Lula diz que Bolsonaro fica “inventando mentiras contra as urnas” porque não quer que o povo vote

Em Garanhuns, cidade onde nasceu, em Pernambuco, ex-presidente faz alerta à população: “não aceitem fake news, cuidado com as mensagens no zap”

Lula visita réplica da casa onde cresceu e viveu, em Caetés (PE). Casa de Dona Lindú (Foto: Ricardo Stuckert)

Brasil 247 – O ex-presidente Lula comentou nesta quarta-feira (20) o discurso mentiroso feito por Jair Bolsonaro a embaixadores em um evento oficial no Palácio do Alvorada há dois dias, quando colocou o processo eleitoral e as urnas eletrônicas em desconfiança, apesar de já ter sido desmentido diversas vezes. A reunião já foi alvo de diferentes ações judiciais e manifestações de instituições diversas do País.

“Ele já sabe que vai perder as eleições e está inventando mentiras contra as urnas”, discursou Lula durante ato em Garanhuns, interior de Pernambuco, sua cidade natal. “Está dizendo que as urnas eletrônicas não pode… ele foi eleito todas as vezes pela urna eletrônica”, acrescentou, com tom de indignação. “Então vocês têm que saber: ele está querendo criar caso, está desconfiando da urna, mas no fundo no fundo o que ele não quer é que o povo trabalhador desse país vote. O que ele não quer é que vocês votem”.

Líder nas pesquisas de intenção de voto, o pré-candidato a presidente fez em seguida um alerta aos presentes para notícias mentirosas: “não aceitem fake news, cuidado com as mensagens que vocês recebem no seu zap. Porque se teve uma vez que a urna permitiu que o roubo prevalecesse foi em 2018, quando ele ganhou por conta das fake news nesse país”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.