Descaso para com os professores, em vez de férias calote

Imagem ilustrativa de Internet

Os professores da rede municipal de ensino de Araioses tinham como certo de que receberiam ontem (10), pelo menos 50% do valor das férias que todos têm direito.

Até o início da noite, muitos ainda consultavam o saldo de suas contas bancárias na esperança de que lá estaria o dinheiro tão esperado.

Nada, só decepção e a constatação de que mais um calote fora aplicado.

Difícil entender que o prefeito Cristino Gonçalves esteja falando sério quando diz que vai para a reeleição no ano que vem.

E mais: que vai quebrar o tabu de Araioses de nunca ter reelegido um de seus gestores.

Em tempo: não é por falta de dinheiro. Pois como está no site da Confederação nacional dos Municípios, de acordo com os dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), o 1º decêndio de setembro de 2019, comparado com mesmo decêndio do ano anterior, apresentou crescimento nominal de 53,95%.

Confira as informações técnicas AQUI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *