Daby Santos vai disputar a prefeitura de Araioses pelo PV

Daby Santos, pré-candidato a prefeitura de Araioses pelo PV – Foto de arquivo

Depois de um período de muita luta o Partido Verde – PV está legalizado em Araioses e terá o jornalista Daby Santos como seu candidato a prefeito de nosso município na eleição do dia 4 de outubro, se o calendário eleitoral não for alterado.

Será uma oportunidade única, pois pela primeira vez em muitos anos o eleitor araiosense não ficará na condição de escolher o menos ruim ou votar em fulano para tirar beltrano do poder.

Agora, como pré-candidato a prefeito de Araioses, Daby Santos já traça as diretrizes para a montagem de seu plano de governo para tirar Araioses do buraco no qual foi jogado.

Será uma campanha diferente de tudo que já se viu por aqui tenham certeza.

Governo entrega 52 novos leitos exclusivos para assistência a pacientes com Covid-19

Entrega de novos leitos no Hospital Dr. Genésio Rêgo (Foto: Julyane Galvão)

O Governo do Estado acrescentou mais um capítulo na luta contra o novo coronavírus (Covid-19) no Maranhão. Nesta segunda-feira (6), foram entregues 52 novos leitos instalados no Hospital Dr. Genésio Rêgo, localizado na Avenida dos Franceses, bairro da Vila Palmeira, em São Luís. A estrutura dispõe de 39 leitos de enfermaria e 13 de UTI e contará com apoio de equipe multiprofissional que prestará assistência 24 horas aos pacientes infectados pelo novo coronavírus que precisem de atendimento hospitalar.

“Com a nova estrutura, chegamos a 132 leitos de UTI e 120 de enfermaria, todos criados para oferecer assistência aos pacientes com a Covid-19. Aumentamos em um terço os leitos de UTI do estado em apenas um mês e vamos seguir investindo no fortalecimento da rede de saúde à medida que for necessário e reforçando as ações de combate ao novo coronavírus no Maranhão. Assim, esperamos minimizar os impactos da doença no estado e salvar muitas vidas”, disse o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

Realizada em parceria com a Secretaria de Estado de Governo (Segov), a obra levou 20 dias para ficar pronta e o espaço será administrado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) em parceria com a Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh). Darão apoio no local uma equipe multiprofissional completa formada por farmacêutico, médico, fisioterapeuta, enfermeiros, técnicos de enfermagem, assistente social e nutricionista. De acordo com o secretário de Governo, Diego Galdino, os leitos foram distribuídos em três alas.

“Conseguimos reformar e equipar o prédio em um prazo recorde de 20 dias. Isso mostra o compromisso do governador Flávio Dino em continuar aprimorando os serviços de saúde, de forma a continuarmos preparados no enfrentamento contra o coronavírus”, afirmou.

Para o presidente da Emserh, Marcos Grande, o estado agiu em tempo ao instalar os novos leitos extras. “Trata-se de uma doença nova, imprevisível, e que por isso precisou de planejamento diário por parte do estado. Caso ela avance, iremos reavaliar nossa capacidade instalada a fim de fazermos novas ampliações, oferecendo suporte necessário para que a população esteja preservada e também consiga o atendimento quando necessitar”, enfatizou.

Entrega de novos leitos no Hospital Dr. Genésio Rêgo (Foto: Julyane Galvão)

Além do Hospital Dr. Genésio Rêgo, o Governo do Estado também já disponibilizou leitos de UTI e de enfermagem em unidades macrorregionais e regionais da rede da SES. Em São Luís, as estruturas estão montadas no Hospital de Cuidados Intensivos (HCI) e Hospital Dr. Carlos Macieira (HCM). As Unidades de Pronto Atendimento (UPA), especificamente no Itaqui-Bacanga, Cidade Operária, Araçagy e Vinhais, estão realizando o primeiro atendimento e triagem em estruturas montadas na área externa.

O interior do estado também possui leitos reservados para pacientes infectados pelo coronavírus e que precisem de atendimento hospitalar. Entre as unidades de saúde que possuem leitos para a assistência a pacientes com a Covid-19 estão o Hospital Macrorregional Dr. Everaldo Ferreira Aragão, em Caxias; o Hospital Regional Alarico Nunes Pacheco, em Timon; o Hospital Macrorregional Dra. Ruth Noleto, em Imperatriz; e o Hospital Macrorregional Alexandre Mamede Trovão, em Coroatá.

Terceira morte pelo novo coronavírus é registrada no Maranhão

Reprodução

Por Luciana Gomes

O Imparcial – Na manhã desta segunda-feira (6), o Secretario Estadual de Saúde, Carlos Lula, usou sua rede social para confirmar a terceira morte pelo Covid-19 no Maranhão.

De acordo com a Secretaria de Estadual de Saúde (SES), a vítima é um homem de 70 anos que estava internado em um hospital da rede pública.

As duas mortes anteriores registrada no Maranhão foram de uma idosa, 89 anos, e de um homem, 49 anos, que tinha histórico de hipertensão.

No domingo (5), 35 novos casos foram confirmados em São Luís e 2 no município de São José de Ribamar. De acordo com boletim divulgado pela SES, 29 paciente estão curados do covid-19 e já receberam alta e permanecem sem sintomas.

Nota Secretaria Estadual de Saúde

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) lamenta o terceiro óbito de Covid-19 no Maranhão. Trata-se de um idoso, de 70 anos, do sexo masculino, que estava assistido há três dias na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Dr. Carlos Macieira, em São Luís. O paciente era hipertenso, obeso e diabético.

Polícia apreende 50 kg de maconha durante operação no Maranhão

Polícia apreende 50 kg de maconha durante operação em Peritoró — Foto: Divulgação/Polícia

Por Márcia Carlile, G1 MA – São Luís

A Polícia Civil do Maranhão apreendeu durante uma operação realizada na sexta-feira (3) e sábado (4) 50 kg de maconha no município de Peritoró, a 236 km de São Luís.

Segundo a polícia, veículos trafegavam na cidade de Peritoró quando no sábado (4), por volta das 18h30, os policiais civis abordaram um veículo transportando 43 peças de maconha. O proprietário do veículo confirmou o transporta da droga, alegando que receberia a importância de R$ 2.000 para transportar esse material até a cidade de Timbiras, a 316 km da capital.

De acordo com os policiais o proprietário do carro, que não teve a sua identidade revelada, recebeu voz de prisão e foi levado para a sede da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico (Senarc), em São Luís.

Após os procedimentos cabíveis, o conduzido foi autuado em flagrante pela prática do crime de tráfico de drogas e, em seguida, encaminhado ao complexo penitenciário, onde ficará à disposição da Justiça da Comarca de Coroatá, a 260 km da capital.

Thalita Dias, prefeita de Água Doce emite nota desmentindo fake news sobre UTI para uso pessoal e familiar

Nos últimos dias, foi veiculada nas redes sociais, esta FALSA notícias onde afirmam a criação de uma UTI PARTICULAR PARA USO PESSOAL E FAMILIAR. Não a compartilhem. Esta mensagem é uma fake news.

Fico extremamente triste por usarem esse momento difícil que o MUNDO está passando, para propagar mentiras por desavenças políticas.

Estamos em dias desafiadores que requerem, acima de tudo, UNIÃO. Apenas juntos, vamos conseguir vencer. Compartilhem sempre a VERDADE e levem seriedade neste momento delicado!

Thalita Dias – prefeita de Água Doce do Maranhão

Fonte: blog do Edu Santos

Como ficaram os vereadores araiosenses após o fim da janela partidária

Houve período em que muitos diziam que o prefeito Cristino Gonçalves não disputaria a reeleição, porém após sua aliança com o deputado Aluísio Mendes o homem criou coragem para ir em frente

Após o fim da janela partidária – prazo em que os vereadores poderiam mudar de partido sem perder o mandato – o destino de cada um, ou seja, o partido pelo qual vão tentar a reeleição não mostrou surpresa diante do que muitos já esperavam.

O PSC do prefeito de Araioses Cristino Gonçalves ficou com a maioria, já que cinco vereadores – Alex do Giquiri, Oziel de Canárias, Assis do Pirangi, Edevani Santos e Flavia do Gentil – se filiaram no dia 31.

Depois vem o Republicano, que terá a ex-vereadora Jacira Pires como candidata a prefeita na eleição de 4 de outubro, caso essa não seja adiada. Na legenda estão filiados os vereadores Denys de Miranda, Felipe Pires, Arnaldo Machado e Zé Carlos.

Com o PL da ex-prefeita Valéria do Manin ficaram os vereadores Telson Bittencour Leal e Júlio César.

O vereador Ingram de Tarso está filado no Cidadania do Dr. Leonel , que será o candidato a prefeito do partido e Abigail Coutinho se filiou do DEM do ex-vereador Dadá Coutinho.

Vale ressaltar que o vereador Zé Carlos não disputará a reeleição e seu filho James é que vai tentar um mandato no lugar do pai.

Em tempo: Ninguém sabe o que se passa com a ex-prefeita Luciana Trinta. Não conseguiu nenhum levar vereador ou liderança de grande expressão para seu grupo e nesse dias de prazo final de filiações ela não foi vista na cidade.

Tem gente apostando que ela – que está inelegível até abril de 2026 – talvez não apresente – em seu lugar – nenhum candidato para concorrer no pleito do dia 4 de outubro.

União de Vereadores e Câmaras do Estado orienta como os presidentes devem atuar em tempo de isolamento social

O vereador Alex do Giquiri deverá dar continuidade aos trabalhos legislativos por meio de  áudio vídeo

Com as sessões suspensas em atendimento as regras de isolamento, que o coronavírus está exigindo, a União de Vereadores e Câmaras do Estado do Maranhão está orientando de como os presidentes devem atuar enquanto essas medidas estiverem em vigor.

A orientação é fazer áudio vídeo como, por exemplo, o presidente da Câmara coloca no grupo de WhatsApp dos vereadores a matéria ser discutida. Em seguida eles analisam e cada edil faz um vídeo – tipo self – dizendo que recebeu a matéria que está analisando e se concordo ou discorda dela.

Um detalhe importante, é que entes do presidente da Câmara iniciar esse procedimento, ele deverá baixar um decreto dizendo que as sessões presenciais continuam suspensas, só que de agora em diante elas acontecerão em vídeo áudio.

Todos esses procedimentos deverão ser lavrados em ata, onde o posicionamento de cada vereador será anotado. Algumas câmaras de vereadores do Maranhão já adotaram essa inovação, pois para fazer em videoconferência, como está fazendo a Assembleia Legislativa é inviável, devido os custos com equipamentos e o fator humano custarem muito caro.

Agora é aguardar como vai funcionar em Araioses.

Record parte para a guerra total contra a Globo a partir da delação de Sergio Cabral

Edir Macedo e Jair Bolsonaro (Foto: Alan Santos/PR)

247 – A guerra entre a Rede Record, do bispo Edir Macedo, que faz parte do aparato de mídia bolsonarista, e a Rede Globo, ganhou novo capítulo neste sábado. O portal R7, da Record, repercutiu a denúncia feita pelo jornalista Ricardo Bruno de que o governo de Sergio Cabral, no Rio de Janeiro, conseguiu se blindar durante oito anos depois de contratar a Fundação Roberto Marinho por R$ 80 milhões. 

Abaixo, o post do R7:

Condenado — por enquanto — a quase 100 anos de prisão, Sérgio Cabral aparece abaixo apenas de Marcola (340 anos) no ranking dos bandidos que têm de calcular em séculos o tempo de permanência na cadeia. Para alcançar tal proeza, o ex-governador do Rio montou a quadrilha mais gananciosa e abrangente da história. Durante oito anos, roubou em parceria com secretários de Estado, deputados federais e estaduais, senadores, empresários nacionais e estrangeiros, prefeitos, desembargadores, conselheiros do Tribunal de Contas, desembargadores e ministros de tribunais superiores, fora o resto.

Alianças com figurões federais completaram a blindagem que fez de Cabral uma das mais abarrotadas caixas pretas da criminalidade VIP. Ele arrombou todos os cofres ao alcance da máquina administrativa fluminense. E extraiu propinas negociando extrair merenda escolar, refinarias, quentinhas dos presídios, obras viárias, bondes de Santa Tereza, plataformas da Petrobras — nada, rigorosamente nada escapou à gula do delinquente que, durante um interrogatório, confessou que tinha o vício da ladroagem.

Quem faz o que fez Cabral tem muita história para contar — e muitos comparsas a revelar. Por isso, muita gente estranhou as sucessivas dificuldades que retardaram o fechamento de um acordo de delação premiada com a Lava Jato. Até que veio, recentemente, o acerto com a Polícia Federal já homologado pelo ministro do STF Edson Fachin. As primeiras revelações confirmaram que foi enfim aberto um baú de safadezas que deverão iluminar catacumbas ainda indevassadas.

Ainda em seu início, o cortejo de bandalheiras revelou de onde veio o dinheiro para a compra do sítio em Atibaia. Nesta sexta-feira, começou a sair da caixa preta um capítulo inteiro dedicado à rede Globo. As primeiras revelações explicam a irrelevância atribuída pelos telejornais da empresa ao que Cabral já contara ou tem a contar. Essa boa vontade teve um preço.

Segundo o ex-governador, o silêncio da rede Globo custou pelo menos R$ 80 milhões, valor do acerto sem licitação que contemplou a Fundação Roberto Marinho com a gerência de estudos, projetos e desenvolvimento de conteúdo para a implantação de um vistoso  equipamento cultural na cidade do Rio. Ainda de acordo com Cabral, uma licitação fraudulenta permitiu à fundação indicar a construtora responsável pela obra. Isso garantiu a proximidade do governante delinquente com a família Marinho, informam os depoimentos à Polícia Federal.

É improvável que a revelação consiga espaço nos telejornais da Globo. Todos estão concentrados na coleta de números e declarações que transformam a pandemia de coronavírus na anunciação do fim do mundo. Versões que expliquem a história dos R$ 80 milhões podem esperar.

Maranhão registra segunda morte por coronavírus

Trata-se de uma idosa de 89 anos, que já estava internada em hospital particular e sofria com problemas de saúde

Reprodução

Por Thalia Lemos

O Imparcial – No início da noite deste sábado (4), o governador Flávio Dino informou em rede social que o estado teve hoje um acréscimo de 8 casos confirmados de Covid-19, passando de 88 para 96 o número de casos confirmados do novo coronavírus.

Também ocorreu a segunda morte. Trata-se de uma idosa de 89 anos, que já estava internada em hospital particular e sofria com problemas de saúde, como cardiopatia e câncer de mama.

O mais recente boletim oficial da Secretaria de Estado da Saúde (SES), sobre os casos de Covid-19 no Maranhão, divulgado nesse sábado, informa 96 casos confirmados da doença, 1.084 pessoas com suspeita, 1.529 casos descartados, 2 óbitos e 28 pessoas recuperadas.

Inauguração de hospital exclusivo para combate ao coronavírus no Maranhão é destaque na imprensa nacional

HCI, hospital exclusivo para combater o coronavírus

Ganhou repercussão nacional a entrega dos leitos do Hospital das Clínicas Integradas (HCI), primeiro hospital exclusivo para casos do novo coronavírus no Maranhão. A inauguração da unidade, localizada na Avenida Jerônimo de Albuquerque, em São Luís, foi destaque nesta sexta-feira (3), no Jornal Hoje, da TV Globo.

“Hoje foi apresentada a estrutura para atender pacientes em estado grave. O Governo do Estado aproveitou a estrutura de um hospital particular que estava fechado há mais de um ano, alugou o prédio e fez as adaptações necessárias”, informou o repórter Alex Barbosa, em transmissão ao vivo para o telejornal.

A estrutura do HCI tem capacidade para 80 novos leitos de UTI dedicados a pacientes com Covid-19 em estado considerado crítico. Dez leitos foram entregues na manhã desta sexta-feira e os outros serão disponibilizados de acordo com a evolução dos casos no Maranhão.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde (SES), Carlos Lula, foi montada uma força tarefa para que o HCI fosse entregue em tempo recorde. As intervenções no prédio incluíram limpeza total, serviços de engenharia, instalação das UTIs, respiradores e rede de oxigênio.

HCI, hospital exclusivo para combater o coronavírus

“Para o hospital estar pronto hoje, teve gente que praticamente dormiu dentro do hospital. Era um prédio que estava abandonado havia praticamente um ano e a gente teve muito problema para montar, mas hoje nós temos um lugar de referência e uma unidade muito boa para receber a população”, afirmou.

A reportagem da TV Globo também explicou que os “mais de 1.000 profissionais da saúde contratados por meio do seletivo emergencial” realizado pelo Governo do Maranhão atuarão no HCI e em outros sete hospitais do estado que contam com “ala exclusiva para atender pacientes com a doença”.

Presidência da Câmara de Araioses estuda implantação de Sistema de Deliberação Remota

Presidente Alex do Giquiri estuda implantação de Sistema de Deliberação Remota para realização das sessões online

Por Djair Prado

O Sistema de Deliberação Remota está em estudo para ser implantado na Câmara de Araioses na gestão do presidente Alex do Giquiri, onde os parlamentares poderão apreciar projetos de interesse da sociedade araiosense e ser transmitido ao vivo, porém a logística para a realização de sessões remotas não é simples, tendo em vista que em há questões locais que são encaradas como barreiras, um exemplo disso é a própria internet quem não está presente em 100% do município, o que impacta diretamente em como um parlamentar que mora na zona rural poderá se conectar ao sistema, ou seja, estar presente nesta SESSÃO ONLINE.

Em nossa região apesar das dificuldades, a Câmara de Araioses é uma das primeiras se não a única que está realizando um estudo para poder concretizar de fato essa melhoria.

O estudo para implantação das sessões deliberativas remotas é mais uma ação do presidente Alex do Giquiri que, além de prevenir acerca da proliferação do COVID-19, coloca o Parlamento araiosense em posição de destaque no que se refere às novas tecnologias.

Deve-se destacar a responsabilidade nesse momento no que diz respeito a não colaborar com a aglomeração de pessoas, pois uma atitude irresponsável nesse sentido traria riscos para o município.

A união de todos neste momento é imprescindível, principalmente, da classe política, porém o que vemos é são críticas que sinalizam oportunismo de alguns vereadores oportunistas que se aproveitam do CORONAVÍRUS para proliferar ódio, distorcer informações e se promover se utilizando se politicagem pensando em reeleição.

Cuidado e vamos ficar atentos aos oportunistas que muito falam e nada fazem neste momento de pandemia.

Escolas, universidades e comércio devem permanecer com atividades suspensas em todo Maranhão

Governador em coletiva realizada pelas redes sociais (Foto: Gilson Teixeira)

Em coletiva realizada pelas redes sociais, na tarde desta sexta-feira (3), o governador Flávio Dino apresentou dados atualizados sobre a evolução do novo coronavírus no Maranhão e novas medidas sobre funcionamento das escolas, universidades, comércio e transporte interestadual.

Em transmissão ao vivo, o governador anunciou a continuidade das suspensões das aulas até o dia 26 de abril e do comércio até o próximo dia 12, quando haverá nova avaliação das condições da crise sanitária. Serão aplicadas multas e sanções diante do descumprimento do decreto.  “A nossa preocupação é garantir que não haja a circulação de pessoas em larga escala”, explicou o governador do Maranhão.

A defesa à vida das pessoas e a necessidade de evitar um colapso na rede de atendimento à saúde guiam as decisões tomadas. “O que estamos fazendo é restrição, não é proibição. É a restrição de certas atividades, para restringir a circulação de pessoas, e, com isso, restringir a disseminação do coronavírus, para garantir que a oferta existente na rede de saúde, de equipamentos, de profissionais, de materiais, seja suficiente para atender a demanda. Se todas as pessoas no Brasil adoecerem ao mesmo tempo, a rede pública e privada não serão suficientes para atender a todos”, explicou o governador.

Durante a coletiva, o governador informou que o Maranhão já contabiliza 88 casos confirmados da doença e que 82 municípios, dos 217, apresentam casos suspeitos. “Quando começamos a semana nós tínhamos 31 casos confirmados, então tivemos expressivo crescimento. Portanto, é preciso ter muita atenção neste instante. Eu diria que estamos num momento decisivo, nacionalmente, não só no Maranhão”, relatou o governador, lembrando da importância de não medir esforços para conter a evolução muito célere da pandemia.

Medidas adotadas

Aos jornalistas e demais internautas, Flávio Dino apresentou as medidas adotadas a partir dos novos decretos publicados. Entre as decisões, as aulas presenciais permanecem suspensas até o dia 26 de abril em todas as unidades da rede pública e privada, nas redes municipais, estaduais e de ensino superior em todo o Maranhão.  É o que diz o Decreto 35.713 do dia 03 de abril assinado pelo governador Flávio Dino.

O mesmo decreto estabelece que o transporte interestadual de ônibus e similares também permanece suspenso até o dia 26 de abril, exceto o transporte exclusivamente entre município maranhense e município de outro Estado que componha região integrada de desenvolvimento, por exemplo a Região Integrada de Desenvolvimento da Grande Teresina.

Atividades comerciais

Governador em coletiva realizada pelas redes sociais (Foto: Gilson Teixeira)

Por meio de decreto, o governador Flávio Dino mantém suspensas as atividades comerciais não-essenciais em todo o território maranhense até o dia 12 de abril. Academias, bares, shopping centers, lanchonetes e demais estabelecimentos comerciais devem permanecer fechados. O novo decreto estabelece que podem funcionar no sistema delivery, drive thru ou retirada no estabelecimento, os depósitos de bebidas, lavanderias, bares, restaurantes e lanchonetes, mediante pedidos via telefone ou internet.

A novidade estabelecida é a possibilidade de multas e sanções para os empreendimentos não-essenciais que descumprirem as determinações do decreto. O governador reiterou a importância da soma de esforços para superar a crise sanitária. “Iremos na próxima semana acompanhar a evolução dos novos casos. Reitero que meu desejo é que as atividades comerciais e de serviços e as atividades profissionais em geral retornem imediatamente, esse é meu desejo. Mas entre me desejo e a materialização desta vontade, existe a responsabilidade derivada dos números de ocorrências de síndromes respiratórias”, explicou o governador.

Materiais

O governador informou sobre a chegada de novos kits de testagem rápida, doadas pela empresa Vale, que darão celeridade aos diagnóstico. Falou, ainda, sobre o esforço para compra e entrega dos EPIs para os profissionais da saúde (que também entrarão como prioridade na submissão dos testes rápidos).

“Há profissionais de saúde contaminados, e, por isso, afastados de suas atividades. Esse é um ponto muito importante porque, evidentemente, não podemos abrir mão de nenhum profissional da saúde, que são as pessoas que estão habilitadas tecnicamente a cuidar da saúde de todos nós”, defendeu Dino.

Flávio Dino ainda reiterou do esforço empreendido para a compra de respiradores, que estão escassos, inclusive no mercado internacional. “Em nível do Consórcio Nordeste, havia sido feito uma compra conjunta de equipamentos e a compra foi bloqueada, ou seja, mesmo com a disponibilidade de recursos, nós temos hoje dificuldade de receber, porque os Estados Unidos e outros países que têm maior poder econômico estão junto aos mercados, fazendo processo de bloqueio e compra desses equipamento”, finalizou.

MPMA busca impedir uso ilegal de recursos do pré-sal pelo prefeito de Araioses

Sem autorização de lei específica, prefeito de Araioses Cristino Gonçalves, remanejou R$ 877.700,00 para ampliação e reforma do Mercado Municipal.

Por decreto o prefeito Cristino Gonçalves remanejou dinheiro do pré-sal para destino diferente do objetivo

O Ministério Público do Estado do Maranhão (MPMA), por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Araioses, ajuizou, na última quinta-feira, 2, uma Ação Civil Pública (ACP) de Obrigação de Fazer e Não Fazer requerendo Tutela de Urgência contra o Município de Araioses.

De acordo com a ACP, o Município de Araioses, por meio do atual prefeito, Cristino Gonçalves de Araújo, remanejou, por decreto, para ampliação e reforma do Mercado Municipal, R$ 877.700,00 de recursos provenientes da cessão onerosa do pré-sal, sem autorização de lei específica.

Segundo a promotora de justiça Samara Cristina Mesquita Pinheiro Caldas, a Lei Municipal nº 647/2020, que autorizou a abertura de crédito especial do pré-sal no total de R$1.303.065,22, estabeleceu a destinação dos recursos para construção, reforma e ampliação de escolas, aquisição de materiais permanentes, pavimentação de vias urbanas e construção de sistema de abastecimento de água, não contemplando o Mercado Municipal.

“O prefeito de Araioses não poderia realocar para outro órgão ou programa verbas cuja destinação já estava originariamente prevista em Lei Municipal, sem o aval do Poder Legislativo”, afirma a promotora de justiça autora da Ação.

O Ministério Público afirma, ainda, que o prefeito descumpriu a Constituição Federal e a própria Lei Orgânica do Município, que veda esse tipo de conduta por meio de Decreto, exigindo a promulgação de lei específica.

Na Ação, a Promotoria de Justiça de Araioses requer a concessão de liminar para suspender os efeitos do Decreto Municipal, impedindo o Município dispor do recurso na forma descrita, sob pena do pagamento de multa diária de R$ 3 mil a incidir sobre a pessoa do prefeito.

Ao final, pede a procedência da Ação, para declarar a inconstitucionalidade do art. 5º da Lei nº 647/2020 e do Decreto Nº 009/2020 e a nulidade do remanejamento de R$ 877.700,00, determinando o retorno imediato de tais verbas para as suas destinações originárias.

“A concessão de liminar faz-se necessária no sentido de impedir o Município de Araioses destinar quase 60% dos recursos do pré-sal em obra não autorizada por lei, considerando, ainda, o fato de uma vez aplicados os recursos incorretamente, será irreversível o dano causado ao erário. O perigo da demora é evidente, tendo em vista que o prefeito já realizou licitação para uso do recurso”, ressaltou Samara Cristina Caldas.

Fonte: CCOM-MPMA

Decisão política de Flavia do Gentil tem a ver com a APAE

A APAE de Araioses é entidade prestadora de grandioso trabalho social e cultural em nossa cidade e em seus povoados

Não tenho procuração para defender nenhum vereador – que assinou a ficha de filiação no PSC, partido do prefeito de Araioses Cristino Gonçalves, até porque essa não é a minha função.

Porém, fica difícil me omitir quando vejo a vereadora Flavia do Gentil ser crucificada nas redes sociais, principalmente em grupos de WhatsApp.

A vereadora Flavia para quem não sabe é o braço político a serviço da APAE de Araioses, uma entidade reconhecidamente prestadora de um grandioso trabalho a serviços de muitos araiosenses excepcionais ou não.

Infelizmente, quem tem suas paixões políticas não tem a humildade para reconhecer o quanto isso é importante.

Ainda não falei com a vereadora depois de sua filiação no partido do prefeito, porém pelo que conheço ela o fez sabendo o quanto isso ia lhe ser caro, mas pesou muito nessa decisão a confiança na continuidade dos serviços prestados pela APAE.

Termina hoje (3), a janela partidária

Termina hoje, dia 3 de abril, a janela partidária – o prazo para vereador mudar de partido sem correr o risco de perder o mandato.

Aqui em Araioses pelas sondagens feitas todos os treze vereadores já se filiaram nos partidos que pretendem conquistar o mandato de reeleição.

Mas como ainda tem horas para o prazo encerrar vamos esperar até amanhã para ver em que partido/grupo ficou cada vereador.