Flávio Dino alfineta governo Bolsonaro e diz que violência é característica do fascismo

Jorge Vieira – O governador Flávio Dino (PCdoB) se manifestou nas redes sociais sobre os constantes casos de violência que assola o país, assim como sobre o brutal assassinato do músico Evaldo Rosa dos Santos, após ter o carro da família fuzilado pelo Exército, em Guadalupe, na Zona Norte do Rio de Janeiro, neste domingo (7).

Para o governador do Maranhão, “um projeto nacional de bem-viver deve ter como meta superar o ódio entre os brasileiros, promover a união em busca de um destino comum, respeitar as diferenças e lutar contra as desigualdades que explicam fuzilamentos por equívoco”.

Após o grave incidente que ceifou a vida de mais um inocente, Dino recorreu ao Twitter e postou: “Um dia de domingo: cidadão é fuzilado por “equivoco”; mulher é agredida por três homens em face de suas posições políticas; jornalista da TV é ameaçado em razão de reportagem. Essa é uma característica do ethos fascista: a violência”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *