Reforma do ancoradouro de Carnaubeiras passa de dois meses e ainda não foi concluída

Ancoradouro sem os estágios de embarque

Passa de dois meses que desmontaram o ancoradouro de Carnaubeiras para reparos. Esse tempo – que é demais – tem causado muitos transtornos a quem embarca e desembarca naquele porto.

Informação não confirmada ainda diz que falta só pitar os estágios, mas que as constantes chuvas têm impedido esse serviço.

A manutenção é necessária para a boa conservação do bem público, porém tirar todos os estágios e não deixar nenhuma opção de embarque não parece ter sido a medida certa, pelo menos para quem usa daqueles serviços.

Há outros ancoradouros em portos de povoados araiosenses, mas em nenhum deles todas as peças foram retiradas para reforma, como ocorreu em Carnaubeiras.

Os embarques e desembarques estão sendo feitos na antiga rampa, apenas nas marés cheias

O no povoado Morro do Meio, por exemplo, o ancoradouro que não serve a população e sim a um dono de pousada do local, nunca ficou um só dia sem funcionar.

Na hora que a MA-312 for entregue – Carnaubeiras que está no coração do Delta do Parnaíba – passará a ser o melhor local para quem quiser investir na exploração turística da região o que pode diminuir – um pouquinho só – o total domínio dos empresários do setor que atuam na cidade piauiense.

Com isso não estou dizendo que já está havendo um boicote a Carnaubeiras, mas se for o caso, não seria nenhuma novidade.

Espero que a nova estrutura do ancoradouro não seja de açúcar, pois assim as chuvas não atrapalharão futura reforma.

As manutenções desses portos são de competência do DNIT – AHINOR – Administração das Hidrovias no Nordeste

O ancoradouro em foto de arquivo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.