Pavimentação da MA-312,estrada que liga Araioses a Carnaubeiras, passa pela saída da Makete da execução da obra

Basta chover que as obras são paralisadas, porém isso não impede que a Makete faça pelo menos a manutenção da estrada – Foto: Arquivo

Já virou novela com muito Ibope, porém nada agradável, a obra de pavimentação asfáltica da MA-312 – a Estrada do Caranguejo – que liga Araioses ao povoado Carnaubeiras.

Passou mais um verão e a Makete Engenharia, empresa encarregada de construir a obra mais uma vez pouco fez e com a chegada do inverno trafegar naquela via, ficou inviável e muito perigoso.

A população de Carnaubeiras e todos os que são obrigados a fazer aquele trajeto estão – e com justa razão -, muitos indignados. Nessas situações a responsabilidade pelo descaso sempre cai na conta de alguém e nesse caso na de Flávio Dino. Como diz o dito popular é ele quem está ‘pagando o pato’ já que tem sido colocada em suas costas, por prepostos da Makete, toda a responsabilidade da paralização dos trabalhos de pavimentação.

Dizem a população de Carnaubeiras que a estrada está parada porque o governador não paga a construtora.

Cientes dessas informações o blog tem trabalhado nas últimas 48 horas em busca de informações que possam ser ditas, não como palavras de consolo para as milhares de pessoas que estão sendo prejudicadas, mas para o imperativo da verdade.

A MA-312 não foi concluída até agora por falta de recursos, pelo menos é o que pudemos apurar. A Makete teria recebido mais de dois milhões de reais em dezembro passado e de lá para cá não houve evolução.

Ocorre que nestes casos, a empresa que ganha à concorrência para fazer a obra tem que ter capital próprio para inicia-la, o que parece não ocorrer com a Makete. A cada etapa feita vem à medição e o que foi feito é pago. Isso já ocorreu e se está parado os serviços é porque a empresa não tem capital para fazer a sua parte.

Segundo informações que chegaram ao nosso conhecimento a Makete teria que ter pelo menos 10 milhões de reais para continuar a obra, que parece não ter.

Num português claro, a MA-312 só será concluída se a obra sair da competência da Makete e for entregue a outra construtora. Ela já provou que não fará a obra nesse século e não tem porque o governo continuar insistido com ela.

O Diário Oficial de 24 de outubro de 2014 publicou o resultado da licitação

No Diário Oficial de 24 de outubro de 2014 foi publicado o resultado da licitação e das empresas que dela participaram, onde a MAKETE CONSTRUÇÕES E TERRAPLANAGEM LTDA-EPP foi a vencedora, com a proposta de fazer a obra por R$ 26.422.620,14.

Em segundo lugar ficou a CENTRAL ENG. DE CONSTRUÇÃO LTDA por R$ 26.424.211,36; em terceiro a DUCOL ENGENHARIA LTDA por R$ 26.988.856,19; em quarto a TERRAMATA LTDA por R$ 27.378.056,56; em quito ficou a EDECONSIL CONST. E LOCAÇÕES LTDA por R$ 27.865.888,72 e em sexto e último lugar a PLANOR CONSTRUÇÕES E COMÉRCIO LTDA por R$ 30.136.388,55.

A estrada era para ter tido sua construção iniciada naquele ano mesmo, o que não ocorreu. Lobão Filho, candidato de Roseana Sarney perdeu a eleição para Flávio Dino que autorizou o início da obra no final de 2015.

Falar no momento que Carnaubeiras vai ser ligada a Araioses por via asfaltada pode resultar até em briga. Ninguém acredita mais que essa obra, tão importante para o desenvolvimento de toda a região, um dia seja concluída. Sobra gente falando que era melhor ter deixado como estava.

A Makete já provou que jamais fará a obra, portanto está passando da hora de passar o serviço para outra empresa, que no caso deve ser a CENTRAL ENG. DE CONSTRUÇÃO LTDA, a segunda colocada na licitação que apresentou um orçamento de R$ 26.424.211,36.

Com a palavra o Dr. Clayton Noleto, secretário de infraestrutura do Maranhão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *