Torcida pela prorrogação de mandatos

Congresso discute adiar as eleições para o fim do ano – Foto: Reprodução

A torcida de muitos prefeitos e vereadores brasileiros é grande para que a Covid-19 inviabilize a realização das eleições municipais neste ano.

Adiar para o dia 6 dezembro – o primeiro turno e dia 20, o segundo – como sugere a PEC do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), líder da minoria no Senado, que foi apresentada na sexta-feira (15) é pouco para essa gente.

O sonho deles é que Bolsonaro ponha em prática sua vocação para ditador e imponha a prorrogação dos mandatos de prefeitos e vereadores até 2022.

Sonhar é algo que está ao alcance de todos, porém não que seja impossível, mas que não contem com isso diante da insatisfação do povo com a maioria desses gestores e se não se cuidarem para a disputa, ao invés de sonho, vão ter pesadelos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *