Unidos por Araioses volta a sua formação original: Vereador Manoel da Polo será o vice de Dr. Cristino nas eleições deste ano

cristino-manoel-da-polo

No aperto de mão entre Dr. Cristino e Manoel da Polo, o símbolo de uma união para o bem-comum de todos os araiosenses.

O candidato a vice-prefeito de Araioses não será mais o empresário e comerciante Bernardinho Almeida – o BBA e sim o vereador Manoel da Polo.

O acordo foi selado ontem à noite depois de uma reunião no comitê do grupo, ocasião onde BBA, o até então pré-candidato a vice-prefeito de Araioses na chapa de Dr. Cristino, num gesto de desprendimento e muito digno, abriu mão do cargo para que o grupo pudesse fazer uma aliança com mais partidos no sentido de se fortalecer ainda mais nas eleições deste ano.

Logo em seguida Manoel da Polo foi contatado para participar de uma reunião, dessa vez na casa do Dr. Cristino, onde o acordo foi selado o que causou um bem-estar no grupo e a certeza de que agora a vitória nas urnas dia 2 de outubro será uma possibilidade bem mais real.

O grupo Unidos por Araioses volta a sua formação original e pela primeira vez, depois de muitos anos teremos uma chapa genuinamente araiosense, onde os candidatos moram e trabalham em Araioses.

Com a união de Dr. Cristino e Manoel da Polo a situação das candidaturas compostas com gente de fora, de outras cidades e de outros estados, fica cada vez mais difícil.

Se a situação do médico araiosense já era boa, agora ficou melhor ainda.

cristino-manoel-da-polo2

Lula, Delcídio e mais 5 viram réus sob acusação de obstruir Lava Jato

lula-lava-jato

 Ex-presidente Lula fala no Seminário Nacional do Sistema Financeiro e Sociedade nesta sexta-feira (29) – Fot:Marlene Bergamo/Folhapress  

Folha de São Paulo

MÁRCIO FALCÃO

DE BRASÍLIA

A Justiça Federal no Distrito Federal recebeu denúncia e transformou em réus o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-senador Delcídio do Amaral e mais cinco pessoas por tentativa de obstrução da Lava Jato.

Eles são acusados de participar de uma trama para comprar a delação premiada do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró.

Essa é a primeira denúncia recebida pela Justiça contra o ex-presidente Lula, que também é alvo de investigação do juiz Sergio Moro, do Paraná, por suspeita de ter sido beneficiado por empreiteiras envolvidas na Lava Jato.

A decisão foi tomada na quinta-feira (28) pelo juiz Ricardo Augusto Soares Leite, da 10ª Vara da Justiça Federal de Brasília, que também recebeu a acusação contra o pecuarista José Carlos Bumlai, seu filho, Maurício Bumlai, o banqueiro André Santos Esteves, Diogo Ferreira Rodriguez, ex-assessor de Delcídio, e Edson Siqueira Ribeiro Filho, que atuou na defesa de Cerveró.

Segundo Leite, a denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal tem os requisitos mínimos para a abertura de ação penal.

“Pela leitura dos autos, observo a presença dos pressupostos processuais e condições da ação (incluindo a justa causa, evidenciada pelas referências na própria peça acusatória aos elementos probatórios acostados a este feito), e que, a princípio, demonstram lastro probatório mínimo apto a deflagrar a pretensão punitiva proposta em juízo”, escreveu.

Lula, o pecuarista e Maurício Bumlai são acusados de embaraço à investigação (pena de 3 a 8 anos). Delcídio, Diogo e Edson são acusados além de obstrução e por exploração de prestigio (pena de 1 a 5 anos) e patrocínio infiel (6 meses a 3 anos). Esteves foi acusado de embaraço e exploração de prestígio.

O caso veio à tona no final de 2015 quando Delcídio, então líder do governo Dilma no Senado, acabou preso após ser gravado uma conversa na qual ofereceu auxílio financeiro para evitar a colaboração premiada de Cerveró. A ideia seria evitar que fossem delatados pelo ex-diretor. Segundo a Procuradoria, eles teriam atuado para comprar por R$ 250 mil o silêncio de Cerveró.

A denúncia tramitava inicialmente no STF (Supremo Tribunal Federal) porque Delcídio tinha foro privilegiado. Mas ele acabou cassado pelo Senado após se tornar delator da Lava Jato e o inquérito foi enviado para a Justiça Federal no DF.

A PGR afirmou que Lula “impediu e ou embaraçou investigação criminal que envolve organização criminosa, ocupando papel central, determinando e dirigindo a atividade criminosa praticada por Delcídio do Amaral, André Santos Esteves, Edson de Siqueira Ribeiro, Diogo Ferreira Rodrigues, José Carlos Bumlai, e Maurício de Barros Bumlai”.

Os investigadores analisaram e-mail, extratos bancários, telefônicos, passagens aéreas e diárias de hotéis.

A afirmação de Janot foi confirmada pelo procurador Ivan Cláudio Marx na ratificação da denúncia feita na Justiça Federal no DF.

“Delcídio do Amaral, como representante do governo no Senado, não exercia a chefia do esquema criminoso. E, pelo menos nessa atividade de obstruir as investigações contra a organização criminosa, Delcídio aponta Lula como sendo o chefe da empreitada”, escreveu o procurador.

E complementou: “Aqui, a narrativa de Delcídio se demonstrou clara, plausível e, ainda, corroborada pela existência das reuniões prévias que realizou com Lula antes de Bumlai passar a custear os valores destinados a comprar o silêncio de Cerveró”.

PASSOS

Agora, o juiz deu 20 dias para que os advogados apresentem as defesas dos sete acusados, poderão apresentar documentos e justificações, especificar as provas pretendidas e arrolar testemunhas. Depois começa a fase de instrução do processo, com depoimentos de testemunhas de defesa e acusação. Na sequência, os acusados também falarão à Justiça, antes do juiz decidir se condena ou não os réus.

JUIZ

A denúncia foi aceita pelo juiz Ricardo Leite, que protagonizou polêmica na Operação Zelotes –que apura esquema de corrupção no Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais), órgão responsável por julgar os autos de infração da Receita.

Ele foi alvo de um embate com procuradores que o acusaram de atrapalhar o caso e entraram com uma ação pedindo que ele deixasse a operação porque várias decisões judiciais dificultaram a obtenção de provas.

OUTRO LADO

Em nota, a defesa do ex-presidente Lula disse que ainda não foi notificada, mas que apresentará defesa e “ao final, sua inocência será certamente reconhecida”.

“Lula já esclareceu ao Procurador Geral da República, em depoimento, que jamais interferiu ou tentou interferir em depoimentos relativos à Lava Jato. A acusação se baseia exclusivamente em delação premiada de réu confesso e sem credibilidade – que fez acordo com o Ministério Público Federal para ser transferido para prisão domiciliar”, escreveram os advogados.

“Lula não se opõe a qualquer investigação, desde que realizada com a observância do devido processo legal e das garantias fundamentais”, completaram.

A defesa de André Esteves declarou que ele não cometeu nenhuma irregularidade.

Segundo o advogado do banqueiro, Antônio Carlos de Almeida Castro, “o ministro Teori Zavascki, do STF, ao tirar da prisão o Andre Esteves deitou por terra e afastou todos os pretensos argumentos que o envolveriam o e depois o senador Delcidio, na delação, expressamente isentou o Andre. E mais apontou 2 pessoas como os ‘agentes financeiros’ no lugar do Andre. Nada justifica o recebimento da denúncia em relação ao Andre. Vamos enfrentar a acusação com certeza da absolvição”.

A defesa de José Carlos Bumlai tem negado acusações.-

Leia a íntegra da decisão:

Decisão que transformou Lula em réu

Rejeição – Luciana Trinta versos Valéria do Manin

Valéria do Manin e Luciana Trinta estão disputando o campeonato da maior rejeição, segundo pesquisas de opinião pública

Valéria do Manin e Luciana Trinta estão disputando o campeonato da maior rejeição, segundo pesquisas de opinião pública

A turma de frente de Luciana Trinta vem fazendo postagens nas redes sociais de tal forma a induzir o eleitor araiosense de que a eleição para a prefeitura de Araioses deste ano será a reedição do que ocorreu em 2012, quando as duas disputaram a prefeitura araiosense, onde a atual prefeita, Valéria do Manin, derrotou de forma incontestável a ex-prefeita.

Tal atitude não é atoa, pois afinal Luciana Trinta sabe muito bem que se a disputa fosse só entre elas duas teria sim, a oportunidade de devolver a derrota com juros e correção monetária na eleição do dia 2 de outubro.

O que a mulher do Remi Trinta não quer é o que já está acontecendo, ou seja, uma polarização entre ela e o Dr. Cristino. A ex-prefeita, entre outras coisas, sabe que o povo araiosense não vai deixar de escolher um candidato que além de morar na cidade é o único que pode mudar para melhor, a situação da saúde pública de Araioses, que ela e Valéria do Manin jogaram na lata do lixo.

Até que há uma disputa realmente entre as duas sim, mas pela condição de quem será a mais rejeitada pelo eleitor araiosense.

A disputa está acirrada entre as duas.

Governo investe em educação e entrega escolas em mais quatro cidades

dino-escolas1

Escolas da rede estadual de ensino foram completamente recuperadas nas cidades de Alcântara, Vitória do Mearim, Lago da Pedra e Pinheiro – Fotos/Divulgação

Os estudantes maranhenses de mais quatro cidades do estado foram beneficiados com o processo de recuperação e reforma de quatro escolas da rede estadual de ensino. A entrega das unidades foi realizada nesta sexta-feira (29) beneficiando mais 2.394 alunos. Esta é a terceira etapa de entregas, somando 43 escolas reconstruídas e beneficiando um total de 24.739 estudantes. Os investimentos realizados pelo Governo do Estado fazem parte do programa Escola Digna.

dino-escolas2

O secretário-chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares, representou o governador Flávio Dino na cerimônia de entrega do Centro de Ensino Aquiles Batista Vieira, em Alcântara. Ele destacou que ao todo serão completamente recuperadas 63 escolas e que o governador está tratando a educação como prioridade para o desenvolvimento de um Maranhão mais justo e com oportunidade para todos os maranhenses.

“A educação é o único caminho para a melhoria da qualidade de vida do povo maranhense. Por isso, a recuperação da escola Batista Vieira, aqui em Alcântara, é mais um marco do Governo do Estado para a comunidade escolar, professores e alunos, e a todos aqueles que precisam da educação. Esta escola tem todas as condições de fazer a nossa juventude de Alcântara crescer e ter um futuro maravilhoso pela frente”, afirmou Marcelo Tavares.

dino-escolas4Mauro Brito, gestor da escola, ficou emocionado com a recuperação do prédio. Ele estudou na instituição na década de 80 e depois retornou à escola como professor. “Na década de 90 eu retornei e prestei concurso para lecionar na escola. No ano passado, fui eleito a gestor. Nessas três décadas, existiram diversas situações, tendo que usar escola emprestada pela Prefeitura ou prédios alugados pelo Estado. No entanto, com a reforma realizada agora por essa gestão, com a climatização dos ambientes e melhoria na parte hidráulica e elétrica, nós estamos com esperança de resgatar o nosso alunado e a expectativa deles”, comentou.

Layanna dos Santos Soares cursa o Ensino Médio na escola e afirmou que o novo ambiente estimula a vontade de estudar. “Antes dessa nova estrutura, os professores, e nós alunos, tínhamos dificuldades. Na sala de aula, o sol invadia e não conseguíamos enxergar o que estava escrito no quadro. Outro ponto foi a climatização, que acabou com a agonia que tínhamos por conta do calor. Era desumano e chegávamos a adoecer. Com essa melhoria, o ritmo de aprendizado será outro”, disse.

Em Pinheiro, foi entregue o Centro de Ensino José Anchieta. A adolescente Jessica de Cássia, aluna do Ensino Médio, contou que as melhorias darão uma nova oportunidade ao alunado. “Essa reforma está sendo muito importante, pois antes, com a quebra de um ventilador, ou mesmo por falta de estrutura, a gente era liberado mais cedo ou não tinha aula. Agora com a reforma, o estímulo é maior para o nosso aprendizado”, afirmou.

O sentimento de realização com as obras também foi partilhado pelos estudantes do Centro de Ensino Estado do Espírito Santo, em Vitória do Mearim. Os alunos destacaram as condições dignidade e conforto. “Está muito bom agora. Até quando eu cursei o 1º ano a gente não tinha uma escola estruturada. Não tinha ventilação, fazia muito calor, até a lousa era ruim e o teto também precisava de reforma”, relatou Nayara Coelho, que está no 2º ano do Ensino Médio.

dino-escolas3

A entrega da escola na cidade de Vitória do Mearim foi acompanhada pelo subsecretário de Estado da Educação, Danilo Moreira, que destacou a mudança realizada pelo governador Flávio Dino no modelo da gestão estadual. “Essa entrega representa o forte investimento do Governo do Maranhão na educação, que apenas em termos de estrutura física irá construir 300 escolas para substituir escolas de taipa e reformar e reconstruir 60 escolas até o mês de agosto”, frisou.

Em Lago da Pedra, o secretário de Agricultura Familiar, Adelmo Soares, esteve presente na entrega do Centro de Ensino Cristóvão Colombo. A unidade não recebia reforma há 13 anos e assim como as demais escolas teve reforma completa da estrutura com telhados e pisos recuperados, instalações hidráulicas e elétricas renovadas, pintura das paredes, instalações de ar condicionado nas salas de aula, instalação de novos quadros, reforma de banheiros, troca de portas e de luminárias, dentre outros serviços.

O amplo processo de recuperação e reconstrução das escolas da rede estadual de ensino está sendo coordenador por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

Por Izabella Silveira e Diego Rodrigues

Fonte: Secap

Tragédia: Toyota capota e deixa três mortos na Rodovia MA-312, estrada que liga Tutoia a Água Doce do Maranhão

tragedia-agua-doce-maranhao1

De acordo com familiares das vítimas um veículo do tipo Toyota bandeirante retornava de uma festa de arraial que acontecia na noite de quinta-feira (28) na cidade Água Doce do Maranhão, e transportava integrantes do grupo de dança Tribo Indígena do povoado Cajazeiras (Tutoia/MA) e este capotou nas imediações do km 05 da Rodovia MA-312, no povoado Freixeirinha.

tragedia-agua-doce-maranhao2 tragedia-agua-doce-maranhao3

Ainda segundo os familiares o capotamento ocorreu por volta de 1:30 h da madrugada desta sexta-feira (29).

tragedia-agua-doce-maranhao4 tragedia-agua-doce-maranhao5

O blog conversou com a coordenação do Hospital Lucas Veras de Tutóia, para onde as vítimas foram levadas, e, das 16 pessoas que deram entrada no hospital por volta das duas horas da manhã de hoje, três mortes foram confirmadas (chegaram sem vida ao hospital), quatro delas foram transferidas para Parnaíba no Piauí (três delas em estado grave). Uma quinta vítima foi transferida para o hospital Regional de Barreirinhas com suspeita de fratura na bacia e deverá ser transferida novamente para a capital São Luís.

As outras encontram-se internadas no Hospital de Tutóia com vários ferimentos e durante toda a manhã receberam cuidados médicos. Apesar dos procedimentos dos primeiros socorros, ouvia da multidão que se formou em frente ao Lucas Veras que era “inaceitável, um hospital que ‘tá’ com o centro cirúrgico fechado e não consegue atender bem neste momento de pânico das famílias”, disse uma pessoa sem se identificar.

tragedia-agua-doce-maranhao6

Ortamires Menezes de Caldas, estudante de 17 anos, Claudia  Caldas Araújo, 39 anos e o estudante Leonardo de Caldas Gonçalves de 24 anos, morreram no local do acidente, segundo informações do Hospital Lucas Veras.

Lamentações. Choro. Gente atônita. Comentários variados sobre como e o que teria causado tamanha fatalidade.

Corre o comentário de que o motorista com pouca visibilidade à noite teria perdido totalmente o controle do carro em uma área de declive da estrada e com uma curva sinuosa.

Segundo relatos de um morador que chegou ao local logo após o ocorrido, o barulho foi grande e as reações eram de total desespero entre as pessoas.

 

tragedia-agua-doce-maranhao7

Grupo Folclórico Tribo Indígena

O acidente chocou a população da região e na rede social foram postada centenas de mensagens de luto e apoio aos famílias das vítimas.

O blog deseja que Deus conforte o coração de todos os familiares nesse momento de dor e pesar.

tragedia-agua-doce-maranhao8

Uma das vítimas na saída do hospital de Tutóia

Fotos: Blog do Neto Pimentel

Por Elivaldo Ramos e edição de imagens Daby Santos

Segundo pesquisa do MBO, Valéria do Manin em confronto direto perderia as eleições de Araioses para todos os outros pré-candidatos

Dr. Cristino é o único pré-candidato que derrotaria todos os demais num confronto direto.

É compreensível o estado de desespero que tomou conta da campanha de reeleição da prefeita de Araioses Valéria do Manin, que num confronto direto – segundo pesquisa de intenção de votos realizada pelo Instituto MBO – com outros pré-candidatos seria derrotada por todos os demais se o pleito fosse realizado hoje.

A mobilização é geral para mudar o trágico quadro, mas como dizem que depois que o leite derramado não tem mais jeito, essa parece ser a situação da filha de Manin Leal.

A pesquisa que mostra a tendência atual do eleitorado araiosense era de conhecimento da cúpula do governo de Araioses, que mesmo tenha sido registrada não publicaram os resultados por ser totalmente contrária aos que esperavam.

O caso só veio a conhecimento público porque Marcio Maranhão publicou os resultados de forma fraudulenta e o Instituto distribuiu seu resultado a mim e outros blogs para que os fatos fossem esclarecidos.

Se Valéria do Manin perde para todos os demais pré-candidatos num confronto direto, por outro lado o médico araiosense Cristino Gonçalves de Araújo é o único que derrotaria todos os demais pré-candidatos se a fosse hoje.

Vaja pelos gráficos como seria a eleição num confronto direto:

pesquisa-grafico05 pesquisa-grafico06 pesquisa-grafico07 pesquisa-grafico08 pesquisa-grafico09 pesquisa-grafico10

pesquisa-grafico11

Dr. Cristino tem o maior percentual sobre todos os demais pré-candidatos sendo que a maior diferença é sobre Weliton do Posto.

Dr. Cristino tem 78,93% das intenções de voto e e Weliton do Posto tem 11,95%. num suposto confronto entre os dois.

Governo abre seletivo para agente penitenciário e mais nove cargos

seletivo

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), abriu, nesta quarta-feira (27), inscrições para mais um Processo Seletivo Simplificado de cadastro reserva para 10 cargos no Sistema Penitenciário do Maranhão, em sete cidades do interior do estado.

As vagas disponíveis, nesta etapa, serão para os cargos de Agente Penitenciário (Masculino), Auxiliar de Segurança Penitenciária (Masculino e Feminino), Direito, Enfermagem, Pedagogia, Psicologia, Serviço Social, Técnico Administrativo, Técnico em Enfermagem e Terapia Ocupacional.

Clique aqui e acesse a página do seletivo

Os candidatos aprovados preencherão as respectivas vagas nos municípios de Cândido Mendes, Governador Nunes Freire, Grajaú, Maracaçumé, Presidente Dutra, Santa Luzia do Paruá, e Zé Doca. A remuneração será paga por meio de subsídio, variando entre R$ 1.500,00 à R$ 3.283,56, mensalmente, já acrescidas às vantagens pecuniárias permanentes e temporárias, estabelecidas por lei.

As inscrições deverão ser realizadas até às 23h59 (horário local) do dia 7 de agosto; e deverão ser feitas, exclusivamente, pela internet, por meio do site da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (www.seap.ma.gov.br).

Fonte: Governo do Maranhão

Aliados preparam estratégias para defender Dilma Rousseff do impeachment

Karine Melo – Repórter da Agência Brasil

A partir de segunda-feira (1º), os corredores vazios das últimas semanas de recesso branco do Senado devem voltar a ficar movimentados e as atenções, mais uma vez, estarão todas voltadas para a Comissão Especial do Impeachment.

Com a leitura do relatório do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), marcado para terça-feira (2), os partidos que apoiam a presidenta afastada Dilma Rousseff passarão o fim de semana elaborando dois votos em separado em defesa do mandato da petista. O instrumento é apresentado quando algum parlamentar não concorda com o conteúdo do relatório oficial.

A senadora Vanessa Graziotin adiantou que a estratérgia será definida em reunião dos aliados na segunda-feiraArquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil

A senadora Vanessa Graziotin adiantou que a estratégia será definida em reunião dos aliados na segunda-feira-Arquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil

Um deles está sendo preparado por senadores do PT e do PDT – Lindbergh Farias (PT-RJ), Gleisi Hoffmann (PT-PR), José Pimentel (PT-CE) e Telmário Mota (PDT-RR). O segundo, pelos senadores Vanessa Grazziottin (PCdoB-AM) e Randolfe Rodrigues ( Rede-AP).

“Estamos decidindo se apresentamos à comissão dois votos ou se vamos juntar os argumentos em um só”, adiantou Vanessa Grazziotin. A senadora acrescentou que a estratégia será resolvida em uma reunião dos aliados de Dilma na própria segunda-feira. O mais provável, no entanto, é que os dois votos em separado sejam apresentados na comissão. Na votação da pronúncia no plenário da Casa eles devem ser condensados em um só.

Apesar do mesmo objetivo, as duas peças têm linhas diferentes. Um deles se concentra em questões técnicas e insiste que Dilma não cometeu crime de responsabilidade e que argumentos nesse sentido indicam “tentativa de golpe”.

“Será muita forçação de barra do relator apresentar um voto dizendo que pedalada foi crime. Acho que sobre isso, depois de tudo que foi apurado, não há mais dúvida, não houve. A própria pericia do Senado disse que a presidenta Dilma não atuou em pedaladas. O Ministério Público diz o mesmo sobre essa questão. E sobre os decretos, se a gente aplicar toda a legislação e a conduta dos anos anteriores , está claro, não houve dolo”, defendeu Vanessa.

Voto em separado

Como o regimento do Senado só prevê a leitura de voto em separado quando o relatório oficial é rejeitado, o que não deve ocorrer, as negociações com o presidente da comissão, senador Raimundo Lira (PMDB-PB), já começaram.

Os defensores da petista pediram ao senador 30 minutos para, mesmo sem efeito prático, lerem um relatório paralelo. No encontro, Lira chegou a falar da possibilidade da leitura apenas do resumo de um dos votos, mas ainda não decidiu nada a respeito.

“Vou voltar a me reunir na segunda-feira com o senador Anastasia, que também está fora de Brasília, para decidir sobre o assunto, que ainda está totalmente pendente. Vou conversar com ele e com minha consultoria para definir o melhor caminho. É preciso analisar o impacto que eventualmente essa decisão terá entre os demais senadores e até se seria o caso de eu colocar essa possibilidade em votação ou não”, acrescentou o presidente da comissão.

Na fase de admissibilidade do processo contra Dilma no Senado, não foi permitida leitura de voto em separado. A leitura do parecer de Anastasia durou quase três horas. Dessa vez, o tucano também terá o tempo que for necessário para ler o relatório. Mais uma vez, a sessão promete ser longa, já que a promessa é de um texto ainda mais consistente.

Reuniões

O cenário político do Senado deve ser movimentado não somente pelos trabalhos da comissão, que vota o relatório de Anastasia na quinta-feira (4). Também estão previstas reuniões com a própria presidenta Dilma.

Entre outras ações, ela deve divulgar oficialmente uma carta de compromisso com o país. Nela, o tema central é o comprometimento com o plebiscito para que a população decida se deseja novas eleições presidenciais. A proposta, defendida por Dilma em conversas anteriores, foi bem recebida por alguns membros do Congresso, mas é vista por outros com ceticismo. Uma reunião entre a petista e seus apoiadores para tratar de tudo isso ocorrerá terça-feira (2) em Brasília.

Nos próximos dias a preocupação é dar uma perspectiva à população brasileira sobre como será a governabilidade caso Dilma consiga sair vitoriosa do processo. Para conseguir mais apoio das ruas, Dilma quer passar a ideia de que o retorno ao poder não seria em um cenário de insegurança e de confusão.

“Não queremos que ela volte para continuar a confusão. Não é esse o objetivo. Além do resgate da democracia, o mais importante é mostrar que é possível debelar a crise econômica”, avaliou um parlamentar próximo à presidenta afastada.

Para os parlamentares que apoiam Dilma Rousseff, o problema maior é que os partidos que defendem o impeachment conseguiram uma maioria parlamentar e apoio na opinião pública. Por outro lado, eles avaliam que, pelas pesquisas de opinião sobre o atual governo, esse cenário está se desfazendo. Por isso, lembram a pressa dos aliados do presidente interino Michel Temer em julgar logo o processo.

“Ele [Temer] pode buscar o filho na escola, ir para os jogos olímpicos, mas nada disso adianta, porque os compromissos que ele assumiu para chegar ao poder são contrários à maioria da nação. Estou falando das reformas nocivas aos tralhadores e à sociedade que ele defende”, criticou Vanessa Grazziotin.

Cartas Marcadas

Para o  senador Raimundo Lira, não há cartas marcadas na Comissão Especial do ImpeachmentArquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil

Para o senador Raimundo Lira, não há cartas marcadas na Comissão Especial do Impeachment-Arquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil

Entre os senadores ouvidos pela Agência Brasil não será surpresa se a decisão da maioria da comissão for pela continuidade do processo de Dilma. O mesmo deverá ocorrer no plenário na fase de pronúncia. Essas duas votações serão as últimas com exigência de maioria simples de votos, ou seja, metade mais um dos presentes à sessão.

Caso as previsões se confirmem, a partir daí para afastar definitivamente Dilma Rousseff do cargo e torná-la inelegível por oito anos o julgamento final do processo exigirá 2/3 dos votos, isto é, 54 dos 81 votos dos senadores. É aí que os defensores da presidente afastada esperam mudanças. Eles acreditam que não será fácil atingir essa meta entre os senadores.

Sobre as acusações de que a comissão especial é um jogo de cartas marcadas, o presidente do colegiado disse que, no momento em que os blocos de defesa e de acusação participam integralmente de todas as reuniões e do processo de funcionamento da comissão, não há jogo de cartas marcadas.

“O que há é uma maioria e uma minoria. Isso é tradicional em qualquer parlamento e em em qualquer comissão. O que pode ser dito é que não há um equilibrio entre as forças políticas. Cartas marcadas, não.

Alegações finais

Até o fim da tarde desta quinta-feira (28), as alegações finais da defesa da presidenta afastada devem ser entregues à Comissão do Impeachment pelo advogado José Eduardo Cardozo. O prazo de 15 dias terminaria ontem (27), mas, como durante esse período o sistema eletrônico do Senado ficou indisponível por algumas horas, impedindo a consulta do processo, a pedido da defesa o prazo foi estendido até hoje.

Desespero e bota e tira

imagens-blogs

Já virou moda aqui em Araioses a exclusão de postagens por gente que não pensa antes de agir nas consequências que poderão vi no futuro.

Recentemente o antes carrasco de Manin Leal e hoje seu fiel escudeiro, teve que excluir uma postagem em que fraudou o resultado de uma pesquisa de intenção de votos realizado pelo MBO em nosso município.

A pesquisa mostra a verdade nua e crua da atual prefeita de Araioses, que lidera os índices de rejeição e tem péssima avaliação popular.

O último a retirar uma postagem do ar foi o responsável pelo blog Araioses Diário que estava mantendo uma enquete apontado uma suposta votação dos pré-candidatos a prefeitura de Araioses, em total afronta as leis que proíbe esse tipo de publicação.

Nesse, como no de Marcio Maranhão o Dr. Cristino era o grande prejudicado.

Um fato importante a ser dito é que tirar do ar a postagem ou notícia não bastou, já que os prejudicados tiveram o cuidado de salvar todas as publicações e as ações na justiça devem dar entrada nas próximas horas.

Lutar pela vitória de seu preferido ou preferida é um direito de todos, desde que isso não cause prejuízos aos outros.

Governador e ministro interino anunciam reajustes de 12,5% nos programas Bolsa Escola e Bolsa Família

dino-bolsa-escola1

Governador Flávio Dino, ministro interino Osmar Terra e secretário de Estado do Desenvolvimento Social, Neto Evangelista, ao lado de beneficiários dos programas Bolsa Escola e Bolsa Família – Fotos/KarlosGeromy                                        

 

Os programas sociais Bolsa Família e Bolsa Escola (Mais Bolsa Família) foram reajustados em R$ 12,5%. O anúncio foi feito, ao mesmo tempo, pelo ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, e pelo governador Flávio Dino, em conversa com beneficiários no Restaurante Popular do São Francisco, na manhã desta quinta-feira (28). Durante visita do ministro interino ao equipamento do Governo do Maranhão, foram anunciadas mudanças na área social pelo governo federal e o ministro teceu elogios à política social realizada no Maranhão.

“Esse aumento do Bolsa Família é para recuperar um pouco o poder aquisitivo das famílias. Em dois anos, a cesta básica aumentou 26%, e com esses 12,5% de aumento, a gente começa a recuperar”, disse o ministro Osmar Terra.  Segundo ele, cerca de R$ 2 bilhões e 200 milhões são injetados no Maranhão por meio do Bolsa Família, e com o reajuste, serão acrescentados mais R$ 250 milhões por ano no estado. “Não é só um aumento para a família, mas uma injeção na economia”, acrescentou.

Terra frisou que estão sendo estudadas formas de manter beneficiários com carteira assinada no Bolsa Família por pelo mais dois ou três anos. Falou ainda de mudanças no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), criando cursos de capacitação que possam atender demandas imediatas de mercado nos municípios. O ministro elogiou, ainda, os programas sociais desenvolvidos pelo Governo do Maranhão. “Vocês aqui ainda têm o Bolsa Escola, o que é muito bom, ter as duas coisas, o Bolsa Escola [Mais Bolsa Família] e o Bolsa Família”, concluiu.

dino-bolsa-escola2

Bolsa Escola (Mais Bolsa Família)

“Assim como o governo federal reajustou o Bolsa Família, nós também vamos reajustar o Bolsa Escola [Mais Bolsa Família] no mesmo valor. O que significa que, ano que vem, todas as famílias beneficiadas poderão comprar mais material escolar. Vamos continuar cuidando das nossas crianças”, disse o governador Flávio Dino. O anúncio foi comemorado por Maria Aparecida Rodrigues de Sousa, 39 anos, que dos sete filhos, cinco estão inscritos no programa. “Meus filhos não tinham bolsa para botar os livros. E agora têm bolsa, caderno, lápis e borracha”, falou.

Mais Renda

Beneficiários de outros programas, como o ‘Mais Renda’, também estiveram presentes. Antônia Silva Araújo, 66 anos, se inscreveu em maio do ano passado, e diz como sua vida melhorou desde então. “Agora eu já guardo uma fraçãozinha, meu orçamento cresceu um pouco. Também consigo ajudar meus filhos e comprar umas roupinhas melhores para mim”, disse ela. Antônia vende churrasquinho em seu carrinho do ‘Mais Renda’ no São Francisco. Ela também planeja vender, em breve, cachorro-quente na barraquinha.

Mais Restaurantes Populares

“Estamos na eminência de começar a construir 30 restaurantes populares nos municípios de menor IDH [Índice de Desenvolvimento Social]. Quatro já estão em processo licitatório, para serem implantados no interior do Maranhão”, disse o secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista. Segundo ele, só neste ano, o número de restaurantes mantidos pelo Governo do Maranhão saltou de 6 para 11, e até o final da gestão, serão instaladas 42 unidades em todo o estado.

Uma pesquisa divulgada no último mês de junho apontou que quase 90% da população aprova a eficiência e qualidade dos serviços ofertados nos Restaurantes Populares do Maranhão. Segundo o levantamento, 87,6% do público aprova a qualidade da alimentação servida. Mais de 60% dos entrevistados respondeu como ‘muito satisfeito’ sobre o tempo de atendimento dos restaurantes, e mais de 80% também respondeu como ‘muito satisfeito’ para a qualidade do atendimento prestado pelos funcionários dos restaurantes.

Por Carolina Mello

Fonte: Secap

Quase 30% dos eleitores do MA não tem o ensino fundamental, diz TSE

Pesquisa apontou que houve uma redução de 115.383 eleitores para 2016.

Recadastramento biométrico foi feito em 44 dos 217 municípios.

Do G1 MA

Maranhão tem 4,6 milhões de eleitores - (Foto: Rede Globo)

Maranhão tem 4,6 milhões de eleitores – (Foto: Rede Globo)

Dados atualizados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre as eleições de 2016 no Maranhão mostram que 30% dos eleitores aptos a votar no estado não completaram o ensino fundamental. Neste ano, 4.611.247 maranhenses poderão participar do processo eleitoral.

A pesquisa também apontou que houve uma redução de 115.383 eleitores para este pleito em relação à 2014, quando o número de eleitores era de 4.495.864. Segundo o TSE, a justificativa é que outras 29 cidades passaram pelo recadastramento biométrico. Com isso, o número de eleitores tende a cair devido a transferências de domicílio, mortes, idade apenas para voto facultativo, entre outros.

Os eleitores na faixa etária entre 25 e 29 anos também são a maioria, representado 12,29% das pessoas aptas a votar no Maranhão. São Luís segue sendo a cidade com o maior número de eleitores, totalizando 659.779. Imperatriz tem o segundo maior eleitorado, com 151.858 eleitores.

O recadastramento biométrico já foi realizado em 44 das 217 cidades do Maranhão.

Polícia Civil de Araioses prende suspeito de tráfico de entorpecentes

Renato Sousa Magalhães, vulgo “Naruto”

Renato Sousa Magalhães – vulgo “Naruto”

A Polícia Civil, através da Delegacia de Araioses, capturou e autuou em flagrante nesta última terça-feira (26), o nacional Renato Sousa Magalhães, vulgo “Naruto” 20 anos, suspeito de tráfico de drogas no município de Araioses.

Segundo o delegado Rafael Reis, titular da Delegacia de Araioses, o suspeito, Renato Magalhães trafegava em sua motocicleta quando ao avistar os policiais civis, esboçou mudar de direção. Diante da atitude suspeita, os policiais o alcançaram e realizaram a abordagem encontrando em seu bolso (08) oito porções de entorpecente do tipo maconha embalados para comercialização. Foi então que os investigadores lhe deram voz de prisão.

O delegado informou ainda que na Delegacia foram feitas análise do aparelho celular do suspeito onde foram encontradas mensagens de usuários encomendando droga do tipo achada com o suspeito.

Por Rose Silva – Ascom/SSP
Policia Civil de Araioses

A disputa pela Prefeitura de Araioses estaria polarizada entre Dr. Cristino e Lucina Trinta

pesquisa-grafico01

Dr. Cristino Gonçalves de Araújo – o pré-candidato a Prefeitura de Araioses pelo grupo UNIDOS POR ARAIOSES – MUDANÇA PARA VALER está em primeiro lugar na preferência do eleitorado, segundo pesquisa do MBO.

Segundo pesquisa de opinião pública sobre a intenção de voto realizada em Araioses pelo Instituto MBO, divulgada aqui e em outros blogs da região inclusive apontam que hoje a disputa pela prefeitura de Araioses estaria polarizada entre Dr. Cristino e a ex-prefeita Lucina Trinta.

Na espontânea que favorece quem já esteve no poder a ex-prefeita está na frente do médico de Araioses, mas a induzida, onde o pesquisador mostra ao pesquisado a relação dos pré-candidatos o Dr. Cristino é quem está na dianteira.

É perfeitamente normal essa situação de Luciana está na frente do Dr. Cristino na espontânea, pois afinal ela está em cima dos palanques desde o pleito de 2002, já disputou três eleições – ganhou uma perdeu duas – diferentemente do Dr. Cristino que tem dedicado toda a sua vida a serviço da medicina e que só entrou nessa disputa porque seu nome saiu em primeiro lugar entre os pretendentes desse cargo do grupo Unidos por Araioses.

pesquisa-grafico00

Já na espontânea a ex-prefeita Luciana Trinta aparece na frente.

Pelo fato de está no poder o normal seria a prefeita Valéria do Manin está a essa altura, nessa polarização, mas o fracasso de sua administração que é comandada pelo seu pai, lhe deixou numa situação ruim para não dizer péssima.

Num confronto direto Valéria do Manin perderia para todos os ostros pré-candidatos, enquanto que Dr. Cristino é o único que bateria em todos e o único que derrotaria a ex-prefeita Luciana Trinta.

Mas os detalhes dessa parte de pesquisa do MBO em breve, noutra postagem.

PT que deve responder por pagamentos a João Santana, diz Dilma

Felipe Pontes – Repórter da Agência Brasil

A presidenta afastada Dilma Rousseff disse hoje (27) que os supostos pagamentos ilegais referentes à sua campanha presidencial de 2010, recebidos pelo publicitário João Santana e a mulher dele, Mônica Moura, por meio de caixa 2, devem ser explicados pela tesouraria do PT, e não por sua coordenação de campanha à época.

Na semana passada, João Santana e Mônica Moura confirmaram, em depoimento ao juiz Sérgio Moro, terem recebido, em 2013, U$ 4,5 milhões referentes a dívidas da campanha de 2010 de Dilma, por meio de uma conta do empresário Zwi Skornicki na Suíça. O casal de publicitários encontra-se preso preventivamente em Curitiba desde fevereiro.

“Não é a mim que você deve perguntar isso. Como o próprio João Santana falou, ele tratou disso com a tesouraria do PT”, respondeu Dilma ao ser questionada sobre o assunto, em entrevista à Rádio Educadora, de Uberlândia (MG).

A petista argumentou que, uma vez que o suposto pagamento foi feito três anos após encerrada a campanha, quem deve esclarecer o repasse do dinheiro é o PT. “A minha campanha não tem nenhuma responsabilidade sobre as circunstâncias em que se pagou uma dívida remanescente da campanha de 2010, por que ela foi paga três anos depois”, afirmou a presidenta afastada.

Romance

Dilma negou também declarações do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que disse na semana passada a jornalistas ter escutado um “desabafo” da petista, no qual ela confidenciou estar cansada e abatida com o processo de impeachment. “Quero acabar logo com essa agonia”, teria confessado a presidenta afastada.

“Isso é um romance, porque, primeiro, eu não estive com o presidente do Senado nem na semana passada, nem na semana retrasada”, afirmou ela. Sem citar quais, Dilma acusou veículos de imprensa de querer criar a impressão de que ela esteja propensa a renunciar. “Há uma fantasia, uma invenção, uma ficção que foi divulgada de forma incorreta e indevida.”

Ela garantiu que irá cumprir o prazo dado até amanhã (28) para apresentar suas alegações finais à Comissão Processante do Impeachment no Senado. “Não estou cansada, não. Estou plenamente disposta a lutar até o ultimo minuto pelos meus direitos”, afirmou Dilma.

Perguntada se a tendência para a votação do impeachment não estaria desfavorável a ela, Dilma respondeu que “não é verdade” que não tenha votos o bastante para derrotar seu impedimento. “Nós teremos uma guerra de informações, uma parte vai dizer que tem os votos, outra parte vai dizer que não tem, mas nós vamos saber só no dia o que vai acontecer.”

Olimpíada

Dilma confirmou que não comparecerá à abertura dos Jogos Olímpicas do Rio 2016, marcada para 5 de agosto. “Eu não vou participar de um ato nessa condição de espectadora, num ato em que fui protagonista, então prefiro não ir, para não causar nenhum constrangimento”, explicou ela.

A presidenta afastada demonstrou descontentamento com o fato do presidente interino Michel Temer, “uma pessoa que não trabalhou” ser o representante do governo que estará no palanque da cerimônia ao lado de outras autoridades internacionais.