Energia elétrica de gerador a custo zero

vexame-araioses1

Dificilmente o secretário de administração do município de Araioses, Marco Daniel, continuará no cargo daqui em diante, já que deverá receber inúmeros convites nos próximos dias para exercer essa função em outras prefeituras ou até mesmo em grandes empresas da iniciativa privada.

Tudo isso em função deste ter conseguido a façanha de resolver o problema de energia elétrica na prefeitura araiosense – que a CEMAR cortou por falta de pagamento de vários meses atrasados e a constatação de gatos.

A proeza maior do secretário é que ele solucionou o problema com energia fornecida por um gerador de energia elétrica a custo zero.

UE exige que Reino Unido comece procedimento de saída o mais breve possível

Sputnik Brasil
reino-unido

Os líderes da União Europeia estão prestes a iniciar negociações sobre a saída do Reino Unido da união muito em breve, indica um comunicado conjunto do presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk; do presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker; e do presidente atual do Conselho da UE, o premiê holandês Mark Rutte.

“Estamos prestes a iniciar negociações com a Grã-Bretanha sobre as condições da sua saída da União Europeia”, declararam os líderes das instituições europeias.

Eles destacaram que “até que o processo de negociações com o Reino Unido termine, este permanecerá membro da União Europeia “.

O chanceler francês disse que é preciso fazer tudo de modo rápido. “Não deve haver qualquer incerteza. É preciso que o governo britânico informe sobre a decisão oficial do povo britânico para que comecemos a implementar [as cláusulas] deste artigo [do Tratado de Maastricht]. [É necessário] para a unidade e estabilidade da Europa e do Reino Unido. É urgente, não convém perder tempo”, disse Ayrault aos jornalistas antes da reunião de ministros da UE em Luxemburgo.

Por sua vez, o presidente da França, François Hollande, disse que lamenta os resultados do referendo britânico. “O Reino Unido não será mais parte da UE. Os procedimentos previstos pelo tratado serão realizados de forma rápida. As regras são estas, as consequências são estas”, afirmou Hollande, em pronunciamento na televisão.

Ontem (23), o Reino Unido fez um referendo sobre a permanência do país na União Europeia.

Detran-MA divulga lista de selecionados no Programa CNH Rural

O Departamento Estadual de Trânsito da Maranhão (Detran-MA) divulgou nesta sexta-feira, 24, o nome dos 2.100 selecionados do Programa CNH Jovem. Agora, os candidatos devem reunir a documentação exigida pelo programa, e no período de 1º de julho a 31 de agosto, comparecerem à sede do Detran-MA, postos avançados ou Ciretrans, para realizarem a abertura do cadastro no Registro Nacional de Carteiras de Habilitação (Renach).

cnh-rural“Nesta etapa, garantimos que o CNH Rural beneficie o público alvo do programa, que é o trabalhador rural, o homem do campo. Por isso é preciso comprovar que ele reside na zona rural e exerce atividade rural”, destaca João Moraes, chefe da Controladoria do Detran.

Os documentos obrigatórios são a cópia da Carteira de Identidade e CPF, certidão ou declaração emitida por instituição de ensino registrada no Conselho Estadual de Educação, comprovando que ele concluiu o ensino fundamental, Declaração de Aptidão do Pronaf (DAP), comprovante de residência e as certidões negativas de ações civil e criminal da Justiça Estadual e Federal.

Os candidatos selecionados pertencem aos 14 territórios que compõem o Programa de Desenvolvimento Sustentável dos Territórios Rurais do Ministério de Desenvolvimento Agrário no Estado do Maranhão, e serão beneficiados com a gratuidade do processo de habilitação para categoria A, destinada à condução de motocicletas. 

Depois de validado o cadastro no Renach, o canditado deve se matricular no curso de formação teórico e prático. Fica a cargo de cada beneficiário do Programa, escolher o Centro de Formação de Condutor (CFC) que preferir, desde que este seja credenciado ao Detran-MA e tenha aderido ao CNH Rural. O candidato pode consultar a lista das autoescolas que aderiram ao programa no endereço eletrônico: www.detran.ma.gov.br/cnhrural. As listas com os selecionados e excedentes está disponível na mesma página da internet, na aba “Resultado”.

Link com o resultado:

http://cnhrural.detran.ma.gov.br/cadastroCNHRural/home/Divulgacao.xhtml

Fonte: Detran/MA

Governo do Estado assina contrato de repasse para construção de quadras esportivas

quadras-esportivas

Marcio Jardim, superintendente da CEF, Emílio Murad, e deputado federal Zé Carlos na assinatura do contrato de repasse – Foto/Jean Monteiro

O secretário de Estado do Esporte e Lazer, Márcio Jardim, assinou na tarde desta quinta-feira (29), juntamente com o superintendente da Caixa Econômica Federal no Maranhão, Emílio Murad, contrato de repasse para construção de quadras esportivas em cinco municípios do estado. Com a assinatura serão beneficiadas mais de 20 mil pessoas.

O contrato de repasse é referente à emenda parlamentar apresentada pelo deputado federal Zé Carlos (PT), e o valor de repasse do investimento é de R$ 850.000,00 mil reais para a execução de obras de construção de quadras esportivas nos municípios de Godofredo Viana, Imperatriz, Magalhães de Almeida, Presidente Vargas e São Francisco do Brejão.

“São municípios da zona rural que precisam de praças esportivas para dar acesso, ampliar e desenvolver o esporte em todo Maranhão. Queremos, com essa potente ferramenta que é o esporte, oferecer às crianças, aos jovens, aos adultos e aos idosos um ambiente digno para prática do esporte e do lazer, bem como eliminar a violência e promover a paz”, disse o deputado federal Zé Carlos.

Durante a assinatura, o secretário Márcio Jardim, agradeceu ao deputado federal Zé Carlos pela indicação de sua emenda para construção de projetos esportivos. “Agradecemos a iniciativa do deputado em destinar emenda que visa o desenvolvimento do desporto em municípios que precisam de melhores espaços para prática do esporte”, agradeceu.

Jardim ressaltou, ainda, que as emendas são um benefício de grande valia para dar continuidade ao trabalho que a Sedel já realiza em prol do desenvolvimento do esporte e do lazer em todo estado. “Esse contrato é mais investimentos que trarão bons resultados e benefícios para a prática esportiva”, celebrou o secretário.

Por Jean Monteiro

Fonte: Sedel

Procon/MA determina que a Cemar reestabeleça os serviços de forma imediata

procom-cemar

Representantes da Cemar com o presidente do Procon, Duarte Júnior, no momento da notificação – Foto/Divulgação   

O Procon/MA determinou, nesta sexta-feira (24), que a Companhia Energética do Maranhão (Cemar) restabeleça a energia elétrica do bairro Recantos dos Vinhais. Segundo denúncias, a tempestade ocorrida na madrugada da última quinta-feira teria rompido cabos de postes que ficaram expostos no meio da rua.

Consumidores chegaram a reclamar de mais de 24 horas sem energia elétrica. O Procon/MA também recebeu denúncias de cabos de força partidos e pendentes na rua, expondo moradores e transeuntes a risco de choque elétrico.

Segundo o presidente do Procon/MA, Duarte Júnior, a Cemar deve responder pelas falhas no fornecimento de energia elétrica como serviço essencial. “O Código de Defesa do Consumidor obriga o fornecedor a se responsabilizar por qualquer vício no serviço, independentemente da existência de culpa. Esse tipo de falha é um grave atentado contra a vida, saúde e segurança do consumidor e deve ser sanado imediatamente para evitar riscos à população”, destacou.

Vale ressaltar que a Resolução 414/2010 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) estabelece o prazo máximo de 24 horas para religação de unidade consumidora em área urbana. Diante de possíveis desobediências aos prazos legais, o Artigo 39 do Código de Defesa do Consumidor considera abusiva a recusa do atendimento à demanda dos consumidores quando estiver dentro das possibilidades do fornecedor.

A partir da determinação do Procon/MA, a Cemar deve executar o reparo e o religação da rede elétrica de forma imediata. Os consumidores do bairro Recantos dos Vinhais, ao perceber qualquer desobediência ou irregularidade, podem realizar denúncia por meio do site, aplicativo ou em qualquer unidade física mais próxima. A fornecedora informou que já enviou 3 equipes para a o bairro com o intuito de restaurar os serviços.

Fonte: Procon

Por falta de condições a PM de Araioses não pôde prender dois assaltantes

Bandidos tentaram assaltar duas pessoas na MA-345 que liga Araioses ao povoado Canabrava por falta de combustível.
mapa

A Imagem acima mostra o entrocamento que dá acesso a Canabrava de Araioses e Canabrava de Água Doce do Maranhão

A mais ou menos um mês duas pessoas (que preferem não ser identificadas) quase fora assaltadas na MA-345 perto do povoado Cana Brava, município de Araioses. As vítimas que sofreram a tentativa de assalto felizmente conseguiram fugir dos bandidos que eram dois.

Segundo as vítimas os bandidos estavam numa moto Honda FAN preta, um tinha o cabelo pintado de loiro e o outro era bem moreno. Eles abordaram as vítimas que estavam paradas e quando um já ia passando a faca para o outro, sem que eles percebessem as vítimas sairia em fuga e os bandidos ainda os perseguiram por mais ou menos 1,5 km, mas como não os acompanharam resolveram desistir.

Segundo relatos esse não é o primeiro caso de assaltos na MA-345 que liga Araioses a Cana Brava, porém infelizmente, outros não tiveram a mesma sorte de conseguir escapar sem que os bandidos não levassem seus veículos.

As vítimas entraram em contato com Polícia Militar de Araioses para pedir que os policiais fossem no local da tentativa de assalto para ver se os bandidos ainda estavam agindo por lá, mas a resposta dos PMs foi que a viatura estava sem combustível e que os mesmos iam ver se conseguiam resolver o problema de abastecimento com alguém e assim eles iriam ao local do acontecido.

Os policiais bem que queriam agir, mas como o caso ocorreu em local distante não dava para ir a pé. O policial teria informado que o Estado não cumpriu com seu dever… E por isso a falta de combustível.

Com tudo isso quem paga é a população, o trabalhador passa anos trabalhando para comprar e pagar seu transporte, e vem um vagabundo que não faz nada da vida e tira em minutos aquilo que você ralou bastante para conseguir, e às vezes até tira sua vida ou a vida de quem você ama.

No entrocamento que liga Araioses, São Bernardo e Água Doce, a maioria da População que tem moto está sendo obrigada a pegar um atalho até sair uns quilômetros na frente e depois retornam a MA. Essa alternativa torna a viagem mais longa e demorada, mas é o meio que estão encontrando para evitar os assaltos que crescem cada vez mais.

A população está cada vez mais insegura e com medo, pois a Polícia até tenta ajudar mais não pode nem sair da cidade por falta de combustível… Isso é uma situação crítica, agora cadê o

Estado? Cadê as Prefeituras para ajudar? Para fazerem parcerias com o Estado? Se já tem parceria, pois não está parecendo!

 Do Blog do Willian Souza com edição de Daby Santos

Poste de iluminação da prefeitura de Araioses está dando choque elétrico

poste-eletrico2

Um poste de iluminação que fica na Praça São Raimundo Nonato, bairro Conceição, está pondo em perigo a vida de pessoas, principalmente crianças que podem ao tocá-lo levar um choque elétrico, que poderá ser para uns apenas um grande susto, mas para outros as consequências correm o risco de ser bem mais graves.

Um eletricista fez a medição da eletricidade do poste que mediu 220 voltes

Um eletricista fez a medição da eletricidade do poste que mediu 220 voltes

Um cardíaco, por exemplo, pode perder a vida ao ser exposto a uma descarga elétrica.

O alerta vem de moradores do local que estão preocupados com os perigos que todos estão expostos e de que esses problemas já ocorrem há vários meses e eles pedem providências por parte da Prefeitura de Araioses, que quem tem a obrigação de verificar o problema.

Os dois postes que estão dando choque elétrico ficam em frente ao Clube Bataclan e o outro em frente à casa do Veloso. De dia não há problema, mas a noite na hora que eles são ligados o perigo aparece.

Chuva provoca alagamentos e deixa bairros sem energia em São Luís

temporal-sl2

 A chuva que atingiu a Região Metropolitana de São Luís (MA) no fim da noite dessa quarta-feira (22) e madrugada desta quinta-feira (23) provocou estragos, alagamentos e interrupção no fornecimento de energia elétrica em alguns bairros.

A tempestade, acompanhada de raios e ventos fortes, deixou os moradores sem luz nos bairros do Renascença, Santo Antônio, parte do Anil, Vila Palmeira e Cohab, onde algumas casas chegaram a ser destelhadas pela ventania.

temporal-sl3

No bairro do Cohatrac, a falta de energia elétrica foi provocada por placas arremessadas e galhos de árvores arremessados contra a rede de distribuição, conforme informa o executivo de Imprensa da Companhia Energética do Maranhão (Cemar), Luiz Carlos Cardoso. A concessionária mantém equipes de plantão que trabalham no restabelecimento da energia elétrica nos pontos em que houve interrupção no fornecimento.

Com a chuva, a Estrada de Ribamar, via de acesso ao município de São José de Ribamar (MA), ficou alagada.

temporal-sl3

Previsão do tempo

De acordo com o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), a quinta-feira vai ser de chuva com trovoada à tarde.

No norte do Maranhão, a previsão é de nebulosidade variável e pancadas de chuva. A tendência de chuva permanece para os próximos dias, segundo o instituto.

Fonte: G1 MA com fotos de O Imparcial

Não adianta querer tapar o sol com a peneira

Numa tentativa de tapar o sol com a peneira o secretário de administração da prefeitura de Araioses, tenta justificar o injustificável, procurando desclassificar as informações sobre o vexame que Araioses e seu povo passaram recentemente, quando a Rede Globo de Televisão expôs em rede nacional o calote que algumas prefeituras do Maranhão deram na CEMAR.

Entre essas prefeituras estão Araioses e Santa Quitéria, ambas controladas pelo tio do secretário, o todo poderoso Manin Leal.

Ora senhor secretário, falar a verdade agora é “fruto da imaginação de quem quer denegrir a imagem de um governo que tem feito escolhas consciente em nome da economia dos recursos públicos”. Falou bonito, mas infelizmente, não disse nada.

Outra coisa procure ler e interpretar o que eu escrevo porque na minha postagem eu não afirmo, em momento algum, que os gastos com os geradores são os que estão no post.

Mas quem sabe se lendo o texto abaixo o senhor não se situe melhor. Afinal, ele foi escrito pelo mesmo que me desmente agora.

A final para onde vai o dinheiro da prefeitura milionária do Baixo Parnaíba? O que Valeria esta fazendo em Araioses que não tem saúde, não tem educação, não tem assistência social, não tem estrada, não tem uma obra no município de valor. Porque não paga pelo menos a conta de energia da prefeitura?

Da ultima vez que a CEMAR cortou alegaram que foi Luciana Trinta que tinha deixado de pagar contas anteriores, os capatazes de Valéria e Manin tentaram impedir o desligamento e até agrediram os funcionários da companhia energética. E agora, em quem colocaram a culpa?

Quanto ao fato das ameaças de processo, quero deixar bem claro que já enfrentei muitos, sempre de parte de gente assim como os senhores, que quiseram fazer o povo de Araioses de besta e com a graça e a força de Deus venci todos.

Aproveite bem do cargo e das vantagens que se tem por ser o preferido do tio porque a cada dia que passa é um dia menos para a libertação de Araioses e seu povo.

É contagem regressiva e não temo suas ameaças e muito menos de quem quer que seja.

Jobson é preso no Pará acusado de estuprar 4 menores

Bruno Thadeu
Do UOL, em São Paulo

jobson

Menor acusa Jobson de embriagar jovens e forçar a ter relações sexuais – Foto: Victor Silva/SSPress

O jogador Jobson foi preso nesta quinta-feira acusado de estuprar quatro adolescentes em Conceição do Araguaia, no Pará. A Polícia Civil efetuou a detenção em cumprimento à prisão preventiva determinada pela Justiça. Uma jovem tem 12 anos, uma tem 13 anos e outras duas têm 14 anos de idade.

Segundo a assessoria de comunicação da Polícia Civil, Jobson não ofereceu resistência à detenção, ocorrida em sua chácara na cidade de Couto Magalhães, no oeste de Tocantins. O jogador de 28 anos (que está suspenso do futebol até 2019) é investigado por ter estuprado uma quinta jovem.

 

De acordo com a Polícia Civil, as quatro jovens foram submetidas a exames periciais, cujos resultados apresentaram que nas duas menores, de 12 e 13 anos, houve conjunção carnal (penetração).

As outras duas adolescentes alegaram, em depoimento, que consentiram as relações sexuais. No entanto, afirmaram que estavam sob efeito de bebidas alcoólicas e substâncias entorpecentes colocadas na bebida.

O inquérito policial foi instaurado há uma semana após uma das supostas vítimas, uma garota de 13 anos, denunciar que fotos suas em situações pornográficas estavam circulando em grupos de rede social por meio do aplicativo de mensagens por telefone celular WhatsApp.

Segundo relatou a suposta vítima, o jogador teria a aliciado em Conceição do Araguaia para levá-la até sua chácara, junto com outras três adolescentes, e ali as vítimas teriam sido embriagadas e entorpecidas, para então serem abusadas sexualmente.

Ainda, conforme as denúncias, essa prática por parte do jogador teria ocorrido em diversas ocasiões no município.

A jovem relatou que desmaiou durante o evento que teria sido promovido por Jobson. Desacordada, ela teve fotos tiradas por Jobson e amigos do jogador. As imagens, segundo a polícia, foram compartilhadas nos grupos de rede social. Ainda, conforme o delegado, a vítima chegou a telefonar para o jogador, dizendo que iria denunciá-lo, e o acusado teria feito ameaças à garota. Após ouvir o depoimento da adolescente, a equipe da Polícia Civil localizou as outras vítimas.

O UOL Esporte ligou para o advogado de Jobson, Rodolfo César, mas ele não retornou às chamadas.

Jobson está suspenso do futebol profissional até 2019, após punição imposta pela Federação Saudita de Futebol por ter se negado a fazer um exame antidoping, segundo o Al Ittihad. A Fifa deu validade mundial à pena e o jogador assim só voltaria a jogar aos 31 anos

Umas verdades que precisam ser ditas

O texto é longo, mas não tinha como ser de outra forma. Ele esclarece muito e faz justiça também. Leia-o com atenção.

Tenho profundo respeito por meus leitores, incluindo os que discordam do que publico e até os que me criticam às vezes, nas redes sociais e em comentários no blog. Falo em críticas e não em ofensas como já fizeram alguns.

Convivo com essas situações há três décadas. Os fatos ocorrem porque sempre tive a coragem e franqueza de me manifestar sobre os desmandos de gestores araiosenses que ignoraram suas obrigações e trataram o que é do povo como coisas suas – não trabalhando no sentido de aproveitar as potencialidades de desenvolvimento do município

Alguns desses gestores chegaram ao poder graças também ao meu trabalho, que mesmo pequeno, foi importante e suficiente para que esses conseguissem os objetivos desejados.

Deixando de lado os do passado – que nem mais entre nós estão – quero me reportar sobre a situação atual onde a prefeita de Araioses é a senhorita Valéria Cristina Pimentel Leal, mas quem governa, quem manda e desmanda é o seu pai Manin Leal.

Manin Leal nasceu no bairro Comprida, em Araioses, mas logo novo ainda se bandeou para Santa Quitéria, no intuito de jogar futebol mas naquela cidade não fez carreira no futebol e sim na política, onde conquistou três mandatos de vereador e três de prefeito. Sobre Araioses, ele só mostrou vontade política quando esperto como é, percebeu que seu reinado naquela cidade estava apontando para o fim.

Aqui teve apoio incansável e fiel do atual vereador Raimundinho do Remanso, que até então não tinha obtido sucesso nas urnas, mesmo depois de duas tentativas com boas votações, uma em 2004 e outra em 2010. Hoje os dois estão rompidos, mas as divergências começaram ainda na pré-campanha de 2012 quando Manin Leal não honrou a palavra que assumira com ele (Raimundinho) de ser o candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada por sua filha.

Raimundinho do Remanso não foi o único, mas foi o principal interlocutor entre eu e Manin Leal próximo das eleições de 2012.  A todos que me falavam do projeto de Manin Leal eleger a filha prefeita de Araioses eu alertava, principalmente a Raimundinho, onde eu dizia que Manin não era confiável, não era homem de cumprir palavra empenhada.

Mas como é de conhecimento de todos, as coisas evoluíram e acabei por entender que Manin Leal poderia proceder de forma diferente em sua terra natal e jamais pude imaginar que ele não usasse toda a experiência política que tinha, que não fosse no sentido de fazer da filha a melhor prefeita da região, motivo de referência positiva que poderia estender sua carreira política no estado, até porque ele estava e está inelegível por muito tempo ainda.

Não foi e não é isso que está ocorrendo, pois o povo araiosense de ponta a ponta do município sabe muito bem disso.

Também, que fique bem claro que diferentemente de outros, eu não participei da campanha vitoriosa de Valéria do Manin por dinheiro. Quem me conhece sabe que nunca fiz política na minha vida tendo que me vender a quem quer que for. Desafio a qualquer um com quem já militei na política afirmar o contrário.

Naqueles dias, mesmo indiretamente eu já estava envolvido na campanha de Valéria quando tive uma conversa com Manin no Baixão das Vassouras, em maio de 2012, num evento do Clube de Mães daquela localidade.

Entre outros que estavam próximos e ouviram a pequena conversa entre eu e Manin estava Mano Gonçalves, que vinha ser a seguir o candidato a vice-prefeito ao lado de Valéria do Manin. Ele já tinha tomado umas cervejas, mas creio que ele deve se lembrar que falei algo assim para o Manin:

– Manin, eu já estou envolvido na campanha de tua filha, se ela for eleita qual vai ser o meu papel na administração dela?

De pronto Manin me respondeu:

– Você vai ser o secretário de comunicação. Retruquei dizendo secretário só na portaria? O que ele me respondeu que não, que com ele era diferente, que eu iria ter apoio e todas as condições de fazer o meu trabalho.

Chegou ainda a afirmar que quem trabalhava com ele crescia e comigo não seria diferente.

A partir daquele dia eu entrei de corpo e alma na campanha em tempo integral, lutei com toda a força e determinação, chegando a ser o principal alvo de perseguição da ex-prefeita Luciana Trinta que via em meu trabalho no rádio e no blog principalmente, um obstáculo intransponível, pois ela sabia que nada poderia me fazer mudar no que eu estava fazendo.

Muitos ainda devem está lembrados de como eu, minha esposa e minha secretária enfrentamos Luciana Trinta, quando a título de direito de resposta, ela levou uma multidão que só não invadiu a Rádio Santa Rosa onde eu fazia o jornal, porque a enfrentei com determinação.

Dias depois, sábado, faltando menos de doze horas para iniciar as votações eu e minha esposa fomos covardemente espancados, em plena Praça Nossa senhora da Conceição, pelo irmão da prefeita e seus capangas, só não perdendo a vida porque Deus guiou uns companheiros da campanha de Valéria que estavam do outro lado da praça e quando viram o que acontecia se dirigiram para lá para nos socorrer.

Vencemos as eleições e mesmo antes da prefeita Valéria do Manin tomar posse, todas as conversas já diziam que eu não seria o secretário de comunicação, cargo prometido por Manin Leal. Tinha quem batia nos peitos e dizia que ele sim seria o nomeado.

Porém, Manin é mala como dizem, e viu logo que começar o governo da sua filha traindo que tanto lutou não ia ficar bem para a opinião pública. Soube que no festejo de Nossa Senhora da Conceição ele comunicou ao que pretendia o cargo, que ele me prometera, que não ficasse triste porque eu iria ser o secretário, mas que ele iria ganhar muito mais do que eu.

Verdade ou não, tenho acompanhado a evolução do que seria o secretário e pude perceber que sua vida mudou da água para o vinho.

A portaria de secretário saiu, mas para mim não passou de mais um papel, pois nunca foi dada a mim nenhuma condição de trabalhar minha pasta. Pelo contrário, logo passou a funcionar uma secretaria paralela, onde tudo que era de competência do secretário de comunicação foi feito por quem não era.

Mesmo tendo que conviver com essa humilhação fiz de tudo para promover a imagem da prefeita, de quem gostava muito, sendo criticado de forma injusta e maldosa por quem se dizia ser da oposição. Eu era o único secretário que pagava para trabalhar.

Nunca mereci da digníssima prefeita um único convite sequer para acompanha-la em atividades de seu governo fora da cidade e até aqui em Araioses, eu tinha que procurar adivinhar as coisas. Claro que tinha situações que o blogueiro aqui era convidado, pois era do interesse do Manin que isso ocorresse.

Para os que dizem que agora estou criticando a administração que fiquem sabendo que isso não é verdade, pois pessoalmente ao Manin, por diversas vezes alertei ele sobre a necessidade do cumprimento dos compromissos da campanha e lhe relatava o estado lastimoso que se encontrava o município e onde lhe cobrava providências.

Depois me cansei, e estava disposto a ficar até o último dia do mandato de Valéria do Manin, mesmo sabendo da pressão que era feita para que eu fosse exonerado.

Porém, o Unidos por Araioses se definiu pela pré-candidatura para prefeito de Araioses do Dr. Cristino Gonçalves de Araújo e do Bernardinho Almeida, o pré-candidato a vice-prefeito, onde se concretizava um movimento genuinamente araiosense como sempre defendi antes da chegada dos “invasores”.

Abri mão então do salário líquido de R$ 3.000,00 que entrava na minha conta todos os meses para me juntar em prol de uma proposta política que eu acredito ser a melhor para Araioses.

Se isso contraria os interesses e a vontade de quem pouco ou nada fez para “está de boa”, como dizem, nada posso fazer. Se nossa prefeitura está serviço desses que ocupam o lugar de quem lutou bravamente, amanhece e dorme aqui e esses desesperados vendo o chão sumir sob os pés e se irritam por eu não mais concordar em está servindo aos seus interesses, nada posso fazer.

Para mim, a política é uma ciência que deve ser administrada a serviço do bem comum.

Waldir Maranhão devolverá dinheiro à Uema em 26 parcelas

Waldir-Maranhao

O presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA) – Foto: Givaldo Barbosa/Agência O Globo

O deputado federal Waldir Maranhão, presidente interino da Câmara Federal, devolverá o dinheiro recebido indevidamente da Universidade Estadual do Maranhão (Uema) durante período em que exercia mandato eletivo.

O montante devido é de R$ 368.140,09, divido em 26 parcelas. A primeira, no valor de R$ 14.160,00  está especificada como ressarcimento ao tesouro estadual.

Foi o próprio Waldir Maranhão, por meio de seu advogado, Rodrigo Passinho Azevedo como mostra documento acima, quem informou à devolução dos recursos, solicitando a juntada do comprovante da primeira parcela.

O ressarcimento ocorre em cumprimento a um processo administrativo que apurou a irregularidade, explorada pela mídia nacional.

No documento encaminhado ao pró-retiro da Universidade, Gilson Martins Mendonça, “o requerente” informa que está atendendo a um despacho de processo administrativo, que determina o recolhimento, mês a mês dos valores creditados indevidamente como vencimento a Waldir Maranhão, professor licenciado da instituição.

Fonte: Blog do Gilberto Léda

Eduardo Cunha vira réu no STF por contas secretas na Suíça

André Richter – Repórter da Agência Brasil

cunha-reu

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (22) abrir ação penal contra o contra o presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), pelo recebimento de R$ 5 milhões de propina em contas não declaradas na Suíça.

Com a decisão, Cunha vai responder pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas e passará à condição de réu em duas ações penais que tramitam na Corte, oriundas da Operação Lava Jato.

Os ministros acompanharam o voto do relator, Teori Zavascki, e também entenderam que Cunha é beneficiário e o verdadeiro controlador das contas na Suíça. Para o relator, as provas apresentadas pela Procuradoria-Geral da República (PGR) comprovam que Cunha recebeu R$ 5 milhões de propina nas contas de seu truste, com o objetivo de ocultar a origem dos valores.

O voto de Teori foi seguido pelos ministros Marco Aurélio, Dias Toffoli, Edson Fachin, Rosa Weber, Cármen Lúcia e Gilmar Mendes.  O julgamento prossegue com os votos dos demais ministros.

Durante sua manifestação, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, reafirmou que Cunha é o titular das contas na Suíça. “A conta Órion, documentalmente comprovada na Suíça, é de propriedade do senhor Eduardo Cunha. Dela consta o seu endereço no Brasil, cópia de passaporte, visto americano, informações pessoais e profissionais, data de nascimento e assinatura.”

A denúncia foi apresentada por Janot ao STF em março. Em outubro do ano passado, o Ministério Público da Suíça enviou ao Brasil documentos que mostram a origem de aproximadamente R$ 9 milhões encontrados nas contas atribuídas a Cunha e seus familiares. De acordo com os investigadores da Lava Jato, os valores são fruto do recebimento de propina em um contrato da Petrobras na compra de um campo de petróleo no Benin, avaliado em mais de US$ 34 milhões.

Defes

No início do julgamento, a defesa de Cunha afirmou que o Banco Central (BC) nunca regulamentou a obrigatoriedade de declarar propriedade de um truste no exterior. A advogada Fernanda Tórtima, representante do deputado, acrescentou que, na Suíça, onde as contas atribuídas a Cunha foram encontradas, não há obrigação em declará-las.

Câmara Municipal de Tutoia afastou o prefeito da cidade por 180 dias

Sessão histórica  foi realizada na manhã de hoje.

Diringa - Prefeito afastado

Diringa – Prefeito afastado

De acordo com informações do blog do Antonio Amaral o prefeito de Tutoia, Raimundo Nonato Abraão Baquil – o Diringa – foi afastado na tarde de hoje (22) pela Comissão Processante. A votação foi de 7 votos pelo afastamento e de 4 favoráveis ao prefeito.

O vereador Zé Orlando foi o autor do parecer aprovado na sessão realiazada na manhã de hoje.

 

Por maioria simples votaram à favor os vereadores:

. Enilson Santos(PP)

. Romildo do Hospital(PSDB)

. Zé Orlando(SD)

. Binha(PRB)

. Elias de Aquino(PSC)

. Zé de Mar(PRB)

. Pedro Agripino(SD)

. Antonio Chico(PMDB), presidente só votaria em caso de empate.

Votaram contra o Impedimento:

. Alexandre Baquil(PV)

. Maria do Carmo(PSD)

. Bernardo Bento(PRP)

. Rafael Fonseca(PHS)

Ausente vereador Paulo Roberto(PV), da base do governo

DSCN0007

Vereador Zé Orlando

O relator da Comissão Processante, Zé Orlando (SD), no processo durante a leitura conclui, em seu parecer, que a denúncia “preenche todas as condições jurídicas e políticas relativas à sua admissibilidade de afastamento do Prefeito de Tutoia, Raimundo Nonato Abraão Baquil, de crime de Improbidade Administrativa. No parecer o Relator Orlando, afirma haver indícios mínimos de que o prefeito, praticou atos que podem ser enquadrados em crimes de responsabilidade e conclui ele.

Con informações do  Blog do Antonio Amaral

Prefeitura de Araioses deve a CEMAR mais de 2 milhões de reais

Dívida de Santa Quitéria passa de 700 mil reais

Depois da reportagem do Jornal Nacional no último sábado (18), onde divulgou a situação de prefeituras maranhenses que deram calote na CEMAR, entre elas as prefeituras de Araioses e Santa Quitéria – ambas comandadas por Manin Leal – procurei ontem a Gerência de Relacionamento com o Cliente da fornecedora de energia no Maranhão, sobre os débitos e do tremo de negociação com a prefeitura araiosense.

Pelo meu e-mail, minutos depois recebi o relatório das dívidas tanto da prefeitura de Araioses, como da de Santa Quitéria.

As duas prefeituras, que na prática são comandadas por Manin Leal, somam juntas um débito de quase três milhões de reais com Araioses devendo R$ 2.146.306,08 (dois milhões, cento e quarenta e seis mil, trezentos e seis reais e oito centavos) e Santa Quitéria R$ 754.015,55 (setecentos e cinquenta e quatro mil, quinze reais e cinquenta e cinco centavos).

A atual administração de Araioses diz já ter recebido a prefeitura de Araioses devendo a CEMAR, o que é verdade, pois vendo no TERMO DE CONFISSÃO E PARCELAMENTO DE DÍVIDA QUE ENTRE SI FIRMAM COMPANHIA ENERGÉTICA DO MARANHÃO – CEMAR E MUNICÍPIO DE ARAIOSES/MA assinado em 27 de agosto de 2013, verifica-se várias faturas de messes de 2012 – período em que Luciana Trinta era a prefeita – que somadas importam a quantia de R$ 314.374,36 (trezentos e quatorze mil, trezentos e setenta e quatro reais e trinta e seis centavos).

Porém, como todos sabem quem assume a prefeitura assume as receitas que vão entrar, mas assume também os débitos. Segundo Marcone Ulisses Cardoso, consultor da CEMAR e um dos que assinou o termo de confissão e parcelamento das dívidas da prefeitura de Araioses junto à companhia, nenhuma das parcelas foi paga até hoje.

Na data então, o débito negociado, já com juros descontados, era de R$ 503.057,03 (quinhentos e três mil, cinquenta e sete reais e três centavos) com o compromisso da atual gesta dar uma entrada de R$ 80.000,00 (oitenta mil reais) a ser paga no dia 05 de setembro de 2013, e mais 38 parcelas mensais com juros de 0,5% ao mês, através da fatura da Unidade Consumidora (UC) 9866531, que pertence a Unidade Escolar Tudes José Cardoso.

Os débitos, tanto da prefeitura de Araioses como da de Santa Quitéria, tendem a aumentar, uma vez que ambas estão com energia de geradores e não há nenhum sinal de que essas dívidas ainda sejam quitadas nas atuais gestões.

Quem assumir essas prefeituras a partir de 1º de janeiro do ano que vem, vai ter que procurar a CEMAR para renegociar esses débitos, já que manter a situação atual não condiz com uma gestão pública de qualidade.

vexame-araioses1

O custo final da energia dos geradores

Segundo fonte que pediu para não ser revelada, a manutenção desses dois geradores seria de acordo com o descrito abaixo.

Gasto da Prefeitura de Araioses para manter o gerador a diesel:

  • A compra do gerador custou aos cofres da Prefeitura R$ 55.000,00 (cinquenta e cinco mil reais);
  • O gerador consome por hora 3,4 litros de óleo diesel, em média;
  • Cada litro de óleo diesel custa para a Prefeitura de Araioses R$ 3,31 (três reais e trinta e um centavos)
  • Funciona no horário das 07:00 às 23:00 horas (16 horas por dia, em média);
  • A Cada 100 horas de funcionamento do gerador (aproximadamente a cada 10 dias) tem que fazer a troca do óleo lubrificante do motor com capacidade de 12 (doze) litros;
  • Cada litro de óleo lubrificante custa para a Prefeitura de Araioses R$ 12,50 (doze reais e cinquenta centavos);
  • Logo a prefeitura tem o seguinte gasto mensal com combustível e lubrificante:

54 litros de diesel/dia X R$ 3,31 = R$ 178,74/dia X 30 dias = R$ 5.362,20/mês;

12 litros óleo lubrificante (a cada 10 dias) X R$ 12,50 = R$ 150,00 X 3 (trocas/mês) = 450,00/mês;

  • Salário mensal do Operador do gerador, R$ 1.200,00 (mil e duzentos reais);

Total do gosto mensal R$ 7.012,20.

Gasto da Prefeitura de Santa Quitéria para manter o gerador a diesel:

  • A compra do gerador custou aos cofres da Prefeitura R$ 53.000,00 (cinquenta e três mil reais);
  • O gerador consome por hora 3,3 litros de óleo diesel, em média;
  • Cada litro de óleo diesel custa para a Prefeitura de Santa Quitéria R$ 3,29 (três reais e vinte e nove centavos)
  • Funciona no horário das 07:00 às 22:00 horas (15 horas por dia, em média);
  • A Cada 100 horas de funcionamento do gerador (aproximadamente a cada 10 dias) tem que fazer a troca do óleo lubrificante do motor com capacidade de 12 (doze) litros;
  • Cada litro de óleo lubrificante custa para a Prefeitura de Santa Quitéria R$ 11,00 (onze reais);
  • Logo a prefeitura tem o seguinte gasto mensal:

50 litros de diesel/dia X R$ 3,29 = R$ 164,50/dia X 30 dias = R$ 4.935,00/mês;

12 litros óleo lubrificante (a cada 10 dias) X R$ 11,00 = R$ 132,00 X 3 (trocas/mês) = 396,00/mês;

  • Salário mensal do Operador do gerador, R$ 1.400,00 (mil e quatrocentos reais);

Total do gosto mensal R$ 6.731,00.

Como ficam essas dívidas

Se por um lado os futuros gestores não vão poder fugir das dívidas que suas prefeituras têm junto a CEMAR, por outro podem acionar a Justiça para que essa faça os gestores atuais e os da gestões passadas, a ressarcir os cofres públicos com os valores que não forem pagos por eles, com o devido acréscimo dos juros.

Ficaria o exemplo para outros futuros gestores e o povo agradeceria com certeza.