Pedida prisão de avô suspeito de estuprar a neta de oito anos

A pedido do Ministério Público do Maranhão, a Justiça decretou, no dia 9 de novembro, a prisão temporária de Almir Serges, pelo prazo de 30 dias Ele é pai de um advogado famoso da região.

O indiciado é suspeito de ter estuprado uma menina de 8 anos, no município de Santa Helena (a 378km de São Luís). O suposto autor do crime é avô da vítima e reside na mesma casa.

O mandado de prisão foi expedido pelo juiz Antônio Agenor Gomes, acolhendo pedido do promotor de Justiça Emmanuel José Guterres Netto Soares, da Comarca de Santa Helena.

No exame de corpo delito da criança foram constatados diversos ferimentos na região sexual. Durante a averiguação, por meio de desenho, a vítima representou o seu avô e assinalou um “x”, apontando-o como autor da violência sexual, dentre os seus outros parentes.

Na decisão, o juiz ressaltou que o crime de estupro de incapaz é classificado como hediondo e enfatizou que a prisão temporária tem o objetivo de possibilitar uma melhor elucidação do delito durante o processo policial.

Com infoamções da Ascom do MP-MA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.