Informe DS – No tapetão sim senhor

Pode passar até mil anos, mas ninguém vai conseguir apagar da memória e da história das eleições do SINDSEPMA – Sindicato dos Servidores Municipais de Araioses, que um presidente – Arnaldo Machado – para continuar no poder se beneficiou do instrumento do tapetão sim senhor.

A cada dia que passa mais fica claro que a Comissão Eleitoral nada mais fez do que uso de instrumentos nada éticos e nada legais, segundo a Chapa 2 – a de oposição – para evitar a disputa entre os dois grupos.

Justificativas evasivas agora é como querer tapar a luz do sol com peneira.

 

O tempo voa

Janeiro já se foi e as movimentações políticas, com vista ao pleito do ano que vem se intensificarão logo após o carnaval.

Pela legislação eleitoral quem quiser disputar um mandato vai ter que está filiado em um partido político no máximo até o dia 2 de outubro deste ano.

Poucos deixaram a data limite para uma definição. A maioria estará em uma legenda partidária bem antes disso.

 

Aqui também

Segundo o blog Chamada Geral de Paranaíba os marginais que adulteraram os dados do caixa eletrônico da Rodoviária de Parnaíba, antes a mesma ação havia sido registrada horas antes aqui em Araioses.

Ainda segundo o blog, o tenente-coronel Costa Lima, teria dito que tanto em solo maranhense como em solo parnaíbano, os criminosos estavam em um carro modelo Voyage de cor prata.

 

Entrevistas

O Blog, em breve, fará a publicação de várias entrevistas com pessoas que atuam e ocupam as mais diversas funções em Araioses.

Comerciantes, políticos, sindicalistas, artistas entre outros serão o alvo dessas publicações.

Na pauta, um dos entrevistados será o sindicalista e vigia da prefeitura de Araioses Francisco das Chagas Souza Rodrigues, o Kim.

Kim tem muito do que falar.

Deputado cobra investigação para dinheiro gasto com refinaria

fampage

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) reagiu, por meio das redes sociais, ao anúncio de confirmação do fim do projeto da refinaria Premium I, em Bacabeira, no Maranhão e afirmou que tudo não passou de um “golpe eleitoral”. Ele disse que o Tribunal de Contas da União (TCU) e o Ministério Público Federal (MPF) precisam se posicionar diante  da questão para esclarecer onde foram parar mais de R$ 2 bilhões gastos com o empreendimento que nunca saiu do papel  e consumiu todo esse recurso dos cofres públicos.

“Estou na expectativa do que vão fazer o Tribunal de Contas da União e o Ministério Público Federal sobre o escândalo do fim da Refinaria Premium I, em Bacabeira, no Maranhão. Afinal, foram mais de R$ 2 bilhões jogados fora. Aliás, nos bolsos de alguns”, disse Othelino Neto por meio de sua página no Facebook.

Por meio de sua conta no Twitter, Othelino lembrou que, quando o então Bloco de Oposição denunciava o golpe eleitoral da refinaria, o grupo Sarney dizia que os deputados torciam contra o Maranhão. “O embuste da Refinaria Premium de Bacabeira, tantas vezes denunciado, foi desmascarado de uma vez por todas pelo Governo Federal”, disse.

Muito dinheiro consumido

A Petrobras alegou que as duas refinarias Premium, no Ceará e no Maranhão, que não saíram do papel, geraram uma baixa contábil de R$ 2,707 bilhões: R$ 2,111 bilhões da Premium I, no Maranhão, e R$ 596 milhões, da Premium II.

A companhia atribuiu a desistência dos projetos das refinarias à falta de parceiros e à revisão das expectativas de crescimento do mercado de combustíveis. A decisão de descontinuar os projetos, segundo a companhia, foi tomada no último dia 22 de janeiro.

“Fico imaginando quantas escolas, quantos hospitais poderiam ter sido construídos com esse dinheiro todo (mais de R$ 2 bilhões) gasto para a “implantação” da Refinaria Premium I, em Bacabeira, no Maranhão. Recursos que poderiam formar cidadãos e salvar vidas, simplesmente, desperdiçados”, frisou Othelino Neto.

Fonte: Blog do John Cutrim

Flávio Dino recebe o senador eleito Roberto Rocha

dino-rocha

Durante a visita, o governador lembrou que o trabalho do Senado Federal também é fundamental para o desenvolvimento do Maranhão – Foto/Nael Reis

O governador Flávio Dino recebeu, na tarde de quinta-feira (29), em seu gabinete, o senador eleito Roberto Rocha. Em uma visita formal ao governador, Roberto levou pessoalmente o convite da posse ao Senado, que acontecerá no dia 1° de fevereiro, em Brasília.

Flavio Dino agradeceu a visita do futuro senador. Ele afirmou que acompanhará os trabalhos legislativos da bancada estadual em Brasília e que, nos primeiros dias da nova legislatura, irá à capital federativa para buscar ainda mais esforços em nome do desenvolvimento do Maranhão.

Agradeço ao senador a visita de cortesia, é importante para o Estado o recado deixado de que o senador fará um grande trabalho para que o Maranhão se desenvolva com justiça social”, relatou o governador.

O senador eleito garantiu que a legislatura será feita em parceria com o Governo do Estado e assegurou que não medirá esforços para ajudar a transformar a situação social e política estabelecida no Maranhão.

Flávio é um companheiro e amigo com quem divido a responsabilidade de, juntos, transformar a realidade do nosso estado. Temos muito o que fazer, ele aqui, como governador, e eu em Brasília, como senador. Juntos teremos muitas ações estruturantes para que o estado possa se desenvolver. A minha obrigação é, junto ao Governo Federal, organismos internacionais e onde for preciso, levar os reclames, ansiedades e pleitos do nosso estado, destacou Roberto Rocha, certo da sintonia entre as duas esferas.

Agência SECOM

Seminário debate direitos de Travestis e Transexuais

dia-nacional-trans

Seminário discutiu propostas para atender os direitos de Travestis e Transexuais – Foto/Haydée Pacheco

Para marcar o Dia Nacional de Visibilidade de Travestis e Transexuais, comemorado na quinta-feira (29), a Secretaria de Direitos Humanos e Participação Popular (SEDIHPOP), em parceira com a Articulação Maranhense de Travestis e Transexuais (Amatra), realizou o seminário “Somos trans maranhenses, merecemos respeito e dignidade”, em São Luís.

Com a presença de representantes do poder público e de organizações da sociedade civil foram debatidas as causas e os tipos de violações que atingem esse segmento. Durante a discussão, foi proposta a estruturação de uma rede de acesso a direitos humanos básicos como saúde, educação, emprego e moradia e garantia do diálogo entre o poder público e sociedade para a construção de uma agenda em defesa do público formado por lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT).

Para o superintendente de Promoção e Educação em Direitos Humanos, Thiago Viana, com essas ações, o Estado reforça o compromisso de respeito à identidade de gênero. “O objetivo é construir mecanismos de acesso às políticas públicas e dar visibilidade, principalmente, a causa das travestis, o grupo mais estigmatizado da comunidade LGBT”, afirmou.

Entre as reivindicações do movimento, está a necessidade de garantia do uso do nome pelo qual as pessoas travestis e transexuais se reconhecem. O primeiro passo é a inclusão dessa identidade em documentos, cadastros e formulários expedidos pelos poderes públicos constituídos. “Temos uma grande luta pela frente, mas ganhamos reforço nesta batalha”, afirmou a presidente da Amatra, Myrella Souza.

Participaram do seminário, a secretária da Mulher, Laurinda Pinto, e representantes da Defensoria Pública, Ministério Público Estadual, UFMA, Secretarias de Estado de Turismo, Saúde e Segurança e as Secretarias Municipais da Criança e Assistência Social e de Saúde.

Roseana Sarney pode ser presa?

Em resposta ao decreto assinado por Flávio Dino, o juiz Sérgio Mor diz que Roseana Sarney “não mais ocupa o cargo de Governadora, não mais detendo, portanto, foro por prerrogativa de função”.

Com a revelação de novos detalhes do envolvimento da ex-governadora Roseana Sarney e da cúpula de seu governo em um esquema de corrupção montado no Palácio dos Leões para beneficiar a Construtora Constran, vem à tona a séria possibilidade de que a ex-governadora Roseana  Sarney tenha o mesmo destino de empreiteiros presos no âmbito da investigação  da Operação Lava Jato.

O  atual governador Flávio Dino, que nomeou comissão para investigar envolvimento de agentes públicos do governo Roseana no caso de pagamento de propinas para a liberação de precatórios à Constran. A então governadora liberou o pagamento de R$ 113 milhões para a empreiteira, que faz parte do Cartel de empresas acusadas na Operação da PF.

Em resposta ao decreto assinado por Flávio Dino, o juiz Sérgio Moro, tomou a decisão de enviar os documentos com o depoimento em que Alberto Youssef diz ter pago propina, a mando da construtora Constran, ao então governo do Maranhão. O dinheiro foi entregue ao chefe da Casa Civil na época, João Guilherme Abreu.

Ainda no despacho, o juiz Sérgio Moro lembra que a governadora Roseana Sarney “não mais ocupa o cargo de Governadora, não mais detendo, portanto, foro por prerrogativa de função.” E sugere que o processo referente a ela pode ser desmembrado do âmbito do Superior Tribunal de Justiça (STF) para o âmbito da justiça comum. Além disso, Moro destaca que no depoimento de Alberto Youssef, no qual acusa Roseana “foram coletados antes alguns elementos probatórios que, prima
facie, conferem  credibilidade”  às declarações dele.

Diante dos fatos, a conclusão é que, ao avançar para as investigações referentes aos agentes políticos, a Operação Lava a Jato poderá determinar a prisão daqueles que não dispõem mais de foro privilegiado, caso da ex-governadora Roseana Sarney.

Fonte: Maranhão da Gente

Lugar de Travesti é na faculdade!

Por Hudson Veras

Jessyka Rodrigues

Jessyka Rodrigues

Ao mesmo tempo em que se discutem as questões de problemáticas em torno do preconceito contra as pessoas homossexuais, a travesti Jessyka Rodrigues, presidenta do grupo de Travestis e Transexuais Boneca de Pano, fica feliz por estar ingressando num curso superior, por meio da nota de corte do ENEM.

Perceber aqueles olhares de curiosidade e de surpresa por ser uma das poucas travestis a estar numa faculdade, me deixa ciente que terei que enfrentar muitas formas de preconceito, mas o campo acadêmico é um local de reflexão e lutarei para ir até o fim da graduação em serviço social”, comenta Jessyka.

O Dia da Visibilidade Trans lembra a luta do movimento LGBTT, a partir de seu segmento “TT”, pela cidadania e direitos de travestis e transexuais. Pretende-se, a partir das ações dessa data, buscar uma real visibilidade a este segmento, diversa daquela que muitas vezes é retratado pela mídia em programas de comédia ou em boletins policiais.

Não raramente os programas de comédia retratam as travestis como homens que tentam mentir sobre seu sexo biológico, ignorando as questões de gênero reforçando estereótipos e desrespeito.

Chamada Geral – Caixa eletrônico do Banco do Brasil da Rodoviária de Parnaíba é novamente violado

caixa-bb-phb2

Por volta das 2h30min da madrugada desta quinta-feira (29/01) um caixa eletrônico do Banco do Brasil foi violado no Terminal Rodoviário de Parnaíba. Após a violação, a central de monitoramento do “BB” em Fortaleza-CE acionou a Polícia Militar de Parnaíba. Uma averiguação foi realizada, mas os criminosos já haviam fugido. A Polícia já investiga o caso.

Segundo o administrador da Rodoviária, Francisco Mendes, no momento da ação quase ninguém presenciou o ocorrido. “Ouvi os boatos de que eles chegaram em um carro prata e abriram a parte superior do caixa. Após alguns minutos, eles fecharam e foram embora”, disse.

Ocorrências como essa só deixam a população com receio. “Todas as vezes que há uma violação nos caixas dos bancos, principalmente do BB, eles ligam para o 2º Batalhão Major Osmar, informando o fato. Nesta madrugada a central de monitoramento nos acionou e o nosso comandante de policiamento se deslocou até o local. Acreditamos que nesta ocorrência, os bandidos realizaram a retirada de um aparelho conhecido como chupa-cabra”, afirmou o tenente-coronel Costa Lima, comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar do Piauí.

O militar da reserva Francisco Dionísio não conseguiu utilizar o caixa violado. (Foto: Kairo Amaral)

O militar da reserva Francisco Dionísio não conseguiu utilizar o caixa violado. (Foto: Kairo Amaral)

Ainda de acordo com a PM, a mesma ação havia sido registrada horas antes na cidade de Araioses, no Maranhão. Segundo o tenente-coronel Costa Lima, tanto em solo maranhense como em Parnaíba, os criminosos estavam em um carro modelo Voyage de cor prata.

O militar da reserva, Francisco Dionísio, tentou utilizar durante a manhã desta quinta-feira (29) o caixa eletrônico que foi violado, mas segundo ele, a operação não foi concluída. “Não consegui realizar o que eu queria. A máquina acusa problemas na leitura do cartão. Nesta situação ficamos sem saber o que fazer”, ponderou.

Já é o terceiro caso

caixa-bb-phb3

Na última terça-feira (27/01), a Polícia Militar encontrou um equipamento conhecido como ‘chupa-cabras’ em um dos caixas eletrônicos do Banco do Brasil, localizado no Terminal Rodoviário. A quadrilha especializada em instalar esse dispositivo está utilizando o aparelho para copiar as trilhas magnéticas do cartão, nos leitores de cartões dos caixas eletrônicos em Parnaíba.

Já pela tarde de quarta-feira (28/01) foi identificado outro aparelho no posto de combustíveis Atalaia, no Bairro Nossa Senhora de Fátima. Diante disso, a empresa responsável pelas vistorias e manutenção dos caixas eletrônicos fez uma inspeção em todos os terminais localizados nos estabelecimentos da cidade.

Os equipamentos foram apreendidos ainda com cartões de memória. (Foto: Daniel Santos / Proparnaiba)

Os equipamentos foram apreendidos ainda com cartões de memória. (Foto: Daniel Santos / Proparnaiba)

Fonte: Chamada Geral

Fazenda encaminhará 40 mil devedores do IPVA para o Serasa

A Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) enviará, em fevereiro, novos arquivos com lotes de 40 mil certidões de devedores do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para inscrição no serviço de proteção ao crédito (Serasa). Os devedores já notificados terão seus débitos inscritos na dívida ativa estadual para a cobrança executiva, além do lançamento junto ao cadastro restritivo da Serasa.

Para facilitar a verificação das informações de débitos por pessoas e empresas que possuam veículos com registro de propriedade em seu nome ou razão social, foi disponibilizado um sistema de consulta na página da Sefaz (http://portal.sefaz.ma.gov.br/portalsefaz/jsp/principal/principal.jsf).

O interessado deve acessar o ícone IPVA e depois a opção ‘IPVA – Notificados/Serasa’. É necessário informar o número do CPF ou CNPJ. Com o número do Renavam, que é exibido no rodapé da página, o interessado pode fazer uma consulta no ícone ‘IPVA – Débitos’ onde o Serasa identificará de que veículo se trata.

Constatada a existência de débitos, o interessado poder emitir o Documento de Arrecadação (Dare) no site e realizar o pagamento nos correspondentes do Banco do Brasil.

Anistia de multa e juros

Os proprietários de veículos com débitos devem aproveitar a medida provisória expedida pelo Governo do Estado que concedeu a redução de 100% das multas e dos juros moratórios dos débitos de IPVA referentes aos exercícios de 2014 e anteriores, desde que pagos em cota única até o dia 5 de junho deste ano.

O contribuinte com débito deve emitir o documento de arrecadação com o código de barras na página da Sefaz. O interessado deve clicar no ícone ‘Dare’, marcar a opção ‘Contribuinte do IPVA’ e informar o Renavam do veículo. Com o documento impresso, o contribuinte poderá efetuar o pagamento no Banco do Brasil e nos seus correspondentes.

Agência SECOM

Roseana Sarney passa a ser investigada por delegados e procuradores da Lava-Jato

Sem foro privilegiado, a ex-governadora Roseana Sarney começa a ser investigada pelos procuradores e delegados encarregados da Operação Lava-Jato. O Maranhão está no centro de um furacão policial que apura o maior escândalo de corrupção da história do Brasil. Não está solitária a ex-governadora, pois somam-se a ela os mais de oitenta políticos e autoridades citados nas delações premiadas de funcionários públicos, executivos de grandes empreiteiras e doleiros incursos no processo judicial que corre em Curitiba.

A prerrogativa de função, na verdade um artifício da impunidade destinado a burlar o julgamento da verdadeira Justiça, não está mais ao alcance da governante que deixou o cargo e a vida pública logo assim que estourou o escândalo da UTC-Constran. Sabe-se, agora, uma impressionante “comissão” de R$ 10 milhões viajou milhares de quilômetros em lombos de mulas para, provavelmente, ser repartida entre um doleiro e funcionários do alto escalão do governo Roseana Sarney, sendo ela uma das principais suspeitas nas conclusões da Polícia Federal.

É de se imaginar o que possa ter acontecido no Palácio dos Leões nesses anos todos, pois ao estrebuchar dos que ameaçam o doleiro na cadeia com a Justiça, fica a imagem de um governo resvalando no submundo dos trambiques, da desonestidade, da falta de respeito e da insensatez. E o Maranhão, no caso, é apenas um exemplo do que se soube estar acontecendo no Brasil depois de descoberta a corrosiva organização criminosa que agia na Petrobrás. E ninguém se espante se a Operação Lava-Jato encontrar tesouros desaparecidos nos canteiros da malfadada Refinaria Premium, a bomba de petróleo de Bacabeira que jamais aconteceu.

Em algum momento o legislador brasileiro, driblando os princípios da presunção de inocência, criou os mais intransponíveis artifícios jurídicos para tornar impune o enriquecimento ilícito. Um deles, sem dúvida, é o foro privilegiado, que retira da sociedade maculada o direito de julgar quem transgride suas leis. Sem essa prerrogativa, Roseana Sarney e outros tantos estão ao alcance da Justiça do Maranhão.

Não se tome esse fato, porém, à luz das disputas paroquiais ou apenas como sobejos de nossa vergonha e de nossa revolta. O que aconteceu aqui vem acontecendo, há muito tempo, no país inteiro. Há que se bradar com todas as forças contra o poder da corrupção, criar no povo brasileiro uma nova consciência política, antes que o oportuno destrua a democracia e os tiranos mais uma vez ponham fim à nossa liberdade. É, afinal, extenuante a sensação de que quadrilheiros, propineiros e doleiros governam este país.

Uma primeira lição é não mais permitir que ninguém, sustentando-se em recursos, embargos em artifícios, fique fora do alcance da Justiça. Nem ela mesma. A permissividade com que agem essas quadrilhas, a facilidade com que corrompem e se corrompe o poder público, bastam para fazer entender que o Brasil está sendo vítima de corrosão institucional.

E quando as instituições apodrecem a sociedade não tem mais onde se socorrer. (Editorial do Jornal Pequeno)

Governo lança marca e slogan da gestão

slogan-ma-2

A apresentação foi feita pelo secretário de Comunicação, Robson Paz, com os adjuntos Ribamar Praseres e Marco Aurélio – Fotos/ Nael Reis

O Governo do Estado do Maranhão lançou, na tarde desta quarta-feira (28), no Palácio dos Leões, a marca e slogan da gestão que serão usados entre 2015 e 2018. Com o mapa do Maranhão pintado nas cores das bandeiras do estado e do Brasil, e com o slogan “Governo do Maranhão. Governo de todos nós”, a marca revela o início de um novo tempo, de integração com o resto do país e de políticas públicas voltadas para toda a população maranhense.

Nova marca da gestão representa a diversidade do estado e as mudanças proporcionadas pela atual administração

Nova marca da gestão representa a diversidade do estado e as mudanças proporcionadas pela atual administração

Ao apresentá-la aos profissionais da imprensa, o secretário estadual de Comunicação, Robson Paz, informou que, ao elaborar a marca, a equipe de marketing do Estado atendeu às diretrizes estabelecidas pelo governador Flávio Dino de realizar uma gestão que já trabalha, desde o dia 1° de janeiro, em ações efetivas para a transformação da realidade no Maranhão e a prestação de serviços públicos que cheguem a toda a população.

A marca representa o tempo de mudança pelo qual passa nosso estado com toda sua gama de diversidade e pluralidade. Ela representa todo esse conjunto de características e ações implementadas pelo governador Flávio Dino”, relatou o secretário. Ele lembrou que as cores da bandeira do estado indicam a diversidade do povo maranhense, e as cores da bandeira brasileira revelam a integração do Maranhão com o país.

O conceito, de integrar no mapa as cores da bandeira brasileira e maranhense, indica um grande sentimento da nossa população em superar as adversidades, de mostrar a verdadeira potencialidade do Maranhão, mas também de trazer o Brasil para construção deste momento diferenciado que o Maranhão passa, desse governo que busca, acima de tudo, trabalhar pelo conjunto da população, de fazer com que os serviços públicos deixem de ser um privilégio de poucos e possam beneficiar toda a população maranhense”, esclareceu.

A mistura de cores ainda é um convite ao apoio e participação efetiva de todos os segmentos da população maranhense e brasileira na ruptura com o modelo político e econômico vigente, e a estrela, ao meio do mapa, representa, exatamente, a expectativa por esta quebra de paradigmas.

Trazendo a estrela como uma grande representação da esperança que cerca todo esse momento, de que a partir de agora, certamente, teremos um estado mais prospero e desenvolvido, e acima de tudo com justiça e igualdade social”, destacou.

O secretário adjunto de Marketing e Mídias Sociais, Marco Aurélio, ressaltou que o slogan, reproduzido em fonte de fácil leitura, também atendeu às diretrizes da nova gestão. “A repetição da palavra Governo reforça a ideia de que nós nos propomos a fazer um Governo para todos. A repetição deve intensificar a ideia, deixando clara a nossa missão”, aponta Marco Aurélio.

Agência SECOM

Superlotação na delegacia de polícia de Araioses preocupa as autoridades locais

delgacia-superlotaçao-5

Delegado Bruno Madson mostra a situação das celas da delegacia de polícia de Araioses.

É crítica e caótica a situação de delegacia de polícia de Araioses. As suas celas estão com superlotação e essa situação preocupa o Dr. Bruno Madson Marques Moura, delegado de polícia de Araioses.

No momento ela tem 31 detentos entre presos de alta periculosidade, como Adailson da Silva, preso após tentar junto com outros comparsas assaltar o comerciante Silvestre Almeida em João Peres dias atrás, traficantes e presos comuns.

delgacia-superlotaçao-2

Adailson que também se chama Anajatuba é fugitivo da penitenciaria de Pedrinhas e além de ser assaltante é homicida também. Ele representa um perigo no meio dos demais presos – comuns e traficantes – pois estaria atuando como um mestre em criminalidade para os demais.

A delegacia de Araioses tem três celas e um quarto que está sendo improvisado como prisão para os que cumprem condenação no sistema semiaberto. Cela que teria condições de abrigar no máximo quatro presos está com mais do dobro de sua capacidade com detentos.

Bruno Madson falou ao Blog que tanto o Ministério Público como o Judiciário de Araioses já tem conhecimento da situação caótica da delegacia de Araioses.

Isso é verdade. Em postagem anterior (veja AQUI) publicamos a preocupação do Dr. Marcelo Fontenele Vieira – Juiz da 1ª Vara de Araioses, que disse ser critica e preocupante o fato da delegacia está com presos além da conta.

Na ocasião ele disse também, que nem a Penitenciária de Pedrinhas, nem o presídio de Chapadinha aceitam os presos condenados de Araioses, devido estarem também com problema de superpopulação.

delgacia-superlotaçao-3

O temor das autoridades diz respeito o fato de não haver ainda uma solução para a superlotação da delegacia, o que a transformaria numa panela de pressão, com o risco de explodir a qualquer momento. Bruno Madson diz ter conhecimento de que tem preso falando em rebelião. Portanto, há risco de isso acontecer.

Disse também que um carcereiro já foi agredido por um preso que jogou nele uma garrafa cheia de urina.

A realidade da delegacia de polícia de Araioses retrata o descaso do governo passado com a segurança do cidadão maranhense. A situação atual, onde há superlotação de presos, poucos policiais e total falta de estrutura para trabalhar, fazem parte da herança maldita herdada pelo governador Flavio Dino.

Araioses tem atualmente aproximadamente 45.000 habitantes – o IBGE de 2010 fala em 42.505 habitantes – e apenas sete policiais militares e três civis mais o delegado para cuidar da segurança de todos. A PM tem uma viatura e a civil dia tem uma, dia não tem nada.

A polícia civil, que atua mais no campo da investigação e que tem três policiais em Araioses, apenas um deles está nessa função. Bruno diz que eles ficam mais tempo se ocupando em levar presos para a justiça e para o hospital, do que no campo investigando. Para o delegado o ideal para Araioses seria pelo menos cinco policiais civis e o dobro dos atuais PMs.

O preso só é para ficar na delegacia só no momento da prisão e a de Araioses está sendo uma mini penitenciária disse Bruno Madson. A situação também preocupa os comerciantes vizinhos da delegacia pois temem que a situação possa ficar fora de controle.

delgacia-superlotaçao-4

Governo dialoga com representantes dos municípios beneficiados com o ‘Mais IDH’

Representantes de 22 municípios que integram a lista dos que apresentam os piores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) do estado, estiveram reunidos na sede da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura do Maranhão (Fetaema), no início desta semana, participando de encontro coordenado pela Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), para expor os principais problemas enfrentados nessas cidades.

Dentre as principais dificuldades relatadas está o isolamento por falta de estradas; além da ausência de incentivos no campo, a falta de assistência técnica rural, os conflitos agrários e a educação precária oferecida. As cidades foram incluídas no Plano de Ação ‘Mais IDH’ que tem como meta melhorar a vida dos moradores dos 30 municípios maranhenses que vivem em situação de extrema pobreza.

secretario-dino

Secretário Adelmo Soares reafirmou compromisso com o incentivo à produção local.

Nesse contexto, a agricultura familiar recebeu atenção especial e conta agora com uma secretaria específica, a SAF, criada pelo governador Flávio Dino, que atuará com ações integradas com outras pastas no combate à miséria e redução das desigualdades sociais. No encontro com os trabalhadores, o secretário da SAF, Adelmo Soares, lamentou o descaso que a gestão anterior teve com a não utilização de recursos disponíveis para o setor. Cerca de R$ 26 milhões foram devolvidos ao Governo Federal por falta de aplicação na área.

Incentivo à produção local

Para reverter esse quadro e liberar recursos retidos, o Maranhão passará a investir em assistência técnica rural. Para isso, o governador já autorizou a contratação de 90 técnicos, que irão atuar nos municípios, contribuindo no êxito do‘Mais IDH’.

Segundo Adelmo Soares, a primeira ação de investimento na agricultura familiar é a implantação do ‘Sisteminha’, projeto desenvolvido em parceria com a Embrapa, que incentiva a produção em quintais, com o cultivo de frutas e hortaliças, além da criação de peixes, aves e pequenos animais. “É uma alternativa para combater a fome com ação de curto prazo”, ressaltou.

Regularização fundiária e estradas

Em Fernando Falcão, cidade que lidera o ranking das cidades com menor IDH no Maranhão, além da situação de isolamento por falta de estrada de qualidade, os agricultores estão em risco de perderem suas terras para grileiros, pela falta de regularização fundiária.

“Sem o documento fica difícil conseguir recursos, por isso é importante a legalização das terras. Já detectamos esses problemas que existem há muitos anos”, disse o presidente do Iterma, Mauro Jorge.

Em Marajá do Sena, a estrada necessária para desenvolver o município é a rodovia que liga as cidades de Paulo Ramos e Arame, mas nunca foi concluída pela gestão anterior: sem estradas, acesso à saúde e a educação se torna mais difícil.

Presente ao encontro, a secretária de Educação, Áurea Prazeres, ouviu os relatos de descaso com o ensino – como escolas fechadas, ausência de professores e falta do ensino médio. Ciente do problema, ela destacou a realização do programa Escola Digna, que tem a meta de construir escolas de boa qualidade.

“Vamos planejar ações para dez anos, executando também projetos que já existem como os Saberes da Terra e Pronacampo. É compromisso do governador dar apoio à educação no campo”, ressaltou.

Municípios presentes

São João do Sóter, Arame, Centro Novo, Governador Newton Belo, Aldeias Altas, Fernando Falcão, Serrano do Maranhão, Marajá do Sena, Água Doce, Afonso Cunha, Primeira Cruz, Amapá do Maranhão, Cajari, Itaipava do Grajaú, Conceição do Lago Açu, Jenipapo dos Vieiras, Santana do Maranhão, Araioses, São Raimundo do Doca Bezerra, São João do Caru e Satubinha.

Agência SECOM

Deputados tomarão posse e elegerão nova Mesa Diretora neste domingo

Do Jornal Pequeno

A posse dos candidatos eleitos para ocupar as 42 cadeiras da Assembleia Legislativa do Maranhão, ocorre neste domingo, dia 1º de fevereiro, às 9h30, em sessão preparatória no Plenário Nagib Haickel. O deputado Rigo Teles (PV) – o mais antigo na Casa e com maior número de mandatos, proclamará o nome dos eleitos e diplomados e, em seguida, será tomado o compromisso solene dos empossados.

1201182828-1931161507noticia

De pé, todos os presentes, o Presidente proferirá o seguinte compromisso: “Prometo manter, defender e cumprir a Constituição do Brasil e a Constituição do Estado; observar as Leis, desempenhando com lealdade, dedicação e ética o mandato que me foi confiado pelo povo do Maranhão”. Feita a chamada nominal, cada deputado, de pé, ratificará o compromisso, com estas palavras: “Assim o prometo”.

Neste mesmo domingo (dia 1º), às 11h30, será realizada a sessão preparatória para a eleição da nova composição da Mesa Diretora da Casa, atualmente presidida pelo deputado Arnaldo Melo (PMDB). As duas sessões serão presididas pelo deputado Rigo Teles (PV), decano da Assembleia Legislativa, com seis mandados consecutivos.

ABERTURA DOS TRABALHOS

A abertura dos trabalhos legislativos ocorre no dia 2 de fevereiro (segunda-feira), em sessão solene no Plenário Nagib Haickel, marcada para as 16 horas. Antes, às 15h30, haverá a cerimônia de praxe de hasteamento das bandeiras e desfile de tropa.

A sessão solene será iniciada com execução do Hino Nacional, seguida do pronunciamento do governador do Estado (leitura da mensagem governamental). Em seguida, será proferido o discurso do novo presidente da Assembleia Legislativa e, no encerramento da sessão, haverá a execução do Hino Maranhense.

DEPUTADOS ELEITOS E DIPLOMADOS

Eleitos nas urnas de 5 de outubro de 2014, os 42 deputados estaduais do Maranhão foram diplomados, em 19 de dezembro do ano passado, em solenidade realizada em São Luís, pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA). São estes os parlamentares que serão empossados no próximo dia 1º de fevereiro:

– Pela coligação Pra Frente Maranhão 2 (PMDB, DEM, PTB, PV, PT do B, PSC, PRTB e PR – 16 diplomados): Josimar Cunha Rodrigues, Andréa Trovão Murad Barros, Antonio Pereira Filho, Roberto Costa Santos, Edilázio Gomes da Silva Júnior, Nina Ceres Couto de Melo, Leo Túlio de Sousa Cunha, Max Pereira Barros, José Adriano Cordeiro Sarney, Stênio dos Santos Rezende, Rigo Alberto Teles de Sousa, Rogério Rodrigues Lima, César Henrique Santos Pires, Marcus Vinícius de Oliveira Pereira, Fábio Henrique Ramos Braga e Hemetério Weba Filho.

– Pela coligação Todos Pelo Maranhão 4 (PSB, PDT, Pc do B, PSDB – 9 diplomados): Humberto Ivar Araújo Coutinho, Ubirajara do Pindaré Almeida Sousa, José Arimatéa Lima Neto Evangelista, Fábio Henrique Dias de Macedo, Raimundo Soares Cutrim, Valéria Maria Santos Macedo, Marco Aurélio da Silva Azevedo, Sérgio Barbosa Frota e Othelino Nova Alves Neto.

– Pelo Partido Republicano Brasileiro (PRB – 3 diplomados): Glalbert Nascimento Cutrim, Ana de Nazaré Pereira Silva Macedo Mendonça e Jesuíno Cordeiro Mendes Junior.

– Pela coligação Força Jovem (PRP, PSDC e PTN – 3 diplomados): Francisco de Sousa Dias Neto, Alexandre Vicente de Paula Almeida e Paulo Roberto Almeida Neto.

– Pela coligação Vamos Juntos Maranhão (PEN, PMN, PHS e PSD – 3 diplomados): Eduardo Salim Braide, José Carlos Nobre Monteiro e Ricardo Tadeu Ribeiro Pearce.

– Pela coligação Mudança Para Um Novo Maranhão (PP, PROS, SD e PPS – 3 diplomados): Carlos Wellington de Castro Bezerra, Levi Pontes de Aguiar e Roberto Campos Filho.

– Pelo Partido Social Liberal (PSL – 2 diplomados): Edson Cunha de Araújo e Maria da Graça Fonseca Paz.

– Pelo Partido dos Trabalhadores (PT – 2 diplomados): José Inácio Sodré Rodrigues e Francisca Ferreira.

– Pelo Partido Trabalhista Cristão (PTC – 1 diplomado): Edivaldo de Holanda Braga.

Comissão Eleitoral do SINDSEPMA ainda não fez a ata da eleição?

Passados mais de uma semana das eleições do SINDSEPMA – Sindicato dos Servidores Municipais de Araioses, ainda não foi entregue aos representantes da Chapa 2, que teve seu pedido de registro indeferido pela Comissão Eleitoral de forma ilegal, segundo alegam, as cópias da ata e da relação dos presentes a eleição, como é de direito.

O que pode está havendo? A ata ainda não foi feita? Existe algo a esconder na lista de presença?

Ora, bolas! Todo mundo sabe que a ata de qualquer eleição é feita imediatamente após a contagem dos votos e se tem o resultado final.

Então porque até hoje esses documentos não foram publicados no mural do sindicato e o pedido dos oposicionistas não foi atendido?

O blog tem conhecimento de que depois de várias tentativas a advogada do sindicato teria pedido aos representantes da Chapa 2 mais cinco dias de prazo para entregar o documento. Porém, ela teria deixado o presidente do SINDSEPMA, Arnaldo Machado irado, pois esse teria gritado para que ela estipulasse 30 dias apara a entrega dos documentos.

A cada dia que passa mais se sabe dos procedimentos antidemocráticos – para não dizer criminosos – desse moço que poucos conhecem de verdade sua atuação naquele órgão sindical.

Petrobras desiste da Refinaria Premium de Bacabeira

A Petrobras divulgou nesta segunda-feira (27)  o  balanço do terceiro trimestre de 2014. No relatório está a confirmação do que já se suspeitava há algum tempo: a estatal desistiu definitivamente de investir na refinaria Premium, que seria construída na cidade maranhense de Bacabeira.

A Refinaria Premium de Bacabeira foi a principal promessa de campanha de reeleição da então governadora Roseana Sarney em 2010. Mesmo com as suspeitas de que o projeto seria abortado, a ex-governadora Roseana  Sarney e o senador Edinho Lobão Filho chegaram a divulgar durante a campanha de 2014 que haveria retorno das obras.

Com o anúncio da desistência definitiva das obras de construção da Refinaria Premium no Maranhão, o estado deverá amargar os prejuízos decorrentes dos investimentos feitos na cidade de Bacabeira.

Maranhão da Gente