Porto do Itaqui é o grande vencedor do Prêmio Portos + Brasil

O diretor de Administração e Finanças da EMAP, Artur Costa (ao centro) no recebimento do grande prêmio da cerimônia – Foto: Divulgação

O Porto do Itaqui é o porto brasileiro nota 10, de acordo com o Ranking do Índice da Gestão das Autoridades Portuárias – IGAP, principal categoria do Prêmio Portos + Brasil 2022, do Ministério de Infraestrutura. O Itaqui também foi premiado em Execução de Investimentos Planejados, Variação do lucro operacional Ebitda e Crescimento da Movimentação de Cargas dos Portos Públicos, em um total de quatro das cinco categorias dedicadas aos portos públicos.

O diretor de Administração e Finanças da Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP), Artur Thiago Costa, esteve em Brasília para a cerimônia de premiação, que contou com a presença do secretário nacional de portos, Mário Povia, do secretário executivo do Ministério da Infraestrutura, Bruno Eustáquio e do diretor geral da Antaq, Eduardo Nery, dentre outras autoridades.

“Esse resultado é o reconhecimento do trabalho de um grande time que abrange a equipe da EMAP e todos os que atuam na comunidade portuária do Itaqui, trabalhadores portuários, operadores, arrendatários, agentes marítimos, praticagem e representantes dos órgãos anuentes”, afirmou. “Um trabalho que vem se consolidando em oito anos ininterruptos, tendo iniciado em 2015 com o governador Flávio Dino e que se consolida sob a gestão do governador Carlos Brandão, sempre focada em melhorar continuamente, com responsabilidade social e ambiental para contribuir com o desenvolvimento do Maranhão e de toda a região influenciada pela atividade portuária”, completa.

Performance vitoriosa

No Ranking do Índice da Gestão das Autoridades Portuárias (IGAP), indicador que avalia o nível de eficiência operacional, de eficiência administrativa, de manutenção de acessos aquaviários, de execução orçamentária de investimento, dentre outros, o Itaqui ficou no topo, com nota 10, ao lado dos Portos do Paraná. “Essa premiação mostra que é possível ter uma gestão pública de excelência, em parceria com a iniciativa privada”, afirma Ted Lago, presidente da EMAP. “Esperamos que nosso modelo de negócio possa servir de referência não só para o setor portuário, mas para o desenvolvimento de infraestrutura em todo o Brasil”, diz.

Em 2021 a gestão do Porto do Itaqui executou 83,5% do orçamento planejado para o período, o que garantiu o segundo lugar na categoria Execução de Investimentos Planejados e segundo lugar também em Crescimento da Movimentação de Cargas dos Portos Públicos, com mais de 31 milhões de toneladas de cargas movimentadas e alta de 23% em relação ao ano anterior.

Ao todo, foram 24 marcas históricas superadas em 2021, com destaque para a soja, que bateu as 10 milhões de toneladas; os combustíveis, que chegaram às 9,9 milhões de toneladas, e os fertilizantes, com 3,3 milhões de toneladas movimentadas. Só as cargas de granéis líquidos tiveram um aumento de 56%; os granéis sólidos cresceram 12% e a carga geral ficou 8% acima do volume registrado em 2020. E por fim, na categoria Variação do lucro operacional Ebtida, o porto do Itaqui ficou em 3º lugar, com variação de 63,2% de 2020 para 2021.

No ano passado, a EMAP recebeu o Prêmio Portos + Brasil no Ranking do Índice de Gestão das Autoridades Portuárias (IGAP) com a segunda melhor nota do país, ao lado do Porto de Santos.

O ranking nacional do IGAP é avaliado com base no Índice de Gestão das Autoridades Portuárias (IGAP), que é composto por 15 subíndices, levando em consideração o retorno sobre o capital, eficiência operacional, administrativa, manutenção dos acessos aquaviários, atendimento às notificações da ANTAQ, transparência, entre outros aspectos e a gestão do Itaqui foi mais uma vez nacionalmente reconhecida como uma das mais eficientes do país.

No total foram avaliados todos os 36 portos públicos do país, além dos portos privados em suas categorias específicas. As demais categorias do Prêmio são Crescimento da Movimentação Granel Sólido Agrícola; Crescimento da Movimentação Granel Sólido Mineral; Crescimento da Movimentação Granel Líquido; Crescimento da Movimentação Container; e Avanço Igap.

O Prêmio Portos + Brasil tem como principal objetivo avaliar e destacar os melhores portos públicos do Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.