Moscou acusa Ucrânia de encenar mortes em Bucha para incriminar Rússia

O que aconteceu na cidade de Bucha era um “ataque falso” com o objetivo de incriminar Moscou, informou a agência de notícias Tass

(Foto: Reuters/Zohra Bensemra)

Brasil 247– (Reuters) – O ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, disse nesta segunda-feira que a descrição da Ucrânia sobre o que aconteceu na cidade de Bucha era um “ataque falso” com o objetivo de incriminar Moscou, informou a agência de notícias Tass.

As autoridades ucranianas disseram no domingo que estavam investigando possíveis crimes cometidos pelas forças russas depois de encontrarem centenas de corpos espalhados por cidades como Bucha, nos arredores da capital Kiev, após a retirada russa da área.

Lavrov disse que os corpos foram “encenados” e que uma versão falsa dos acontecimentos na Ucrânia tinha sido divulgados nas mídias sociais por países ocidentais e pela Ucrânia.

O alto diplomata russo também pediu ao Reino Unido, que detém a presidência do Conselho de Segurança da ONU em abril, que cumpra suas responsabilidades nesse papel, depois de rejeitar um pedido russo para convocar uma reunião sobre Bucha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.