Estudantes da rede estadual iniciam ano letivo em todo o Maranhão

(Escolas seguirão protocolo de biossegurança (Foto: Handson Chagas))

Estudantes de escolas públicas estaduais, em tempo parcial, voltaram nesta segunda-feira (14) às salas de aula para o ano letivo de 2022. Ao todo, mais de 800 unidades de ensino em todo o estado iniciaram as atividades de forma presencial, obedecendo todos protocolos de biossegurança e socioemocional em virtude da Covid-19, definidos pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

“Voltamos com toda segurança e cuidados possíveis para que a comunidade escolar possa vivenciar o processo de ensino e da aprendizagem, que é o papel primordial da educação. Nesse momento, é muito importante garantir as aulas presenciais, principalmente pelo avanço da vacina, que está alcançando até as crianças e permite que a gente assegure o respeito à saúde, com a manutenção do direito à Educação”, ressaltou Danilo Moreira, subsecretário da Seduc.

“Estou muito feliz com o retorno das aulas presenciais. O Governo do Estado está de parabéns por essas reformas realizadas nas escolas e essa atitude de retorno das aulas”, revelou Werbert Pires Sousa, pai da Yngrid Lorrane, 17 anos, que cursará a o 3° ano do Ensino Médio no Centro de Ensino Joaquim Gomes de Souza, na Cohab.

Como parte do protocolo de volta às aulas presenciais, a Secretaria de Educação (Seduc) organizou, como atividade inicial para o retorno, o acolhimento da comunidade escolar. Dessa forma, nessa segunda (14), retornaram os alunos do 3° ano do Ensino Médio; nesta terça-feira (15), o 2° ano do Ensino Médio; e na quarta-feira (16), o 1° ano do Ensino Médio.

Expectativa

No primeiro dia de retorno às aulas, a comunidade escolar da rede estadual falou de expectativas e superação após os desafios impostos pela pandemia e as aulas remotas. “Minha expectativa para esse ano é que a gente consiga superar esses anos que passaram, que só tivemos aula online. Espero que tudo isso passe; na verdade já está passando, e a volta às aulas é uma prova disso”, apontou Isac Bogea Carneiro, do 3° ano do Centro de Ensino Governador Archer, no bairro do Filipinho, em São Luís.

“Nós esperamos que tenhamos alunos protagonistas. E nesse ano, com o novo ensino médio, vamos trabalhar com eletivas, tutorias, várias oportunidades que teremos para trabalhar com nossos alunos. A gente espera que o aluno se dedique e aprenda muito”, expressou o professor Charles Simões, da área de Linguagem, no Centro de Ensino Joaquim Gomes de Souza, no bairro Cohab.

“A gente espera em Deus que tenhamos saúde para enfrentar esse ano de 2022, porque coragem e vontade de trabalhar nós temos, mas vai dar tudo certo”, concluiu Ivanete Cutrim, gestora do C.E. Governador Archer e que trabalha na escola há 22 anos.

Conforme o Censo Escolar 2021, há 286.250 estudantes no Ensino Médio da rede estadual de ensino em tempo parcial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.