Polícia efetua prisão de suspeito por envolvimento em chacina

Foi preso, na manhã desta quinta-feira (28), José Luís Araújo, um dos suspeitos por envolvimento na chacina em uma casa de praia em Panaquatira no fim de semana, município de São José de Ribamar. Cinco pessoas morreram na ação. A informação foi confirmada pelo delegado titular do Distrito Policial de São José de Ribamar, Jader Alves. Segundo a polícia, ele é companheiro da caseira Joseane Aires Costa, de 25 anos, que, também, teve prisão decretada – irmã de Josinaldo Aires da Costa, o Nau de Panaquatira, morto pelo policial Max Muller. Havia sido preso ontem (27), mas José Luís Araújo, mas havia sido liberado.

A polícia busca, ainda, Jeandro da Silva dos Santos e Marinaldo da Silva, que, também, estão foragido.

Ontem, o delegado Jader solicitou as prisões de oito pessoas, seis delas são integrantes da quadrilha e duas teriam dado apoio ao bando. Ainda no início da tarde de quarta-feira, foi presa Laurineide Rocha da Paixão, de 31 anos, com dinheiro, câmera filmadora e celulares, produtos que foram roubados das vítimas durante o assalto em Panaquatira, que aconteceu no último sábado (23). Ela é companheira de Clemilson de Almeida, de 26 anos, integrante da quadrilha – que continua foragido. Ela foi levada para o presídio feminino, no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, por receptação de produto de roubo.

Pelo menos três armas de fogo usadas no assalto foram apreendidas. Uma pistola ponto 40, que seria do policial militar morto no assalto, uma pistola 380 e um revólver calibre 38. De acordo com o delegado, a quadrilha também atua em assaltos a embarcações no mar.

Fonte: Jornal Pequeno

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *