Arnaldo Machado, bom parlamentar e o seu descontrole emocional

O vereador Arnaldo Machado estava ontem muito nervoso

O vereador Arnaldo Machado, assim como outras lideranças políticas de Araioses, sonha em chegar um dia ao comando da prefeitura araiosense.

É um justo direito seu, mas sua conduta – vez ou outra – acaba por contribuir de forma negativa a concretização de tão almejado sonho.

Não que ele não seja um edil atuante, muito pelo contrário, seguramente é o que mais se movimenta na Câmara nesse sentido, porém seus arroubos de instabilidade emocional pode botar tudo a perder.

Na sessão desta terça-feira (7), por exemplo, o ativo vereador teve um dia de infelizes atitudes .

E começou cedo, pois enquanto a vereadora Flávia do Gentil – primeira secretária da Mesa Diretora Câmara – procedia a leitura da ata da sessão anterior e de requerimentos regimentais, ele já manifestava sua insatisfação com o que não lhe agrava dando murros no balcão.

Mais tarde ao discursar da tribuna voltou aos ataques, entre esses, um que expunha ao publico presente – de forma injusta, disse o presidente Luisão mais tarde – e aos das redes sociais (as sessões da CVA são transmitidas ao vivo pelo Facebook) o diretor daquela casa André Santos, responsabilizando-o pela demora no encaminhamento de suas preposições.

Não se analisa aqui o mérito ou não das queixas do nobre edil, porém o controle das suas palavras e de suas ações, certamente só lhe fará bem, se assim ele entender e praticar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.