Contagem regressiva

Bafafá entre Denys de Miranda e Júlio César não permitiu que o vereador Alex do Giquiri terminasse seu discurso

O clima entre os vereadores Denys de Miranda e Júlio César esteve hoje (9) quentíssimo, aonde, por pouco, os dois não chegaram às vias de fato.

Tudo começou após Júlio César encerrar o seu aparte ao discurso de Alex do Giquiri, vereador e presidente da Câmara de Vereadores de Araioses, que antes já tinha sido aparteado pelo vereador Denys de Miranda.

Tanto na hora em que discursou como na hora em que aparteou o presidente da Câmara, Denys de Miranda foi muito crítico aos vereadores que segundo ele estão do lado do prefeito.

O tom foi muito pesado, no que César se achou no direito de pedir aparte a Alex do Giquiri, onde de forma serena fez suas justificativas, porém deforma sutil também deu suas alfinetadas.

Terminado seu aparte – por diversas vezes interrompido por Denys de Miranda – por esse foi chamado de corrupto.

O clima esquentou e o vereador Zé Carlos temendo pelo pior encerrou a sessão.

Na Tribuna, Alex do Giquiri assistia a tudo e saiu de lá sem terminar seu discurso.

Lamentável, muitíssimo lamentável o que naquela casa ocorreu hoje.

Teve quem justificasse o clima pesado entre os vereadores – que antes se entendiam – a proximidade da eleição do ano que vem.

Seria a contagem regressiva que está mexendo com os nervos de nossos edis.

Quanto ao bafafá, tá tudo gravado e houve quem falou em cassação por falta de decoro parlamentar.

Não creio que proceda…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *