Um pequeno esclarecimento sobre o poço de Mariquita

Na lista de 10 poços que foi divulgada aqui no blog diz que já foram cavados pela prefeitura e nela não consta o de Mariquita. A razão é simples e fácil de entender. Ele não consta porque a água encontrada nele não tem qualidade para consumo humana, pois é salobra e tem junto a ela uma substância conhecida por capa-rosa. Onde tem essa combinação à água não presta.

A comunidade de Mariquita não vai ficar sem água. Quem diz o contrário está faltando com a verdade e querendo criar clima de insatisfação daquela gente com a prefeita Valéria do Manin.

Ela já mandou gente de sua equipe de trabalho fazer um estudo sobre a possibilidade de levar a agua de um poço da comunidade de Paramirim, distante um pouco mais de 1 km, para abastecer mariquita. Á água é de excelente qualidade e estudo é para ver se o poço tem condições de atender as duas comunidades.

A prefeita Valéria do Manin sabe o quanto a falta de água afeta o dia-a-dia de uma comunidade. Na sua campanha ela viu que a gravidade desse problema de perto. Ocorre que esse problema encontrado em Mariquita é muito comum naquela região. Achar um lugar onde tenha água de qualidade não é fácil.

Se não houver condições técnicas de levar água de Paramirim para Mariquita outra solução vai ser procurada e aquela população não vai ficar sem água como tem ocorrido ao longo de inúmeras décadas.

Ouvindo a voz de quem reclama agora identificamos entre eles quem não dizia nada na gestão passada.

mapa-google-mariquita

 No mapa pode se ver onde está localizado o poço alternativo para jogar água para Mariquita.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.