Professores e alunos do IFMA Araioses se manifestam contra o bloqueio de verbas na Educação

Professores e estudantes do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) saíram na manhã de ontem (15), em passeatas pelas ruas de Araioses para se manifestaram contra o bloqueio de recursos anunciado pelo Ministério da Educação.

Todo corpo docente e discente do (IFMA) Araioses saíram em caminhada do bairro Comprida – aonde se localiza o Campus da entidade de ensino – passando pela Rua das Mugubeiras até a Praça Viva Araioses e de lá seguiram pela Avenida Paulo Ramos. Durante todo o trajeto alunos e professores exibiam cartazes contra o bloqueio de verbas federais, e gritavam palavras de ordem ao som de Legião Urbana, onde o compositor Renato Russo diz o emblemático refrão que país é esse.

Segundo informações do Ministério da Educação, o bloqueio é de 24,84% das chamadas despesas discriminarias; aquelas consideradas não obrigatórias, que incluem gastos como conta de água, luz, compra de materiais básicos, contrato de terceirização e realização de pesquisas.

O professor e diretor de administração e planejamento do (IFMA) Araioses professor Rafael Ciarline , informou que o Campos de Araioses  já vinha  sofrendo inúmeros cortes desde o ano de 2017, mas nunca tinha acontecido  um corte de verbas desta magnitude promovido  pelo atual Governo Federal .

Rafael Cerline, professor do (IFMA) Araioses

Segundo o professor Rafael o (IFMA) de Araioses teve um corte orçamentário de 38%, o que reflete em torno de R$ 349.000,00 (trezentos e quarenta e nove mil reais) no orçamento; e isso tudo afeta os trabalhos realizados no Campos  impossibilitando assim os alunos a terem um maior desempenho escolar; nós não estamos  apenas preparando os nosso alunos para o mercado de trabalho , mais estamos formando seres humanos e cidadãos, disse o professor do IFMA , Rafael Ciarline.

O valor total contingenciado, considerando todas as universidades e Institutos Federais é de R$ 1,7 bilhões, ou 3,43% do orçamento completo incluindo despesas obrigatórias. Em entrevista a emissoras de televisão o presidente Jair Bolsonaro, que se encontra nos estados Unidos ao tomar conhecimento das manifestações disse que os manifestantes que estiveram nas ruas de todo o Brasil nessa quarta-feira são “uns idiotas” uns imbecis” e “massa de manobra”.

Com informações do blog Antonio Veras e edição de Daby Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *