Secretário de finanças de Araioses viveu maus momentos hoje (24) na agência do Banco do Brasil

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Araioses – SINDSEPMA – José Arnaldo Souza Machado convocou uma reunião para ser realizada hoje, a partir das 8:00 h, na sede da entidade para deliberar sobre o não pagamento da segunda parcela do 13º Salário.

Publicou a nota em seu blog e pôs carro de som nas ruas da cidade ontem e hoje pela manhã. Quem leu a nota e ouviu a mídia volante entendeu que a prefeitura de Araioses não pagou nada do 13º salário a seus servidores o que em parte não é verdade.

Segundo o blog foi informado resta apenas os professores receber essa parcela e que todos os outros servidores já estão quitados.

Não sabemos o que realmente foi discutido na reunião do sindicato, pois a notícia que nos foi passada é que enquanto a reunião ocorria no sindicato alguém teria passado a informação de que o Secretário Municipal de Finanças, Francisco Waldemídio Souza Bittencourt estava no Banco do Brasil. Logo em seguida todos que participavam do encontro se dirigiram ao banco.

Vavá como é conhecido o secretário de finanças disse que viveu maus momentos e que mesmo com a intervenção do Max, gerente do banco a situação ficou muito grave, pois segundo nos falou por telefone, Arnaldo disse-lhe que ele só saia do banco depois que pagasse o 13º dos servidores.

Ocorre que Vavá estava exatamente fazendo esse procedimento para liberação do pagamento, já tendo resolvido o pagamento dos operacionais, dos vigias e dos zeladores e que teria que voltar a prefeitura para terminar os procedimentos de liberação da parcela do 13º dos professores.

Porém, isso não foi mais possível, pois o secretário teve que ser escoltado pela polícia até a prefeitura para onde seguiu os manifestantes também. A essa altura o expediente bancário já tinha sido encerrado e agora o pagamento da parcela faltante desses servidores só será realizada na próxima quinta-feira, dia 26.

Longe de se dizer aqui que os servidores que não receberam a parcela de seu 13º no tempo que esperavam não devem se manifestar ou até se aborrecer pelo ocorrido. Porém cabe ao sindicato tomar as medidas legais para esse fim. Não cremos que os servidores que não recebem esse dinheiro tenha autorizado o presidente do sindicato ou outro mais exaltado invadir a instituição bancária para pressionar o secretário de finanças que se encontrava naquele local exatamente cuidado de resolver essas pendências referentes a esse pagamento.

O que ocorreu no banco e na prefeitura tem o tom e a cor de posições políticas partidárias e não sindicais.

O caminho que a direção do SINDSEPMA tem que trilhar é do da justiça para defender o direito de seus associados e não subir no primeiro palanque que encontre a sua frente.

4 pensou em “Secretário de finanças de Araioses viveu maus momentos hoje (24) na agência do Banco do Brasil

  1. Daby Santos em relação a atitude dos funcionários públicos não observei nem um ato de vandalismo e nem tão pouco de terrorismo! Mais sim servidores reivindicando seus direitos. Você sim que esta fazendo terrorismo!
    Agora no caso do que aconteceu no STTR, em que havia traficantes, usuários de drogas,sócios do SINTRAF,Colonia, Estiva e outros que não eram sócios de nenhuma instituição ,aterrorizaram os trabalhadores ,inclusive o fato de que o presidente do sindicato teve que ser escoltado pela polícia para não ser morto.Pelo Chico Celso,Zé da Judite, Tupete, e o neto do Antonio portão , este ultimo vindo de Fortaleza (foragido) , e no entanto você não vez nem um comentário negativo e nem tão pouco orientou o caminho certo que seria da justiça!

  2. a prefeita poderia ter evitado esse tipo de situação. pois os servidores da educação(professores)estavam contando com esse 13. lamentável ter deixado chegar a esse ponto .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *