“Nós não vamos manter o preço dolarizado dos combustíveis”, diz Lula sobre Petrobras

Lula em entrevista a rede de rádios do Paraná (Reprodução/Facebook)

Por Plinio Teodoro/Revista Fórum

Em uma ampla defesa da Petrobras, Lula (PT) afirmou nesta quinta-feira (3) que, se eleito, vai acabar com a chamada Paridade de Preço Internacional (PPI), política adotada pela estatal a partir do governo Michel Temer (MDB) que elevou o preço dos combustíveis.

“Eu vou dizer para o povo desse Brasil inteiro: nós não vamos manter o preço dolarizado [dos combustíveis]“, disse em entrevista a rede de rádios do Paraná.

Líder nas pesquisas de intenção de votos, Lula ressaltou o caráter social da empresa estatal.

“Eu acho que os acionistas de Nova York, os acionistas do Brasil têm o direito de receber dividendos quando a Petrobras der lucro. Mas é importante que a gente saiba que a Petrobras tem que cuidar do povo brasileiro“, disse.

O petista ainda explicou de forma didática como a alta dos preços dos combustíveis e de produtos e serviços controlados pelo governo impacta na mesa dos brasileiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.