“Vil e repugnante”, diz Flávio Dino, após Bolsonaro recusar ajuda argentina à Bahia

Governador do Maranhão indignou-se com o desprezo de Jair Bolsonaro às vítimas das enchentes

Flávio Dino (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Brasil 247 – O governador do Maranhão, Flávio Dino, do PSB, reagiu com indignação à decisão do governo federal de recusar a ajuda argentina às vítimas das enchentes na Bahia. Ele defendeu ainda que Justiça anule mais uma “decisão imoral”, tomada por Jair Bolsonaro. Confira e saiba mais:

De férias na praia, Jair Bolsonaro mostrou mais uma vez indiferença com o drama da população do sul da Bahia vitimada por enchentes. Seu governo recusou nesta quarta-feira (29) o apoio oferecido pela Argentina às vítimas das fortes chuvas que atingem a Bahia nos últimos dias. A informação é do governo do estado.

Em nota, o governo da Bahia informa: “O país vizinho pretendia enviar imediatamente ao sul da Bahia uma missão com profissionais especializados nas áreas de água, saneamento, logística e apoio psicossocial para vítimas de desastres.”

O governador Rui Costa agradeceu em suas redes sociais a oferta de ajuda humanitária e pediu celeridade ao governo federal para autorizar a missão internacional.

Indiferente a essa tragédia, o governo Bolsonaro apenas agradeceu formalmente em documento oficial a proposta argentina e informou que a situação na Bahia está sendo enfrentada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.