Policiais militares e bombeiros realizam manifestação em São Luís

Reajuste salarial está na pauta; governo afirma que cumpre acordo.

Oficiais decidiram fazer ‘Operação Legal’ a partir desta quinta-feira (27).

Do G1 MA

Policiais militares e bombeiros do Maranhão decidiram, nesta quarta-feira (26), iniciar uma manifestação, intitulada ‘Operação Legal’, a partir desta quinta-feira (27), no Estado. De acordo com a Associação dos Servidores Militares, eles querem equiparação salarial, dentre outras propostas.

“Hoje [26], todos os líderes de associações estiveram reunidos para deliberar uma pauta de reivindicações. À tarde, em assembleia geral, a maioria decidiu apresentar aos seus respectivos comandantes as reivindicações e, de lá, seguiram para o Palácio dos Leões”, afirmou ao G1 o sargento Nascimento, que é vice-presidente da entidade.

Ainda segundo o sargento Nascimento, a pauta de solicitações será apresentada ao Governo, no dia 13 de março, pelos comandantes das respectivas categorias.

Operação Legal
Para a manifestação que será iniciada na quinta-feira (27), a assembleia dos policiais e bombeiros militares decidiu “não realizar abordagens”, “não fazer apreensões de veículos” e “fazer conduções somente em estado de flagrante delito”, dentre outras ações.

Posição do governo
Em nota, o governo do Maranhão informa que, em março, a tabela de vencimentos da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA) será reajustada, linearmente, em 7%, conforme acordo firmado com a categoria.

Com o reajuste de 7%, um soldado, por exemplo, que recebia R$ 2.396,80 em 2013, a partir de março deste ano terá sua remuneração elevada para R$ 2.564,58.

Esclarece que, até este ano, o reajuste dos policiais militares estava previsto em acordo firmado com o governo. A partir de 2015, os vencimentos serão acrescidos em 5,6% já como aplicação do Plano Geral de Cargos e Carreiras do Servidor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *