Autor de explosão em evento de Lula na Cinelândia, no Rio, pode pegar até seis anos de prisão

André Stefano Dimitriu Alves de Brito (Foto: Divulgação | Ricardo Stuckert)

Brasil 247 – A Polícia Militar do Rio de Janeiro prendeu já na noite de quinta-feira (7) o autor da explosão no evento na Cinelândia, no Rio de Janeiro, que recebeu o ex-presidente Lula (PT) e seus aliados políticos.

O homem, identificado como André Stefano Dimitriu Alves de Brito, 55, segundo o Jornal Opção, lançou contra o público, de fora para dentro, uma bomba caseira que espalhava um odor fétido. A assessoria de Lula informou que eram dois fogos de artifícios.

Ele foi autuado por crime de explosão. André Stefano não tem anotações criminais por outros episódios e nem mandados de prisão em aberto.

Ele pode pegar pena de três a seis anos de prisão, além de multa, conforme prevê o Artigo 251 do Código Penal, que trata de “expor a perigo a vida, a integridade física ou o patrimônio de outrem, mediante explosão, arremesso ou simples colocação de engenho de dinamite ou de substância de efeitos análogos”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.