Brasil defende cessar-fogo no Conselho de Segurança da ONU

(Foto: Reuters | Reprodução)

Brasil 247 – Durante reunião do Conselho de Segurança das Nações Unidas, o embaixador do Brasil na ONU, Ronaldo Costa Filho, pediu nesta sexta-feira (4) por um cessar-fogo imediato na Ucrânia. “Não estamos em tempo de escalar a retórica”, afirmou.

Costa Filho citou a ocupação da usina de Zaporiszhzhia, a maior usina nuclear da Europa, pelo exército russo e ressaltou o acordo entre os países de que instalações nucleares não devem ser alvo de ataque.

Durante a reunião do Conselho de Segurança da ONU, o embaixador ucraniano, Sergiy Kyslytsya, acusou a Rússia de transgredir o direito internacional com a ocupação da usina de Zaporiszhzhia. “A Rússia decidiu atacar uma usina nuclear, o que é contra todos os acordos internacionais”, disse Kyslytsya.

Já o embaixador da Rússia na ONU, Vasily Nebenzya, afirmou que a usina nuclear está funcionando normalmente. O embaixador disse que a usina está sendo “protegida”, que os níveis de radiação estão normais e não há ameaças à segurança.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.