comunidade de pescadores Morro do Meio.

A título de melhor entender a localização, enquanto um está no Norte ou outro está no Sul.

Comunidade de pescadores Morro do Meio, onde se pode ver o atracadouro construído pelo Governo Federal no porto da pousada de Raimundo Nonato Aires –Reprodução do Google Earth

Quem leu a matéria ou assistiu o vídeo nela contida e não conhece nossa região, não sabe que o Delta do Parnaíba ou Delta das Américas é quase todo maranhense, sendo que sua maior parte está dentro do território de Araioses, portanto jamais irá imaginar que a matéria postada no G1 Globo São Paulo não respeita a verdade e passa ao leitor uma informação que não é verdadeira.

O local da reportagem onde se realiza a pescaria de linha é realmente na Engraça. Porém esse pesqueiro muito usado por pescadores do Morro do Meio se localiza em outra ilha, entre dezenas que tem o Delta Araiosense.

De verdadeiro na reportagem é no que diz respeito a Raimundo Nonato Aires. Esse tem uma pousada no Morro do Meio e também pesca, assim também como seu João Victor, que hoje não mais exerce essa atividade em função da avançada idade e está morando em Parnaíba/PI.

Sei que por falta de um hospital em nossa cidade, com um mínimo de estrutura para realizar um parto, muitos dos habitantes de Araioses nasceram em Parnaíba, porem vivem é aqui e fazem parte do numeroso grupo de milhares de araiosenses parnaibanos, portanto em respeito à terra que moram poderiam defendê-la e jamais compartilhar notícias mentirosas.

Como araiosense de raiz que sou e que ama como ninguém Araioses, não posso me calar com as injustiças que fazem com essa Terra amada.

Quem compartilhou essa matéria nos grupos de WhatsApp, não está contribuindo com a verdade e sim requentando a mentira.

Há anos que combato essas informações que retratam e mostram o que é nosso como se não fosse e gostaria muito de não continuar sozinho nessa luta de defender o que é nosso.

Painel do Poder: parlamentares preferem sistema Distrital Misto, mas veem mais chances de aprovação do Distritão

Congresso Nacional[Ana Krüger/Congresso em Foco]

Por Ana Krüger, André Sathler e Ricardo De João Braga/Congresso em Foco

Mesmo em meio à pandemia e com as formas de debate restritas, está em discussão na Câmara a maior reforma político-eleitoral desde a redemocratização. O Painel do Poder, pesquisa realizada pelo Congresso em Foco Análise, ouviu neste mês os 70 parlamentares mais influentes e identificou uma maior preferência pelo Sistema Distrital Misto em relação ao Distritão.

Porém, os dados confirmam o pragmatismo dos políticos nas respostas. Quando questionados sobre qual sistema tem mais chances de aprovação, os resultados se invertem e o Distritão sai na frente.

O conteúdo deste texto foi publicado antes no Congresso em Foco Insider, serviço exclusivo de informações sobre política e economia do Congresso em Foco. Para assinar, entre em contato com [email protected].

Os parlamentares também foram questionados sobre a proposta da deputada bolsonarista Bia Kicis (PSL-DF) que prevê o voto impresso. O texto está em discussão na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara e já teve a votação adiada diversas vezes.

O modelo também pautou a ameaça – revelada nesta quinta-feira (22) pelo jornal O Estado de S Paulo – feita pelo ministro da Defesa, Walter Souza Braga Netto, de que sem voto impresso não haverá eleições.

As respostas refletem a alta polarização do tema, que chegou a motivar os partidos a trocar uma série de membros da CCJ para barrar a proposta.

De 1 a 5, a taxa média de preferência pelo voto impresso foi de 2,30. Quando questionados sobre as chances de aprovação, a média foi de 2,76. A proposta é apoiada principalmente pela base bolsonarista, divide os independentes, e é massivamente refutada pela oposição.

“Bolsonaristas comemoram a agressão. É muito cruel como agem”, diz Joice Hasselmann

Joice Hasselmann e Datena (Foto: Reprodução/Youtube)

Vítima de uma agressão ainda não esclarecida em sua residência em Brasília, no último sábado (7), a deputada federal Joice Hasselmann concedeu entrevista ao apresentador José Luiz Datena na manhã desta sexta-feira (23), na rede Bandeirantes, e disse que alguns brasileiros perderam sua humanidade por “fanatismo político”.

“Nas redes sociais, muita gente ligada ao grupo do presidente da República está comemorando o que aconteceu. Estão dizendo que ‘foi pouco’, que eu deveria ter sido morta, que deviam ter quebrado minha coluna para eu não poder andar. É muito cruel como essas pessoas agem. Não todas, mas uma parte delas age de forma muito desumana. Parte da população perdeu a humanidade por fanatismo político.”, disse.

Entenda o caso

Deputada federal, Joice Hasselmann (PSL) afirmou à jornalista Bela Megale, do jornal O Globo, que acordou na noite de sábado, 17, em seu apartamento após 7 horas inconsciente em uma poça de sangue, com vários hematomas, o dente quebrado e o rosto desfigurado, com fraturas.

“A última lembrança que a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) tem da noite de sábado é a de estar em sua cama, no apartamento funcional onde vive, em Brasília. […] Depois, o que veio pela frente foi um lapso de memória de aproximadamente sete horas. Quando retomou os sentidos, a deputada disse ter acordado em meio a uma poça de sangue no chão de seu closet, com cinco fraturas no rosto e uma na costela. Estava ainda com um dente quebrado e queixo cortado”, informa Megale em artigo.

Por 247

Generais da derrota

Por Fernando Brito, editor do TIJOLAÇO

O Brasil não tem mais um Ministro da Defesa, mas um ordenança militar de Jair Bolsonaro no comando das Forças Armadas.

Traduzindo, não há mais um interlocutor político entre o governo e os comandantes das três Armas, mas um ajudante de ordens militar com posição de comando sobre as corporações militares, fazendo de seus comandantes figuras menores, simples aplicadores ou reprodutores de ordens palacianas.

Braga Netto não tem divisões para uma ofensiva que sustente a quebra da institucionalidade.

E quando não se tem forças para avançar, dominar e ocupar, ou não se faz ofensiva ou ela está fadada ao fracasso.

Os militares, que há décadas estudam para aprender, desde o Vietnã, que guerras são ganhas não apenas pelas armas, mas pela opinião pública. Nem mesmo 64 foi um golpe que o ignorasse, e os avós de Braga Netto se serviram de uma mobilização da classe média, da igreja, da imprensa e dos políticos, além de um clima mundial de Guerra Fria que validava tudo o que se poderia chamar de “comunismo”, sob

É impressionante, portanto, que um alto oficial das Forças Armadas, dominado pelo ódio do bolsonarismo, arrisque – não a si, mas às próprias Forças Armadas – a absorver para a instituição o desgaste de Jair Bolsonaro.

Braga Netto está agindo como uma espécie de “Super Bonder”, colando as Forças Armadas ao atual presidente e vai levá-las ao mais que previsível buraco onde ele vem caindo.

Mas, ainda pior, ameaçando o país, serve, como dizia Leonel Brizola, para “amarrar a vaquinha para outros mamarem”.

E quem mama, claro, é o Centrão que faz deles, afinal, merecedores de um “obrigado, esparro”, porque sem eleição presidencial, não terá também de se expor a eleições parlamentares.

Não é o “se gritar pega ladrão, não fica um meu irmão”. Sem eleições, ficam todos.

Operação cumpre mais de 70 mandados de prisão contra suspeitos de tráfico de drogas

Operação cumpre mais de 70 mandados na Grande São Luís. (Foto: Reprodução)

Por O Imparcial

Desde a madrugada desta sexta-feira (23), um operação conjunta entre as Polícias Civil e Militar está cumprindo mais de 70 mandados judiciais em São Luís.

De acordo com a polícia, a operação, que teve início no final da madrugada desta sexta, já cumpriu, até o momento, 52 mandados de busca e apreensão e mais 18 mandados de prisão.

Ainda segundo a polícia, objetivo da operação é combater o tráfico de drogas na capital maranhense e na Região Metropolitana, pois, além de São Luís, os mandados também foram cumpridos nos municípios de São José de Ribamar e Paço do Lumiar.

A polícia informa, ainda, que teve cinco mandados para cumprimento de medidas cautelares diversas da prisão por pessoas que estavam utilizando eletrônicas e que também foram alvo dessa operação.

As pessoas presas vão prestar depoimento e depois serão levadas para o Centro de Triagem de Pedrinhas, no bairro Pedrinhas, em São Luís.