Jessé Souza: elite brasileira é a elite do saque, e ela está contente com o que Guedes e Bolsonaro estão promovendo

“Esse é o serviço que essa elite quer de um presidente, essa elite tem desprezo pelo povo, essa elite, a classe média branca, odeia o povo, tem vergonha do povo brasileiro”, disse à TV 247 o sociólogo. Assista

Jessé Souza, Jair Bolsonaro e Paulo Guedes (Foto: Brasil247 | Divulgação)

247 – O sociólogo e escritor Jessé Souza, em entrevista à TV 247, classificou a elite brasileira como a “elite do saque”, que colocou Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, a seu serviço para vender as instituições do Brasil que garantem algum tipo de estabilidade ao povo. E é este, segundo o intelectual, o motivo pelo qual esta mesma elite não vocaliza de uma vez por todas o “Fora, Bolsonaro”.

Segundo o autor de ‘A elite do atraso’ e ‘A classe média no espelho’, a elite aprova o trabalho que Bolsonaro e Guedes desempenharam nos dois primeiros anos de mandato. Ele ainda sugeriu que alguém esteja recebendo valores em contas no exterior para compensar a venda barata de empresas brasileiras. “A elite brasileira é uma elite do saque, e ela está contente com o saque que Bolsonaro está promovendo. O grande saqueador de Bolsonaro é Guedes. Guedes está vendendo todas as coisas a preço de banana. Ninguém é imbecil. Se você vende uma coisa com 1% do valor que ela vale, alguém está recebendo isso em paraíso fiscal, obviamente. Ninguém é idiota. Então a roubalheira no Brasil nunca foi tão grande como sob Guedes e Bolsonaro”.

Para Jessé, o povo só conseguirá se libertar de suas amarras quando perceber que a classe média trabalha contra ele. “Esse é o serviço que essa elite quer de um presidente, essa elite tem desprezo pelo povo, essa elite, a classe média branca, odeia o povo, tem vergonha do povo brasileiro. É isso que a gente tem que pôr, o povo brasileiro precisa saber quem é seu inimigo. O povo brasileiro nunca vai ter chance sem que seja explicitado o saque e o ódio que a elite tem desse mesmo povo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *