Governador recebe jovens do ‘Cidadão do Mundo’ que estudarão nos EUA e Canadá

cidadao-do-mundo1

O governador Flávio Dino destacou que o ‘Cidadão do Mundo’ é um programa que visa preparar os jovens para a vida profissional e acadêmica – Foto: Gilson Teixeira

Sessenta e dois jovens egressos do ensino médio da rede pública de ensino ou de instituições de ensino vinculadas a entidades paraestatais ou a fundação sem fins lucrativos participaram da solenidade de pré-embarque e certificação do programa ‘Cidadão do Mundo’, nesta quinta-feira (25), no Palácio dos Leões. O governador Flávio Dino conversou com os selecionados para a segunda etapa da pioneira iniciativa, ressaltou a importância social do projeto, tranquilizou e parabenizou os familiares presentes ao evento.

Em sua segunda edição, o programa ‘Cidadão do Mundo oportuniza intercâmbio para 62 jovens, dois quais 12 irão para Boston, nos Estados Unidos, e 50 para as cidades de Toronto e Vancouver, no Canadá, onde vão receber capacitação para alcançar domínio funcional de inglês e francês. A primeira turma a participar do projeto pioneiro contou com uma turma de 23 jovens, que se dividiram entre as cidades de Buenos Aires, na Argentina, e Montpellier, na França, e ampliaram o conhecimento cultural durante três meses de intercâmbio.

O governador Flávio Dino destacou que o ‘Cidadão do Mundo’ é um programa valioso por várias razões, entre elas oportunizar novos horizontes e imersão em outra cultura; preparar para a vida profissional e acadêmica; e estimular a participação de outros jovens a viverem essas experiências. “Nós temos que apostar nas coisas que dão certo. Porque nós não temos tempo, oportunidade e nem quantidade de recursos disponível para errar. Por isso que eu faço absoluta questão de estar presente para reafirmar a nossa crença de que esse é um programa muito importante que nós lançamos”, destacou.

cidadao-do-mundo3

Os jovens vão receber capacitação para alcançar domínio funcional de inglês e francês – Foto: Gilson Teixeira

Para o governador, essa é uma das iniciativas do Governo que oportuniza uma sociedade mais igualitária porque não existe nada mais corrupto do que a negação de oportunidades para a maioria. “Vocês são importantes para que no retorno possam ajudar para que nós tenhamos uma sociedade mais justa e melhor. Vocês terão uma capacidade e uma habilidade a mais que pouquíssimos terão. É por isso que nós acreditamos e investimos nesse programa. E assim como foi exitoso no primeiro ciclo, tenho certeza que será exitoso esse segundo ciclo também”, reiterou.

A solenidade de pré-embarque e certificação contou com a participação do cônsul-geral do Canadá em São Paulo, Stéphane Larue, que parabenizou e agradeceu ao Governo do Maranhão pela confiança em mandar a juventude do estado para o país. “É importante não somente para os maranhenses, mas também para os canadenses para aprender sobre o Maranhão. Esse é um investimento em longo prazo. Esses jovens que vão para o Canadá vão voltar para o Maranhão e ajudar a aprofundar nossa relação”, ressaltou o cônsul.

O embarque será realizado no próximo sábado, dia 27 e, para o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Jhonatan Almada, será o primeiro passo em uma grande mudança que os participantes poderão vivenciar e promover.

“Ontem eu recebi as fotos do colega de vocês que foi para a Argentina e ele está nessa semana fazendo um curso de espanhol básico no município de Nova Iorque do Maranhão. Isso aí é uma demonstração muito clara de que nós estamos investindo no rumo correto. Caminho que é o mais importante e mais relevante para contribuir com o processo de inserção social. Esse aluno já está exercendo um papel de mudança social”, declarou o secretário aos estudantes beneficiados.

O aluno Izau Alencar, de 23 anos e natural de Caxias, relatou que estava emocionado com essa oportunidade e disse ter a responsabilidade de aproveitar ao máximo. Ele realçou que jamais imaginou que seria selecionado para um programa como o ‘Cidadão do Mundo’, pois iniciativas como essa nunca existiram no Maranhão. Formado em Letras na UEMA, ele disse que esse intercâmbio será importante porque “faz parte da minha formação a língua inglesa. Então pretendo voltar um profissional melhor e minhas expetativas são as melhores possíveis em relação a isso”.

cidadao-do-mundo2

O governador Flávio Dino destacou que o ‘Cidadão do Mundo’ é um programa que visa preparar os jovens para a vida profissional e acadêmica. Foto: Gilson Teixeira/Secap

Por Rafael Arrais 

Fonte: Secap      

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *