Atendimento Espiritual na cidade de Araioses

caridade-e-fe-apae

A cidade de Araioses, no Maranhão, recebeu a visita dos tarefeiros do Caridade e Fé para um atendimento Espiritual no feriado do dia 26 de maio, realizado na APAE. Foram cerca de 50 pessoas atendidas de 8 às 12h, recebendo apoio e consolo da equipe espiritual que dirige os trabalhos do Centro Espírita Caridade e Fé.

O atendimento a Araioses é uma atividade realizada anualmente pelo Caridade e Fé e conta com o apoio da APAE, da família Coutinho e do comunicador Daby Santos para sua realização.

Por Ivana Fontenele

‘Eu contribuí pro Michel’, afirma delator a Sarney

Blog do Josias de Souza

sergio-machado

O nome de Michel Temer, presidente interino da República, soou pela primeira vez numa das gravações feitas por Sérgio Machado, operador do PMDB e mais novo delator da Operação Lava Jato. Em conversa com o cardeal peemedebista José Sarney, Machado afirmou:

— O Michel, presidente… Lhe dizer… Eu contribuí pro Michel.

— Humm…, reagiu Sarney.

— Eu contribuí pro Michel. Não quero nem que o senhor comente com o Renan. Eu contribuí pro Michel pra candidatura do menino… Falei com ele até num lugar inapropriado, que foi na Base Aérea.

De acordo com a TV Globo, que divulgou os novos trechos do autogrampo de Machado, o “menino” a que se refere o delator é Gabriel Chalita, que disputou a prefeitura de São Paulo pelo PMDB em 2012, com o apoio de Temer. Machado não esclarece na gravação que tipo de ajuda forneceu.

Ficou entendido apenas que Machado atendeu ao suposto pedido de Temer sem comunicar ao seu padrinho político, o presidente do Senado, Renan Calheiros, a quem o delator deve uma permanência de 12 anos no comando Transpetro —nos governos de Lula e Dilma.

Sarney mostrou-se preocupado com a observação do interlocutor. Parecia inquieto não com a revelação que acabara de ouvir sobre Temer, mas com um segredo que divide com o interlocutor, a quem chamava de amigo.

— Mas alguém sabe que você me ajudou?, indaga Sarney

— Não, sabe não. Ninguém sabe, presidente, tranquilizou Machado.

Também nesse trecho da conversa não fica claro como o ex-presidente de uma das principais subsidiárias da Petrobras socorreu Sarney. A primeira suspeita dos investigadores é óbvia: os dois falam na fita sobre dinheiro.

A conversa ocorreu entre fevereiro e março deste ano. Antes, portanto, das votações que resultaram na abertura do processo de impeachment e no afastamento de Dilma do cargo de presidente por até 180 dias.

Machado enfiou o nome de Temer em sua prosa no instante em que indagava a Sarney sobre a disposição do então vice-presidente da República de participar de uma articulação tóxica. Atemorizado pela perspectiva de ter sua prisão decretada pelo juiz Sérgio Moro, Machado guerreava para que seu processo não fosse enviado de Brasília para Curitiba.

— Você acha que a gente consegue emplacar o Michel sem uma articulação do jeito que esta…, sondou Machado, expressando-se num idioma muito parecido com o português.

— Não. Sem articulação, não. Vou ver o que acontecendo, vou no Michel hoje…, respondeu Sarney.

Foi nesse ponto que Machado disse ter socorrido Temer. Na sequência, Machado e Sarney conversam sobre a necessidade de obter um canal de comunicação com o ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no STF. Sarney cita o ex-ministro do STJ César Asfor Rocha. Ele já havia mencionado Asfor Rocha noutros diálogos como uma pessoa com livre acesso a Teori.

— Ninguém sabe que eu lhe ajudei, afirmou Machado, como se quisesse arrancar de Sanrey uma inconfidência qualquer que pudesse reforçar o seu cacife junto à força-tarefa da Lava Jato na hora da delação.

— Porque o César Rocha, o César, o César Rocha, que é o nosso cúmplice junto com o…, disse Sarney, antes de ser interrompido.

— Com o Teori?, indagou Machado.

—Com o Teori. Ele é muito, muito, mas muito amicíssimo lá do tribunal. O César fez muito favor pra ele, prosseguiu Sarney, referindo-se à fase em que Teori Zavascki trabalhou junto com Asfor Rocha no STJ, antes de ser indicado por Dilma para ocupar uma cadeira no STF.

Câncer de pênis é o segundo tipo de mais comum da doença no Maranhão

Inca diz que tumor é o 2º mais frequente, atrás apenas do câncer de pele.
Doença é causada pela falta de higiene e em homens com fimose.

Do G1 MA

Segundo o Inca (Instituto Nacional do Câncer), no Maranhão este tipo de tumor é o 2º mais frequente, atrás apenas do câncer de pele. Neste ano houve registro de quatro casos de janeiro a abril – 50% do número de 2015, quando a Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou oito casos de câncer de pênis.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, várias ações estão sendo desenvolvidas contra o câncer de pênis na rede estadual. “Estamos trabalhando a conscientização da população, porque este é o caminho: a prevenção. Já está programada uma nova campanha de sensibilização, em parceria com a Seduc, envolvendo as escolas, alertando sobre os cuidados e medidas de higienização, por exemplo, que devem ser tomadas cotidianamente. Orientamos que os homens, ao identificarem qualquer lesão ou ferimento, procurem preventivamente nossos ambulatórios para receberem informações e acompanhamento médico urológico”, disse.

Falta de higiene
A doença é causada principalmente pela falta de higiene e tem forte prevalência em homens com fimose (quando o estreitamento na abertura do prepúcio, a pele que reveste a glande, impede que ela seja exposta). Estudos científicos sugerem que a doença também está associada à infecção pelo vírus HPV.

Câncer de pênis é motivo de alerta (/PhotoAlto/AFP)

Câncer de pênis é motivo de alerta (/PhotoAlto/AFP)

O tumor no pênis acomete principalmente homens que vivem em regiões rurais, com pouca cultura e que só procuram ajuda quando o pênis já está muito ferido, às vezes com o tumor exposto, saindo sangue e pus.

Medidas simples como a circuncisão evitaria o câncer de pênis. O urologista da Hapvida Saúde, Gil Ricardo Santos Fonseca sugere que a técnica seja adotada nas maternidades do país. “Quando existe esse problema, deve-se tentar resolvê-lo, geralmente com cirurgia ainda na infância, reduzindo as chances de problemas no futuro”, afirma.

Outra forma de melhorar o diagnóstico e o tratamento seria aumentar a atenção sobre a doença cujo número de casos não é relatado com rigor, o que trava investimentos em pesquisas e remédios.

Causas, sintomas e tratamento
O câncer de pênis inicialmente não apresenta sintomas, mas tem como causa principal o acúmulo de secreções na glande. Essa ‘sujeira’ pode evoluir para uma infecção que se transforma em ferida. Se não curada, vira um tumor que aos poucos vai lesionando a região.

Mas sua prevenção é simples: basta lavar a cabeça do pênis com água e sabão, puxando a pele na hora do banho, depois da masturbação e depois de ter relações sexuais, além de usar camisinha para evitar a infecção pelo HPV.

Outro problema é que a quimioterapia e a radioterapia pouco funcionam nestes casos, por isso a amputação parcial ou total é frequente. “Quando se dá o diagnóstico do tumor, o que é confirmado por biópsia da lesão suspeita, geralmente o tratamento é extirpa-la, retirá-la. O que geralmente é feito por mutilação, amputação do pênis, parcial ou total, ou até por emasculação que é amputar toda a genitália inclusive testículos e bolsa escrotal”, explica o especialista.

Por isso, em caso de vermelhidão ou feridas no pênis, o ideal é procurar um urologista. Se o tumor for pequeno, o câncer pode ser eliminado com cirurgia. “Quanto à percepção da doença deve-se ter atenção a todas as lesões, ferimentos, manchas no pênis que não melhoram após tratamentos mais comuns como cremes, pomadas. Lembrando que muitas lesões no pênis podem ser micoses, infecções de pele, ou até DSTs e que se submetidas aos tratamentos específicos saram. Sendo assim, o ideal é procurar um médico para avaliação. De tudo isso, ponderamos que uma maneira simples de tentar evitar tão triste história é algo fácil, prático e barato: lavar o pênis”, orienta o médico Ricardo Fonseca.

Informação urgente – Precisando de contato com a família

Procura-se os familiares de ANTÔNIO JOSÉ SOARES em Araioses, que se encontra hospitalizado e em estado grave em um garimpo no estado do Pará. Não conseguimos obter mais informações sobre seu estado de saúde, nem a região onde se encontra no Pará. O cidadão que entrou em contato com o blog, disse apenas que o senhor Antônio é natural de Araioses e o nome de sua mãe é MARIA DO SOCORRO SOARES.
O paciente não possui familiares no Pará e precisa de cuidados imediatamente, no hospital recebe as vezes, apenas a visita de um amigo, que foi quem passou as informações ao cidadão, que entrou em contato com o blog.
Familiares ou quem tiver qualquer informação, entrar em contato com o número:
  • 99 8164-4307
Ou através do Whatsapp do blog, 98 99968 9440, que repassamos a informação para o contato
Fonte: Blog do Marcio Maranhão

Cansados de tanto esperar pela prefeitura de Araioses moradores do povoado Remanso fizeram mutirão para limpar a praça do lugar

remanso-limpeza-da-praça1

Moradores do povoado Remanso, distante 32 km da cidade de Araioses, cansados de tanto esperar que a prefeitura fizesse a limpeza da praça daquela comunidade que se encontrava tomada pelo mato, resolveram fazer um mutirão e limparam o local. O fato ocorreu no ontem (26), onde crianças, jovens e adultos contribuíram nessa ação de interesse coletivo.

Segundo moradores de lá, o mato já tinha tomado conta da praça onde a possibilidade de se encontrar cobras, diante do abandono, era muito grande. O trabalho foi comunitário e sem nenhum vinculo político, pois os moradores estão insatisfeitos com os descasos que estão acontecendo em Remanso, principalmente na obra do posto de saúde da comunidade que já deveria estar pronto há muitos meses.

A insatisfação popular não ocorre somente no Remanso. Moradores de todas as localidades do município vêm mostrando seus estados de revolta com o atual governo, diante de tantos descasos – que passam pelas estradas vicinais, postos de saúde e da segurança da população, que vive em estado de pânico com a crescente onda de violência.

A limpeza de um logradouro público, como ocorreu em Remanso ainda pode ser feito pelo povo cansado de tanto esperar, porém item que tem a ver com a saúde, com a infraestrutura, com a educação e com a segurança, a obrigação é de quem recebe as verbas do povo para trabalhar em benefícios deles, no caso em questão, a prefeitura de Araioses.

Nas fotos abaixo se percebe como o lugar já está limpo e como estava com o mato tomando conta da praça:

remanso-limpeza-da-praça2 remanso-limpeza-da-praça3 remanso-limpeza-da-praça4 remanso-limpeza-da-praça5 remanso-limpeza-da-praça6 remanso-limpeza-da-praça7 remanso-limpeza-da-praça8Com informações do blog de Djair Prado e edição de Daby Santos

Já estão presos os assassinos da idosa morta em sua residência dias atrás em Araioses

assassinos-da-idosa

A Polícia Civil do Maranhão, através da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa- SHPP, desencadeou a Operação MAGU, para identificação da autoria e motivação do assassinato da Sra. Maria de Lourdes de Araújo Lima, 89 anos, fato ocorrido no dia 06 de maio, na residência da idosa localizada na Av. Paulo Ramos, no centro da cidade.

Ontem (26), uma equipe da SHPP, com apoio da 3ª Delegacia Regional de Chapadinha, identificou os autores do crime, os quais se tratam do menor W. S. A., 17 anos e de Daniel de Sousa Santos, 18 anos.

Os dois confessaram a autoria do crime e contaram com riqueza de detalhe como o fato se deu, afirmando que entraram na casa da vítima para roubar e, diante da reação da mesma, a assassinaram para garantir a impunidade do crime.

A delegada Viviane Azambuja, da SHPP representou judicialmente pela internação provisória do adolescente e pela prisão preventiva do maior, pedido este que foi prontamente deferido pelo juiz plantonista, o qual expediu os respectivos mandados, que foram imediatamente cumpridos pela Polícia Civil.

Com informações da SHPP

Reprise sem gosto – Engodo de novo não!

clube-luciana-trinta

Antes só se falava desse clube de mães dentro do hospital de Luciana Trinta, agora, depois de vários meses servido de outdoor – o mais caro do Brasil, provavelmente – para divulgar o nome da ex-prefeita, ela avisa que será reinaugurado.

A ex-prefeita Luciana Trinta está anunciando que vai reinaugurar seu clube de mães no próximo domingo e, como a nos lembrar que quando prefeita e estava em Araioses – em oportunidades nada comuns – tinha o costume de  aparecer na nossa prefeitura a noite, será no horário noturno que pretende realizar o tal evento.

Esse clube de mães, que na prática não beneficia nenhuma mãe araiosense, não é novidade e talvez por falta de algo concreto que justifique sua insaciável vontade de voltar ao comando da prefeitura ade Araioses, ela faz uso dele para que seu nome não seja esquecido de vez.

É como um filme velho e de má qualidade, onde sua reprise não desperta o interesse de ninguém mais. A primeira vez a Trinta apareceu com essa história de clube de mães foi em 2004, quando tentou ser prefeita pela primeira vez e não conseguiu. Naquele ano Luciana tinha uma aliada, a saudosa parteira Conceiçãozinha que já administrava um clube de mães no bairro Nova Conceição, com muitas dificuldades é verdade, porém grandiosos serviços já prestava a aquela comunidade.

Embora tenha pedido apoio Conceiçãozinha nada recebeu dela e o que viu dias depois foi que Luciana Trinta criava um novo clube de mães com seu próprio nome. Como a entidade nunca funcionou de verdade seu retorno agora nada mais é do que uma jogada política da ex-prefeita.

Pelo seu comportamento quer nos fazer entender que somos idiotas, que temos memória curta e que pode nos enganar mais uma vez.

Eleições deste ano podem decretar o fim político de determinadas lideranças

Neto Carvalho, duas lideranças políticas de São Bernardo e o médico João Igor

Neto Carvalho, duas lideranças políticas de São Bernardo e o médico João Igor

Só após a votação vamos saber a verdade, porém as coisas sinalizam no sentido de que as eleições deste ano podem decretar o fim de determinadas lideranças, em municípios importantes do Baixo Parnaíba maranhense, como Santa Quitéria, São Bernardo e Magalhães de Almeida.

Dos três municípios os líderes que estão em pior situação é Manin Leal, que corre sério risco de perder as eleições em Santa Quitéria e Araioses e Coriolano Almeida, que há quase meio século impõe seu nome e o de quem quer na prefeitura de São Bernardo. Dos três, Neto Carvalho – líder maior de Magalhães de Almeida – é o que tem a situação mais confortável ou se preferirem, a menos ruim.

Inelegível por vários anos, Manin Leal tenta se manter no poder na prefeitura de Araioses onde a filha, Valéria do Manin, tentará a reeleição e em Santa Quitéria aonde comanda tudo, sua esperança está eu sua esposa, a vereadora Ivanice Pimentel, que diferentemente dele é respeitada até pelos adversários e tida como cumpridora fiel de suas palavras e de seus compromissos.

São Bernardo caminha para mudar de rumo não só devido a fadiga política que sofre Coriolano, mas também porque um novo líder, o médico João Igor surge como o principal nome da oposição em condições de desbancar o Velho Coronel.

Coriolano não é o prefeito e sim um de seus, mas comentam que quem administra o município é a primeira dama, tida como grande causadora do desgaste pelo qual passa o grupo.

Já em Magalhães de Almeida o advogado Tadeu Batista que está no cargo de prefeito devido à renúncia de Neto carvalho em 2014, não estaria bem nas pesquisas de opinião pública.

Mas lá quem ainda dá as cartas mesmo ainda é o ex-prefeito Neto Carvalho, o maior líder político do município de todos os tempos. O líder da oposição Costa Júnior, é um candidato fortíssimo, mas precisa se livrar da fama de carro velho que só tem arranca. Também dizem ser ele impopular.

Porém, com tudo isso, Tadeu Batista depende muito de Neto Carvalho para continuar comandando aquela prefeitura. Seu futuro depende muito das condições de São Bernardo.

Se Neto Carvalho notar que João Igor tem realmente condições de se eleger em São Bernardo e Tadeu Batista não em Magalhães, provavelmente, que ele irá colocar toda a sua experiência e habilidade política a serviço da eleição do filho.

Na noite de 2 de outubro saberemos o futuro dessas três lideranças políticas de nossa região.

‘Não dói o útero e sim a alma’, diz menina vítima de estupro coletivo

Trinta e três homens são procurados por participação no estupro.
Polícia já pediu a prisão de quatro suspeitos.

Do G1 Rio

A adolescente de 16 anos que foi vítima de um estupro coletivo em uma comunidade da Zona Oeste do Rio voltou a fazer um desabafo nas redes sociais. Diante de tantas mensagens de apoio e solidariedade, a jovem acrescentou a mensagem: “Todas podemos um dia passa e por isso .. Não, não doi o útero e sim a alma por existirem pessoas cruéis sendo impunes !! Obrigada ao apoio”, disse a menina, que na manhã desta sexta (27) também aderiu à campanha na rede social pelo “fim da cultura do estupro”.

Na noite desta quinta (26), ela já havia feito um agradecimento na internet. “Venho comunicar que roubaram meu telefone e obrigada pelo apoio de todos. Realmente pensei que seria julgada mal”. De acordo com relatos da vítima, 33 homens armados teriam participado do crime.

Lucas (à esquerda) e Raphael (à direita) (Foto: Reprodução / TV Globo)

Lucas (à esquerda) e Raphael (à direita)
(Foto: Reprodução / TV Globo)

A polícia já pediu a prisão de quatro homens. Um deles é Lucas Perdomo Duarte Santos, de 20 anos, com quem a adolescente tinha um relacionamento, Marcelo Miranda da Cruz Correa, de 18 anos, Michel Brazil da Silva, de 20, e Raphael Assis Duarte Belo, de 41. Segundo a família da menina, o rapaz que a menina conheceu na escola e com o qual ela já havia tido um relacionamento, teria agido premeditadamente.

“Um deles é namorado dela, tinha sido namorado dela, que ela conheceu na escola. E isso foi uma vingança dele. Ele fez isso com ela e chamou mais 30 para fazer o mesmo. O pai dela nem aguenta falar que chora muito. Um ser humano que é capaz de fazer isso com uma menina de 16 anos só, cheia de sonho, né? E eles fazem isso. A família está assim, sem palavras”, lamentou.

A polícia pede que qualquer pessoa que tenha informações sobre um dos suspeitos de participação nesse crime entre em contato com o Dique-Denúncia através do telefone 2253-1177.

A família da adolescente disse que a família ainda se sentiu aliviada pela vida da garota ter sido poupada. “Esse agente comunitário que veio trazê-la [para casa] eu acho que ele foi uma pessoa que salvou a vida dela, porque eles iriam matá-la. Porque é isso que eles fazem, né. Não é normalmente a história que a gente conhece? Eles estupram e matam”, disse a parente da adolescente.

A polícia já identificou pelo menos quatro homens envolvidos no crime. A adolescente de 16 anos foi estuprada no sábado (21) numa comunidade da Zona Oeste. Em depoimento à polícia, ela disse que foi até a casa de um rapaz com quem se relacionava há três anos. Ela se lembra de estar a sós na casa dele e só se lembra que acordou no domingo, em uma outra casa, na mesma comunidade, com 33 homens armados com fuzis e pistolas. Ela destacou que estava dopada e nua.

A garota retornou para casa na terça-feira (24). “Ela chegou descalça, descabelada, com aspecto de que tinha se drogado muito e com uma roupa masculina toda rasgada. Provavelmente eles deixaram ela nua e ela vestiu aquilo pra vir em casa”, contou a parente. A família teria questionado a menina o que havia acontecido, mas ela não revelou nada.

Jovem postou foto da vítima e ironizou o suposto estupro (Foto: Reprodução)Jovem postou foto da vítima e ironizou o suposto estupro (Foto: Reprodução)

Ainda na terça-feira, segundo contou a pessoa da família, menina teria voltado à comunidade para tentar reaver seu celular, que foi roubado. Um agente comunitário foi quem a acolheu, ao perceber como ela estava, e a conduziu para junto da família novamente.

A família só soube do estupro na quarta-feira (25), quando fotos e vídeos exibindo a adolescente nua, desacordada e ferida estava sendo compartilhado na internet pelos agressores, que ironizam o próprio crime.

“Eu a mãe, a gente chora quando vê o vídeo. O pai dela não aguenta falar que chora muito. Nosso sentimento é de tristeza, de indignação, estamos estarrecidos de ver até que ponto chega a maldade humana, né. A família está, assim, sem palavras, consternada”, desabafou a avó da garota. A ouvidoria do Ministério Público recebeu mais de 800 denúncias sobre esse caso.

Nesta quinta-feira (26) a adolescente foi ao médico e tomou um coquetel para evitar doenças sexualmente transmissíveis. A Secretaria Municipal de Saúde disse que ela vai ter acompanhamento psicológico.

A OAB do RJ disse, em uma nota de repúdio, que um ato repulsivo como este nos mostra que precisamos combater diariamente a cultura do machismo. A Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal divulgou uma nota pedindo rapidez e rigor na identificação de todos os envolvidos.

Áudios mostram que partidos financiaram MBL em atos pró-impeachment

Pedro Lopes e Vinícius Segalla
Do UOL,em São Paulo

mb-livre

Integrantes do MBL (Movimento Brasil Livre) em protesto de maio de 2015 na Esplanada dos Ministérios, em Brasília – Foto: Ed Ferreira/Folhapress

O MBL (Movimento Brasil Livre), entidade civil criada em 2014 para combater a corrupção e lutar pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), recebeu apoio financeiro, como impressão de panfletos e uso de carros de som, de partidos políticos como o PMDB e o Solidariedade.

O movimento negociou também com a Juventude do PSDB ajuda financeira a suas caravanas, como pagamento de lanches e aluguel de ônibus, e teria tido apoio da “máquina partidária” do DEM.

Quando fundado, o movimento se definia como apartidário e sem ligações financeiras com siglas políticas. Em suas páginas em redes sociais, fazia campanhas permanentes para receber ajuda financeira das pessoas, sem ligação com partidos.
Os coordenadores do movimento, porém, negociaram e pediram ajuda a partidos pelo menos a partir deste ano. Atualmente, o MBL continua com as campanhas de arrecadação nos seus canais de comunicação, mas se define como “suprapartidário”. Aliás, a contribuição financeira concedida é vinculada ao grau de participação do doador com o movimento. A partir de R$ 30, o novo integrante pode ter direito a votos.
Já os partidos políticos que teriam contribuído com o MBL têm versões distintas para explicar o caráter e a forma desses apoios, chegando em alguns casos a negá-los. Conheça cada caso.
Continue lendo AQUI

Prefeito de Nova Colinas é preso

novaFoi preso na manhã desta quinta-feira (26), o prefeito da cidade de Nova Colinas, Elano Martins Coelho. O gestor foi preso em operação deflagrada pela Superintendência Estadual de Prevenção e Combate a Corrupção.

Elano Martins Coelho é acusado de forjar licitações em processos contratados pela Prefeitura de Nova Colinas, inclusive em um dos casos a suspeita é que o próprio prefeito seja beneficiado através de um advogado e que foi seu sócio

A Secretaria de Segurança Pública confirmou que o prefeito Elano Martins Coelho será apresentado na tarde desta quinta-feira, às 16h, no próprio órgão. Na oportunidade, a Polícia Civil do Maranhão dará mais detalhes sobre a prisão e a operação desta manhã.

Fonte: Jornal Pequeno

PT quer reverter votos pelo impeachment de Dilma sugerindo nova eleição

Notícias UOL

dilma-afastada

12.mai.2016 – A presidente afastada Dilma Rousseff faz pronunciamento em frente ao Palácio do Planalto, em Brasília, após decisão do Senado Federal que aceitou a admissibilidade do processo de impeachment – Foto: Thiago Bernardes/FramePhoto/Estadão Conteúdo

O PT está contando votos para reverter o processo de impeachment no Senado. A estratégia é retomar o discurso de novas eleições e convencer a presidente afastada Dilma Rousseff a se comprometer com a proposta, caso ela volte ao poder. Assim, petistas dizem acreditar que será mais fácil fazer com que alguns senadores que votaram pela abertura do processo mudem de voto na fase final.

Para que a presidente seja definitivamente afastada são necessários 54 votos. Na sessão de admissibilidade, 55 senadores votaram pela abertura do processo. O PT calcula entre dez e 13 senadores considerados “potenciais” para mudar de voto, porém espera reverter de fato quatro posicionamentos.

Os nomes favoritos dos petistas para reverter a votação são os senadores do Distrito Federal, Cristovam Buarque (PPS-DF), Antônio Reguffe (sem partido) e Hélio José (PMDB-DF). O entendimento é que as medidas de Temer com cortes no serviço público, concursos e reforma da Previdência enfraquecem o eleitorado brasiliense de classe média.

Tanto Cristovam quanto José afirmaram na primeira sessão que votavam apenas pela abertura do processo e que poderiam mudar de opinião. Reguffe foi mais crítico em seu discurso contra o governo Dilma, mas ele faz parte do grupo de senadores que defendem a PEC das novas eleições.

‘Sinalização’

Cristovam, que também defende novas eleições, disse que, caso a presidente se comprometa com a medida, essa seria uma “sinalização importante”, mas que isso não define o seu voto. Para o senador, Dilma precisa mostrar que seria uma presidente melhor que Temer, abandonar o discurso do golpe e assumir erros.

Na avaliação das duas primeiras semanas de governo Temer, os petistas sustentam que o presidente em exercício saiu desgastado e que a opinião pública já se volta contra ele. Por isso, outra saída é usar os erros do governo para jogar a população contra Temer e pesquisas de popularidade para pressionar senadores.

Nessa linha, outro foco de atenção para os petistas é o PSB. Além de o partido ter sido parte da base do governo PT, os petistas apostam em uma questão regional. Eles acreditam que a opinião pública vai se virar contra Temer com mais força no Nordeste e Antonio Carlos Valadares (SE) e Roberto Rocha (MA) seriam nomes fortes para mudar de voto.

Além desses, foi cotado também o nome do senador Romário (PSB-RJ), que tem restrições com Romero Jucá (PMDB-RR), ex-ministro do Planejamento de Temer e um dos principais articuladores do impeachment. Jucá é relator da CPI do Futebol, presidida por Romário, e trabalha no sentido de dificultar as investigações e evitar a convocação de dirigentes da CBF. Senadores do PT afirmam que o assunto já foi colocado para a presidente afastada e a parte mais difícil da estratégia é justamente convencê-la a se comprometer com novas eleições. (As informações são do jornal O Estado de S. Paulo).

Morre o cantor e compositor maranhense Papete

Músico, que tinha 68 anos, lutava contra um câncer de próstata.
Ele estava internado em hospital de SP; quadro piorou nos últimos dias.

Do G1 MA

Papete morreu aos 68 anos, vítima de câncer de próstata (Foto: De Jesus/O Estado/Arquivo)Papete morreu aos 68 anos, vítima de câncer de próstata (Foto: De Jesus/O Estado/Arquivo)

Morreu no início da madrugada desta quinta-feira (26) aos 68 anos o engenheiro ambiental, cantor e compositor José de Ribamar Viana, o ‘Papete’. Papete lutava contra um câncer de próstata, diagnosticado este ano. O músico estava internado no Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo, e o quadro havia piorado nos últimos dias.

O translado do corpo de Papete para São Luís ocorre ainda nesta quinta-feira, com previsão de chegada à capital maranhense na madrugada desta sexta-feira (27). O velório tem início às 6h, na Casa do Maranhão, região central da cidade; e o corpo de Papete será cremado no fim da tarde.

Pelas redes sociais, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) rendeu homenagens ao artista e destacou o trabalho de Papete. “Minhas homenagens ao querido cantor e compositor maranhense Papete, que nos legou uma grande e imortal obra”, escreveu. Ainda segundo o governador, haverá homenagens nesta sexta-feira e durante os arraiais nos festejos juninos do Maranhão.

Em nota, o governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur), manifestou pesar e se solidarizou com familiares.

Leia, abaixo, a íntegra da nota do governo do Maranhão:
O Governo do Maranhão manifesta pesar e se solidariza com os familiares, amigos e fãs de José de Ribamar Viana, o Papete, falecido na madrugada de hoje (26), aos 68 anos.

Natural de Bacabal, Papete mudou-se para São Paulo ainda jovem, aos 18 anos. Na capital paulista foi consagrado como cantor, percussionista e compositor de reconhecimento nacional e internacional, sem nunca deixar de prestigiar a sua terra natal.

Papete deixa esposa e duas filhas, além de um legado imensurável para a cultura maranhense.

A Prefeitura de São Luís se solidarizou, por meio de nota, com a família do artista e decretou luto oficial de três dias.

Leia, abaixo, a íntegra da nota da Prefeitura de São Luís:
A Prefeitura de São Luís decretou luto oficial de três dias pelo falecimento do cantor, compositor e percussionista José de Ribamar Viana, o Papete, 68 anos, que morreu nesta quinta-feira (26), em São Paulo.

Papete era natural da cidade de Bacabal e marcou época levando a música maranhense para todo país, por meio do disco Bandeira de Aço, em 1978. O cantor foi um dos maiores representantes da música popular maranhense e uma das atrações mais populares da programação dos festejos juninos de São Luís.

O prefeito Edivaldo se solidariza com a família, amigos e admiradores, desejando que Deus conforte os corações, neste momento de dor, transformando-a em fé e esperança.

papetedejesusOutras manifestações

A ex-governadora do Maranhão, Roseana Sarney, lamentou a perda do instrumentalista e reconheceu seu destacado trabalho pela cultura do Maranhão.

“O Brasil perde um grande artista. Músico, percussionista de fama internacional, compositor e intérprete, nos deu grandes canções e tornou inesquecível a festa junina, especialmente aqui no Maranhão. Meu amigo pessoal, hoje é um dia de muita tristeza para mim e para todos que com ele conviveram. Que Deus conforte a família, os amigos, e que Papete siga em paz.”, disse.

Artistas também lamentaram a morte de Papete e renderam homenagens ao artista. Veja, abaixo, algumas delas:

“É com muito pesar que comunico o falecimento do nosso querido amigo, músico (percussão) e compositor, Papete aos 68 anos”
Paulinho Pedra Azul, cantor e compositor mineiro

“Que Deus o tenha e conforte seus familiares, Papete”
César Nascimento, cantor e compositor

“Meu querido amigo, muito obrigado por todos os ensinamentos e pela sua amizade. O São João nunca mais será o mesmo. Grande beijo e descanse em paz”
Carlão, baterista

“Mais um ícone da música popular brasileira, maranhense de Bacabal, nos deixa e torna esta quinta-feira um tanto tristonha. Neste dia, especial, em que se comemora e celebra-se o mistério da eucaristia, rogo ao nosso Senhor Bom Deus que receba ‘Papete’ e o conduza à vida eterna. Por aqui ficaremos saudosos e o reverenciando através da sua grande obra musical”
Welligton Reis, compositor

“Obrigado Papete por tudo que você fez por mim e pela cultura brasileira! Vai fazer muita falta pra cultura do Maranhão. Hoje é um dia muito triste”
Luís Júnior, violonista

“Hoje meu por do sol mais bonito será pra Papete Viana. Esse amigo tão querido que a música me deu. Cantamos juntos, tocamos juntos. Isso não tem preço. Meu amigo, descanse em paz. Um pouco do Maranhão se vai no som dos seus tambores”
Milla Camões, cantora

“Vá em paz meu amigo”
Alê Muniz, cantor e compositor

“Vai em paz, meu amigo. Você merece todas as devidas homenagens. Grande artista e Grande pessoa”
Alberto Trabulsi, cantor e compositor

“Sem palavras aqui… Mas preciso arrumar uma forma de falar… São 30 anos de trabalho, shows, turnês, discos, horas intermináveis de studio, estrada… Não tenho como falar da minha vida musical sem falar de Papete Viana… Antes de tudo obrigado pelas lições de musicalidade, sonoridade, sofisticação e muita simplicidade… Pelas lições de vida”
Edinho Bastos, guitarrista

Músico tinha mais de 40 anos de carreira e 23 álbuns lançados (Foto: Divulgação/Eraldo Peres)

Músico tinha mais de 40 anos de carreira e 23
álbuns lançados (Foto: Divulgação/Eraldo Peres)

Trajetória

Papete nasceu em Bacabal – a 240 km de distância da capital –, e é uma das principais referências do São João do Maranhão, com canções e composições que marcaram gerações, como ‘Bela Mocidade’, ‘Boi da Lua’ e ‘Coxinho’. Seu trabalho mais destacado é ‘Bandeira de Aço’.

Papete foi reconhecido um dos melhores percussionistas do mundo, nos anos de 1982, 1984 e 1987, quando participou do ‘Festival de Jazz de Montreux’, na Suíça.

Mais recentemente, o cantor e compositor lançou um trabalho, intitulado ‘Os Senhores Cantadores, Amos e Poetas do Bumba Meu Boi do Maranhão’, que resgata a história dos cantadores de bumba meu boi do Maranhão.

Povoado Algodões é o mais abandonado de todos em Araioses

algodoes

Dr. Cristino Gonçalves de Araújo, Bernardinho Almeida, os pré-candidatos majoritários a prefeitura de Araioses durante reunião realizada ontem no povoado Algodões

Em continuação ao trabalho de visitas aos povoados de Araioses que estamos fazendo em nossa pré-campanha eleitoral, ontem o Dr. Cristino e sua equipe estiveram reunidos com os moradores da comunidade dos Algodões, distante 13 km da sede da cidade.

Já visitamos dezenas de povoados e em todos os moradores se queixaram do abandono que estão recebendo da atual gestão, mas em nenhum deles foi constatado tanto descaso, tanto abandono pelo qual passa os moradores daquela comunidade.

A triste sina daquele povo já começa pelo isolamento. Nenhum carro de passeio chega a aquele lugar onde somente veículos utilitários e com muita dificuldade podem ter acesso, pois estrada não existe.

Depois da ponte Sebastião Furtado, em João Peres, até o povoado, primeiro enfrentamos um pedaço de estrada de piçarra de 5 km construída na última gestão do ex-prefeito Zé Tude (2005/2008), que nunca teve manutenção, que em sua maior parte não é usada devido enormes valas que lhe cortam em vários lugares fazendo os que trafegam para os povoados da região usar atalhos, permitidos apenas no verão.

Depois desse percurso até chegar aos Algodões não há estrada, apenas trilhas com alto grau de dificuldades e perigos. Também essas trilhas só podem ser usadas no verão, pois no inverno aqueles moradores ficam totalmente isolados tendo que sair do local a pé ou montados em cavalos.

estrada-algodoes

Uma moradora se manifestou na reunião dizendo que nos Algodões o tempo não avançou. “No inverno se um de nós adoece só sai daqui dentro de uma rede posta em um pau e levada por dois homens”. Era assim que ocorria nos povoados de Araioses há meio século. Em Algodões, o tempo parou, nada mudou.

Como lá não tem nenhuma escola, várias mães relataram as dificuldades que tem de levar seus filhos para escolas em outros lugares em qualquer época do ano e, principalmente durante o período das chuvas.

O grau de revolta daquela gente com quem já administrou o município é maior do que qualquer capacidade de perdoar. Disseram que vão mostrar esse sentimento nas urnas este ano.

estrada-algodoes2

Trecho da estrada feita pelo ex-prefeito Zé Tude, que nunca foi conservada

Nota do Blog: A estrada em questão era para ter sido feita em alguns trechos e recuperada em outros. No final de 2013, o pai da prefeita de Araioses e prefeito não de direito, mas de fato Manin Leal, me pediu que acompanhasse um engenheiro de São Luís nesse percurso para que esse fizesse todo o levantamento da estrada.

Disse que os recursos já estavam na conta da prefeitura e que era fruto de emenda do deputado estadual Max Barros.

Dessa comitiva além de mim e o engenheiro ainda fizeram parte o vereador Raimundinho do Remanso, o Raimundo Gonçalves Pereira Filho – Secretário Municipal de Agricultura e Abastecimento e um morador do povoado Várzea dos Batistas.

Não só foi feito o levantamento desse trecho de estrada como outros no povoado Remansinho e de Várzea dos Batistas a ao povoado Santa Rita.

Logo a seguir ele chegou a me dizer para anunciar no meu Blog que as obras da estrada já iam começar (veja aqui), fato que nunca ocorreu.

O que é verdade é que a estrada não foi feita já o destino do dinheiro o Blog não sabe informar.