TJ decide que greve dos PMs e bombeiros é ilegal

POR OSWALDO VIVIANI

Jornal Pequeno

Por decisão do desembargador José Stélio Nunes Muniz, proferida na manhã desta quinta-feira (24), a greve dos policiais militares e bombeiros do Maranhão foi considerada ilegal. Foi determinada, ainda, multa no valor de R$ 200, para cada manifestante, por dia sem trabalhar.

A greve dos PMs e bombeiros começou na noite de ontem (23), após assembleia geral da categoria. Depois da assembléia, os grevistas se dirigiram até a Assembleia Legislativa do estado, onde permanecem acampados.

Os grevistas reivindicam melhores condições de trabalho, reestruturação do plano de carreiras e um reajuste de cerca de 30%. O movimento é por tempo indeterminado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *