Cármen Lúcia autoriza que juízes auxiliares de Teori retomem trabalhos da Lava Jato

Do UOL, em São Paulo

Foto: Pedro Ladeira – 27.out.2016/Folhapress

A presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Cármen Lúcia, autorizou os juízes que trabalhavam com o ministro Teori Zavaski a dar continuidade aos trabalhos que já estavam previstos para esta semana. Segundo a assessoria de imprensa do STF, a decisão da ministra tem o objetivo de não atrasar o andamento dos processos relacionados à Operação Lava Jato.

Teori havia agendado para esta semana a oitiva de alguns dos executivos e ex-executivos da Odebrecht para homologar as delações. Com a sua morte, ocorrida na quinta-feira passada em um acidente de avião em Paraty (RJ), os trabalhos haviam sido paralisados.

A assessoria de imprensa do STF não soube informar quantos depoimentos serão feitos esta semana, mas que 77 delações devem ser homologadas.

A ministra tomou a decisão na condição de plantonista do STF, dada a urgência do tema, já que os ministros da suprema corte brasileira ainda estão em recesso.

Acidente

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki e mais quatro pessoas morreram na queda de um avião no litoral do Estado do Rio de Janeiro, na quinta-feira (19). O avião de prefixo PR-SOM, modelo Hawker Beechcraft King Air C90, decolou às 13h01 do Campo de Marte, em São Paulo. A queda ocorreu por volta das 13h45, quando o bimotor estava a 2 km de distância da pista do aeroporto de Paraty.

Teori era o relator da Operação Lava Jato no Supremo. Segundo sua família, o magistrado estava indo a Paraty em viagem de férias.

Apesar do recesso, a ministra Cármen Lúcia já iniciou conversas entre ministros do STF sobre a definição do novo relator da Lava Jato na Corte. Ela precisará decidir quem vai herdar a investigação. O presidente Michel Temer já anunciou que só anunciará o nome do novo ministro que irá compor a Corte após a definição do Supremo sobre o novo relator da investigação sobre a Petrobras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *