Eleitos os novos Conselheiros Tutelares de Araioses

Daiane Carvalho, Nazaré Rodrigues, Vânia Reis, Ribinha e Irmã Sulamita

Em uma eleição que só terminou sua apuração no início da manhã de hoje (7), os novos Conselheiros Tutelares de Araioses já são de conhecimento público. O local da apuração foi a Secretaria de Assistência Social de Araioses.

São cinco as vagas para o Conselho Tutelar e 19 candidatos disputaram o pleito.

Relação dos eleitos:

1º lugar: Daiane Carvalho com 401 votos;

2º lugar: Vânia Reis com 348 votos;

3º lugar: Nazaré Rodrigues com 343 votos;

4º lugar: Ribinha com 300 votos e;

5º lugar: Irmã Sulamita com 190 votos.

Não se sabe o que motivou a mudança dos locais de votação este ano, onde várias sessões foram extintas dificultando o trabalho de votação dos eleitores.

No povoado Placas, por exemplo, foi o local de votação de eleitores de toda a região do Remanso, Pirangi, entre outros povoados da zona rural de Araioses tendo entre esses, lugares distantes mais de 30 km.

O motivo dessas mudanças não tem explicação, porque o que se entende é que se deve facilitar o trabalho do eleitor e não dificultá-lo.

Segundo informação da Secretaria de Assistência Social de Araioses os locais de votação foram:

Sede: apenas na U. E. Tudes Cardoso, no Centro e na U. E. São Manoel, bairro São Manoel.

Zona Rural: João Peres, Placas, Cana Brava, Carnaubeiras, Ilha das Canárias e Água Fria.

Acompanhou a eleição em Araioses o CMDCA – Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e a Drª. Samara Cristina Mesquita Pinheiro Caldas – Promotora de Justiça da Vara da Infância e da Juventude em Araioses.

O Conselho Tutelar é órgão permanente e autônomo, não jurisdicional, encarregado pela sociedade de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente, definidos por Lei.

O art. 139, § 1º, da Lei Federal n. 8.069/1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA), determina que o processo de escolha para os membros do Conselho Tutelar ocorra em data unificada em todo o território nacional a cada quatro anos, no primeiro domingo do mês de outubro do ano subsequente ao da eleição presidencial.

Fotos: João Filho e WhatsApp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *