Fugitivo da delegacia de Araioses mata com tiro na cabeça instalador de som automotivo em Parnaíba/PI

Assassino não é araiosense e sim cearense.

Augusto César

Augusto César

O instalador de som automotivo Augusto César Pereira, 47 anos, residente na Parnaíba foi assassinado com um tiro na cabeça desferido por George dos Santos Diniz, vulgo “Paraibinha” por volta das 10h da última sexta-feira, dia17 no empreendimento comercial da vítima localizado na Av. Armando Cajubá, bairro São Francisco, em Parnaíba/PI.

Segundo noticiou Yuri Gomes em seu blog, a Polícia Militar do PI teria informado que um homem de camisa de manga longa e de cor vermelha chegou em uma moto, entrou, no estabelecimento de conserto e vendas de som automotivo, bem como de recuperação de estofado de carro, sacou da arma e alvejou Augusto César. O projétil transfixou e saiu no rosto da vítima.

Segundo comenta-se em Parnaíba, um dia antes, sexta-feira (16), Paraibinha não teria ficado satisfeito pelo fato de não ter recebido o banco de um carro que Augusto teria dito que só entregava ao proprietário. Teria havido também um desentendimento entre Paraibinha e Augusto, que estava em companhia de e um filho adolescente.

O homicida voltou na manhã de sábado para fazer o que não fizera antes: matar Augusto César Pereira.

Assassino não é de Araioses

policia-prende-assaltantes-2

Como George dos Santos Diniz, o Paraibinha, (primeiro a esquerda) e Bruno Sousa fugiram da Delegacia de Araioses no dia 10 de maio.

Logo após o crime, a identidade do assassino veio a tona. Como George dos Santos Diniz, o Paraibinha, é um dos fugitivos da delegacia de Araioses, fato ocorrido dia 10 de maio e noticiado aqui no Blog, muitos dos comentários davam conta de que ele é de Araioses.

O fato não é verdade. Paraibinha, juntamente com mais quatro prisioneiros, entre eles Bruno Sousa, seu companheiro de crimes fugiram da Delegacia de Polícia de- Araioses, mas não é araiosense.

Sua ligação com Araioses tem a ver com suas ações criminosas ocorridas ao longo dos últimos anos. George Paraibinha e Bruno Sousa – não chegaram a passar nem uma semana na cadeia, após serem presos num posto de gasolina, na entrada de Araioses na tarde do dia 4.

Nesse mesmo dia eles já haviam assaltado um posto de combustíveis no povoado Canabrava, município de Água Doce do Maranhão.

Bruno Madson Marques Moura, delegado de polícia de Araioses por ocasião da prisão e fuga dos bandidos, disse que Paraibinha é do Estado do Ceará e que provavelmente teria fugido para lá, após ligeira passagem por Parnaíba.

Na ocasião foi noticiado aqui que Paraibinha e Bruno teriam fugido para Parnaíba pelo fato de serem amigos de João Batista Carvalho dos Santos, o “Júnior”, que estaria morando lá, depois que foi absolvido da acusação de coautoria do assassinato do traficante Manoel Antonio Silva Rodrigues, crime ocorrido no povoado Aldeias, em 19 de junho de 2011.

A polícia tem George dos Santos Diniz como um bandido perigoso, autor de outros homicídios e fugitivo não só da Delegacia de Polícia de Araioses, como também da Penitenciária de Pedrinhas, em São Luís.

1 pensou em “Fugitivo da delegacia de Araioses mata com tiro na cabeça instalador de som automotivo em Parnaíba/PI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *