VÍDEO: Bolsonaro fala em “ditadura da caneta” e diz que “nos próximos dias vai acontecer algo que vai nos salvar”

Em grupos bolsonaristas, termo é usado em referência às decisões do STF, especialmente do ministro Alexandre de Moraes. Sem dar detalhes, Bolsonarou usou termo em tom de ameaça. Assista.

Jair Bolsonaro em conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada (Reprodução/Youtube)

Por Plinio Teodoro/Revista Fórum

Em tom de ameaça, Jair Bolsonaro (PL) interrompeu conversa com apoiadores no cercadinho do Palácio da Alvorada na manhã desta quinta-feira (9) e, após falar em “ditadura da caneta”, disse que vai acontecer algo nos próximos dias “que vai nos salvar”.

“Pessoal, uma interrupção aqui. Qual a diferença entre uma ditadura feita pelas armas, como a gente vê por exemplo em Cuba, Venezuela, entre outros países, e uma ditadura que vem pela caneta?”, indagou.

Diante da confusão entre os apoiadores, ele mesmo respondeu a pergunta: “nenhuma”. Em seguida, ele incitou os bolsonaristas ao fazer uma afirmação em misto de ameaça e premonição.

“Então, vocês sabem o que está acontecendo no Brasil… Eu acredito em Deus. Nos próximos dias vai acontecer algo que vai nos salvar no Brasil”, disse, sem dar mais detalhes.

Bolsonaro tem usado o termo de “ditadura da caneta” para se referir a decisões do Supremo Tribunal Federal (STF), principalmente do ministro Alexandre de Moraes, que vai assumir o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no mês de agosto, antes das eleições presidenciais.

Na conversa, Bolsonaro voltou a se referir a Lula como “canalha”, como havia feito no dia anterior durante viagem ao Nordeste.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.