Partido nanico pretende faturar R$ 2 milhões e mais cargos no Maranhão

Blog do Luis Cardoso

RUm partido pequeno no Maranhão já calculou que deve faturar ao menos R$ 2 milhões até a homologação de candidaturas até a convenção de maio do próximo ano, sem contar com a ajuda financeira de outros pré-candidatos menos robustos.

Os R$ 2 milhões seriam parte do bolso de dois deputados com mandatos e outra mais significativa em emendas parlamentares entre os meses de novembro de 2013 até maio de 2014.

Os recursos, conforme alegam os dirigentes dos nanicos, seriam para cobrir despesas de campanha eleitoral no próximo.

Na verdade, boa parte do dinheiro ficará mesmo nos bolsos dos que mandam na siglas de aluguel. Além disso, houve negociações de cargos agora e a permanência dos indicados (parentes dos dirigentes) se a dupla parlamentar lograr êxito na reeleição.

Na verdade, as negociações por cargos na assessoria de deputado na Assembleia Legislativa resultam nas nomeações de familiares ou até mesmo dos dirigentes do nanicos. Basta consultar a folha das assessorias de parlamentar abrigado em legendas pequenas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.