Anitablian: há uma nova guerra híbrida e a Amazônia está em risco

Rogério Anitablian e Amazônia                                                                                               (Foto: Reprodução/Facebook | REUTERS/Amanda Perobelli)

Brasil 247 – O analista geopolítico e comunicador Rogério Anitablian afirmou, em entrevista ao jornalista Leonardo Attuch, editor da TV 247, que o Brasil está sendo alvo, neste momento, de uma nova etapa da guerra híbrida, assim como ocorreu em junho de 2013, e que tem como objetivo a internacionalização da Amazônia. “Esta nova guerra híbrida traz uma agenda anti-petróleo e tem como alvo também a Amazônia. Há muito petróleo e muitos minérios na Amazônia”, diz ele. “Quem fez melhor do que o Brasil na preservação de suas florestas? Alemanha, França, Noruega, Estados Unidos?”, questiona.

Anitablian disse ainda que a internacionalização na Amazônia seria feita com base na doutrina da intervenção humanitária. “Não há nada parecido com a Amazônia em relação aos seus potenciais econômicos”, aponta. Na entrevista, ele também explica por que defende a exploração de forma sustentável dos recursos da Amazônia e a CPI das ONGs. “Quem não deve não teme”.

Em relação ao quadro internacional, ele afirmou que os Estados Unidos estão no terceiro período de Guerra Fria. “O objetivo da OTAN é controlar a Rússia e deter o avanço chinês. Mas a entrada da Argentina nos BRICS será positiva para o Brasil, assim como a do Irã”, diz ele, que afirma não temer um eventual imperialismo chinês. “A China não busca alterar regimes de outros países”, afirma.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.