“Deixa está como está para ver como fica”…

Luciana Trinta – Reprodução

Que tem pedra no caminho entre Luciana Trinta e a Prefeitura de Araioses sim é verdade, porém apenas a liminar que suspendeu o acórdão do TCU, que lhe permitiu ser candidata deve ser levada a sério caso perca o efeito. As demais não vão em frente.

Mas aí cabe o questionamento, pois se isso ocorrer dizem os entendidos do assunto, o futuro dela estaria complicado. E aí, em caso de impedimento dela assumir a prefeitura de Araioses o que vem a seguir?

A essa pergunta várias respostas já tive. Uma seria a de que Valéria do Manin, a segunda colocada assumiria a prefeitura de Araioses; outra é que haveria nova eleição, onde todos que participaram do pleito poderiam concorrer novamente, menos Luciana Trinta; e mais outra a de que como a irregularidade dela não está no processo eleitoral e sim no administrativo assume nesse caso seu vice – o Bernardinho Almeida (BBA).

Sem querer perder tempo analisando essa ou aquela alternativa adianto que nenhuma é interessante para Araioses nesse momento, pois diante do caos que o município enfrenta, não podemos nos dar ao luxo de perder tempo com essas querelas.

Sem entrar no mérito, o que se deve levar em conta é o que o eleitor já decidiu na eleição do dia 15. Se o povo escolheu Luciana Trinta, pois ela é que deve assumir e governar o município, como prometeu em campanha.

Se fizer esse questionamento ao povo de Araioses eu tenho certeza de que Luciana mais uma vez será a preferida.

Como diz um verso da música de Adriana, uma cantora da Jovem Guarda – Deixe estar como está como está para ver como fica, assim também devem proceder os agentes da lei, antes de ficar pior do que já está insuportável.

E ponto final!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *