O CORONAVÍRUS poderá adiar as eleições deste ano

Reprodução da Internet

O COVID-19 parou o Planeta. Botou ricos e pobres, brancos e negros, bonitos e feios de joelhos submissos a sua sanha assassina que é responsável pelo fim de centenas de vidas que estão sendo ceifadas todos os dias.

Está praticamente tudo parado no Brasil. As cidades com suas ruas desertas retrata um mundo surreal. Na área esportiva tudo cancelado e até as olimpíadas programadas para serem realizadas no mês de julho no Japão hoje foi adiada para 2021.

E as eleições que estão previstas de acordo com o calendário eleitoral para ocorrem dia 4 de outubro, elas vão acontecer mesmo?

Pessoalmente tenho as minhas dúvidas, mas acredito que os brasileiros vão ter que conviver com seus atuais prefeitos e vereadores – poucos aplaudidos a maioria rejeitados – por mais um tempo.

Quando não sei, mas essa crise será vencida. Países desenvolvidos e ricos como Itália, Inglaterra e Espanha ainda não tem controle da situação.

E o que dizer do Brasil? Após essa tempestade – que só está começando – o país estará quebrado e o estrago será difícil de prevê.

Os gastos para realizar a eleição são na ordem de 3 bilhões de reais. Tem muita gente importante e com poder sugerindo que essa dinheirama seja usada para combater o coronavírus o que de certa forma é mais do que justo.

O momento exige que primeiro devemos salvar as vidas e que depois façamos as eleições.

Vibrando a favor dessa ideia estão 5.568 prefeitos e 57.931 vereadores.

Uma torcida digna de respeito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *