Inadimplente com o Estado, Prefeitura de Araioses talvez não faça o Carnaval neste ano

Carnaval de Araioses (arquivo) Foto: Daby Santos

O prefeito de Araioses Cristino Gonçalves de Araújo, mal chegou de São Luís onde participou da reunião onde o governador Flavio Dino anunciou aporte de R$ 12 milhões para cofinanciamento do Sistema Único de Assistência Social (Suas) com municípios, já está de volta a capital maranhense para o encontro, onde Governo se reunirá com prefeitos e secretários municipais de educação, amanhã sexta-feira e poderá esticar a viagem até Brasília, se houver necessidade de resolver pendências da prefeitura araiosenses junto aos órgãos federais.

Hoje (26), pela manhã, antes de seu retorno a São Luís, tive um encontro com o Dr. Cristino, ocasião em que me narrou a situação de inadimplência da Prefeitura de Araioses, junto a órgãos estaduais e federais. Chegou a dizer que poderá não haver carnaval se não conseguir uma liminar abrangendo os setores do Estado envolvendo as secretarias de saúde, educação, finanças, DETRAN e TCE.

Se houver necessidade de ir a Brasília, lá tratará dos tributos Federais da Dívida Ativa da União.

A saúde financeira de Araioses preocupa. O governo não encontrou nada que pudesse dá continuidade à administração pública. Além da falta de cadastro em tudo o que encontrou foi muita dívida para pagar.

O Carnaval de Araioses já é uma tradição e uma referência na região. A sua não realização em nada implicaria na vida da maioria dos araiosenses que nesses períodos do ano não tem por hábito mudar suas rotinas, porém irá frustrar milhares de jovens que não tem condições de brincar a folia em outras cidades e que já se acostumaram a contar com boas bandas animando a folia araiosense como tem ocorrido.

Em recente encontro com Flávio Dino, essa situação foi colocada e o governador disse que ajudaria a prefeitura a realizar seu carnaval, desde que o pedido oficial chegasse na nata certa.

E foi aí que Dr. Cristino descobriu que a prefeitura araiosense não pode fazer nenhuma parceria nesse sentido com o Governo do Estado, por está inadimplente.

Todo o esforço possível será feito para que seja garantido o carnaval araiosense, pois casso isso não ocorra Manin Leal o mentor de toda essa situação, de camarote estará comemorando das dificuldades que ele criou e prejuízos políticos aos outros causará.

Edvaldo Holanda Júnior – atual prefeito de São Luís – já enfrentou situação semelhante quando em 2013, assumiu pela primeira vez a prefeitura ludovicense das mãos de João Castelo, falecido recentemente.

A penúria era tamanha que naquele ano a prefeitura de São Luís, não patrocinou o carnaval.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *