‘Não há a mínima hipótese da refinaria não ser executada’, diz diretor da Petrobras


Paulo Costa disse que chuvas atrasaram obras da refinaria

Por Zeca Soares, da Mirante AM:

O diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, descartou a possibilidade da não execução da obra da Refinaria Premium no Maranhão. Em entrevista ao programa Ponto Final, na Rádio Mirante AM, o diretor da Petrobras afirmou que houve um atraso no cronograma de execução do processo de terraplanagem devido ao período chuvoso e garantiu que, esta primeira etapa, será finalizada até março do ano que vem.
– Eu queria dizer que não há a mínima hipótese, a mínima possibilidade da refinaria não ser executada. Nós já estamos em execução da refinaria. A refinaria, hoje, está com o processo de terraplanagemem andamento. Nós tivemos uma paralisação normal neste período chuvoso, mas, desde 1º de julho, já estamos com a operação normal. Eu queria tranquilizar todo o Estado do Maranhão, toda a população do Maranhão que não há a mínima hipótese da refinaria não ser executada. O que está acontecendo e o que foi colocado pelo presidente Gabrielli é que, comeste problema de clima que temos, e isso é normal, nós não temos como atuar. Nós temos alguns atrasos em relação à parte de terraplanagem por total impossibilidade de tocar a terraplanagem no período chuvoso. Então, isso leva um pouco de atraso em relação ao projeto inicial. Também estamos fazendo uma melhora substancial no projeto de engenharia que eu acabei de mencionar que ficará pronto em março de 2012 – explicou.
Paulo Roberto Costa afirmou que serão investidos recursos da ordem de U$ 7 bilhões na Refinaria Premium no Maranhão e que os recursos previstos estão garantidos dentro do plano da Petrobras.
– Não vamos ter nenhum problema de recursos financeiros, não vamos ter nenhum problema de não execução da obra, mas, com estes pontos em relação ao período chuvoso, em relação à melhoria do projeto, nós devemos ter uma postergação da data de entrada da refinaria, mas os recursos previstos para este período foram mantidos no plano da Petrobras. Para você ter uma ideia, no período entre 2011 e 2015, nós devemos ter investimentos, nesta refinaria, de algo como U$ 7 bilhões. Então, não teremos nenhum problema de recursos financeiros – afirmou.
Segundo o diretor de Abastecimentoda Petrobras, a Refinaria Premium é estratégica para o país e, por isso, será feita de qualquer maneira.
– Não teremos nenhum problema de não execução da refinaria porque aPetrobras e o Brasil precisam da refinaria do Maranhão. A refinaria do Maranhão é estratégica para a Petrobras. Ela vai ser feita. Podemos ter alguns atrasos em relação à parte climática que acontece em qualquer obra e não é diferente em relação ao Maranhão, alguns atrasos em relação ao projeto, mas o importante é que os recursos estão previstos no plano de negócios e a refinaria será feita de qualquer maneira. A refinaria no Maranhão é irreversível – garantiu.
Paulo Roberto Costa, também, destacou o empenho do ministro das Minas e Energia, Edison Lobão, para execução da Refinaria da Petrobras no Maranhão.
– O Maranhão tem um defensor aí, extremamente importante no cenário nacional dessa refinaria que é o ministro Edison Lobão. O ministro tem dado todo apoio de modo que a Petrobras cumpra, rigorosamente, essa previsão dentro das dificuldades que existem dentrode qualquer obra – afirmou.
Além do Maranhão, a Petrobras está executando obras em outras três refinarias; Pernambuco, Rio de Janeiro e no Ceará, onde, ainda, aguarda a liberação do terreno.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.