Araioses está ainda muito distante de desenvolver seu potencial turístico

Realidade incomoda, mas a verdade é que temos que fazer muito para mudar essa situação.

Estrutura de embarque e densenbarque no Poto dos Tatus.

Estrutura de embarque e densembarque no Poto dos Tatus.

Domingo (26) fui com meus familiares: um filho do Rio de Janeiro com seu filho, esposa e mãe e minha gente que mora no Piauí (mãe, irmãs e sobrinhas) que residem em Parnaíba e Teresina.

Não vou usar esse espaço para falar de assuntos pessoais, da alegria e felicidade que foi esse passeio e sim para dizer o quanto ainda estamos distantes da cidade parnaibana em infraestrutura para explorar nosso potencial turístico, como eles estão fazendo muito bem há décadas.

Homem Lama, uma das atrações do passeio "pega" caranguejo para mostrar aos turistas.

Homem Lama, uma das atrações do passeio “pega” caranguejo para mostrar aos turistas.

Era um desses passeios promovidos pelas empresas de turismo de Parnaíba, que pegam as pessoas no Porto dos Tatus em Ilha Grande de Santa Isabel (PI) e as levam até uma das praias da Ilha dos Poldros, passando pela Baia de Canárias, ambas as comunidades em Araioses (MA).

A viagem quase toda, no Rio Parnaíba, é muito boa, porém o turista fica limitado às regras da empresa e não pode ficar em um lugar mais tempo do que gostaria. Para isso ocorrer ela teria que fretar uma lancha, o que nesse caso sai caro, bem distante do alcance financeiro de muita gente.

Turistas desembarcam e seguem para um banho de mar.

Turistas desembarcam e seguem para um banho de mar.

Alguns araiosenses não gostam, mas a verdade é que estamos muito distante de chegar onde Parnaíba já se encontra. A cidade parnaibana tem uma boa infraestrutura para isso, com rede de hotéis de boa qualidade, bons restaurantes, aeroporto, acesso de qualidade por várias estradas e faz uma senhora mídia dos seus pacotes turísticos mundo a fora.

Nós estamos engatinhando nesse assunto. O Delta do Parnaíba é quase todo nosso (65% dele está em território araiosense), mas é Parnaíba quem ganha dinheiro explorando o turismo nele. Isso decorre da história de abandono que o município foi vítima por parte de seus gestores do passado, que achavam que administrar uma comuna era manipular os dinheiros do povo de acordo com seus interesses pessoais e politiqueiros.

Na volta a lancha ancora para um banho no Rio Parnaíba.

Na volta a lancha ancora para um banho no Rio Parnaíba.

Porém, agora no governo de Valéria do Manin há esperanças de que essa situação mude. Em termo de infraestrutura o primeiro passo já foi dado, com o pedido que a prefeita Valéria fez a governadora Roseana Sarney de asfaltar a via que vai até o povoado de Carnaubeiras e a ligação com Água Doce do Maranhão. Pelas informações que temos, antes de depositarmos nossos votos nas eleições desse ano, à obra estará feita.

Carnaubeiras é lugar mais central do Delta do Parnaíba. É de lá a maior produção de caranguejo do Brasil e está muito próximo da Ilha do Caju, Morro do Meio, Praia do Passeio, Prainha e muitos outros pontos turísticos da região.

O Poder Público fazendo sua parte vai facilitar a iniciativa privada de criar as condições de infraestrutura hoteleira e o surgimento de bons restaurantes. Também é bom que se diga que o agente humano, nós não temos também. Para se explorar o turismo se precisa de pessoas especializados e qualificadas para atuar no ramo.

Para quem tem consciência do que poderá fazer o turismo em prol do desenvolvimento de Araioses fica triste em ver os parnaibanos e até cearenses ganhando muito dinheiro com o que é nosso.

Porém, que fique bem claro a culpa disso tudo é nossa mesmo e não dos empresários de Parnaíba.

passeio-no-delta3

Cenário de uma das prais da Ilha do Poldros

As fotos dessa postagem são de Daby Santos e Arthur Leite

1 pensou em “Araioses está ainda muito distante de desenvolver seu potencial turístico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *