Brasil tem maior juro real do mundo após alta da Selic; veja ranking

País ficou à frente de Rússia, Colômbia, Chile e México quando se considera o desconto pela inflação.

Por Taís Laporta

Invest News – Após o aumento da taxa Selic para 10,75% ao ano, o Brasil passou a ocupar a primeira colocação no ranking de maiores juros reais do mundo (considerando a inflação projetada para os próximos 12 meses), segundo levantamento divulgado pela Infinity Asset, em parceria com o MoneyYou, nesta quarta-feira (2).

Com isso, o país ganhou o pódio com um juro real de 6,41% ao ano, ficando acima da Rússia, Colômbia, Chile e México, considerando a inflação projetada de 5,38% em 12 meses, segundo o relatório Focus do Banco Central, e a taxa de juros DI a mercado dos próximos 12 meses no vencimento mais líquido (Jan 23).

Antes da decisão do Copom nesta quarta-feira (2), o Brasil ocupava a segunda colocação na lista de juros reais, atrás apenas da Turquia.

Política monetária pelo mundo

No ranking composto por 40 países, 67,50% mantiveram suas taxas de juros nas mais recentes decisões de política monetária, enquanto 32,50% das nações elevaram as taxas e não houve cortes.

“Ainda que se preservem parte dos programas de alívio quantitativo, o movimento global de políticas de aperto monetário ganhou força, com o aumento expressivo no número de BCs sinalizando preocupação com a inflação, em especial devido aos recentes choques de oferta e perspectiva de alta nas commodities, com diversas altas de juros”, diz o relatório.

Apesar da resistência europeia, os EUA anunciaram o o início da normalização de juros em março e a redução do balance sheet a se iniciar em junho.

Ranking de juros reais

Taxas de juros atuais descontada a inflação projetada para os próximos 12 meses, segundo levantamento da Infinity Asset:

Ranking     País   Ex ante

1       Brasil          6,41%

2       Rússia        4,61%

3       Colômbia   3,02%

4       Chile 2,09%

5       México      1,99%

6       Indonésia  1,09%

7       Hungria     0,52%

8       Turquia      0,37%

9       Malásia      0,22%

10     República Checa 0,02%

11     Índia -0,01%

12     África do Sul       -0,01%

13     China         -0,16%

14     Filipinas     -0,51%

15     Japão         -0,81%

16     Tailândia   -1,06%

17     Suíça -1,09%

18     Hong Kong          -1,15%

19     Coreia do Sul      -1,16%

20     Cingapura  -1,51%

21     Reino Unido       -1,56%

22     Israel -1,60%

23     Nova Zelândia    -1,67%

24     Austrália    -2,04%

25     Dinamarca -2,06%

26     Canadá      -2,07%

27     Portugal    -2,16%

28     Grécia        -2,25%

29     Polônia      -2,52%

30     França       -2,64%

31     Bélgica       -2,97%

32     Suécia        -1,20%

33     Áustria       -3,06%

34     Itália -3,11%

35     Holanda     -3,11%

36     Taiwan       -3,15%

37     Alemanha  -3,39%

38     Espanha     -3,67%

39     Estados Unidos  -4,90%

40     Argentina  -14,47%

Média Geral                 -1,27%

Fonte: Infinity Assert/MoneyYou

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.