Prefeitura de Araioses e CEMAR celebram acordo para pagamento de dívida deixada pelas ex-prefeitas Luciana Trinta e Valéria do Manin

Defensores desses dois seguimentos políticos em Araioses atacam de forma contundente a atual administração – que mal começou – mas calam a boca, fecham os olhos e estão surdos no que diz respeito ao que fez seus líderes.

Dr. Cristino, representantes da CEMAR e da assessoria jurídica do município depois da audiência no Fórum de Araioses

A Prefeitura de Araioses e Companhia Energética do Maranhão – CEMAR celebraram em audiência realizada no Fórum da Cidade na manhã de hoje (20), perante a Justiça de Araioses, um acordo de pagamento de uma dívida no valor de R$ 2.525.598,92 (dois milhões, quinhentos e vinte e cinco mil, quinhentos e noventa e oito reais e noventa e dois centavos) que a prefeitura araiosense tem com a fornecedora de energia elétrica.

A divida – parte da herança maldita que o prefeito Cristino Gonçalves de Araújo recebeu ao assumir a prefeitura – foi deixada pelas ex-prefeitas Luciana Trinta e Valéria do Manin.

No acordo celebrado hoje, a prefeitura de Araioses se compromete a pagar o débito de R$ 2.525.598,92 (dois milhões, quinhentos e vinte e cinco mil, quinhentos e noventa e oito reais e noventa e dois centavos) com uma entrada no valor de R$ 171.116,30 (cento e setenta e um mil, cento e dezesseis reais e trinta centavos) por meio das faturas vencidas em 21 de dezembro de 2016 no valor de R$ 49.411,64 (quarenta e nove mil, quatrocentos e onze reais e sessenta e quatro centavos) outra vencida em 23 de novembro de 2016 no valor de R$ 58.192,14 (cinquenta e oito mil, cento e noventa e dois reais e quatorze centavos) e mais outra vencida em 24 de outubro de 2016 no valor de 63.512,52 (sessenta e três mil, quinhentos e doze reais e cinquenta e dois centavos), já emitidas, a serem pagas sem qualquer acréscimo de juros, ou multa respectivamente em 10 de março, 10 de abril e 10 de junho do ano em curso.

O saldo restante foi dividido em 96 parcelas no valor de R$ 38.267,02 (trinta e oito mil, duzentos e sessenta e sete reais e dois centavos) cada, que serão pagas a partir de junho deste ano.

O entendimento de pagamento dessa enorme dívida, que teve início na gestão da ex-prefeita Luciana Trinta (2009/12) e se agravou no governo de Valéria do Manin (2013/16) a ponto da CEMAR interromper o fornecimento de energia em definitivo para o prédio da prefeitura – após a constatação de gatos – faz parte de uma série de ações que estão sendo postas em prática por parte do Dr. Cristino, que trabalha para limpar o nome da prefeitura araiosenses, que foi deixada em condições de inadimplências com vários órgãos federais e estaduais, sem contar as dívidas com empresas privados, prestadores de serviço e trabalhistas.

Na audiência de conciliação presidida por Dr. Marcelo Fontenele Vieira – Juiz da 1ª Vara de Araioses estava o prefeito de Araioses Dr. Cristino Gonçalves de Araújo, o procurador do município Dr. Lourival Gonçalves de Araújo Filho; Marcone Ulisses Cardoso representado a CEMAR, acompanhado dos advogados Dr. Gustavo Menezes Rocha e Dr. Fernando Menezes Rocha.

Em pouco mais de um mês no poder, a assessoria jurídica do município já entrou com mais de três dezenas de ações de defesa dos interesses da prefeitura de Araioses junto aos órgãos judiciais, dando quase que uma ação por dia.

Alguém – e com razão – há de perguntar se a prefeitura de Araioses vai pagar os débitos deixados por que era responsável por eles e não pagou, se isso vai ficar assim mesmo.

Provavelmente que não, pois o atual governo vai pagar e negociar os débitos que encontrou, mas também vai acionar a justiça para que aquilo que foi tirado da prefeitura, que não deixa de ser do povo, terá de ser devolvido.

Abaixo o acordo celebrado:

2 pensou em “Prefeitura de Araioses e CEMAR celebram acordo para pagamento de dívida deixada pelas ex-prefeitas Luciana Trinta e Valéria do Manin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.