Se eleito, Gastão Vieira pode ser cassado por abuso de poder político

Blog Marrapá

No que depender da Justiça Eleitoral, o candidato a senador do grupo Sarney, Gastão Vieira (PMDB), poderá ter o eventual diploma cassado, caso seja eleito, pela acusação de abuso de poder político e a prática de conduta vedada.

Gastão Vieira

Gastão Vieira

Na edição do último domingo (28), o Jornal Pequeno publicou trechos de uma reunião do Conselho de Gestão Pública do Governo do Maranhão (Congep), ocorrida na segunda-feira retrasada, nas dependências do Palácio dos Leões, onde foram traçadas estratégias para favorecer a eleição de Gastão para o Senado Federal.

A reunião fora conduzida pela secretária da Casa Civil do governo Roseana Sarney, Ana Graziella Freitas, que cobrou mais empenho do secretariado para reverter os baixos índices apresentados pelos candidatos majoritários apoiados pelo Palácio dos Leões.

A certa altura do encontro, Ana Graziella autorizou a secretária-adjunta de Educação, Conceição Andrade, a tratar sobre temas como a compra de votos e o uso da máquina estadual em favor da eleição de Gastão Vieira.

“Nós temos o Senado na nossa mão, gente. Sabe o que é o Senado? São 8 anos lá dentro. Junto com o Governo Federal ajudando o Estado do Maranhão. Nós temos que fazer Gastão. Nós temos que fazer Gastão. Então, nós temos que sair daqui, dessa reunião de hoje, pra fazer isso. Entendeu?”, cobrou a secretária adjunta. Ouça abaixo:

Na manhã desta terça-feira (30), a oposição já entrou com uma representação por conduta vedada contra as candidaturas de Edinho e Gastão Vieira, pelo uso ilegal de um veículo de transporte escolar para carregar os materiais de campanha da coligação “Pra Frente, Maranhão”.

Nas próximas horas, a coligação oposicionista deve entrar com uma nova representação, denunciando a participação ilegal da cúpula governista na campanha eleitoral de Gastão Vieira, que poderá resultar na cassação do diploma do peemedebista e deixá-lo impedido de concorrer novamente por oito anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *