Dino comenta assassinato de petista em Foz do Iguaçu

Por Gilberto Léda

Do ex-governador do Maranhão Flávio Dino (PSB) após o assassinato do tesoureiro do PT de Foz do Iguaçu (PR), Marcelo Aloizio de Arruda, por um simpatizante do presidente Jair Bolsonaro:

“A Justiça Eleitoral, o Ministério Público e as polícias estão diante de um gigantesco desafio: ajudar a garantir que a violência política, espraiada pelo bolsonarismo armamentista, não destrua a democracia brasileira. A essa gente que diz votar naquele sujeito em nome da LIBERDADE, indago: Um cidadão não tem a liberdade de comemorar o seu aniversário, em ambiente privado, com o bolo e a decoração que desejar? Com a óbvia resposta, fica evidente quem, de verdade, defende a LIBERDADE no Brasil”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.