Ucrânia oferece R$ 240 mil para russos desertarem

Por Fernando Brito, editor do TIJOLAÇO

O Ministro da Defesa da Ucrânia, o advogado Alexei Reznikov, está oferecendo 5 milhões de rublos – R$ 240 mil, na cotação de hoje – para que soldados russos desertem, entregando as armas e recebendo anistia completa, supostamente para viver no território ucraniano.

Em sua página no Facebook, ele “explica” a compra de lealdade:

“Para a Ucrânia, a vida humana é o valor mais alto. Para salvar a vida dos ucranianos, o Ministério da Defesa da Ucrânia apoiou a iniciativa da comunidade internacional de TI. É muito simples.
Oferecemos aos soldados russos uma escolha: morrer em uma guerra injusta ou uma anistia completa e 5 milhões de rublos em compensação. Se eles deporem as armas e se renderem voluntariamente.
Os fundos para apoiar esta campanha são levantados por líderes da indústria global de TI [tecnologia de informação].

A postagem é acompanhada de uma proclamação às tropas russas, acompanhada de cartazetes prometendo os tais 5 000 000 рублей, rublos, em russo.

Nela, orienta como proceder: “Saia desarmado com uma bandeira branca. Diga a palavra de código – “milhões”. Viva. Abrace sua família”.

Segundo a apresentadora de TV ucraniana Masha Efrosinina, celebridade de internet, o dinheiro será pago à vista ou em criptomoedas, anônimas. “Assim que os soldados com equipamento militar se rendem”, diz ela.

Este ministro, acostumado a acordos financeiros em tribunais, parece achar que basta pegar uma grana de empresários para distribuir e com isso fazer um exército desertar. Imagine o quanto se ganha para colocar uns mísseis na fronteira…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.