Após alta, Bolsonaro segue em férias e dá pontapé inicial em jogo de sertanejos; veja vídeo

Bolsonaro ao lado do cantor Marrone e prefeito em Buriti Alegre, André Chaves (PMDB), em Goiás — Foto: Instagram/Reprodução

Por Julinho Bittencourt/Revista Fórum

Poucas horas após ter alta do hospital, o presidente Jair Bolsonaro (PL) foi assistir a um jogo de futebol com sertanejos na noite desta quarta-feira (5), em Goiás. Na ocasião, ele chegou a dar um chute em uma bola no campo.

O jogo beneficente aconteceu no Clube do Trabalhador, em Buriti Alegre, no sul do estado.  O evento, chamado “Amigos do Marrone contra a fome“, foi organizado pelo cantor Marrone, da dupla com Bruno, e contou com vários famosos.

Bolsonaro chegou a Buriti Alegre de helicóptero, pouco antes das 20h.

Ao lado do cantor Marrone e do prefeito do município, André Chaves (PMDB), Bolsonaro cumprimentou apoiadores. Todos estavam sem máscaras de proteção contra o coronavírus.

Agenda recreativa

Depois de intermináveis férias no melhor estilo ostentação nas praias de Guarujá (SP) e de Florianópolis (SC), interrompidas por internação de dois dias causada por uma obstrução intestinal oriunda de um camarão mal mastigado, que rendeu fotos dramática e ataques conspiracionistas a adversários políticos, o líder extremista mal recebeu alta nesta manhã (5) e já retornou sua infinita agenda recreativa.

A partida, que teria a finalidade de arrecadar alimentos, contou com a presença de artistas e jogadores conhecidos, como o cantores Leonardo, Felipe Araújo e Zé Filipe, o ator Eri Johnson, os ex-boleiros Marcelinho Carioca, Luis Fabiano e Edmundo.

Quem comandaria uma das equipes era o sertanejo bolsonarista Gusttavo Lima, mas ele teve que recusar a tarefa depois que foi diagnosticado com Covid-19 e não pôde participar do encontro.

Ainda que o evento não esteja na agenda oficial do presidente da República, figuras políticas radicais de seu entorno também fora à pequena cidade goiana bajular Bolsonaro, como o deputado federal Major Vitor Hugo (PSL-GO), que é ex-vice líder do governo na Câmara dos Deputados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.