Jânio de Freitas alerta: Bolsonaro não desistiu de um golpe de Estado em 2022

Ato pelo Fora Bolsonaro e o colunista Jânio de Freitas (Foto: Stefano Figalo/Brasil de Fato RJ | Reprodução)

Brasil 247 – O jornalista Jânio de Freitas alerta: Jair Bolsonaro ainda não desistiu de perpetrar um golpe de estado no Brasil. “O aumento salarial restrito à Polícia Federal e demais servidores civis armados, como os policiais rodoviários, relaciona-se à eleição de 2022, claro. Mas não com fim eleitoral. É o que sobressai nesse privilégio prometido por Bolsonaro, e já antecipado aos militares, quando todo o restante do serviço público federal está há cinco anos sem reposição alguma das perdas salariais. Comprar a aliança dos armados faz um retorno aos agrados preparatórios do golpe frustrado. Logo, retorno também aos preparativos contra o esmagador resultado eleitoral antevisto nas atuais pesquisas”, escreve, em sua coluna deste domingo.

“É a estratégia formulada por Steve Bannon. Provocar, irritar, manter inquietação. Acusar o sistema eleitoral, atrair os bandos arruaceiros e erguer a situação para o golpe. O programa que Trump praticou, fracassado na etapa final porque a invasão do Congresso não teve o desdobramento esperado”, prossegue. “Se a solução de Bannon é o golpe, segue o plano: nos Estados Unidos, o movimento golpista de Trump já provoca até advertência de generais para o risco de golpe contra a eleição de 2024; aqui, Bolsonaro retoma seu ideal. Convulsão, não eleição.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.