Marcelo Tavares fala sobre endividamento do MA e obras não concluídas

marcelo-tavares

Marcelo Tavares, coordenador da Equipe de Transição de Flávio Dino, apontou duas dificuldades que o governador eleito terá ao assumir o comando do Estado a partir de 1º de janeiro. “O endividamento que o Estado tem hoje é altíssimo e as obras não concluídas, que são muitas, merecem a atenção do próximo governador”, disse, durante entrevista à TV Brasil na manhã desta segunda-feira (20).

Para ele, esses dois pontos são essenciais para conhecimento real da máquina pública e planejamento das ações que serão desenvolvidas a partir de 1º de janeiro. Na primeira reunião realizada na semana passada com a atual chefe da Casa Civil, Tavares solicitou informações a respeito do Estado, sobretudo relacionadas ao equilíbrio financeiro do estado.

Durante a entrevista, Marcelo Tavares, que assumirá a Casa Civil a partir de janeiro, não descartou a realização de auditorias em licitações, contratos em andamento e aplicação de verbas públicas no Governo que finda em dezembro. “O que queremos neste momento é ter informações necessárias para fazer a máquina pública funcionar bem a partir de janeiro”, esclareceu.

Conforme falou, os órgãos específicos, como Corregedoria, a Secretaria de Transparência e Controle, os tribunais de Contas e a Assembleia Legislativa poderão auditar atos da atual gestão se houver dúvida da aplicação do dinheiro público.

Acompanhamento do orçamento

Sobre o orçamento previsto para 2015, Tavares afirmou que buscará outros parlamentares para corrigir possíveis distorções. A afirmativa foi feita ao tratar da redução do orçamento de R$ 144 milhões para R$ 134 mi da Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap). Para ele, a diminuição reflete o descaso do governo Roseana com a área.

“Daí a crise constante no sistema penitenciário, que acaba aumentando a violência fora dos presídios. Temos que tomar medidas urgentes porque queremos a mudança do atual quadro de crise”, analisou o parlamentar.

Fonte: Coligação Todos pelo Maranhão

Reitor Roberto Brandão e gestores do IFMA lançam manifesto em apoio a Dilma

O documento é assinado pelos diretores gerais dos campi do Instituto Federal do Maranhão (IFMA), pró-reitores e diretores sistêmicos.

Blog do Ed Wilson

 A Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, em especial no Maranhão, experimenta um momento significativo e decisivo frente aos desafios de enfrentamento ao histórico de exclusão social e educacional – marca histórica de décadas de políticas sociais e educacionais equivocadas.

Destacamos que nos últimos oitos anos, por iniciativa do Governo Federal, com a criação de uma nova institucionalidade (os Institutos Federais) e o respeito e zelo por um legado centenário de excelentes serviços prestados em favor da educação profissional e tecnológica, foi possível inverter o caminho de governos anteriores pautados pela crescente privatização da educação brasileira – da educação básica e profissional à educação superior.

Tais diretrizes privatistas, em total desconexão com uma população carente e ávida por oportunidades, dissimuladas através de uma política de crescente sucateamento das instituições federais de ensino e desrespeito aos servidores destas instituições educacionais, foram marcadas pela falta de investimento em infraestrutura, longo período sem aumento salarial e sem concursos públicos para o magistério superior e para a educação básica.

Hoje é possível experimentar uma outra realidade, em que considerando o crescente destaque de orçamento público para investimento e manutenção dos Institutos Federais, foi possível ousar perante a história e fincar tais instituições nos municípios do interior do Brasil, modificando decisivamente e positivamente a vida de milhares de jovens brasileiros que antes sequer poderiam almejar o acesso às instituições de educação profissional e tecnológica, e nem mesmo sonhar adentrar a uma instituição de ensino superior. Esta é uma realidade e política educacional que não pode cessar, ou tão pouco, ser colocada em risco.

Partimos de pouco mais de cem escolas técnicas no ano de 2005 para 563 atualmente, mobilizando, intervindo e modificando a realidade do interior do Brasil e no Maranhão não foi diferente. Partindo de apenas quatro unidades, hoje somos 26 em funcionamento, com previsão de chegarmos a 32 até 2015.

Em 105 anos de história, a rede federal de educação profissional e tecnológica superou a função de instruir “os desvalidos da fortuna” para oportunizar à sociedade maranhense em especial, não a instrução profissional, limitadora do ser humano, mas uma educação integral, humanizadora e que tem dado a possibilidade aos jovens de sonhar com algo muito maior que um papel subalterno em uma sociedade secularmente excludente.

Em respeito a este projeto, pela sua grande relevância educacional e social, manifestamos nosso apoio a candidatura de Dilma Rousseff à Presidência da República.

São Luís (MA), 19 de outubro de 2014

apoio a dilma

Roberto Brandão

Carlos César Teixeira

Ximena Maia

Valéria Martins

Natilene Brito

Cláudio Fernandes

Simone Santos

Celso Azevedo

Agenor Almeida

Dayse Rocha

Cláudio Moraes

Reinoulds Lima

Cleudenice Pólvoa

Davina Camelo

Jânio Fernandes

Valdir Damascena

Arcenildo Nascimento

Carlos Firmino

Regina Muniz

Madalena Neves

Dioclides Gonçalves

Alberto Gonçalves

Antonio Maia

Fábio Lustosa

Júlio César Souza

José Cardoso

Gairo Garreto

Zenóbio Souza

Gedeon Reis

João da Paixão

Batista Botelho

Ronald Corrêa

Mariano Matos

Locília Costa

Marco Torreão

Carlos Alexandre Araújo

Jackeline Geórgia

Lucimeire Amorim

FESTA DOS PROFESSORES EM ARAIOSES

Foi um sábado para ficar na história, uma festa entre amigos. Este foi o sentimento dos presentes à festa dos professores realizada pela Prefeitura Municipal de Araioses e a Secretaria Municipal de Educação.

Houve homenagens, brincadeiras, presentes e o diferencial, a foto do momento, com a criação de um estúdio personalizado em que cada professor registrava ali o seu momento muito especial e recebia ainda durante a festa a sua foto com os parabéns registrados pela Prefeita Valéria do Manin.

Tendo a participação de quase 400 professores, o evento não foi representativo somente por este número, mas sim, por ter se realizado em um ambiente amistoso, acolhedor e livre de convenções e formalismos.

Os professores presentes estavam dispostos a curtir e apreciar o momento e essa disposição deu o tom da festa.

Antes do almoço foi distribuída uma parte dos brindes.

Uma vez a mesa posta, houve o momento de fortalecimento da espiritualidade, em que o Pastor Djane e o Padre Washington se encarregaram de abençoar o evento, os alimentos e também a cada professor que se dedica de modo muito especial à educação de Araioses, não medindo esforço para torná-la melhor.

A Secretária de Educação Jaqueline Pimentel proferiu discurso de agradecimento e também de reconhecimento aos professores. Deixou claro o respeito e admiração que tem por cada profissional que se dedica a este desafio diário e reforçou os agradecimentos a todos os que colaboraram para que a festa acontecesse – desde a equipe da SEMEA até os profissionais envolvidos no dia do evento. Destacou o empenho da Prefeita Valéria para contribuir com as ações da SEMEA e o quanto as estratégias de governo estão focadas neste segmento da gestão municipal.

festa-dos-professores1

Após o almoço houve novos sorteios de brindes, o bingo de um tablet, as diversas homenagens – desde ascrianças da Escola Raimundo Gomes Nonato que ao som da música Anjos da Guarda de Lecy Brandão apresentaram uma linda coreografia, até mesmo os professores que se disponibilizaram para deixar as suas falas para os demais presentes.

A Prefeita Valéria do Manin proferiu discurso alusivo à data, do qual destacamos alguns trechos:“… Venho de uma educação em que família e escola vivenciavam o processo de ensino e aprendizagem de modo conjunto.

Venho de um momento escolar em que os movimentos eram sempre para valorizar o professor. Venho de uma composição de valores em que entre o poder do pai e o poder do professor não haviam distâncias, somente víamos alinhamento e aderência de interesses. Eu acredito na educação que liberta, que forma e transforma e é com essa crença que eu conduzo as minhas ações em Araioses e direciono as minhas decisões.

Tenho plena consciência de que sempre haverá muito por fazer. “Até onde chegamos não encerra o desafio de efetivamente reconhecer e valorizar o professor, mas acreditamos que estamos no caminho certo quando buscamos meios e envidamos esforços para fazer o que está ao nosso alcance e lutamos juntos por dias melhores”.

Após esta parte mais formal, foi o momento de cada professor voltar a ser criança. A primeira brincadeira foi o show de calouros – em que após a abertura dos “trabalhos”, pela mãe da Prefeita e Vereadora de Santa Quitéria, Ivanice Pimentel, juntamente com a Secretária de Educação Jaqueline Pimentel, não faltaram desafiantes a assumirem o pódio de professores-cantores. E deram show!!!!

O desfile dos professores e professoras foi outro ponto alto do evento. Todos curtiram o momento e até pediram bis!!!

festa-dos-professores2

Já se aproximava das 19h e o Country Club ainda tinha alguns professores. Para os que foram saindo após as 16h, o sentimento era de contentamento e muitos quando se dispuseram a levar sua mensagem aos demais ao assumirem o microfone deixaram claro que estavam muito satisfeitos com o momento e que pela primeira vez a festa dos professores tinha sido realizada de modo tão acolhedor e integrador.

Estão de parabéns os professores que se fizeram presentes e todos os que trabalharam firmes para que todo o evento transcorresse de modo tão abençoado!!! Agora o desafio é pensar a festa de 2015!!! Todos esperam superação!!!

Com informações da SEMEA

Meta é “inibir a corrupção”, diz secretário de Transparência do novo governo

Rodrigo Lago

Rodrigo Lago

Uma das inovações do governo Flávio Dino já começa a se delinear. É a criação da Secretaria de Transparência e Controle do Governo do Estado. Na última sexta (17), Dino indicou o advogado Rodrigo Lago para conduzir a pasta.

Em entrevista, Rodrigo Lago falou sobre as metas da nova secretaria que será criada a partir de cargos que serão remanejados. Em pronunciamento nas redes sociais, Dino afirmou que não será criado nenhum novo cargo em comissão para conduzir a pasta.
Muitos têm dito que criação de uma secretaria de Transparência e Controle Interno sinaliza em que sentido caminhará o próximo Governo. Qual será o norte dessa nova pasta?
Durante a campanha, o governador eleito Flávio Dino prometeu mudar as práticas administrativas no Maranhão. A criação da Secretaria de Transparência e Controle foi uma de suas principais promessas. Agora, eleito, o governador sinaliza pela concretização da promessa. Buscarei garantir a transparência nos gastos públicos, de forma que o cidadão saiba exatamente onde está sendo gasto cada centavo da receita pública. Quando o cidadão sabe o destino do dinheiro público, pode cobrar seus governantes, apresentar críticas e sugestões e, principalmente, apresentar denúncias de desvio de condutas. A missão é ousada, mas o que se pretende é inibir efetivamente a corrupção administrativa.
E qual será exatamente a função desta pasta, que é uma inovação no Estado?
Há duas linhas de atuação que convergem para a mesma finalidade, que é garantir a eficaz aplicação dos recursos públicos. A primeira direção é implementar efetivamente o Portal da Transparência e o acesso à informação no âmbito do Poder Executivo do Maranhão. Atualmente, o que se tem é um portal nada transparente, no qual muitos gastos sequer são inseridos ou inseridos de forma deficiente, tornando difícil, senão impossível, o controle popular das finanças estatais. Na outra vertente, a Secretaria buscará integrar os órgãos de controle interno do Estado e também promoverá a interlocução destes com outros órgãos do Governo e do controle externo. O que ocorre hoje é que muitas vezes as auditorias têm que ser feitas sem que se garanta a necessária estrutura aos auditores. Pior que isso, quando são concluídas as auditorias internas, os relatórios são encaminhados de forma aleatória para outros órgãos estatais, como o Tribunal de Contas do Estado e o Ministério Público, sem que haja um efetivo acompanhamento das consequências da apuração. É preciso que a Administração Pública, refiro-me aos seus gestores, saiba onde ocorreu erros administrativos ou desvios de condutas, para que busque a prevenção no futuro.
Essa espécie de “auditoria” se limitará ao governo estadual? E será feita apenas nos contratos firmados a partir de 2015 ou abrange também os anteriores?
A Secretaria de Transparência e Controle será um órgão estadual, que buscará garantir transparência e ampliar controle interno na aplicação dos recursos estaduais. Portanto, o limite será quanto aos gastos feitos com recursos estaduais. Assim, sempre que houver a aplicação de recursos estaduais, estarão atuando os órgãos de controle interno do Estado. Nesse controle entrarão os gastos diretos, que são aqueles realizados diretamente pelo Governo do Maranhão, mas também aqueles decorrentes de transferências voluntárias aos municípios, os conhecidos convênios municipais. O objeto do controle interno não se limitará a auditar o passado ou a controlar o futuro. Trata-se de uma Secretaria perene, definitiva, que coordenadora o controle interno quanto aos gastos já realizados, mas também aos que ainda serão efetivados.
Na sua avaliação preliminar, a partir de sua atuação jurídica que sempre se pautou pela probidade, o próximo Governador encontrará dificuldades com contratos já estabelecidos?
Toda mudança exige certa dose de cautelar e prudência. O Governo Flávio Dino assumirá um Estado com muitos contratos em curso, muitas obrigações já assumidas e muitos órgãos criados. Não se pode empreender uma mudança impactante que resulte na interrupção dos serviços públicos essenciais. Caberá a cada novo secretário, com o auxílio dos órgãos de controle interno e da própria Secretaria de Transparência e Controle, apurar no âmbito de suas pastas quais os contratos em vigor, verificando a forma de contratação e a economicidade para o Estado. Essa postura será essencial para que se faça a aplicação dos princípios republicanos, sem prejuízo ao cidadão que busca ser atendido pelo Estado desde sempre. Na fase inicial até se pode cogitar alguma dificuldade, pois o serviço público não pode parar. Entretanto, aqueles que se beneficiarem de contratos ilícitos, com superfaturamento, acabarão sendo alcançados pelo controle interno e terão que ressarcir o erário os prejuízos que tenham causado.

Horário de verão começa domingo em meio a crise no setor elétrico

País enfrenta queda acentuada no nível de reservatórios de hidrelétricas.
Horário de verão deve levar a economia de água de 0,4%, diz governo.

Fábio AmatoDo G1, em Brasília

Em meio ao agravamento da situação nos reservatórios das principais hidrelétricas do país, entra em vigor neste domingo (19) o horário de verão. A expectativa do governo é que a redução no consumo de energia no período contribua com uma queda de 0,4% no uso da água dessas represas.

A 39ª edição do horário de verão terá duração de 126 dias e terminará no dia 22 de fevereiro. À 0h (meia-noite) de sábado para domingo, os moradores de dez estados, além do Distrito Federal, terão que adiantar os relógios em uma hora.

Arte horário de verão 2014-2015 (Foto: Editoria de arte/G1)

Economia de água
Para especialistas do setor elétrico, a economia de água dos reservatórios das hidrelétricas, apesar de pequena, é importante diante do cenário de crise. Por conta da falta de chuvas, na quinta (16) o nível nos reservatórios do Sudeste e Centro-Oeste, que respondem por 70% da capacidade do país de gerar energia, estava em 22,09%, o pior resultado para essa época desde 2001, quando o país passou por racionamento.

“Essa economia [de 0,4%] não é de se jogar fora diante da atual circunstância”, diz Roberto Brandão, pesquisador do Grupo de Estudos do Setor Elétrico (Gesel), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

“Os benefícios não são gigantescos, mas ainda são significativos, continua valendo a pena. Qualquer economia de água dos reservatórios é válida”, diz o presidente do Instituto Acende Brasil, Claudio Sales.

De acordo com dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), entre 2010 e 2014 o horário de verão resultou em economia de R$ 835 milhões para os consumidores, devido à eletricidade que deixou de ser gerada pelo uso da luz do sol. Para a edição 2014/2015 do horário de verão, a economia estimada é de R$ 278 milhões, 31% menos do que na edição passada (R$ 405 milhões).

Esses valores, porém, são muito pequenos diante dos gastos do setor elétrico e não chegam ter impacto nas contas de luz. Apenas os empréstimos bancários para fazer frente aos gastos extras no setor elétrico em 2014 vão custar aos consumidores R$ 26,6 bilhões, de acordo com oTribunal de Contas da União (TCU).

Benefícios
Além da economia de energia, o governo defende a manutenção do horário de verão alegando que a medida evita investimentos de cerca de R$ 4 bilhões ao ano, com mais geração e sistemas de transmissão de eletricidade. Segundo o Ministério de Minas e Energia, ele permite um melhor aproveitamento da luz solar e “maior racionalidade no uso da eletricidade.”

Outra vantagem, diz o ministério, é o aumento da segurança do sistema elétrico e maior flexibilidade para a realização de manutenções, além de redução da pressão sobre o meio ambiente e nas tarifas cobradas pelo serviço. O horário de verão foi aplicado no Brasil pela primeira vez no verão de 1931/1932.

Consumo na ponta
Entretanto outro efeito do horário de verão, que é o de evitar picos de consumo de energia no chamado horário de ponta (entre 18h e 21h), “perdeu um pouco da relevância” nos últimos anos, aponta Roberto Brandão, da UFRJ.

Por conta do aumento no uso do ar-condicionado no país, mais recentemente os picos de consumo de eletricidade durante o verão começaram a ser registrados no início ou meio da tarde, entre 14h e 16h. Na quinta (16), por exemplo, ele aconteceu às 14h47, informou Brandão.

No passado, esse pico era registrado entre 18h e 21h, devido ao aumento do consumo gerado pelo uso de eletrodomésticos quando as pessoas saem do trabalho e voltam para as suas casas, junto com a iluminação pública nas cidades.

“Nos últimos anos, o horário de verão perdeu um pouco da sua relevância porque houve mudança no padrão de horário de ponta no Brasil”, diz o pesquisador. Ele aponta, porém, que continua sendo importante equilibrar a demanda por energia no fim do dia.

Para o professor de engenharia elétrica da Universidade de Brasília (UnB), Rafael Shayani, o horário de verão continua sendo importante para “evitar a sobrecarga” do sistema elétrico durante o verão e até mesmo apagões. “O horário de verão é necessário na medida em que a demanda por energia no Brasil está crescendo e o setor elétrico não consegue acompanhá-la. Ela visa evitar um apagão”, diz ele.

Reeleição de Dilma é decisiva para o país e para o MA, avalia senadora do PCdoB

Os senadores do PCdoB Vanessa Grazziotin (AM) e Inácio Arruda (CE) estiveram em São Luís nesta sexta (17) para participar de atividade em apoio à reeleição de Dilma Rousseff. Durante a visita ao Maranhão, eles falaram sobre a posição do partido em relação à continuidade dos avanços sociais nos últimos 12 anos, sobre a vitória de Flávio Dino e a importância da eleição de Dilma para o estado.

A defesa no apoio a continuidade do governo do PT está pautada no modelo político e de desenvolvimento das regiões Norte e Nordeste do país. Para Vanessa Grazziotin, o resultado positivo nas urnas para a presidente Dilma também representa a garantia de que o Maranhão terá parcerias com o Governo Federal.

“A vitória é a certeza de que o Maranhão e a administração de Flávio Dino vai ter todo o apoio necessário. Estamos empenhados em trabalhar e fazer com que a Dilma continue no poder para a gente continuar na mudança”, afirmou, lembrando que o lema utilizado na campanha de reeleição é uma das primeiras palavras de ordem do PCdoB: Avançar nas mudanças.

“Essa batalha é decisiva para o país, inclusive para o Maranhão, para que a mudança não pare, em beneficio do povo, dessa transformação social que o Brasil vive, estamos muito envolvidos”, continuou.

Sobre a eleição histórica do Maranhão, que elegeu Flávio Dino governador, a senadora disse que a “vitória maiúscula é motivo de orgulho de todos os militantes e filiados do partido pelo primeiro governador eleito”. Agora o trabalho é melhorar política social, uma das principais bandeiras levantadas pelo governador eleito durante a campanha, para reverter os índices sociais do estado.

senadores-pcdob-ma

Mais força na reta final

Também cumprindo agenda no Maranhão, o senador Inácio Arruda defendeu que os governos do PT implantaram a maior política social no país e falou da importância de preservar essas conquistas. “Não podemos dar um passo para trás. O Nordeste entrou no mapa do desenvolvimento com força com Lula e Dilma e para mantê-lo nessa condição é importante a vitória de Dilma”, analisou.

Inácio lembrou que foi com a eleição do ex-presidente Lula que houve o maior incentivo da distribuição de investimentos no Norte e Nordeste, como exemplos, citou a retomada da indústria naval, que descentralizou as ações no Sudeste e também com a descoberta do pré-sal, com investimentos feitos para ampliar a capacidade de refino no Brasil e propôs a construção de refinarias no nordeste, que estão em construção.

“O Maranhão tem condições especiais, território, potencial agrícola, biodiversidade, potencial de um porto com o maior calado do país. As condições estão dadas para o Maranhão. O que faltava era um planejamento arrojado para atender as demandas sociais e, sobretudo, o desenvolvimento do estado. Essa questão deve estar casada: Flávio e Dilma. Não podemos dar um passo para trás”, disse o senador.

Rodrigo Lago é anunciado como secretário de Transparência e Controle

O governador eleito Flavio Dino (PCdoB) anunciou, no início da manhã desta sexta-feira (17), o 6º nome a compor sua equipe de governo. A confirmação foi feita através de seu perfil pessoal, numa rede social.

Trata-se do advogado Rodrigo Lago que deverá ocupar a secretaria de Transparência e Controle.

A pasta ainda será criada e Lago junta-se a Marcelo Tavares (Casa Civil), Márcio Jerry (Articulação Política), Clayton Noleto (Infraestrutura), Ted Lago (Emap) e  Rodrigo Maia (Procuradoria-Geral).

rodrigo lago

Rodrigo Lago – novo secretário de Transparência e Controle de Governo:

Com destacada atuação em Direito Constitucional, Rodrigo Lago é advogado há 12 anos. Estudou Direito Constitucional no Instituto Brasiliense de Direito Público – IDP.

É Conselheiro Federal suplente da OAB (2013-2015) e consultor da Comissão Nacional de Estudos Constitucionais da OAB. Faz parte também do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB).

No Maranhão, é diretor-geral da Escola Superior de Advocacia do Maranhão – ESA-OAB/MA (2013-2015), fez parte do Conselho Estadual da OAB como presidente da Comissão de Estudos Constitucionais da OAB/MA (2010-2012). Foi também membro de bancas examinadoras de concursos para a Magistratura e Ministério Público.

SEMEA – SEMANA DA CRIANÇA

Foi uma semana alegre e festiva como tem que ser tudo o que diz respeito às crianças.

Não tem como ser diferente: se é para comemorar o dia das crianças os temas devem ser alusivos a este momento.

Seja por meio da literatura, do canto, da dança, das brincadeiras e dos folguedos, existem muitos meios para tornar uma criança feliz e métodos para atingir este objetivo não faltaram.

semea-crianças1

Nos quatro cantos do município de Araioses o que se viu foram escolas com festividades que mais pareciam festejos, uma vez que uma semana pareceu pouco para tantas inovações e criatividades.

semea-crianças2

Além das festas individualizadas por escolas, a Prefeita Valéria do Manin também fez uma bonita festa na Praça do Viva, com distribuição de brinquedos, uma variedade de brincadeiras, de pula-pula escorregadores e muitas guloseimas infantis, tais como: pipoca e cachorro-quente.

Com informações da SEMEA

Cutrim denuncia governadora por crimes praticados durante a campanha eleitoral

O deputado estadual Raimundo Cutrim (PCdoB) ingressou com uma representação criminal, no Ministério Público Federal, contra a governadora Roseana Sarney (PMDB), acusando-a de praticar condutas ilícitas na propaganda eleitoral com vistas ao pleito de 5 de outubro no Maranhão.

Deputado Raimundo Cutrim encaminha

Deputado Raimundo Cutrim ingressou com representação criminal.

Na ação, encaminhada ao procurador geral da República, Rodrigo Janot, o deputado Raimundo Cutrim acusa a governadora Roseana de cometer o crime de interceptação de comunicação telefônica, sem autorização judicial, crime de flagrante forjado e denunciação caluniosa.

Ao formular a ação na Procuradoria Geral da República, o deputado Cutrim afirma que, no dia 1º de outubro, ele fizera em São Luís uma visita ao presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Edmar Cutrim, e ambos conversaram sobre as eleições no Estado.

No dia seguinte (2 de outubro), em pleno calor da reta final da campanha, surgiu na internet (especialmente em blog e redes sociais) a informação de que a governadora havia determinado ao Gabinete Militar do Palácio dos Leões a gravação da conversa travada entre o deputado e o presidente do TCE.

Em nota distribuída a diversos blogs, a governadora Roseana confirmou que partiu dela a ordem para o Gabinete Militar fazer a gravação. E nesta mesma quinta-feira (2 de outubro), o “grampo” da governadora, editado e legendado, na forma mais apelativa, em tons e sons de enorme escândalo, ganhou espaços no horário gratuito da propaganda eleitoral do rádio e televisão.

Para o deputado Raimundo Cutrim, uma perícia, caso instaurado o inquérito, constatará a montagem grosseira na inserção de falas nas quais a voz não é a sua.

“Palavras não ditas por mim aparecem nesta montagem grosseira e, mais que prejuízos eleitorais, causando impacto negativo entre os eleitores, a atitude criminosa da governadora se traduziu em profunda dor moral, afora o abalo imenso sofrido pelo bom conceito que sempre gozei no serviço público, quer como delegado de Polícia Federal, quer como secretário de Segurança Pública do Estado, e quer como deputado estadual em dois mandatos”, afirma Cutrim.

Ele argumenta que os crimes contra a sua honra, em face de motivação eleitoreira, estão capitulados no Código Eleitoral, assim: “Art. 323 – Divulgar, na propaganda, fatos que sabe inverídicos, em relação a partidos ou candidatos e capazes de exercerem influência perante o eleitorado. Parágrafo único – A pena é agravada se o crime é cometido pela imprensa, rádio ou televisão.

Art. 324 – Caluniar alguém, na propaganda eleitoral, ou visando fins de propaganda, imputando-lhe falsamente fato definido como crime. Art.325 – Difamar alguém, na propaganda eleitoral, ou visando a fins de propaganda, imputando-lhe fato ofensivo à sua reputação.

Ao final da representação, o deputado Raimundo Cutrim pede ao procurador geral da República, Rodrigo Janot, que seja recebida a representação para a apuração e, ao final, a aplicação das sanções penais cabíveis contra a governadora Roseana Sarney pelas condutas ilícitas praticadas durante a propaganda eleitoral.

Fonte: Maranhão da Gente

PCdoB mobiliza a capital em caminhada pró-Dilma

As lideranças políticas da Coligação Todos pelo Maranhão que apoiam a candidatura de Dilma no Maranhão realizaram na tarde desta sexta-feira (17/10) uma caminhada em favor da candidatura petista no Estado. Membros do PDT, PP, PROS, PCdoB, da “Resistência Petista” estiveram ao lado do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr, os senadores Inácio Arruda (PCdoB) e Vanessa Grazziotin (PCdoB) e o ministro de Articulação Política, Ricardo Berzoini (PT), percorrendo a principal rua do comércio de São Luís em apoio a Dilma Rousseff.

Em todo o trajeto, a caminhada foi recebida com entusiasmo pela população. Para o prefeito de São Luís, a calorosa recepção é fruto do reconhecimento dos avanços promovidos pela administração petista. “Há quase dois anos, a capital tem contado com o apoio e a parceria do governo federal”, disse o prefeito ao falar no apoio na reforma dos Socorrões I e II e do Hospital da Criança.

As lideranças nacionais falaram sobre a expressiva votação conquistada por Dilma no Estado e lembraram que o esforço agora é para ampliar o favoritismo. “O desafio é tornar o Maranhão o Estado que vai dar a maior votação a Dilma Rousseff”, disse o senador Inácio Arruda.

Ao lado de militantes e representantes de movimentos sociais, a senadora Vanessa Grazziotin e o ministro Ricardo Berzoini ouviram manifestações pela reeleição da presidenta. “Um, dois, três, é Dilma outra vez”, cantavam os militantes.

Também participaram do ato os eleitos deputados federais Rubens Jr. (PCdoB), Zé Carlos da Caixa (PT) e Waldir Maranhão (PP).

pcdob-dilma-ma

 Novas atividades

O presidente estadual do PCdoB, Márcio Jerry, disse que o momento é de trabalhar com força total em prol da candidatura de Dilma. “Toda a nossa militância está mobilizada e empenhada na reeleição da presidenta Dilma Rousseff”, reafirmou.

Em São Luís, as atividades em apoio à reeleição da presidente Dilma seguem neste final de semana.

No sábado (18), a programação terá início às 7h com visitas as feiras do João Paulo, Liberdade, Anjo da Guarda, Coroadinho, Cohab, São Cristóvão e São Francisco. E no domingo (19), nas feiras da Cidade Operária, Mercado Central, Cidade Olímpica, Bom Jesus, João de Deus e Mangueira, além de carreata por bairros da cidade.

Últimos dias para inscrições dos cursos técnicos da Uema

As inscrições para cursos técnicos ofertados, na modalidade a distância, pela Universidade Estadual do Maranhão, encerram no próximo dia 24 de outubro.

Serão ofertadas 2.700 mil vagas para o ano de 2015, distribuídas em 22 polos de apoio presencial. São eles: Açailândia, Anajatuba, Balsas, Cajapió, Carolina, Codó, Colinas, Coroatá, Godofredo Viana, Imperatriz, Morros, Presidente Dutra, São João dos Patos, Santo Antonio dos Lopes, Santa Inês, Viana, Zé Doca, Carutapera, Lago da Pedra e São Luís (3 polos).

Os interessados terão a opção de 8 cursos técnicos: Controle Ambiental, Redes de Computadores, Alimentos, Informática, Guia de Turismo, Segurança do Trabalho, Serviços Públicos e o mais novo curso: Mineração.

Acesse o site http://www.uema.br/pacep2014, escolha um dos cursos e faça a sua inscrição, no valor de R$25,00. Todos os cursos são gratuitos e com duração média de 20 meses.

Então, não perca tempo. Acesse www.uema.br/pacep2014, escolha um dos cursos e faça a sua inscrição, no valor de R$25,00. Todos os cursos são gratuitos e com duração média de 20 meses. As provas estão previstas para acontecer dia 07 de dezembro.

Saiba um pouco mais sobre cada curso

 Controle Ambiental – O curso tem como objetivo formar técnicos com competência profissional, ética, política e responsabilidade socioambiental, capazes de dominar e aplicar conhecimentos sobre recursos naturais e uso de tecnologias de prevenção, correção e monitoramento. Esse profissional também desenvolve habilidades que atendam às demandas do setor produtivo com vistas a operar no controle e análise de impactos e gerenciamento das questões ambientais.

 Redes de Computadores – O curso prepara o profissional para ingressar no mercado corporativo dos mais diversos segmentos da área de Tecnologia da Informação. Esse profissional é qualificado para implantar, administrar e manter redes de comunicação, alavancando a implementação de tecnologias, criando novas frentes de trabalho, melhorando a qualidade dos serviços prestados em informática com melhor infra-estrutura.

 Alimentos – O curso objetiva a formação de um profissional qualificado para atuar no mercado de trabalho, com competências técnicas e científicas, bom desempenho e comprometido com a melhoria da qualidade de vida da população. Os profissionais formados estarão aptos a atender as necessidades dos setores de produção alimentícia, notadamente do estado do Maranhão.

 Informática – O curso é indicado para formar profissionais que buscam qualificação e destaque no mercado de trabalho, formando-os para atender às demandas dos diversos setores da sociedade no que se refere à informática, com condições de desenvolver sistema de computação, seguindo as especificações e paradigmas da lógica e das linguagens de programação.

Guia de Turismo – O curso visa a formação de profissionais técnicos de nível médio com elevado grau de responsabilidade social. Esse profissional atende a um novo perfil para cuidar do planejamento, da organização, promoção e divulgação de viagens, eventos e atividades de lazer e negócios dentro das exigências do mundo do trabalho contemporâneo. Em prefeituras e órgãos públicos coordena a exploração turística de uma região, promovendo e divulgando as atrações locais.

Segurança do Trabalho – O curso forma profissionais éticos, comprometidos com a constante busca por excelência e plenamente capacitados para atuar na preservação da saúde do trabalhador, com vistas ao enfrentamento dos desafios nos processos e procedimentos da prática laboral. Esse profissional busca, também, solução de problemas relativos aos aspectos socioculturais, econômico-financeiros, produtivos, ecológicos e estético-formais dentro do eixo tecnológico de Segurança, em níveis local, regional, nacional e internacional.

 Serviços Públicos – O curso é indicado para formar profissionais que possam atuar de forma criativa, ética, empreendedora e consciente da responsabilidade e do impacto sociocultural de suas atividades no âmbito da área administrativa de instituições públicas, desenvolvendo funções de gestão intermediária no atendimento ao público, no apoio administrativo e no controle dos procedimentos organizacionais. Também poderão auxiliar na área de gestão de pessoas e materiais, com compromisso de acordo com os valores éticos do serviço público.

 Mineração – O curso forma profissionais para atuar em trabalhos de pesquisa, lavra e beneficiamento de minérios, aplicação de técnicas de recuperação ambiental de áreas mineradas e utilização de softwares aplicados à geologia e à engenharia de minas.

Debate no SBT: SUJOS X MAL LAVADOS

Blog do:Ed Wilson

Entrou no mais profundo nível de decadência o debate entre os candidatos Dilma Roussef (PT) e Aécio Neves (PSDB), esta noite, no SBT.

Em confronto direto, mediado pelo apresentador Carlos Nascimento, Aécio e Dilma protagonizaram um espetáculo ridículo de acusações.

Todo o debate foi permeado por agressões entre os candidatos, ambos acusando-se de mentirosos.

Aécio exagera em chamar Dilma de mentirosa, que devolve o insulto ao oponente.

Os candidatos não debateram qualquer proposta importante para o interesse do Brasil. Quase todas as perguntas foram feitas para acusar o oponente de falcatruas e mentiras.

O debate repetiu o mesmo roteiro da Band, com tons até mais agressivos. Um acusa o outro de nepotismo, mentiras, leviandades, fracassos, corrupção, desvios e outros assuntos mais apropriados para briga de rua.

Enquanto todo o país aguarda o desdobramento da eleição, os candidatos a presidente insultam o telespectador com um debate deprimente, sem conteúdo, ausente de propostas para resolver os principais problemas do Brasil.

Em alguns momentos, a bancada do SBT transformou-se em rinha de galo, aplaudida pelas claques das duas candidaturas, sentadas no auditório.

O debate tornou-se um bate-boca entre os sujos e os mal lavados, um acusando o outro do mau cheiro da política. Coisa de moleques de rua, atiçados para a briga pelos colegas do bairro.

Dilma e Aécio se xingaram feito amadores na pelada de futebol de várzea.

Esse é o retrato do Brasil polarizado entre o PT e o PSDB, dois partidos ultrapassados, sugados pelo PMDB de todos os governos.

O Brasil precisa, urgentemente, de uma reforma política e de profundas alterações no espectro partidário.

Esse ringue eletrônico virou briga de gangs, acirradas quando um invade o território do outro e todos atiram a esmo.

Com as balas cuspidas a torto e a direito, só há uma vítima – o eleitor.

Ao final, nenhum dos dois ganhou. E o principal derrotado foi o povo brasileiro.

Nem precisamos mais de debate. Basta o replay dos já realizados e editar como a briga entre os sujos e os mal lavados.

Flávio Dino anuncia Clayton Noleto para a pasta da Infraestrutura

O novo comunicado feito por Flávio Dino nas redes sociais revelou o próximo comandante da Secretaria de Infraestrutura do Maranhão. Empresário e professor na Região Tocantina, Clayton Noleto chefiará a pasta responsável pelas obras físicas estruturantes do Maranhão.

Este é o quinto nome apresentado pelo governador eleito para gerenciar o Estado a partir de janeiro de 2015. Conheça o perfil do próximo secretário.

SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA – CLAYTON NOLETO

CLAYTONNOLETO-300x250Administrador de empresas na Região Tocatina, Clayton Noleto é especialista em Planejamento Estratégico. Com forte atuação no setor privado, Noleto foi professor e instrutor Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), nas áreas de Gestão e Planejamento.

Habilitado pelo programa Empretec como empreendedor, desenvolvido pela Organização das Nações Unidas (ONU), Clayton Noleto é também historiador e bacharel em Direito. Foi coordenador da coligação “Todos pelo Maranhão” em apoio à candidatura de Flávio Dino na Região Tocantina.

Assumindo a pasta da Infraestrutura do Governo do Estado, Clayton Noleto deverá conduzir as obras viárias e transporte do estado.

Informe DS – Quantos candidatos a prefeito de Araioses teremos em 2016?

Antes das eleições de cinco de outubro, algumas candidaturas a prefeitura de Araioses em 2016 eram comentadas. Umas assumidas e outras apenas de intimidade de alguns líderes políticos.

Após o pleito, onde os resultados parece que não foram os esperados por esses, ainda não se sabe se o que valia antes continua valendo agora.

Entre as candidaturas assumidas e as não reveladas, somei pelo menos quatro que estariam dispostas a tomar as chaves da prefeitura araiosense das mãos da prefeita Valéria do Manin.

O tempo vai mostrar quem continua com a disposição de antes e aí sim saberemos quantos candidatos a prefeito de Araioses teremos em 2016?

 

Agora é Aécio…

Se não surgir nenhum fato novo, o que me parece muito improvável, Aécio Neves vai mesmo ser eleito daqui a menos de duas semanas, dia 26 de outubro, presidente do Brasil.

Quando o povo quer não tem jeito e parece que é isso mesmo que vai acontecer. O sentimento de mudança tomou conta da campanha e candidato tucano vem encarnando-o muito bem.

Espero que se isso ocorrer – sem meu voto, que é de Dilma – o governo dele não seja que nem o de Fernando Henrique Cardoso, que foi direcionado a atender os interesses do capital internacional e dos endinheirados do País.

O governo de FHC para os pobres e para o Nordeste foi um desastre.

 

Quem chega primeiro na fonte…

Já disse aqui (é sé ver os arquivos) que a partir do carnaval do ano que vem, começa a campanha para a prefeitura de Araioses de 2016.

Porém, sábado no povoado Giquiri, onde fui a convite de Alex, vereador daquela comunidade, a um evento esportivo, soube que Manin Leal fechou apoio político com uma liderança daquela região, que no pleito passado estava com a ex-prefeita Luciana Trinta.

Pelo jeito Manin sabem muito bem que “quem chega primeiro na finte bebe água limpa” e se o acordo foi fechado mesmo a ex- TP está cada vez mais sozinha.