Operação das forças policiais garante tranquilidade nos eventos de fim de ano, no Maranhão

Avenidas Litorânea e Beira-Mar terão policiamento reforçado para queima de fogos na virada do ano (Foto: Divulgação)

Por Agenor Barbosa

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), seguirá planejamento para reforço da segurança no Réveillon. Este ano, por conta da pandemia da Covid-19 e o surgimento da variante Ômicron, não haverá programação oficial do Estado, porém, a segurança será garantida para quem desejar ir às praias da Grande Ilha ou promover eventos que reúnam grande público. O esquema especial de planejamento envolve as Polícias Civil, Militar e Corpo de Bombeiros.

A queima de fogos está prevista para a virada do ano nas Avenidas Litorânea e Beira-Mar, organizada pela Secretaria de Estado da Cultura (Secma). O momento marcará a passagem para o novo ano e deixará mais animadas as festas nas áreas. Em todo o Maranhão, haverá mobilização da segurança, priorizando pontos de eventos, grandes vias, estradas e orla marítima.

A Polícia Civil estará em regime de plantão nas delegacias dos bairros e especializadas da capital (Delegacia da Mulher, Superintendências de Homicídios e Proteção à Pessoa), além das regionais nos interiores, para atendimento de casos e registros de boletins de ocorrências. Os plantões centrais das Cajazeiras, Cohatrac, Itaqui-Bacanga (Anjo da Guarda), Cidade Operária e Maiobão estarão em funcionamento no período. Além das ações desenvolvidas pela Polícia Militar.

A população pode colaborar com o trabalho da polícia pelo telefone 190, por meio do número no WhatsApp (98) 99163-4899 e pelo aplicativo ByZu 2.0, compatível com todos os sistemas operacionais. Os canais estão disponíveis 24 horas, todos os dias da semana.

O delegado titular da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), Carlos Alessandro Rodrigues, destacou o planejamento conjunto. “É uma ação de continuidade, do que a Segurança promoveu durante o período natalino, apesar do Réveillon não termos a programação habitual, por conta da pandemia. Prosseguiremos o trabalho realizado nos anos anteriores, em que a segurança foi um marco das festividades deste período”, pontuou.

Ação militar

A segurança terá reforço na Grande Ilha, com o trabalho da Polícia Militar em locais onde haverá eventos e concentração de pessoas – praias, proximidades dos shoppings e bairros onde terá a queima de fogos – além do efetivo ordinário nas demais áreas. Entre as atividades estão o policiamento nos bairros, barreiras policiais, abordagens a pessoas e veículos e cobertura das vias de maior fluxo.

Na orla marítima, em apoio às ações do Batalhão de Bombeiros Marítimos (BBMar), a PM também fará patrulhamento a pé, a cavalo e motorizado com motocicletas e viaturas. O trabalho terá apoio do Centro Tático Aéreo (CTA). Entre as unidades incluídas no plano estão: o Batalhão de Choque da Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBBMA) para ações de salvamento e atendimentos a ocorrências.

O esquema também contará com apoio no deslocamento de passageiros nos terminais da Ponta da Espera e na Rodoviária de São Luís – quando aumenta a movimentação de chegada e saída da capital. Cidades e polos turísticos também serão cobertos pela operação da Segurança.

“O objetivo desse planejamento operacional é garantir à população a segurança para as festividades do final do ano e evitar ocorrências como furtos e roubos”, frisou o comandante do Policiamento Metropolitano (CPM), coronel Aritanã Lisboa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.